Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2010

Nota dos editores

O nosso colega editor Manuel Gomes, conforme dá público conhecimento neste seu último post, tomou a decisão de abandonar o corpo editorial do Vila Forte, decisão que lamentamos e que tudo fizemos para tentar inverter.

Apresenta as suas razões, que compreendemos e aceitamos, centralizadas na actual situação política que o país atravessa. Grave e preocupante, como refere. Grave e preocupante, como reconhecemos! Podemos mesmo dizer que este é já um efeito colateral da actual crise política (sim, o país está em plena crise política) que atravessamos.

O detonador desta posição do Manuel Gomes, como ele próprio refere, foi o lançamento da petição “Todos pela liberdade”. “Um abaixo-assinado não é a mesma coisa que um post”, refere Mas, como também é referido,: “o Vila Forte nunca foi entendido pelos editores como uma entidade mas como um espaço onde cada um dava largas às suas convicções, aos seus estados de alma, aos seus humores, aos seus encantos e desencantos". Ou seja, os editores do Vila Forte entendem-no como um instrumento de comunicação e não como uma entidade de comunicação e, nessa medida o Vila Forte não veicula posições próprias mas as posições de cada um dos editores. Que não responsabilizam mais ninguém que o próprio!

Não se podem esperar posições do Vila Forte sobre esta ou aquela matéria. Serão sempre posições dos seus editores, naturalmente com visões diferentes das coisas, com origens, experiências e opções diferentes. Dificilmente poderia ser de outra forma e foi por isso mesmo que dissemos que ficamos bem mais ricos com a entrada do Manuel Gomes. E que a gora não poderemos deixar de dizer que ficamos bem mais pobres!

Obrigado Manuel Gomes pela sua participação, curta, é certo, mas de grande qualidade!

publicado por Autores do blog às 14:10
endereço do post | comentar | É aqui que se vêem os comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

Impressão Digital

 

Sou nova editora do Vila Forte!
 
Sou apaixonada pela vida, pelo lado Humano da mesma, pela sua complexidade, multicausalidade, pelas emoções que nos tornam tão vivos e verdadeiramente nos imprimem o prazer de viver, de nos relacionarmos, partilharmos, rirmos e chorarmos como humanos que somos. Inexplicavelmente, a maioria das pessoas foge das emoções, ou melhor, da expressão das mesmas (positivas ou negativas), como se perdessem identidade, ou se tornassem frágeis. Esquecemo-nos que são os acontecimentos de vida e consequentemente as emoções que advêm dos mesmos que nos imprimem a nossa “verdadeira impressão digital”.
 
Aceitei este desafio de ser editora do Vila Forte, que muito me honrou e que agradeço, porque me apetece partilhar, com quem me quiser ler, a minha visão da vida, das relações, da educação, das emoções e da maternidade. A propósito da educação e da maternidade aproveito para deixar um aviso à navegação… não tenciono ser politicamente correcta, confirmar aquilo que socialmente se espera, mas sim falar do que sinto com a experiência (que desde sempre soube que faria parte do meu projecto de vida) de Ser Mãe. Não me importava se viria a ser mãe biológica ou afectiva, mas acima de tudo Ser Mãe. Estou absolutamente feliz por ser Mãe biológica, tranquilamente à espera de um lindo menino. Partilharei o (meu) lado poético e real da maternidade e da educação.
 
“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca.”
Carlos Drummond de Andrade
 
As linhas anteriores são um bocadinho da minha impressão digital. Espero estar à altura do desafio e trazer valor-acrescentado ao Vila Forte, com novos temas de debate, onde o contraditório é sempre bem-vindo.  
 
Até ao próximo post!
estou:

Dois novos editores

O Vila Forte como blog dinâmico que é e quer ser, também evolui com naturalidade.

 

Assim, temos o prazer de anunciar a todos os nossos leitores e amigos que a partir de hoje temos connosco mais dois editores.

 

Passemos às apresentações.

 

Ladies first.

 

A Telma Sousa, é Psicóloga Clínica e Consultora em Recursos Humanos. É natural do Juncal e está grávida de seis meses!

 

O Manuel Gomes é Economista e um Consultor de empresas com uma larga experiência, administrador não executivo de empresas em Portugal e Angola e conselheiro de Famílias detentoras de empresas familiares. Já foi Assistente no ISCTE (Lisboa) e Professor Convidado na Faculdade de Economia (Luanda). É membro do Rotary Club de Porto de Mós tendo, anteriormente, pertencido ao mesmo Clube mas em Castanheira de Pera, de onde é natural. É Presidente do Conselho Fiscal da Associação de Saúde e Bem-Estar em Cruz da Légua, lugar onde reside.

Desde Abril de 2008 passa a maior parte do tempo em Luanda e será também de lá que nos irá escrever. Com ele o Vila Forte dobra a linha imaginária do equador e reforça assim o seu carácter global.

 

Todo o grupo dos editores partilham o gosto pelo debate e pela liberdade de expressão. Tendo cada um de nós uma visão própria da realidade, este alargamento do Vila Forte irá trazer mais assuntos e os novos pontos de vista, o que tornará o nosso blog ainda mais interessante.

 

Com este espirito festivo e sangue novo, aproveitamos para informar que brevemente teremos mais novidades.

 

Abraço a todos

 

estou: Em festa !!
publicado por Autores do blog às 07:00
endereço do post | comentar | É aqui que se vêem os comentários (5) | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009

Bacalhau albardado. É hoje

Corte o bacalhau aos quadrados iguais e grossos, envolva-os nos 2 ovos batidos e frite-os em azeite. Escorra-os e coloque em papel absorvente para lhe tirar e excesso de gordura.

Entretanto, descasque e pique a cebola e aloure-a nas 5 colheres de azeite. Junte 5 colheres de água, sal e pimenta, e deixe ferver um pouco. Bata as 3 gemas e, fora do lume, vá-as juntando ao preparado anterior. Leve novamente ao lume e mexa continuamente até engrossar. Não deixe ferver.

Sirva, numa travessa, o bacalhau regado com o molho salpicado de salsa picada e montinhos de mostarda.


Quinta-feira, 26 de Novembro de 2009

Vila Fortes e Criativas, um tema sempre actual

O que valem os nossos sonhos? Muito ou pouco? O que estamos dispostos a fazer por eles? É possível que numa terra pequena como a nossa surga um talento mundial ou uma ideia que crie um negócio à escala global?

A resposta a estas questões, é afirmativa, e foi dada pelo Prof. António Câmara em Porto de Mós por ocasião do primeiro aniversário deste blog.

Voltei a ouvir a gravação e, conforme prometido há muito, já está disponível on-line. Demorou algum tempo, mas só agora se deu o clique que faltava. Quem esteve presente pode voltar a ouvir esta excelente e inspiradora palestra, e quem não assistiu pode ouvir pela primeira vez. O debate que se seguiu também está disponível.

Recomendo a todos a sua audição, especialmente aos visitantes mais recentes.

publicado por Paulo Sousa às 07:52
endereço do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Estamos a cumprir a tradição...

... Na Avenida da Liberdade em Porto de Mós, sede do vila forte, estamos no jantar de comemoração do nosso 3º aniversário. Em anos anteriores, este dia tinha uma palestra como ponto alto das comemorações, este ano, devido ao calendário eleitoral, a palestra vai ser em data não coincidente com o aniversário,mas muito provavelmente não será uma só, mas um ciclo de encontros com convidados de elevada craveira, a seu tempo serão anunciados.

Este jantar primou,mais uma vez, pelos valores da amizade e sentido de humor, hoje contámos com a companhia....das lezirias !

Obrigado a estes 5 companheiros que nunca exigem nada e só pedem que nos continuamos a divertir com o Vila Forte: hip hip hurra!

Sai uma taça de champanhe para a mesa...

Desculpem,mas temos de continuar no corte e costura, temos um fato para entrega urgente.

Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

Temos muito mais do que três anos

Um dia, alguém perguntou a Galileu:

- Quantos anos tens?

- Oito ou dez, respondeu. Perante o olhar atónito do seu interlocutor, esclareceu:

- Tenho os anos que me restam de vida, porque os já vividos não os tenho mais.

 

 

Copiado daqui. Obrigado Carlos.

 

publicado por Paulo Sousa às 11:30
endereço do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

VILA FORTE: 3 Anos

Fazemos 3 anos, num dia que ficará na História do nosso país. Toma posse o XVIII governo constitucional … e inicia-se a distribuição da vacina contra a chamada gripe A.

Em dia de aniversário também fazemos votos: votos de um governo capaz e competente e votos de eficácia para a vacina.

Ao governo desejamos que nos ajude a sair desta maldita crise, que encontre forma de parar com a subida do desemprego e que se vire para os portugueses, para todos os portugueses, que nos devolva a esperança e nos mobilize para ultrapassar os estrangulamentos que teimam em atrofiar o nosso desenvolvimento. E desejamos, não que faça 3 anos, como nós, mas que faça 4, desejavelmente com poucos trambolhões e sem partir a cabeça.

À vacina, que nem sabemos bem o que é, desejamos, deixando para trás a polémica da selectividade da sua aplicação e descansados que estamos por saber que os nossos deputados (alguns, porque nem todos gostam de picas) estão vacinados e imunizados, que não voltemos a ouvir fala dela!

A grande maioria das crianças abandona as fraldas nesta faixa etária. A partir dos três anos de idade, o crescimento da criança é mais lento, quando comparado com o desenfreado crescimento anterior. Meninos e meninas têm peso e altura semelhantes. É uma idade bonita, como se vê: a primeira independência, o primeiro passo no processo de amadurecimento e de pôr ordem nas coisas, e até a igualdade (natural) de género…

O Vila Forte tem alguns traços de criança precoce. Deixou as fraldas já há algum tempo e, sem abandonar a irreverência da adolescência, procura equilibrar-se na maturidade da idade adulta. Não faz birras mas apenas finca-pé na defesa do seu brinquedo mais sagrado: a liberdade.    

 

 

Façam o favor de se servirem.Festa é festa.Obrigado!!

 

fotos da net

 

 

3 anos de Vila Forte

Este foi o meu primeiro texto no Vila Forte.

Se hoje fosse o nosso primeiro dia talvez escrevesse algo idêntico, o que mostra que, fazia, e continua a fazer sentido o projecto a que nos propusemos.

Sabemos que somos lidos por muitos, e que à nossa escala somos bem sucedidos. Isso constituiu um motivo de satisfação mas também uma enorme responsabilidade.

Olhando a estatística é fácil depreender que a maior parte dos leitores que nos visitam opta por não comentar. Ficamos sem saber se essa grande maioria concorda ou não, e em que medida, connosco. Nem eu, e estou certo que nenhum dos meus colegas, pretendíamos arrancar unanimidades, mas apenas promover o debate de ideias. Talvez nem sempre o tenhamos feito da melhor forma, pois todos sofremos das fraquezas humanas e também somos motivados por impulsos que nos ofuscam a capacidade de auto-análise. Mas já participamos em excelentes trocas de argumentos.

Olhando para trás, para estes três anos, e comparando as nossas pequenas conquistas, mais ou menos visíveis, como as nossas pequenas derrotas, mais ou menos notórias, sinto que o saldo é muito positivo. Tenho muito orgulho no blog Vila Forte.

A todos os que nos lêem, comentem ou não, tenho de agradecer as vezes que nos visitaram e aquilo que partilharam connosco. Tenho de agradecer também a todos os que connosco colaboraram das mais variadas formas, e que não foram poucos.

Agradeço em especial aos meus colegas editores do Vila Forte por, todos juntos, termos criado e mantido algo de que nos podemos orgulhar. A minha vida seria diferente, e para pior, sem o Vila Forte. A minha vida seria diferente, e para pior, sem este património intangível que partilhamos. Agradeço-vos por isso.

Ao longo destes três anos que passaram, já nos divertimos imenso. É a pensar nesses inúmeros e inesquecíveis momentos que hoje celebramos.

Obrigado a todos.

 

3 ANOS! E agora?

Três anos após o nascimento do vilaforte, em tempo de festa e de balanço importa também não perder de vista o futuro.

Por isso, em nome dos seis Editores do Vilaforte uma palavra franca de agradecimento a todos os que ao longo destes três anos se dispuseram a partilhar connosco o dia-a-dia da nossa terra, das nossas vidas...as nossas preocupações e convicções.

O balanço direi que foi feito ao longo deste três anos por todos vós, centenas de milhares de visitantes, que escreveram dezenas de milhares de comentários e leram milhares de post's...cruzados por alguns desencontros e muitos, muitos encontros. 

Este espaço de afirmação livre, despido de preconceitos e onde o debate de ideias se sobrepôe a qualquer género de sectarismo, nasceu também para combater a periferia do nosso concelho.

E tem ajudado na sua divulgação!

Afinal o Vilaforte ganhou dimensão em parte por culpa dos seus detratores.

O Vilaforte tem crescido porque o poder, o contrapoder a oposição e todos os seus "satélites" se recusam a ler e comentar blogues...

Ora quando se diz blogues, deve ler-se Vilaforte, claro!

Por isso, hoje é dia de assumir com toda a convicção a continuidade deste espaço.

Com este ou outro modelo, com seis ou mais Editores, aqui estaremos sem desviar  da nossa "marca":

A amizade que nos une

A escrita descomprometida

Livre de preconceitos

Com imenso prazer

A pensar o melhor para a nossa terra

A aceitar sem receio os comentários.

 

O Vilaforte vai continuar porque não é, nem nunca foi um projecto Político.

É muito mais que isso. É a nossa amizade associada a uma vontade enorme de dizer e fazer diferente.

E já agora também é nosso o prazer 

de observar que todos os que dizem que não lêm blogues, lêm blogues e que todos os que não lêm blogues mas que lêm, afinal também comentam blogues...

Deliciem-se porque nós já estamos...

Afinal também estão de parabéns!

Pelo Sonho é que vamos

Três anos depois vislumbramos os nossos sonhos com outra nitidez...

 

O SONHO

 

Pelo sonho é que vamos,

comovidos e mudos.

Chegamos? Não chegamos?

Haja ou não haja frutos, pelo sonho é que vamos.

 

Basta a fé no que temos.

Basta a esperança naquilo

que talvez não teremos.

Basta que a alma demos,

com a mesma alegria,

ao que desconhecemos

e ao que é do dia-a-dia.

 

Chegamos? Não chegamos?

 

- Partimos. Vamos. Somos.

 

Sebastião da Gama

publicado por Jorge Vala às 00:00
endereço do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

Meio milhão- ESTÀ QUASE QUASE

 Ao leitor que for comprovadamente o leitor 500 000 mil do vila forte, receberá um livro assinado pelos editores.

Se ninguém se "queixar" fica para mim...

Enviar maill com print screen do contador para: pmms72@sapo.pt

Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

O nosso muito,sentido, obrigado!!

retirada da net

 

Não é que "trabalhemos" para records ou para bater audiências blogosféricas deste ou daquele blogue, mas ao fim de quase 3 anos (26 Outubro) constatar que no domingo o vila forte foi visitado por 367 computadores diferentes e que tivemos 2993 páginas vistas e que ontem, o day after das eleições, fomos visitados por 444 "máquinas" a que corresponderam 3914 páginas, só podemos agradecer a quem nos visita e comenta.

Para mim, e penso que para os restantes editores, era impensável há 3 anos atingirmos estes números, a  responsabilidade aumenta, mas prometemos não baixar a "parada".

Um abraço do fundo do coração.Obrigado!

 

Se me permitem, deixo aqui uma das músicas da minha vida que dedico a Porto de Mós.

 

Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Um ano a "assapar"

Estamos quase quase a comemorar o 3º aniversário do VilaForte, 26 de Outubro, mas hoje faz precisamente um ano que estamos na plataforma Sapo, e se nos dois primeiros anos, mais concretamente 23 meses, ficámos muito satisfeitos com a nossa produtividade (cerca  de 1500 post's) e com o número de visitas (200 000), nestes 12 meses podemos afirmar com toda  a propriedade que "assapámos" em alta velocidade..., 1007 post´s, 5905 comentários, com um fantástico número de 246 000 visitas.

Este ano fica ainda marcado pela nossa participação no blog eleições2009 "patrocinado" pelo jornal "Público", pela utilização de mais uma ferramenta de divulgação dos nossos textos, Twitter, pelas nossas "curvas do livramento", podcast, pela entrada de um novo editor, no mês de Junho, o nosso amigo Eduardo Louro  e por termos sido 2 vezes destaque na plataforma sapo.

Os editores do VF vão estar juntos, hoje, no local do primeiro "comício", daqueles onde se come e bebe e não daqueles com bandeirinhas..., e que viu nascer este NOSSO espaço que todos dias é visitado e lido por mais pessoas, para mais um repasto.

A todos aqueles que nos lêem e comentam diariamente, aos que aqui passam de vez em quando, aos que passam por engano, aos que gostam do que escrevemos, aos que não gostam, a TODOS o nosso muito obrigado. Temos aprendido muito convosco, temos consolidado amizades antigas e temos ganho novas para a vida.Do resto, daquilo que não interessa, podem crer que no inicio, no longinquo Outubro de 2006 ainda nos "tirava o sono". Agora, muito sinceramente, é para o lado onde dormimos melhor...

Em Outubro a festa continua e com surpresas,acho eu.....

Um abraço e siga o baile!!

 

 

Domingo, 9 de Agosto de 2009

400.000 !!!

 400.000 visitas!!

 

O Blog Vila Forte está de parabéns, mas esta marca deve-se essencialmente a quem diariamente nos visita e é aos nossos leitores que dirijo os meus agradecimentos.

Não posso deixar de dar também os parabéns e de agradecer aos meus colegas editores, pois todos temos um pouco de nós nesta aventura que é o Blog Vila Forte. O que já conseguimos ultrapassou as nossas expectativas iniciais, mas como ideias não faltam o futuro apresenta-se risonho e por isso cá continuaremos a conversar nesta esplanada à beira do Rio Lena.

 

Obrigado

Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

Novo editor do Vila Forte

A partir de hoje esta mesa à beira do Rio Lena contará com mais um elemento.

Trata-se do nosso amigo Eduardo Louro, bem conhecido de muitos portomosenses e que por isso dispensa apresentações.

Estamos certos que alargando a diversidade dos pontos de vista sobre a nossa terra e os nossos dias valorizaremos o blog Vila Forte.

 

Bem vindo Eduardo! Vamos teclar!

publicado por Autores do blog às 20:28
endereço do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

Parabéns a TODOS nós

 Mais uma vez ,o Vila Forte merece ser destacado na plataforma Sapo,a 1ª vez foi precisamente há 5 meses.A todos quantos nos visitam, comentam e nos divulgam um grande OBRIGADO!!

Sem vós isto não tinha piada nenhuma!!

estou: reconhecido e em festa
Sexta-feira, 6 de Março de 2009

300 000 visitas, OBRIGADO!

Estamos a atingir as 300 000 visitas, antes demais,um obrigado a todos os que nos visitam e que tornam este espaço tão especial para nós,  editores do Vila Forte.Para comemorar mais este número redondo de visitas, vamos oferecer um livro,mas primeiro vão ter que responder acertadamente a este desafio:

A "peça" que está na foto(na relva), para além de fácil identificação fez parte de um conjunto que formava um instrumento, que istrumento era esse?

 

Esta foto foi "roubada" de um blogue amigo.

 

 

Já temos vencedora, a Margarida. É efectivamente um Relógio de Sol. O blogue amigo onde, mais uma vez, fui roubar uma foto foi o simecqcultura.

 

 

 

estou: em festa
Domingo, 26 de Outubro de 2008

Obrigado Prof Dr. Julio Pedrosa

 

Como era de esperar a palestra foi interessantíssima, pela excelência do orador, pela clareza das questões que connosco partilhou, assim como pela interactividade com o público que encheu a Ecoteca.

Logo que possível Iremos colocar online todo o registo audio.

 

Deixo-vos com uma foto e com uma frase do Prof. Júlio Pedrosa:

 

"Devemos pensar o que será a escola quando deixarmos que cá andar. Eu não me acredito no fim da escola."

 

Obrigado pela presença e participação a todos os que assistiram à palestra.

estou:
publicado por Paulo Sousa às 23:58

editado por Autores do blog em 28/10/2008 às 15:15
endereço do post | comentar | É aqui que se vêem os comentários (23) | favorito
|

Obrigado a TODOS

No dia 26 de Outubro de 2006, às 23:42,foi ASSIM!

 

Hip Hip HURRA!!!!

 

Façam o favor de se servirem.Obrigado!

 

 

 

estou:
Sexta-feira, 24 de Outubro de 2008

É hoje

No momento em que o Ministério da Educação transfere competências para os Municípios é importante saber qual o papel das Autarquias neste novo cenário?

 

Para assinalar o segundo aniversário do Blog Vila Forte os seus editores convidaram o muito prestigiado Prof. Doutor Julio Pedrosa para dar uma palestra em Porto de Mós, sob o tema Educação, Escolas e Autarquias.

Este evento terá lugar no Auditório da Ecoteca (junto ao Jardim), hoje às 21h00.

O Prof. Doutor Julio Pedrosa é o actual Presidente do Conselho Nacional de Educação.

>

Foi também o Ministro da Educação do XIV Governo (presidido pelo Eng. Guterres), Reitor da Universidade de Aveiro e Presidente do Conselho de Reitores.

Estamos certos que esta palestra nos ajudará a reflectir sobre o que deverá ser a escola nesta nova realidade.

>

Os nossos leitores e todos os interessados pelo tema da educação estão convidados a assitir a esta palestra.</span>

Sexta-feira, 17 de Outubro de 2008

Inauguração do CIBA

Um agradecimento especial ao Paulo César.

 

 

Domingo, 12 de Outubro de 2008

2º Aniversário do Vila Forte

No momento em que o Ministério da Educação transfere competências para os Municípios é importante saber qual o papel das Autarquias neste novo cenário?

 

Para assinalar o segundo aniversário do Blog Vila Forte os seus editores convidaram o muito prestigiado Prof. Doutor Julio Pedrosa para dar uma palestra em Porto de Mós, sob o tema Educação, Escolas e Autarquias.

Este evento terá lugar no Auditório da Ecoteca (junto ao Jardim), no próximo dia 24 de Outubro, sexta-feira, às 21h00.
O Prof. Doutor Julio Pedrosa é o actual Presidente do Conselho Nacional de Educação.
Foi também o Ministro da Educação do XIV Governo (presidido pelo Eng. Guterres), Reitor da Universidade de Aveiro e Presidente do Conselho de Reitores.
Estamos certos que esta palestra nos ajudará a reflectir sobre o que deverá ser a escola nesta nova realidade.
Os nossos leitores e todos os interessados pelo tema da educação estão convidados a assitir a esta palestra.
estou:
publicado por Autores do blog às 19:00

editado por Pedro Oliveira em 13/10/2008 às 16:36
endereço do post | comentar | É aqui que se vêem os comentários (6) | favorito
|

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds