Quinta-feira, 26 de Março de 2009

As TIC's no Ensino básico inglês

«Os alunos das escolas primárias britânicas deverão dominar ferramentas baseadas na Web como blogues, podcasts, Twitter e Wikipedia, segundo planos de alterações ao programa escolar ontem divulgados pelo jornal britânico The Guardian.
Em contrapartida, os alunos deixarão de ter como obrigatório o estudo de certos períodos históricos, como a época vitoriana ou a II Guerra Mundial (extensamente coberta no programa do secundário). O fim da rigidez dos programas deverá ser outra novidade, com os alunos a terem mais a dizer sobre a matéria.»

 

Público, hoje

publicado por Paulo Sousa às 08:33
endereço do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Luis Malho a 26 de Março de 2009 às 08:47
Web, Blogs, Facebook, Twitter ???
Não há gente atrasada, como os gajos daquela ilha que está para além do Canal...
De Paulo Sousa a 26 de Março de 2009 às 12:04
Quando está nevoeiro no Canal da Mancha os ingleses dizem que o continente está isolado.
Em termos de TIC's também poderão dizer o mesmo...?
O Magalhães pode contrariar isso, mas ao nível local temos um Presidente da Câmara que faz ponto de honra em não ler blogs!!
De Ana Narciso a 26 de Março de 2009 às 09:47
É preciso relembrar que antes de se colocar seja o que for nas ferramentas digitais , os alunos e os jovens devem aprender primeiro a escrever, ler e contar. Ás vezes esquecemo-nos de que os computadores também servem para outros fins ; como por exemplo: escrever ensaios, pesquisar informação idónea, confirmar ou esclarecer dúvidas sobre factos históricos e geográficos ou outros.Há quem pense que os jogos e o messenger são as únicas finalidades dos computadores... principalmente os miúdos.
De Maria Antonieta a 26 de Março de 2009 às 20:41
È verdade DraAna.
Pasmo sempre que vejo este governo no tal plano das Novas Oportunidades oferecer computadores a pessoas que não sabem construir uma frase, colocar uma vírgula.
Mas será que o governo pensa que pelo facto de o computador corrigir os erros, deixou de ser necessário saber gramática, pontuação e outras coisas mais.
Um dia destes alguém me dizia que tinha três portáteis em casa, todos oferecidos nos tais cursos e que queria vender pelomenos um ainda que fosse a baixo custo.
Este país é surrealista.
Ele são O Magalhães, os portáteis, as prestações das casas reduzidas a metade, os subsídios oferecidos alienatoriamente.
Sabem uma coisa?
Eu não queria utilizar a palavra mas lá vai " Uma verdadeira banha da cobra"
Mas que todos vamos ver e sentir as consequências. Lá isso vamos.

De Ana Narciso a 26 de Março de 2009 às 21:34
Não vamos Antonieta , já lá estamos.
As escolas e as famílias tem um papel determinante no uso dos computadores. Eu continuo rendida a esta ferramnte e já não imagino a minha vida sem telmóvel e sem computador. Mas o meu uso é instrumental , não subsitui, o livro, o encontro social,... é apeas um instrumento que uso diariamente mas que está ao ao meu serviço e não o contrário.
E deixo aqui algumas sugestões que deram resultado : Nunca colocar computadores nos quartos das crianças; o computador deve estar num local onde seja possível partilhar com os mais novos o que se está a ver: Nunca colocar a televisão nos quartos dos miúdos; nunca saberemos que programas consomem e que filmes poderão ver.É simples, não é?E barato.
De Portomaravilha a 27 de Março de 2009 às 21:14
Para informação, o sistema educativo Francês implantou à cerca de 3 / 4 anos , quer na primária quer nos primeiros anos do ensino segundário , uma prova obrigatória de fim de cíclo que se chama 2bi, ou seja, brevet informatique internet ( daí os dois i ).

Esta não impede que os meninos do primário tenham que conhecer o calculo mental, a gramática francesa ( que como a portuguesa ou de qualquer outra língua latina é dificílima devido às excepções e não só).

Todavia, não creio ficar fora do contexto do texto, dizendo que, aqui, em França, esse acréscimo se tornou numa espécie de pesadelo para os alunos.

Como já contei, à medida que vou escrevendo melhor me vão conhecendo. Tenho um filho de 14 anos e uma filha de 11 anos.

O 2bi é indispensável. Mas tornou-se numa sobrecarga escolar porque o lobie dos profs de história e geografia ou de latim, por exemplo,não querem abdicar de programas que foram feitos para o século passado.

Assim : Os meus filhos começam às 8h30 e saem às 16h30, tendo uma hora para comer ao meio-dia na cantina. Sabendo-se que quando chegam a casa têm os deveres de casa. E, sabendo-se que têm a quarta-feira livre ( sempre com deveres ) mas não o sábado de manhã, pergunto quanto tempo lhes queda para viverem ? E há que acrescentar o pin-pong, o teatro, a dança como actividades semanais.

Assim, penso que a introdução à iniciação da informática é indispensável. Nós já não utilizamos a pena para as cardenetas escolares, etc...

O grande problema, pelo menos aqui, é a sobrecarga escolar. E essa carga escolar é devida a programas escolares absurdos. Devida a lobies de tal ou tal matéria. É que os editores também estão em campo.

Como prof, sei que é preciso treinar a memória (esta educa-se ). Daí a obrigar uma criança ( a minha filha ) a conhecer de côr e salteado a rota das conquistas de Alexandre Grande há um abismo.

A França continua uma pioneira na pesquisa ( apesar dos dizeres de sarkozy que quer privatizar ) e as universidades continuam em greve e profs do centro nacional de pesquiza cientifica (cnrs) vão sendo molestados fisicamente pelas forças da ordem (?), independentemente da sua idade, porque ocupam os seus laboratórios.

Aqui sabemos e estamos conscientes que temos um dos melhores sistemas educativos do mundo. Não é um acaso se os liceus Franceses ,por esse mundo fora, são tão procurados .Mas, sem dúvida, também, um dos mais elitistas do mundo ( Ena , Polytechnique. Mines, Sciences Politiques, etc.. )

Mas também estamos conscientes que sem tempo livre a criatividade desaparcerá a curto prazo.

Quando digo nós, torno a repetir, não se trata dium partido. Nada tenho a propor. Mas dum grupo de patetas ( eis uma palavra transexual :-) ! que pensa que a pedagogia deve estar ao serviço dos alunos e não os alunos ao serviço da pedagogia.

Porque não se parte do presente para dar a conhecer o passado ? Não seria mais fácil de assimilar para os mais desfavorecidos.

Quanto ao calculo mental é uma exigência, para mim.

Quanto à concordância verbal é uma exigência para mim.

Já a orthographia é problemma de código, logo diferente.

E Viva o Porto !





Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds