Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

Os "ses" na politica caseira

Ainda agora a procissão vai no adro e os "ses" que condicionam ou condicionaram algumas decisões politicas começam a ser conhecidas, entre outras: João Salgueiro só aceitou candidatar-se porque lhe garantiram, leia-se PS, não sei o quê e ontem ficámos a saber que João Gabriel anda em negociações com Júlio Vieira para publicamente lhe dar o apoio e assim conseguir algo que reclama para a sua terra.

Por principio não sou contra as pessoas pedirem o melhor para si e para os seus, e até se costuma dizer que quem "não chora não mama", mas parece-me que no caso concreto da negociação João Gabriel e Júlio Vieira pode estar a abrir-se um precedente perigoso para a causa comum que é um Concelho no seu todo.

O PSD fez os seus Fóruns nas treze Freguesias, incluindo no Alqueidão, de certeza que os problemas e os anseios da população do Alqueidão foram levados em linha de conta no programa a  apresentar, tal como das restantes 12 freguesias que contemplam a estratégia a 12 anos que o PSD quer levar a cabo.

Deste modo, não entendo porque é que a candidatura de Júlio Vieira tem de negociar o quer que seja com um munícipe, seja ele João Gabriel, ou outro qualquer, a não ser que esse munícipe esteja disponivel para ocupar um lugar de destaque na sua terra, como por exemplo ser candidato a Presidente de Junta.

Confesso que fiquei baralhado e gostaria que alguém nos explicasse esta questão dos negócios na politica caseira.

A história diz-nos que estas negociatas costumam correr mal para todos, incluindo para quem intervém nelas directamente.

publicado por Pedro Oliveira às 11:33
endereço do post | comentar | favorito
21 comentários:
De VIPERINA a 11 de Julho de 2009 às 02:35
Júlio tem aliado de peso. Não, não é o João Gabriel, é o Sanches. Sim, o António Sanches vai avançar com uma candidatura do Bloco. Logo, vai dividir a salgueirada e o Júlio é só facturar.
De VIPERINA a 11 de Julho de 2009 às 03:01
Com o devido respeito pelo autor (lembram-se do cilício?)
Segunda-feira, Janeiro 01, 2007
Ele está comigo, contra todos

Demos um pouco de importância a alguém que pensa ter muita. Para ir lembrando que existe, Júlio Vieira aparece de quando em vez n'O Portomosense com assuntos salteados sobre a actualidade local.
Ainda está fresco na memória a sua última intervenção em que terminava, dizendo que recomendava aos seus descendentes que dominassem bem a língua inglesa, pois por cá não teriam grande futuro. Fica a dúvida se não lhes reconhece capacidades suficientes para singrarem por cá, ou se acha que Portugal é um país sem futuro? Para quem tem as ambições que grita à boca pequena ter, só a primeira hipótese poderá ser verdade.
A autoria do presente blog é-lhe frequentemente atribuída, o que lhe deve dar um tremendo gozo. Convenhamos que a imagem de pseudo-esclarecido a travar uma batalha nas trevas, como se de um Xanana a combater o salgueirismo indonésio nas perigosas selvas dos bits e dos bytes, se tratasse, é-lhe agradável.
No último número d'O Portomosense aparece novamente com mais umas frases dignas de emolduramento. Como que a tentar mostrar convicção após a tareia que a também bicefala Comissão Política a que pertence sofreu na última Assembleia Municipal, vem a público garantir ter a certeza que Deus na Sua infinita sabedoria ficou contente com os quatro singelos votos alinhados com as suas directivas. Este é de facto o melhor argumento que podia apresentar. Deus está a seu lado.
Dá para ficar na dúvida se terá andado a ler discursos inflamados de algum mulá instigador da jihad contra os infiéis. Eles também garantem ter um 112 directo para Deus. O cilício deixa-lhe aqui uma sugestão: na próxima Assembleia Municipal mande benzer o Salão Nobre e os deputados antes do início dos trabalhos. Talvez depois de abençoados possam ver o caminho que agora não enxergam. E já agora renasça. Amém

posted by cilicio @ 2:28 AM
De Rui a 11 de Julho de 2009 às 11:42
Sobre este assunto , direi que com quem ferros mata com ferros morre, e dizer ao Sr. Júlio também conhecido pelo Sr. EU, que para ganhar não vale tudo, isto não é como cacicar clubes para a Associação de Futebol de Leiria.
Já alguém disse que Júlio era o melhor candidato para Salgueiro ganhar, começo a dar-lhes razão.Quando ao Sanches, por aí também se negoceia e o BE está causa a dar o seu apoio a Salgueiro.
Porto de Mós mexe,mas continua na mesma, parece o embriagado que dá um passo em frente ,mas logo dá outro para trás.
De Rui a 11 de Julho de 2009 às 11:43
Quando ao Sanches, por aí também se negoceia e o BE está quase a dar o seu apoio a Salgueiro.
De violetalá a 12 de Julho de 2009 às 13:12
Olá Pedro
tudo a correr como dentro do "normal" é o que podemos concluir.
bjs e até breve!
De Anómico a 12 de Julho de 2009 às 16:07
Eu ainda gostava de saber quem é ou o que este sr. Gabriel já fez por este concelho, para se lhe dar sequer um minimo de importância.
Sá porque tem um blog? Ou será que é por fazer uns trabalhitos para a tvi se julga o pensador mor para o concelho.
Dá-me vontade de riri ás lágrimas...
Acho que o Concelho não precisa de mais um paraquedista ( com respeito aos paraquedistas) que quer tirar mais uma vez partido pessoal do Concelho.
Óh Júlio manda esse sr. dar umas voltinhas ao Marquês de Pombal.
De Maria a 13 de Julho de 2009 às 11:45

Bom dia,

Mas alguém consegue fazer política sem arranjar bons "apoios", sem fazer uns bons cozinhados, sem arranjar umas boas tachadas?

Porque razão em Porto de Mós seria diferente?

Não conheço os projectos dos candidatos, não sei quais as ideias para o Concelho e como as concretizar, mas que vai haver cozinhados lá isso vai.

Por isso é que defendo que ser Presidente de Câmara devia ser o topo de uma carreira da Administração Local e nunca um lugar onde se procura reconhecimento pessoal e ou mediatismo para outros voos.

De uma vez por todas os partidos políticos deviam ficar de fora das eleições para as autarquias locais, impensável dizem uns, impossível dizem outros, quem paga as campanhas acrescentam mais alguns e depois a quem se adjudicam as obras públicas finalizam os restantes????

Se calhar haveria a hipótese de se entrar por um caminho transparente e claro ... mas era só hipótese ...

Cumprimentos,

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds