Quarta-feira, 18 de Março de 2009

Avizinham-se tempos ainda mais dificeis no Concelho

Para além do problema das cerâmicas aqui tratado pelo Luís Malhó,eis que Moita Flores em vários orgãos de comunicação, denuncia o problema das pedreiras nas serras de Aire e Candeeiros:

"Com a crise que temos no país e com esta insensibilidade, não há redentor que nos valha", afirmou o autarca, acrescentando: "Estamos num território de ausência de lei".

 

publicado por Pedro Oliveira às 12:33
endereço do post | favorito
De Maria Antonieta a 18 de Março de 2009 às 20:05
Disse aqui num qualquer post que publiquei ,que apartir de Maio a crise tomaria contornos muito graves e complicados a nível mundial.
È completamente utópico pensar que Portugal será um cantinho que passará incólume.
Mas acreditar que no concelho de Porto de Mós a crise se irá minimizar pagando umas rendas de casa aqui e ali, ou umas facturas de água, é igualmente utópico
Estou convicta que o município deveria criar um gabinete anti-crise e estudar medidas muito sérias para que fosse possível passarmos por este calvário que vão ser os anos que se avizinham da melhor forma possível.
Vão ser as cerâmicas que já há muito se encontravam em crise, mas que agora irão ter problemas mais graves. Vão ser as pedreiras e nesse campo auguro péssimas perspectivas. São as fábricas que fazem componentes para automóveis e logicamente um encadeamento de outras actividades que em consequência das anteriormente referidas, irão por arrasto fazendo o efeito de bola de neve.
E a agricultura? E a pecuária?
No nosso concelho é bom lembrarmos que ainda há muita gente que faz destas actividades fontes de rendimento.
Há concelhos onde já houve a preocupação de se incentivarem os seus habitantes a comprarem os produtos dentro do próprio concelho para que assim o dinheiro não saia de lá. E não é utopia, coisissima nenhum.
São medidas muito acertadas.
Vai chegar aí um tempo em que será cada um por si e se nós não formos capazes de tomar conta de nós, ninguém tomará..
E já agora relembro, que depois da ceramica. dos texteis que já foram, das pedreiras que se encontram a caminho, se formos inteligentes, poderemos explorar o enorme potencial turístico que possuímos, criando alternativas a preços competitivos, no âmbito do turismo religioso, ecoturismo, turismo gastronómico e muitas outras vertentes.
Se soubermos proteger o que é nosso e rentabilizar o que temos de bom e de qualidade, se admnistrarmos com inteligência e com sabedoria, procurando alternativas inovadoras e conjugando-as com técnicas ancestrais, como seja oferecer bons produtos biológicos e naturais produzidos de forma manual sem aditivos, alojamentos em locais libertos de poluição e que ofereçam o sossego e a tranquilidade desejada. Esta dinamica pode ser a alavanca para alguns empregos ainda que sazonais que muito vão ajudar na economia familiar. Incrementando estas e outras medidas, por certo atravessaremos este período melhor.
È bom pois que o município as forças vivas e os partidos politicos não façam desta crise arma de arremesso porque os tempos que virão não vão ser pêra doce não.
De Paulo Sousa a 19 de Março de 2009 às 00:04
"Há concelhos onde já houve a preocupação de se incentivarem os seus habitantes a comprarem os produtos dentro do próprio concelho para que assim o dinheiro não saia de lá."

Dª Antonieta,
Se todos os concelhos fizerem o mesmo, não quero ver onde vão parar as nossas empresas do ramo da pedra e da cerâmica, muito dependentes da exportação. Apostar no proteccionismo e no mito da auto-suficiência é apostar num regresso ao passado. Se o mundo inteiro fazer o mesmo, o que acontecerá com a industria farmaceutica? E depois quem abastece as farmácias. Isto é apenas um exemplo.
O mundo hoje é global e por isso são necessárias medidas de combate à crise de carácter global.
São necessárias medidas locais para amortecer os efeitos da crise (que é diferente de combater a crise), mas não nos podemos arriscar a deitar a água fora juntamente com o bébé.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds