Terça-feira, 2 de Junho de 2009

E nós como ficamos?

«Quinze milhões para Rota dos Mosteiros de Lisboa à Batalha

 

Portugal tem, numa área relativamente pequena, quatro monumentos que são Património da Humanidade e o Ministério da Cultura quer, com as autarquias das zonas desses monumentos, tirar o maior partido possível desta proximidade. O objectivo é criar uma rota que una o Convento de Cristo, em Tomar, o Mosteiro da Batalha e o de Alcobaça, em articulação com o Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, e lançar a marca Mosteiros Património da Humanidade. 

O projecto - no qual serão investidos 15,3 milhões de euros (dos quais dez milhões comparticipados pelo FEDER) até 2012 - foi apresentado ontem na Torre de Belém, em Lisboa, numa sessão com o ministro da Cultura, José António Pinto Ribeiro, o presidente do Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (Igespar), Elisío Summavielle, e com os presidentes de câmara dos quatro municípios envolvidos. 
"No futuro vamos ter mais turistas, mais idosos, mais diversos - de países como a China, a Índia, o Brasil - e mais cultos. É para eles que temos que preparar as nossas infra-estruturas e as nossas cidades", disse Elísio Summavielle, sublinhando que este é um programa "que aposta forte em criar uma marca de referência a nível mundial". 
Elaborado pelo CEDRU (Centro de Estudos e Desenvolvimento Regional e Urbano), o programa organiza-se em torno de seis eixos - que passam pela recuperação do património, a valorização das zonas circundantes, a promoção, o atendimento aos visitantes e a articulação da animação cultural em rede. Todo este eixo será "suportado no IC9" que, como via de ligação entre as regiões, é considerado uma "peça fundamental". A proximidade de Fátima também deve ser aproveitada nesta rede turística. »

 

Pùblico, hoje

 

Este pode ser mais um daqueles projectos que nunca sai do papel, mas sendo o actual poder autárquico da 'cor' do poder central isso não pode ser usado como desculpa para não tomar uma posição sobre este assunto.

De que forma poderemos tirar partido de mais esta iniciativa e assim promovermos a nossa terra fixando riqueza e criando emprego na área do Turismo?

publicado por Paulo Sousa às 08:25
endereço do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Pedro Oliveira a 2 de Junho de 2009 às 08:47
Aquando da eleição das 7 maravilhas de Portugal, sugeri que para não perder o Elan destas coisas, como se veio a provar, Porto de Mós podia-se oferecer como anfitrião de um programa que ligasse as maravilhas eleitas na altura, visto que parte delas são da nossa região.
Como é evidente, da "pica" inicial daquele evento sobrou nada, à Portuguesa, e o que podia ser uma mais valia para todos revelou-se em mais uma "coisa" para "Tuga" ver.
Este roteiro temo que lhe aconteça o mesmo, ainda para mais quando a Região de Turismo Leiria/Fátima teima em não sair do marasmo a que nos habituou,infelizmente.
Porto de Mós se tivesse uma estratégia de captar clientes, tendo como base uma linha de desenvolvimento económico em que um dos eixos fosse o turismo, todas estas oportunidades seriam agarradas com unhas e dentes, sem estratégia, sem objectivos e sem saber o que quer ser, todos os exercicios que sejam aqui feitos não passam de actos de cidadania de pessoas que se preocupam com a sua terra e que a querem ver melhor muito melhor, mas também uma forma de mostrar que queremos outras politicas na gestão da "coisa comum".
De Armindo Vieira a 2 de Junho de 2009 às 10:25
A verdade é que se trata de uma Rota dos Mosteiros Património da Humanidade, cuja iniciativa partiu de Tomar, Alcobaça e Batalha, a que se juntou Lisboa (com os Jerónimos), com vista a uma candidatura a fundos comunitários, para melhorar as suas condições.
Cabe agora aos municípios envolventes - Pólo de Turismo de Leiria/Fátima incluído - ter imaginação e criar condições para tirar proveito da iniciativa.
Para além disso, tudo leva a crer que o IC9 também seja concluido (ainda nem começou!!!!).
Armindo Vieira
De Pedro Oliveira a 2 de Junho de 2009 às 11:21
Não sei se lembram deste post http://vilaforte.blogs.sapo.pt/90494.html
mas faço questão de o referenciar novamente pois esta metodologia bem que podia ser aplicada em todas as Autarquias e instituções públicas, já que felizmente muitas das nossas PME´s já ouviram falar e/ou aplicam esta metodologia.

" o pensar diferente e a vontade de criar tem de partir de nós próprios, nós é que temos de saber se queremos continuar no mesmo oceano vermelho que a maioria navega e sente cómoda, ou queremos procurar o Ocenao azul que todos dizem querer buscar,mas que nada fazem para o atingir."

Carlos Antunes, formador nesta metodologia

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds