Quarta-feira, 15 de Outubro de 2008

Orçamento de Estado 2009

Nunca um orçamento foi tão "badalado", se é normal estarmos curiosos como vai ser o orçamento "eleitoralista", pois estamos em vésperas de vários actos eleitorais, este tem a particularidade de vermos como vai conjugar, Sócrates, este facto com a crise financeira que assombrou o toque de "Midas" que a dupla Primeiro-ministro,Ministro das Finanças nos tinham preparado.

Como na blogosfera não escapa nada, podem saber tudo,mas mesmo tudo sobre o que se escreve em relação ao OE2009,AQUI, e depois,podem e devem, dar a vossa opinião na nossa caixa de comentários.

 

via blasfémias

publicado por Pedro Oliveira às 07:13
endereço do post | comentar | favorito
15 comentários:
De Paulo Sousa a 15 de Outubro de 2008 às 08:23
Excertos do Público:
"o Governo conseguiu encontrar espaço para um aumento salarial de 2,9 por cento para os funcionários públicos. Teixeira dos Santos diz que "é coincidência", mas o que é certo é que é no ano das eleições legislativas que se irá verificar o maior aumento salarial desde 2001 e o primeiro, desde que o PS voltou ao poder";
"Teixeira dos Santos negou qualquer ligação da proposta salarial com as eleições"

De Paulo Sousa a 15 de Outubro de 2008 às 08:31
Sobre o mercado habitacional o OE prevê a criação de:
1- Fundos de Investimento Imobiliário para Arrendamento Habitacional (FIIAH)
2 - Sociedades de Investimento Imobiliário para Arrendamento Habitacional (SIIAH)

Estes 'instrumentos' que vão beneficiar de um regime especial transitório que, em sede fiscal, distribui benefícios e isenções por todos.

Lembram-se do video: http://www.invertired.com/quimu/videos/25/34?
Acham que os nomes atribuídos pelo governo são convidativos ao investimento?

Se estes 'instrumentos' forem competitivos, todos ganharemos em deixar de cumprir a prestação do crédito habitação. Aguardemos por detalhes.
De Paulo Sousa a 15 de Outubro de 2008 às 08:35
"As transferências do Orçamento do Estado (OE) para os municípios portugueses vão, em 2009, registar um crescimento de 4,8 por cento."
De Pedro Oliveira a 15 de Outubro de 2008 às 10:14
Ao que parece o ministro queria apresentar o OE2009 no magalhães, mas ninguém sabia trabalhar com ele no ministério, parece que a formação recebida não foi eficaz...(novidades sobre este assunto depois do almoço!!!)
Esta da malta não pagar empréstimos e o estado ficar senhorio não a compreendo,para além da criação de mais um instituto..., então,mas qual é o risco do banco?O banco não tem capacidade de negociar com o seu cliente?
Já estou a ver outros sectores à rasca a pedir uma coisa semelhante que limite o risco ao minimo, de receber por parte de alguém.
A descida do IRC é uma falácia, pois só beneficia as que dão lucro e aquelas que fazem pela vida que tentam internacionalizar-se para fugir ao marasmo que é o mercado nacional? que apoio têm?
Srs. Presidentes de Câmara o natal veio mais cedo, podem preparar o festório e inaugurações para o ano que vem, o Sócrates é amigo, não é?
Os Senhores das Universidades que se desenrasquem que este ano é preciso mais dinheiro para rotundas e passeios, o futuro está nessas coisas, percebem não percebem?

De Ferreira-Pinto a 15 de Outubro de 2008 às 10:28
Absolutamente incompreensível essa de quem não pode pagar a casa passar a ser inquilino do Estado.
E com direito a baixa da prestação.
Quem paga a diferença?

O bodo aos Municípios não atinge aquela cifra dado que na realidade se irá situar na casa do 1% qunado comparado com transferências financeiras de outros anos. Mesmo assim, e face àquilo que se prepara graças à nova Lei das Finanças Locais e das Taxas das Autarquias Locais (que é mais um assalto ao contribuinte) o aumento podia ser de 0%.

Os escalões do IRS vão ser aumentados 2,5%, não se mexe no ISP, o IA nalguns casos vai aumentar e, fora do OE, ficou-se hoje a saber que a ERSE vai aumentar a electricidade entre 4 a 7%.

Em súmula, mais de mesmo.
De Paulo Sousa a 15 de Outubro de 2008 às 13:59
Esta coisa do FIIAH e do SIIAH não está nada bem explicada.
Que valor será atribuído aos imóveis? Quem o determina? Quem é que vai pagar a factura? Alguém tem de custear o adiar do pagamento.
Os bancos? Não aceitam.
Os clientes? Não conseguem, se conseguissem pagavam a prestação.
AH! Já sei! É o estado, quer dizer o contribuinte, entre os quais os clientes que com boa gestão das finanças familiares e algumas privações conseguem cumprir com os bancos. Boa! Um prémio aos que não cumprem.
Obrigado Eng. Sócrates. Vou lembrar-me disso nas próximas eleições.
De Rafael Marcelino a 15 de Outubro de 2008 às 15:11
Tentem ouvir a gravação ou ler o relato da entrevista dada ontem pelo ex-ministro das Finanças num governo PS de outros tempos, Professor Doutor Medina Carreira na SIC ao jornalista Mário Crespo sobre os orçamentos do ministro das finanças do "engenheiro".
Creio que além do que disse sobre a economia, deu uma lição de política, e fez um alerta em relação ao futuro da democracia.
De Rafael Marcelino a 15 de Outubro de 2008 às 15:45
A minha dica para ouvir. Vale a pena ouvir tanta verdade.
http://sic.aeiou.pt/online/scripts/2007/videopopup2008.aspx?videoId={EEB12ECA-ACA0-4539-8A6B-49B6F1125B41}
De Ricardo a 16 de Outubro de 2008 às 03:21
Coincidência... Aumento de 2,9 em ano de eleições. Taxa de crescimento 0,6 ou em conhecimento de causa 0,00000000000000000000000000.

E agora.... Cobiça
.
Quem é o melhor cliente? O que têm muito e dita a taxa de juro ou empréstimo ao banco? Superprime

. O que tem para a vivência normal, obrigado a jogar pelas regras do banco. Sempre sem risco de pagamentos. Prime

O que nada tem e que tem de se aguentar com juros astronómicos. Subprime .

Estes são os melhores, sem dúvida. E de quem é a culpa... A cobiça meus senhores! Ela e só ela.

O subprime que pagou a despesa e os respectivos juros astronómicos e consegue criar alguma coisita é aliciado e o gajo do banco diz: " Epá tenho aqui um negócio que é a tua cara em 5 anos recebes uma maquia boa, taxa de crescimento garantida o último que saiu daqui até esfregava as mãos de contente, não podes é mexer nele durante 5 anos no primeiro ganhas x no segundo y e por aí adiante até chegar ao 5 e último ano" -------- O outro: " Sério? Epa então toma lá isto"

As conjecturas mudam e o OUTRO: Tou encavado preciso de guita. O que tenho? Epá lá aquela coisa no banco tal, tenho de a ir buscar

Chegado ao banco

" Desculpa lá mas isto está mau houve ali uma coisita que me fugiu e eu preciso desse dinheiro" O BANCÁRIO. " Epá tudo bem mas já não recebes o devido e agora isto também tá mau para mim o mais certo é perderes dinheiro" O OUTRO: " Engole um seco diz umas asneirolas e pensa. Lixei-me. O dinheiro esteve parado 3 anos ganhei menos do que os juros habituais não pude investir no negócio e agora só tenho o que tinha á 3 anos nada mais. Bem a minha pequena firma que tanto me custou a erguer parou no tempo 3 anos e agora não está preparada para a concorrência e os preços de manutenção são maiores.
Eu comecei do nada e ao nada estava destinado.

Cobiçã meus senhores ela e apenas ela.

Já agora quem penaliza os meninos superpoderosos que se lembraram de fazer circular o dinheiro virtual. Vão todos os portugueses buscar o dinheirito ao banco e a bancarrota bancária é mais do que evidente.
De Ricardo a 16 de Outubro de 2008 às 04:05
Não consigo conter-me, tenho de falar a medida social deste belo governo socialista que a todos ou a quase todas é considerado mais uma grande medida de puro mecenato.

Arrendamento!

Não, não vou falar do Abcussis (Ou algo do género) ou da grande semente Soares e dos grandes actos de accção social que permanecem hoje na zona nobre de Lisboa sejam: Colégios, Cafés, Chaves que já foram devolvidas (ou não) Fundações entre outras.

Bem, o governo sem me consultar injecta dinheiro na banca milhões de euros em verdadeiros actos de misericórdia para quem tanto precisa. E porquê? Estes os bancos já não estão a ganhar dinheiro também não o perdem mas... Isto é mau!

O nosso primeiro vai a luxuosos banquetes com as suas luxuosas acompanhantes ( Bancários e parceiros politicos das mais variadas vertentes), verdadeiros necessitados de acção social ! Via-se a pobreza que os rodeava.

E em acto de boa fé.
O Zé que perde o emprego e assim não consegue pagar as suas obrigações e por essa altura já pagou 70 % do empréstimo que corresponde a 110% do dinheiro que pediu é de logo garantindo perante os bancos ou terceiros como um devedor, mas o nosso "nobre" governo garante que estes, agora "miseráveis" permaneçam nas suas casa pagas a 110% como comuns arrendários. Está claro que o Zé que quiz comprar uma casa era um gajo que o que sempre quiz foi pagar rendas para toda a vida e assim deixar os recibos para a geração vindoura.

Agora que já me deslumbrei um pouco, faço umas pequenas perguntas.

O governo se necessário assume as dívidas do banco seja através de nacionalizações ou injecções de dinheiro. O zé que perdeu um emprego por circunstâncias alheias e o dinheiro que devia ter poupado já voou nas mensalidades outrora pagas por algo que agora já não é dele
E pergunta eu perdi a casa mas o que é feito do dinheiro que eu já torrei?

Bem, em resumo o banco nada garante ao Zé o governo garante o banco com o dinheiro dos outros Zés. O Zé torrou o dinheiro dele.

E as perguntas:

Quem elege o governo?

Quem é que é representado pelo governo?

O que é que é importante para o governo?



( escolha múltipla)

O Zé ------ A banca ---------


Coloque um X (Grande e Grosso) Na resposta correcta.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds