Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Eleições no mesmo dia, Sim ou Não?

O debate sobre esta questão, no twitter e blogosfera, não pára. As opiniões são imensas e os argumentos são válidos de parte a parte, mas afinal o que é melhor para o País e para a Democracia?

Eu sinceramente acho que o melhor será as eleições ocorrerem no mesmo dia, podia ficar pelo argumento económico/financeiro e poupar 10 milhões de euros ( o custo de cada acto eleitoral), mas não vou ,só, por aí.

Pelo que tenho lido as duas eleições têm de ocorrer entre o dia 20 de Setembro e 11 de Outubro, um espaço de tempo insignificante e que na prática vai levar a que as campanhas se sobreponham, depois penso que dois actos eleitorais tão próximos fai fazer com que  a abstenção em uma delas,eleições, seja muito elevada, mais que o habitual: " ainda agora votei, vou ter que votar outra vez??!!!" , e por fim é minha opinião que os Portugueses já são democraticamente crescidos para saberem fazer a diferença entre uma coisa e outra.

Venham de lá esses argumentos prós e contra para animar a "festa".

publicado por Pedro Oliveira às 12:31
endereço do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Paulo Sousa a 24 de Junho de 2009 às 14:31
Não concordo que com o argumento segundo o qual os eleitores possam confundir os órgãos/partidos em causa.
Apesar da nossa democracia não ter a profundidade que deveria/poderia ter, os portugueses sabem muito bem o que é o Parlamento, a Câmara, a Junta ou a Ass. Municipal.
O facto de o PSD ser o único a defender a coincidência de datas não quer dizer que poderá ter ou não benefício nisso, nem que os outros partidos sejam ou não beneficiados. Será um dado novo, com que os portugueses saberão lidar.
O espaço temporal tão curto para os dois actos também leva a justificar a coincidência de datas, além de que isso poderá levar a uma redução da abstenção.
De André Miguel a 24 de Junho de 2009 às 15:54
Concordo em absoluto com o post.
Realmente não somos um país de terceiro mundo onde as pessoas tenham que ser ensinadas a votar, para saber o que vão fazer (e falo por experiência própria).
Mas já agora deixo a questão: não será o PSD o único a concordar com a mesma data visto ter a maioria dos municípios do país? Tal como estarão os outros partidos a discordar pelo mesmo facto...
De Paulo Sousa a 24 de Junho de 2009 às 17:56
Caro André,
Como disse no meu comentário não acho que o facto de as eleições serem no mesmo dia que isso possa prejudicar ou favorecer este ou aquele partido, até porque o PSD já perdeu eleições autárquicas.
Acredito sim que coincidindo as datas quem seria mais prejudicado seria a abstenção, o que poderá não interessar a alguns partidos e refiro-me aos partidos radicais (BE e o PCP) que tradicionalmente mobilizam mais facilmente o seu eleitorado. Com uma maior participação eleitoral é expectável que estes partidos tenham menor expressão.
De Irene Pereira a 24 de Junho de 2009 às 16:08
Depois de ler por essa net fora argumentos a favor e contra, por mim eram no mesmo dia!
De voz do goulinho a 24 de Junho de 2009 às 16:30
Eu também defendo que o os dois actos eleitorais devem de ser no mesmo dia não nos queiram chamar de ignorantes ( como escreveu António Aleixo o povo não é letrado mas é um povo correcto ) eu acrescento o povo sabe o que quer .
Embora por vezes nos tentem baralhar mas tantas vezes já levamos na cabeça que vamos aprendendo a separar o trigo do joio .
Como tal o país está pobre vamos poupar votando os dois actos eleitorais no mesmo dia.

António Assunção
De Maria a 24 de Junho de 2009 às 16:46

Pelo menos poupamos algum tempo e dinheiro , e têm de ser os políticos a começar a dar o exemplo.

O povo português está longe de ser burro, mas por vezes alguma da classe politica tende em fazer passar esse mensagem.

Além disso têm de ser os políticos a serem capazes de fazer politica pois os portugueses sabem bem o que querem, pelo menos muitos deles...

Agora se fizerem uma campanha semelhante à das eleições europeias, pouco mais do que ridícula , ganha a abstenção
De Armindo Vieira a 24 de Junho de 2009 às 18:01
Defendo que os dois actos eleitorais se façam em simultâneo, por duas razões.
Para que se poupem uns euros - embora os nossos políticos se não preocupem com isso;
Para que as duas campanhas se possam fazer também em simultâneo e se tirem dividendos disso.
Por outro lado, os portugueses sabem bem o que querem, mas sabem muito melhor o que não querem. Apelo aos nossos políticos que gozem as suas férias "cá dentro" e se inteirem do verdadeiro Portugal, dando o exemplo de poupança e,ao mesmo tempo, fiquem aptos a poder falar com conhecimento de causa. É que, normalmente nas campanhas eles falam do país em que vivem, que não é o mesmo dos restantes portugueses.
Armindo Vieira
De LR a 24 de Junho de 2009 às 18:02
Também não sou eu que vou destoar desta caixa de comentários, como é evidente quem atira uma data de 27 de Setembro para Legislativas e 11 de Outubro para Autárquicas só pode estar a gozar connosco.
De Ana Narciso a 24 de Junho de 2009 às 19:20
Afinal quem mentiu: o primeiro Minsitro ou Ministro da Agricultura? Quem e quando foi demitido Carlos Guerra?
Eu só me apetece gritar como a outra: marquem eleições JÁ ! E no mesmo dia !
De Paulo Sousa a 24 de Junho de 2009 às 20:33
«"Ia poupar milhões mas aumentar confusões", sublinhou José Lello [PS] ao i, defendendo que é necessário "dar condições ao eleitorado para optar em circunstâncias adequadas". O BE também defende a realização de eleições em "datas diferentes, porque o objecto em discussão é distinto. A coincidência de datas poderia comprometer o esclarecimento". Pedro Mota Soares, do CDS-PP, disse que o partido defende datas diferentes, e é mesmo o único a preferir que as autárquicas se realizem antes das legislativas. Paulo Raimundo, do PCP, disse ao i que o partido vai propor duas datas a Cavaco Silva: "27 de Setembro para legislativas e 11 de Outubro para autárquicas." Quanto ao custo de dois actos eleitorais, Raimundo diz que "são custos da democracia". »

Jornal i, hoje
De Fatima a 24 de Junho de 2009 às 23:17
No mesmo dia, se isso implicar poupança!

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds