Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

O Vale do Lena

O vale do rio Lena, aninhado entre as alturas de Porto de Mós e Aljubarrota, apresenta uma autenticidade e beleza que comove e sensibiliza o visitante. Estendido no sentido nordeste-sudoeste ao longo do rio Lena, que docemente vai matando a sede a pomares, hortas e vinhas.

Esta benignidade ajuda a entender o passado local e regional, permitindo chegar à conclusão que foi palco activo de povos que em seu tempo aqui viveram e labutaram. A passagem permanece viva no património edificado dos períodos: romano (pedras tumulares, pontes, caminhos); mourisco (caneiros de rega, toponímia) e medieval (salinas das Brancas, coevas de D. Sancho e a batalha Real).

Procuramos em viagem pelo tempo, despojada e breve, chamar a vossa atenção pelo passado histórico local e regional que não está condicionado a limites geográficos autárquicos, antes recomenda parcerias inter-municipais de vivência histórica apoiada em factos no nosso passado colectivo.   

O Património é uma realidade viva que só tem significado quando relacionado com pessoas e comunidades. A nova postura museológica recomenda a participação de autarquias e residentes, expressa nas Leis n.11/87 (Art.º4º e 20º), de 7 de Abril, e n.º107/2001 (Art.º3º.8-), cuja leitura recomendamos. 

A movimentação de exércitos ou grupos armados foi sempre considerada perigosa e difícil porque os caminhos escolhidos condicionam segurança, comodidade e velocidade de marcha da força em trânsito; antes (em itinerários de aproximação); durante (para escolha e exploração do melhor aproveitamento táctico do terreno); depois (para romper o contacto com o inimigo, retardamento, fuga) do local do confronto.

A memória da batalha Real não se circunscreve ao local do confronto entre as forças antagonistas, onde a Fundação Batalha de Aljubarrota tratará certamente o tema com a excelência que merece.

O conhecimento do terreno e das vias relacionadas ou com acesso ao local do confronto é condição indiscutível ao entendimento da luta e necessário à transmissão a  gerações mais novas. Baseados em atenta observação do terreno, de cartas antigas e na memória dos moradores mais idosos procurámos descobrir os percursos utilizados ainda balizados com oliveiras milenares.

O vale do Lena apresenta quatro itinerários identificados que iremos referir:

- Romano: evidente nas pontes “do Cavaleiro” sobre o rio Lena, com mato, reparada no parapeito e talha-mar com cimento (!); “da Freixa”, sobre a ribeira da Freixa, em ruínas e coberta com mato crescido; “ do Coito”, sobre a ribeira das Alcanadas, em estado razoável mas coberta com mato crescido;

-Medievo (“Caminho de D. Nuno” Tomar - Porto de Mós);

-Medievo (Etapa do caminho de D. Nuno, reconhecimento de Porto de Mós - Porto da Cevada), junto da 1.ª posição portuguesa virada a norte;

-Medievo (caminho dos beirões retardatários Porto de Mós – S. Jorge (a montante da fonte dos Vales). O encontro de João Fernandes Pacheco com el-rei D. João I “tão directo e aparentemente tão simples” merece alguma reflexão porque poderá dar alguma explicação acerca dos autores do elevado número de obstáculos artificiais.

E agora o que fazer!? Estamos perante um desafio que não podemos ignorar. Temos todos obrigação moral e de cidadania, salientarmos o que nos une e diminuir o que nos possa separar. Temos de, à semelhança da batalha Real e de outros municípios (Óbidos, Macedo de Cavaleiros e Castelo Branco) nos juntarmos e criarmos condições para dar conhecimento e usufruto pedagógico deste património que parece estar ao abandono. Os alunos orientados pelos professores merecem e têm direito a um passeio pedestre, de comboio de rodas, de BTT, enquanto na natureza recebem aulas adequadas, em locais limpos sinalizados e tratados. Seria também interessante estabelecer parcerias, talvez em rede histórica, com Municípios que tiveram desempenho destacado na batalha Real. (Atoleiros, Macedo de Cavaleiros, Trancoso, Guimarães, Batalha, Tomar, Ourém, Abrantes, etc.).

 

S. Jorge, 2 de Abril de 2009

 

Cor. Valente dos Santos

publicado por Autores do blog às 07:47
endereço do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Irene Pereira a 6 de Abril de 2009 às 08:18
É um prazer ler aqui um texto do Coronel... Ainda ontem falei dele ao jantar, curiosamente. Eu falava da Batalha de Aljubarrota e de quem me tinha conquistado para a causa... Valente dos Santos porque só conseguimos cativar os outros para os nossos assuntos quando os amamos.. Bem haja.
De Pedro Oliveira a 6 de Abril de 2009 às 09:14
É com enorme alegria e emoção que leio este texto sobre o nosso vale do Lena.
Obrigado!
De Rui a 6 de Abril de 2009 às 11:32
Como era bom se o municipio de Porto de Mós fosse capaz de olhar, com estes olhos, a sua riqueza.
Gostei.
De Paulo Sousa a 6 de Abril de 2009 às 14:27
Caro Coronel,
É um prazer tê-lo connosco neste blog.
No final do Novembro de 2006, num dos primeiros textos deste blog [http://vilaforte.blog.com/1300035/] sugeri a criação de um percurso pedestre a que se poderia chamar O caminho para a vitória.
Foi com pena minha que não o pude acompanhar no que se poderá chamar uma versão experimental desta ligação.
Concordo consigo que todos temos a obrigação para dar conhecimento e usufruto pedagógico deste património que parece estar ao abandono.
É uma pena, mas acredito que se trata de uma questão de tempo. Como se costuma dizer 'há mais marés que marinheiros' e acredito que no futuro alguém acreditará que pela história que encerra tem mais importância que muitas rotundas onde se gasta dinheiro sem retorno.
Agradeço-lhe a colaboração.
De Ana Narciso a 6 de Abril de 2009 às 18:41
Caro amigo Coronel Valente dos Santos,
Eu fiz consigo o percurso Romano e fiquei e deveras impressionada com a forma como temos olhado aquele percurso Romano. Tem um potencial fantástico , assim haja um novo olhar sobre ele. Coronel, parece-me que teremos de o voltar aconvidar para estar connosco à mesa; este é o início de uma longa conversa sobre este assunto. Mais uma vez grata pela companhia e pelo texto que partilhou aqui neste espaço.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds