Sexta-feira, 1 de Maio de 2009

Desculpa André! - #5

 

Não quero acreditar que este episódio tenha alguma coisa a ver com isto ou isto ou isto ou isto, etc ... ou simplesmente, primeiro com http://vilaforte.blog.com/ e agora com http://vilaforte.blogs.sapo.pt/.
 
 - Mas é verdade que a directora não gostou de uma carta que lhe escrevi, quando o meu filho foi obrigado a lavar a cabeça em pleno inverno, por uma professora que nem sequer era a directora da escola nem a professora dele. Porque levou uma crista.
 - Também é verdade que referiu várias à minha esposa o desagrado por eu escrever num Blog
 - Também é verdade, que quando a minha esposa a abordou, ao de leve, do infeliz assunto das pistolas oferecidas pela autarquia às crianças no Natal, a reacção dela foi, de grande lamento pelas funcionárias da câmara, que têm a carreira estragada!
 - Também é verdade que a Câmara rescindiu o contrato com a empresa que fornecia os serviços das AEC, nas férias da Páscoa, depois de 5 trimestres de um serviço miserável.
 
 - Será verdade que foi dito no Agrupamento de Escolas de Porto de Mós, no dia a seguir a este episódio, que o problema da Escola Primária do Juncal está resolvido, pois o miúdo mudou de escola?
 - Será verdade que a Presidente do Agrupamento, respondeu, que já tinha muitos papeis na secretária, quando lhe foram entregar os Curricula Vitae de alguns professores das AEC?
 - Será verdade que um filho, pediu à mãe para chumbar, porque assim não passava para a professora do ano seguinte, pensando que mudaria de professora?
 - Será verdade que há uma diferença abissal entre os dois Agrupamentos do Concelho de Porto de Mós?
 
 
Aqui, fico-me, para já, por aqui!
Resta-me agradecer os que leram, reflectiram e comentaram, estes factos.
Obrigado a todos.
estou: na Idade Média
publicado por Luis Malho às 12:00
endereço do post | comentar | favorito
43 comentários:
De anonimo a 5 de Maio de 2009 às 01:17
Como é que é possivel alguém vir aqui a publicitar uma clinica dum Sr que deve levar uma fortuna?
Só pode mesmo ser uma pessoa que recebe à comissão.
Se os Pais do André forem à consulta está escrito que alguém deu à dica. E a comissão já lá canta. É que estas consultas não é só uma ou duas, nem duas ou tres dezenas.
A malta está sempre à coca para se amnhar essa é que é essa.
De Pedro Oliveira a 5 de Maio de 2009 às 09:05
Bom dia,
As pessoas que continuam a querer confundir a Primavera com a Prima da Vera, ainda não perceberam que estão a cometer um erro crasso.Ao virem ao Vila Forte, esse blog odioso de gente incapaz,que só dizem mal e em nada contribuem para o bem estar das pessoas, mais não fazem que contribuir para que ele, o blog, se torne,ainda mais, em algo que eles próprios, esses corajosos anonimos, não queriam que se tornasse, no espaço de debate público com mais notoriedade no Concelho e arredores, só por esse facto já merecem o nosso Muito Obrigado.
Depois carissimos amigos anónimos, o vosso problema já não está resolvido?
O André já não está na vossa escola, já tem novos amigos,já respira ar puro.....
Ou será que o queriam manter na escola, para continuarem a acusá-lo de fazer coisas que não fazia,como dizia o outro vocês sabem do que eu estou a falar..., para que pudessem dizer mal da familia dele, claro que não é inveja...., e principalmente para terem um bode expiatório para a vossa incompetência? Quem será o próximo "André" nas vossas mãos?Sois incompetentes e pessoas mal formadas, só assim se percebem os comentários anónimos e a forma como aqui trataram uma criança de 7 anos, só por isso posso imaginar como é na escola.
Obrigado por esta ,infeliz, demonstração de como funciona a escola em Portugal,em concreto no Juncal.Eu como Pai fiquei esclarecido. Só mais pequena coisa, os editores do vila forte têm costas largas, batam em nós, deixem as crianças de parte é um favor que fazem a vocês próprios, isto de forem capazes claro está.
De LR a 5 de Maio de 2009 às 10:36
Tenho dúvidas que percebam este comentário, é que são um pouquinho lerdos.Acho que estão,os profs e seus amigos, a arranjar lenha para se queimar olá se estão....
De Pedro Oliveira a 5 de Maio de 2009 às 13:42
Se isso acontecer, temos pena! Como diria um amigo meu de 7 anos que mudou de escola a semana passada.....
De António A. a 5 de Maio de 2009 às 22:39
Quem leu o sr Malhó dá-lhe a razão, mas os pais das outras crianças da sala do André e a população do Juncal não. Porque será !?
Que venha alguém à vila e faça um inquérito começando nos outros pais e vai ver que eles (pai e mãe do André) perdem por larguíssima maioria. Não me vão dizer que a população se uniu para tramar o casal Malhó.
Como não existem escolas que ensinem a ser pai ou mãe, aceita-se as diferentes maneiras de formar homens, uns responsabilizam os seus educandos outros desculpabilizam.
Ser pai é fácil, saber ser é que é difícil. Nisto estamos de acordo sr . Oliveira?
De Pedro Oliveira a 6 de Maio de 2009 às 08:38
Já agoa meu caro António qual é a pergunta dessa "sondagem"?
será:
Concorda com a Porfessora que sai 10 minutos mais cedo e deixa os miúdos ao "deus dará" e recebe a hora por completo?
Concorda que a directora ou alguém em nome dela chame "parvo" e "deliquente " a um miúdo de 7 anos?
Concorda que havendo uma ssociação de pais este assunto de irreverência juvenil seja tratado em reunião de "conselho de Escola"?
Concorda a Associação de Pais não tenha tido conhecimento do teor da reunião?
Concorda que um miúdo seja sistematicamente acusado de coisas que não fez só porque dá jeito ter um "bode expiatório"?

ou a pergunta que fez foi:
Tem inveja da Familia Sousa?
O que acha do trabalho do Presidente da AM que por acaso é pai do André?
Ou ainda
Concorda que o Pai do André seja presidente da AM pelo PSD e a Mãe Presidente da associação de Pais e deputada municipal do PS e isso faz-nos uma comichão do caraças?


Por fim e respodendo à sua pergunta directa,sim não é fácil ser-se Pai hoje como não foi no nosso tempo, como não é fácil ter bom senso em lidar com as responsabilidades que os professores têm hoje em dia, por isso muitos vão para a reforma, estavam mal habituados,ou seja, ninguém os "chateava", o raio dos blogues são do caneco(ainda faltou essa pergunta: o que acha do Vila Forte?,eheheheheh),como diria o meu amigo de 7 anos que anda feliz na nova escola, temos pena, é da vida.
Bom dia para si também
De Anómico a 6 de Maio de 2009 às 16:41
Que tristeza tão grande.
Dá pena ler comentários assim.
Parabéns.
A mania da perseguição atingiu o pico máximo neste comentário.
Agora digo eu, clap clap clap.
Vénias Sr. Pedro Oliveira.
De Anómico a 6 de Maio de 2009 às 17:43
Caro Oliveira
Quando se passa o limite dos limites, há que apurar responsabilidades, para o bem ou para o mal.
Afirmações de que a directora ou a professora dessa escola chamou parvo ou delinquente ao André, garanto-lhe que, se fosse comigo, teriam que ser provadas. Só porque "somos donos" de um blog isso não significa que se caluniem as pessoas.
Já tive um filho na escola do Juncal (que o Sr. não conhece, mas diz mal só porque o amigo diz) que foi aluno da professora que actualmente é directora e ponho as mãos no fogo em como isso é falso. É uma pessoa meiga, delicada, atenta aos problemas das crianças e, acima de tudo, bastante responsável.
Pena que vocês não conheçam a palavra responsabilidade!
Apelam tanto à liberdade, o problema é que vocês desconhecem que liberdade é sinónimo de respeito, de regras de responsabilidade.
Mas desde sempre que este blog se tem pautado pela ausência desses valores.
Este blog tem sobrevivido à custa de mexericos e, principalmente porque sendo vocês todos do PSD ainda não aceitaram que em liberdade o povo escolhe, o povo vota. O povo escolheu PS e isso continua-vos atravessado na garganta (e eu nem sou PS) mas sou principalmente defensora da verdade!
Haja tento naquilo que se diz!
De Pedro Oliveira a 6 de Maio de 2009 às 17:55
"De marialuisa a 1 de Maio de 2009 às 22:26
Após a leitura de tantos comentários, apercebi-me que se está a tornar um folhetim, daqueles baratos e sem qualidade.
Permitam-me que apresente algumas considerações.
1. Na escola do Juncal têm acontecido episódios de violência, má educação, desrespeito pela autoridade, falta de educação, enfim episódios recidivos de indisciplina.
2.É legítimo que os professores se sintam desapoiados e tenham recorrido à Escola Segura, pois os pais das crianças envolvidas nesses episódios nada de concreto tenham feito, apenas desculpabilizar os filhos e pouco mais.
3.Os pais das crianças em questão estão fartos de saber os filhos que têm e os problemas e embaraços que lhes causam quer em casa, na rua, quer na escola. O filho do Luis, em especial, é conhecidíssimo pelo mau comportamento em todas as actividades em que tem participado, sobretudo desportivas e não só.
4. A presença do Sr. Vereador na reunião de pais é legítima e pertinente, pois as AEC's são da responsabilidade da Câmara e ele é seu representante. Afinal, a maioria ou as mais graves situações de indisciplina acontecem nestas actividades.
5. É bem certo que alguns, porventura, muitos professores das AEC´s estão desmotivados, mal pagos, pouco competentes, desajustados á situação, sem condições de trabalho. As crianças, na hora das AEC's estão cansadas e necessitam ter espaço de brincadeira, de "fazer nada", de correr e saltar. Será que as pessoas já se deram conta que as crianças têm mais tempo de actividades durante o dia que os adultos têm de horas de trabalho? E à noite, os pais também estão cansados e sem vontade de os ouvir, escutar, conversar, transmitir valores, ensinamentos. Alguns perguntarão o que é isso? Coisas do tempo da outra senhora!! Pois é!!
6. Na escola do Juncal há bons professores e outros que nem tanto. Infelizmente, às vezes, perdem as estribeiras e dão uns estalos, eu não concordo em absoluto, mas até compreendo que se descontrolem, Não pode ser uma prática leviana e inconsequente.
7. O Luis, na reunião pediu desculpas pelos maus comportamentos do seu filho, o que só lhe ficou bem.
Transferiu-o de escola, o que fez ainda melhor, para descanso de muitos. Afinal concordo com estas atitudes, pois como pai devia proteger o seu filho. Mas o André, para onde foi, vai ter compinchas do melhor, não há dúvidas!! E vai continuar a fazer o mesmo, outros professores e outros alunos vão ser vítimas. Enquanto o pau vai e vem, folgam as costas. Só foi pena que o Luis não tenha metido a viola no saco. Era uma boa lição de vida para ele e para o seu filho, recomeçarem do zero, tentar apanhar o barco da educação familiar, funcionar como uma punição para o filho e uma lição de vida para os pais. Quem sabe, daqui a uns anos, o André regressava ao Juncal como um rapaz bem comportado e mais atinado. Nada disto vai acontecer.
8. O Luis, em vez de seguir o bem senso, optou por se fazer de vitima, vitimizou o parvo do seu filho, e mais grave ainda, serviu-se do seu próprio filho, para politizar toda a situação. Afinal, reparem, não foram as professoras, nem os inimigos politicos que se serviram da situação, foi ele próprio, e à custa do seu filho.
9. Também é provável que o mal estar se tenha instalado na escola entre os professores e esta família que prima pela arrogância e novo riquismo, xenofobia camuflada mas sentida entre quem é excluído por ser pobre ou ter uma casa pequena.
10. O certo, certo é que este pai está a legitimar a formação de um delinquente. Azar o dele ou deles que são os pais, e vão colher a sementeira que andam a fazer. Contudo, azar o nosso também, pois teremos um delinquentezinho na nossa terra, que atrairá outros devido às suas qualidades de líder.
Afinal todos ficaremos menos bem com acontecimentos destes, e com a forma indecorosa, incorrecta e omissa que o Luis utilizou para se auto-promover, omitindo os acontecimentos, referindo apenas o episódio das camisolas e dos "violadores". Como se este episódio fosse isolado e único.
É pena que não saiba distinguir o certo e o errado, e o saiba transmitir aos seus filhos.
Devemos todos tentar analisar a situação com clareza, bom senso pois a verdade não é a do Luis."
Cada um tira a conclusão que quer,quanto ao elogio que faz ao blog,Obrigado.

De Jorge a 5 de Maio de 2009 às 23:55
Acho a historia deveras rocambolesca. Não li a totalidade dos comentários mas nos que li não encontrei ninguém a afirmar que este "caso sério" fosse mais do que três miúdos em tronco nu a andarem à roda da amiga". Por outro lado, encontrei muita condenação pelo mediatismo que a questão está a ter. Portanto, na falta de contraditório, tenho que concluir que houve aqui uma nítida atitude de tiranete.
De Anómico a 6 de Maio de 2009 às 18:09
Jorge

Você diz que "não encontrei ninguém a afirmar que este "caso sério" fosse mais do que três miúdos em tronco nu a andarem à roda da amiga".
E você acha que todo os professores, auxiliares, executivo do agrupamento, vereador da educação e escola segura, são todos parvos?
Acha que este "grupo de parvos" só tomou a atitude de fazer a reunião porque as 3 criancinhas tiraram a camisola e andaram à volta de uma menina, que por acaso até é prima do André?!
Não lhe dá pra pensar que isto deve ter sido um acumular de muitas situações de há 22 meses?!
Na escola do Juncal reuniram-se os parvos, os espertos ficaram no blog aescrever!... aja paciência...mas tou a gostar do mediatismo que isto tem tido; é que asim ficámos a conhecer melhor as figuras públicas deste concelho!
De LR a 6 de Maio de 2009 às 19:15
Ó anónimo ainda não te cansaste de vir defender o dono?arre que é chato, epá já percebemos que o Luís e restante familia são do pior que há,que a escola funciona ás mil maravilhas que as marias luisas/professoras são umas joias de pessoas e que o problema está no puto, já foi embora.Ainda não estão satisfeitos? afinal qual é o vosso problema?
Vêm para aqui ofender os editores,quem cá comenta normalmente e fazem o mesmo que criticam aos outros, impingir a vossa versão e ainda por cima sem terem a coragem dos editores por exemplo ao não se identificarem.Isso sim é que é abuso de liberdade ó otário.Se não têm mais que fazer,ao menos estejam calados.Xô melgas!
Só mais uma coisa,faz um blog com os teus amigos e lá podes escrever o que quiseres,se tens inveja do sucesso deste blog,vai coçar a micose para outro lado que isso pega.
Chiça que não desamparam a loja.Ó Luís que raio de gente têm vocês de aturar aí no Juncal.A inveja é malina,raios parta esta corja de gente.
De Jorge a 6 de Maio de 2009 às 22:38
Eu não acho nada. Limito-me a interpretar o que leio.

A avaliar pela dimensão do esquadrão (professores, auxiliares, executivo do agrupamento, vereador da educação e escola segura), estes miúdos de sete anos devem ser uns terroristas. Ai se o Bin Laden sabe...

E já agora, registo que continua a não existir contraditório.
De anonimo a 6 de Maio de 2009 às 10:46
Aqui temos um caso típico de um paizinho a desculpabilizar o seu medíocre rebento pelas tropelias cometidas... Mas virá a altura em que o mesmo será vítima dessas mesmas desculpabilizações. Quem não dá educação aos filhos é assim.
De Pedro Oliveira a 6 de Maio de 2009 às 11:18
Respondendo no mesmo tom,diria que aqui temos quem não absorveu os ensinamentos da irrepreensivel educação que teve,ao não ter a frontalidade de escrever o que escreveu com assinatura.
Será que andou na escola do Juncal?
De Febo a 6 de Maio de 2009 às 20:08
Caros editores do blog.
Esta assunto começa a feder.
Já todos perceberam que os comentários anónimos são encomendados, e está-se já no dominio da má educação.
Se o Luis exagerou no numero de escritos sobre o assunto, por mim é verdade.
Se falou verdade nos escritos,eu que o conheço, acredito que é verdade.
Que a escola só reagiu com este exagero de actuação, também é verdade.
Que existem casos identicos e talvez bem mais graves no concelho e se assobia para o lado, também é verdade.
Que pese o profissionalismo dos professores, (alguns existem que não o deveriam ser), e o funcionamento da escola, está muito longe de ser sofrivel,também é verdade,
Se calhar uma palmada dada no momento certo,por vezes é da melhor pedagogia, também é verdade, no minimo para os pais.
Termino editores do blog.
Chega, porque todos já não conseguem dar nenhuma novidade sobre este assunto.
A grande novidade, essa seria bem desejável, que os responsáveis do Ministério da Educação mandassem a inspecção ver como estão as coisas a funcionar, e podermos saber uma coisa simples-
quanto gasta a Câmara com cada criança que está nas AECs?
quanto recebe a Câmara por cada uma das crianças?
Digam lá que não era interessante a resposta a estas 2 simples perguntas, para podermos avaliar o desempenho da Câmara neste processo das AECs.
Vá lá que agora parece estar a funcionar melhor.
Mas se não se tivesse falado no assunto, tudo teria continuado na mesma.
E a Câmara não teve culpa em tudo isto? Também é verdade.
De Pedro Oliveira a 6 de Maio de 2009 às 20:19
Concordo caro Febo,
O assunto estará encerrado por parte do Luís e da Célia,ao retirarem o André da escola.
O contributo de alguns anónimos foi para tentar desviar assunto e não fazer o contraditório.
Em nome dos editores peço aos normais comentadores do vila forte para não alimentarem mais esta polémica e eu próprio assim o farei.
Estão muitos assuntos em debate para quem queira dar a sua opinião e desta forma contribuir para o fim deste triste episódio.
As considerações sobre o blog são bem vindas e as opiniões também.Vamos lá a discutir outros assuntos.
Obrigado Febo pela sua lucidez
De professoraec a 7 de Maio de 2009 às 09:39
E eu que pensava que o problema era só da antiga empresa que leccionava as aec...
Pelos vistos o problema é do meio e não das pontas...
De Pedro Oliveira a 7 de Maio de 2009 às 16:04
Caro ANÓNIMO,
decidi eliminar o seu comentário porque não acrescentava nada ao assunto antes pelo contrário.
Pode,eventualmente,chamar-me de censor,mas ontem aceitei a sugestão do "Febo" e de má educação já chega.Grato pela sua comprrensão.Tem mais temas para dar a sua opinião.
De António A. a 7 de Maio de 2009 às 21:06
Para os cinco publicadores do blog. Vós, nos dias da novela-blog "desculpa André" nenhum post editaram, verdade? E agora com censura!! Porquê?
De Pedro Oliveira a 7 de Maio de 2009 às 21:49
Caro António,
A justificação está no comentário do "Febo",muito lucido e no meu posterior ao dele.E se os imensos comentários que os 5 textos sobre o assunto tiveram,não ultrapassaram,digamos,o limite da boa educação,discutivel como é óbvio, os que que tive de eliminar nestes dias ultrapassam os limites da argumentação contra ou a favor dos textos do Luís.Espero que compreenda.Há muitos mais textos para comentar,insistir nesta polémica não acrescenta nem diminui nada aos factos,agora.Assunto encerrado.
Obrigado pelos seus comentários e visita que nos tem feito regularmente.Sei que racionalmente compreende esta posição,nesta altura.
De rosa silva a 8 de Maio de 2009 às 00:35
Criaram a novela, por capítulos, tiveram bastante sucesso a ver pelo nº de comentários...mas pelos vistos cansaram-se da popularidade. Há cada uma!...
Porque será?
Se calhar também vão censurar este comentário...

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds