Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

O Fórum desenvolver Porto de Mós

   O Fórum Desenvolver Porto de Mós - São João Baptista e São Pedro  do PSD foi no sábado na Ecoteca (lugar privilegiado e quase histórico  para um bom debate de ideias), mas ainda é assunto segunda -feira para alguns  que estiveram presentes no sábado : João Almeida, Manuel Franco, Zeca Vigário e Paulo Amado . À sombra de uma árvore na Avenida de Sto António , este grupo de Portomosenses agitava-se na discussão  das ideias apresentadas no fórum e sobre algumas das obras deste executivo. 

      Com a lata que idade me deu,  atirei " aqui discute-se política".  Ainda bem. Para ganharem ao PSD só têm de apresentar, melhores projectos e  rostos mais capazes para vencerem as próximas eleições autárquicas.   Gosto assim!

    Pelo interesse nos rostos de cada um só posso  concluir que o PSD atirou uma pedrada no Pântano Socialista.

estou: Estou a adorar!
publicado por Ana Narciso às 14:38
endereço do post | comentar | favorito
17 comentários:
De LR a 22 de Junho de 2009 às 16:52
Sem dúvida de que aquilo que ouvimos na ECOTECA pode ser uma pedrada no charco e pode, diria mais, deve fazer tremer Salgueiro, mas a minha questão é esta: Com Quem? Com Olga Silvestre ou Júlio Vieira?
Sou do tempo em que o PSD a nível Nacional e Local tinha líderes respeitados, com carisma e que todos reconhecíamos capacidade para ter os melhores no PSD.
A qualidade dos líderes está, ligada à qualidade e vitalidade do ambiente social a que pertencem. E a verdade, deixemo-nos de histórias, é que o PSD é, hoje, uma miséria. Há 30 e tal anos estava rodeado de Portomosenses ilustres: médicos, advogados, profs da universidade, empresários. Eram a elite que pensava e sabia o que fazer sem ressabiamentos ou punhaladas nas costas, eram homens e mulheres com valores éticos, morais e com conhecimento, ou seja o que o dinheiro não compra.
Hoje, em vez disso essa elite foi substituída pela multidão "graxista" que se acotovela em volta do líder,à espera do intervalo de um qualquer jogo ou romaria para umas breves conversas, daquelas em que se combinam negociatas ou a redistribuição de tachos .

É entre esta ELITE DE MERDA que é preciso encontrar líderes. Que, pelo que expliquei, não o vão ser nunca. Aquilo a que poderemos aspirar para Presidente da Câmara serão sempre,infelizmente: desempregados políticos à espera de relançar a carreira, empresários vigaristas que tentam utilizar os relacionamentos em outras actividades profissionais, para umas negociatas ou fantoches manipulados pelos dois espécimes anteriores.

De entre esta gente toda, vislumbro um ou dois (que não se enquadram nos exemplares que descrevi!) que dariam bons Presidentes mas que não estão para deixar as profissões que exercem, com sucesso, para mergulhar na GIGANTESCA FOSSA em que a politica se tornou!


Tornemo-nos melhores cidadãos, melhores profissionais, sejamos um pouco mais ambiciosos e exigentes...e os resultados virão...dentro de 20 anos!

Por isso Cara Ana, o que se passou na Ecoetca no meio de bocejos sonoros e intimidações a jornalistas só vem provar que tenho razão no acabo de escrever, infelizmente para nós Portomosenses.



De Ana Narciso a 22 de Junho de 2009 às 17:48
Deviamos colocar a discussão no sítio certo : discutir ideias . as pessoas têm defeitos e virtudes mas não são cidadãos anónimos ou paraquedistas:têm uma vida pública conhecida. Continuo a achar que este processo iniciado pela Comissão Política do PSD é louvável e "encostou" claramente a oposição. Estou convencida que fez ainda mais: provou que há um património de ideias que pertencem ao PSD , muitas já nem sequer são novas, eram e são conhecidas pelo actual executivo e provaram que ao longo destes 4 anos , não foram capazes de as concretizar. E isso nós já sabemos.
De LR a 22 de Junho de 2009 às 17:55
É a prova que as ideias não se concretizam sem líderes à altura, ainda bem que concordamos................
De Ana Narciso a 22 de Junho de 2009 às 18:08
Mas já sabe quem vai liderar este projecto pelo PSD?
De Rui a 22 de Junho de 2009 às 20:50
Drªa, Drª, então mas já todos sabemos que vai ser o Júlio, inclusivé a Drª, para quê estar com essa música toda?
Grande comentário do ou da LR, chamar os nomes pelos bois é isso que precisamos.
Numa altura em que era preciso arranjar alguém diferente de Salgueiro o PSD recorre à mesma agência de trabalho teporários, oh valha-me Deus!
Entre Salgueiro e Vieira, a escolha é mais ou menos simples, fica quem lá está que assim já sabemos ao que vamos, porque ideias têm os dois fazer alguma coisa de jeito, tá quieto.
Fiquei na dúvida se é Clarisse ou Clarice, mas lá que tinha sido uma excelente escolha lá isso é verdade.Sabe o que se passou Drª Ana, para ela ter dito o dito por não dito?
De Ana Narciso a 22 de Junho de 2009 às 21:42
Por acaso não sei nem sobre um assunto ( Clarisse) nem sobre o outro. Mas a seu tempo tudo se saberá sobre ambos... quando ambos quiserem.
De Ana Narciso a 23 de Junho de 2009 às 17:46
O Rui segue o guião nacional: são sempre melhores os que dizem que não!
De Rui a 23 de Junho de 2009 às 22:27
Não Drª, não estou é disponivel para engolir sapos, quanto mais hipopotamos politicos como pelos vistos está V.Exa e o seu marido, é tudo uma questão de aparelho digestivo......
De Anómico a 22 de Junho de 2009 às 23:17
Temos aqui comentarios que mostram claramente porque é que Porto de Mós está como está.

Não sei se o concelho vai para a frente com os protagonistas que se falam, mas o que eu sei é que com os autores destes comentários, Porto de Mós, está cada vez mais out.

Um dia façam um exame de consciência e vejam o que cá deixam quando partirem...

No mimino quem ataca assim pessoas em concreto, ainda por cima da oposição é no minimo"covarde". mesmo colocando aqui qualquer nome ou sigla.

O Júlio pode ser o que os senhores quizerem, mas dá a cara, dá o nome, transmite a opinião que tem das coisas e dos assuntos.

O Sr é só "serradura" e interesses, escondidos.

Passe bem, e faça alguma coisa de útil pela sua terra.

Uma beijoca

Maria, tristissima com a sua terra.







De José Ferreira a 23 de Junho de 2009 às 09:05
Estive presente no Forum, e vi que foi apresentado um trabalho que nos mostra dois aspectos:
tiveram o cuidado de conhecer o concelho e apresentaram um conjunto de ideias interessantes.
Muito se tem escrito e por vezes de forma muito pouco correcta sobre o Júlio Vieira.
Se hoje existe uma instituição que é motivo de orgulho para os portomosenses é a ADP.
Não se deve esquecer que quem a começou a orientar neste rumo, foram nos principios dos anos 90, o Jorge Vala e o Júlio Vieira, e mais tarde o José Eduardo.
Hoje o Luis Costa gere uma casa, que apesar de nem sempre tudo estar bem, muito se inspirou na actuação daqueles dirigentes.
Uma coisa conheço do Júlio. Apesar de não ser uma pessoa cujo temperamento o leve a andar aos beijos e abraços, tenho-o como pessoa determinada e séria.
De uma coisa tenho a certeza.
Acredito mais neste tipo de pessoas, do que naquelas que mascaram as suas aldrabices com sorrisos.
Mas que na pratica convivem mal com a verdade e com a opinião diferente.
Do tipo "Porreiro pá", mas passam rasteira na primeira curva.
Não sei se será ele o candidato para defender em nome do PSD aquelas ideias.
Mas, não hesito ne escolha que terei de fazer quando olhar para as pessoas.
De LR a 23 de Junho de 2009 às 10:26
No inicio do comentário perguntei se o projecto que ouvimos iria ser concretizado pela Olga Silvestre ou pelo Júlio Vieira, depois fiz uma análise sobre os dias de hoje no PSD, em momento algum falei em Júlio Vieira, quem "colou" a imagem que tracei sobre lideranças ao Júlio Vieira, foram os demais comentadores.
De LR a 23 de Junho de 2009 às 10:36
Também fiquei elucidado sobre o facto de ninguém refutar os meus argumentos sobre as lideranças, mas sim sobre uma eventual colagem de alguém a estes factos que parece não merecerem discussão...
Afinal sempre é necessário alguém à altura para liderar bons projectos....
De Bicho do Mato a 23 de Junho de 2009 às 11:55
Peço desculpa, mas não personalisando em ninguém aquilo que o ou a LR escreve, não posso deixar de concordar com o que está escrito no comentário, e este fim de semana o MST escreve mais ou menos o mesmo, acho que é um texto, tal como o do LR, que nos devia fazer pensar antes de defendermos partidarites só porque sim .Deixo o link e alguns parágrafos:

"A mediocridade há-de sempre querer que o nivelamento se faça por baixo. Há-de sempre querer afastar critérios que assentem no mérito, no trabalho, no talento, na honestidade, nos valores. O que distingue um país com futuro de outro que o não tem é justamente o desfecho desse embate. Em Portugal premeia-se o absentismo e a rotina; desculpa-se a incompetência e aceita-se resignadamente a burocracia e o autoritarismo imbecil; perdoa-se a ausência de valores éticos a todos os níveis e trata-se socialmente por senhores os que nada mais são do que bandidos; condecora-se o triunfo empresarial por favor político; perdoam-se os impostos e os crimes fiscais aos grandes vigaristas, enquanto se persegue implacavelmente o pequeno e honesto devedor ou aqueles que mais impostos pagam e que não fogem ao fisco; arquivam-se os crimes que são difíceis de investigar e tortura-se a mãe da Joana, transformando os responsáveis em vedetas mediáticas; consente-se o indecoroso tráfico de influências entre o poder político e a advocacia de negócios e pretende-se calar o bastonário dos advogados que, à revelia dos bons costumes, denuncia o que todos sabem ser verdade.

A todos os níveis, instalámos uma cultura de irresponsabilidade, de desculpabilização, de normalização do que deveria ser intolerável. Só este exemplo, colhido da entrevista que o procurador-geral da República deu a este jornal, no sábado passado: diz Pinto Monteiro que acha, de facto, que a investigação do caso Freeport já durou de mais e já poderia estar acabada. Mas não está, nem ele é capaz de dizer quando estará - muito embora saiba que a continuação do processo sem desfecho poderá vir a ter uma influência séria nas eleições próximas. Então, o que faz o procurador? Dá um murro na mesa, exige aos magistrados do Ministério Público que cheguem finalmente a uma conclusão e marca-lhes um prazo para tal? Não, limita-se a encolher os ombros e continuar à espera. Porque, aparentemente, é assim que as coisas se fazem, em obediência ao sacramental princípio da total independência e irresponsabilidade dos magistrados do Ministério Público. Ditoso país este, em que é bem mais importante o estatuto dos magistrados do que a realização da justiça em tempo útil! E assim acabámos por chegar à situação escandalosa de, não havendo nunca culpados de coisa alguma, todos serem suspeitos de tudo. "

http://aeiou.expresso.pt/miguel-sousa-tavares=s23491

De Maria a 23 de Junho de 2009 às 12:09

Bom dia,

Mais uma vez um desfile de nomes, mais uma vez vozes contra vozes a favor, numa democracia tudo normal.
Concordo com muita coisa que o(a) LR escreveu, de facto a política entrou por um caminho que afasta consecutivamente pessoas teóricamente mais capazes.
Lanço aqui uma ideia que defendo à muito tempo, mas que também reconheço de muito dificil concretização:

As autarquias têm técnicos que ao longo dos anos, em diversas áreas das autarquias, vão conhecendo melhor que ninguém a situação da autarquia, as necessidades dos concelhos e dos seus municipes.
Muitos destes técnicos, formados em politécnicos/universidades ou formados com a experiência de uma vida, têm tantos ou mais conhecimentos que alguns muitos políticos.
Não estaria na altura de pensarmos, e já escreveram aqui algumas coisas sobre reformas administrativas, que o Presidente de Câmara fosse o topo de uma carreira na função pública?
Quando digo presidente de Câmara digo, vereadores, chefes de departamento, divisão?

Sei bem que é uma proposta muito dificil de concretizar, senão impossivel, tendo claro pontos fortes e limitações de várias ordens, mas se calhar acabariam muitas controvérsias vindas a público.

Cumprimentos,

P.S. - Post brutal do bicho do mato
De Pedro Oliveira a 23 de Junho de 2009 às 12:27
Bom dia a todos,
Discussão animada esta que por aqui vai, mostra que afinal todos somos politicos e que a campanha eleitoral em Porto de Mós pode ser estimulante, como provam estes comentários.
Como é óbvio e ouvimos todos dias nas várias áreas profissionais, o que buscamos é sempre um perfil de pessoa,com determinadas caracteristicas pessoais e determinadas competências que se encaixem num determinado projecto, e isso cabe em última instância, no caso em concreto, à comissão politica do PSD. Nunca o escondi que tinha um especial apreço pela escolha da Drª Clarice,mas isso são águas passadas e importa dar apoio á decisão que seja tomada porque, no momento seguinte ao anúncio da "cara" ese será o candidato do PSD e isso é que conta.
Isto não invalida que o comentário do(a) LR não tenha muito por onde pegar e reflectir tal como fez por exemplo a Maria.
Maria, a sua proposta não será completamnete descabida e até penso que tem por onde se lhe pegue, pelo facto de existir muita gente capaz nas Autarquias e nas Juntas de Freguesia que podiam dar mais se o seu valor fosse reconhecido, não direi para Presidente de Câmara(e porque não),mas seguramente para vereadores e Presidentes de Junta, mas isso levanta a eterna questão dos aparelhos partidários que para isso têm de ver para além do quadrado.Eu acredito que um dia vão ser obrigados a tal,ie, verem para além dos limites do quadrado, para bem de todos e fundamentalmente para bem dos próprios partidos.
Porto de Mós MERCE!
De Maria a 23 de Junho de 2009 às 14:55

Eu até gosto destas lides políticas ... tenho jeito ... nunca saberei ... esses quadro políticos como diz tapam o lugar a muita gente de valor ... mas infelizmente o 25 de Abril só chegou a alguns lados.

Contínua-se a dar valor à incompetência, ao compadrio, à cunha, à falta de valores de cada um mas desde que se tenha um bom conhecimento(CUNHA) ... deixa-me .................................

Esta teoria defendo-a desde que procuro informar-me sobre estas questões política, por exemplo na minha freguesia (pelo menos enquanto não tiver de fazer o cartão único ... mais uma medida ridicula do simplex ...) a eleição para presidente de junta tem sido um eleição hierarquicamente cumprida em rigor .... tenho dito ...

Cumprimentos,
De MA a 20 de Março de 2010 às 14:51
É pah, que mulherão, conseguiu mandar uma boca, é pena é não ter acertado no euromilhões. Pena.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds