Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

Gravatas de seda e a Vanessa

 

       Recebi hoje o jornal O  Portomosense com uma enorme variedade de assuntos e temas que teremos oportunidade de glosar. A Medalha de Ouro atribuída pelo Município é sem dúvida merecida. Mas não posso também  deixar de registar o meu incómodo pela contínua e cada vez mais grosseira  crónica das “ Histórias da Minha Burra”
   João Neto já nos habituou que tanto é capaz de elaborar um projecto excepcional de beleza  e inovação como desce ao mais puro escárnio maldizente e grosso. Este último texto " histórias da minha burra "é o mais fino exemplo do que acabo de dizer. E não aprecio esta linguagem grosseira que até uma burra teria pudor em usar num jornal que tem públicos diversificados e que é lido por muitos alunos . Será que não há outra forma de satirizar a realidade sem recorrer a este linguarejar ordinário?
  Gosto mais do João Neto criativo, ousado, poético …
  Sei que haverá, seguramente, quem discorde desta apreciação, mas os que não se revêem neste tipo de registo também devem ter direito à exposição do seu ponto de vista.
    É o caso!

 

 O texto da discórdia já está disponível aqui !

estou:
publicado por Ana Narciso às 15:32
endereço do post | comentar | favorito
17 comentários:
De LR a 23 de Julho de 2009 às 17:51
Tem toda a razão Ana.Gostaria saber qual o critério que a CINCUP tem para admitir aquele tipo de linguagem num jornal que se quer de referência, pelo teor formativo e informativo no nosso Concelho.Lamentável, nestes casos sou favorável ao "lápis azul".Terminar com as "crónicas da burra" era uma ajuda para estancar a continua degradação pública do autor.
Mais concretamente sobre a pessoa João Neto, alguém que o ajude, ou ainda o vamos ver a dormir numa valeta, é muito triste ver um ser humano com as potencialidades que tem, a degradar-se de dia para dia.
De Ana Narciso a 23 de Julho de 2009 às 18:24
Não serei favorável ao lápis azul , mas sim a uma auto-regulação, onde o próprio autor possa aferir sobre o local e o canal mais adequado a este tipo de literatura marginal. Exactamente por ser marginal não deveria ter, do meu ponto de vista, o destaque que tem num jornal que não é marginal nem faz desta literatura o seu principal objecto. Num jornal que vai ser mais lido esta semana fica mal a literatura marginal, grosseira e sórdida como destaque na última página, que é como se sabe uma das páginas mais apelativas e mais lidas de um jornal.

De João Neto a 23 de Julho de 2009 às 23:21
Esta "burra" é das mais lidas do nosso Jornal. Foi sempre assim, tem esse estatuto editorial desde 1984, tem 264 crónicas publicadas, o srJ oão Matias premiou esse contributo e, enquanto autor, foi candidato eleito para cargos públicos, deixou de o fazer. E mais, não é nenhum LR, sempre assinou os seus textos. Pena que o Vila Forte vá em tangas. -- João Neto

De LR a 24 de Julho de 2009 às 11:22
Um Homem que sabe sair de cena pela porta grande, merece o nosso respeito e deve ser enaltecido.Esse tempo para si já passou.Com muita pena de quem lhe reconheceu valor em tempos idos.
Repeite-se a si prório.
De lobo a 24 de Janeiro de 2010 às 08:50
ola s.arquiteto tire a mascara
De Ana Narciso a 23 de Julho de 2009 às 23:13
O Vilaforte tem mais editores e este post responsabiliza-me só a mim.
João Neto ! Andamos na vida pública há tempo suficiente para sabermos que quando aceitamos partilhar com os outros o nosso pensamento sobre qualquer assunto sujeitamo-nos à critica alheia: boa ou má, favorável ou desfavorável. Ambos sabemos que dificilmente agradaremos a todos. Por que razão não posso dizer que gosto mais ou menos de um texto teu, num jornal onde também escrevo? Adorei o texto " gravata de seda" não gostei da linguagem do outro . Não gosto te ver palavrões que vão ser lidos por alunos meus, recomendados por mim. Isto é grave? Estou a cometer algum crime? São registos, são textos, são palavras organizadas de forma a que o receptor entenda o ridículo da coisa. Entendo que tudo pode ser dito de outra maneira.

De 7 Setes a 24 de Julho de 2009 às 11:15
Os jornais todos eles têm artigos de opinião que na maioria dos casos não leio e a razão é simples, é que a maioria desses opinadores " são egocêntricos e têm a mania que sabem tudo acerca de tudo, atitude que me irrita solenemente, por isso ler artigos do João Neto, que conheço até bem demais, é um exercício que dispenso.
De Maria a 24 de Julho de 2009 às 11:44

Bom dia ...

Eu apenas desejava ler esse artigo ...

Cumprimentos,
De anónimo a 24 de Julho de 2009 às 12:03
Se não é assinante vai ter que esperar pela edição online lá para segunda feira...............................
Mas lá que o João anda a perder as estribeiras,lá isso é verdade, não beber chá de parreira é uma boa opção............................................
De Ana Narciso a 24 de Julho de 2009 às 13:44
Opina-se muito mas pouco se sabe da adesão dos leitores às seccções e artigos de opinião como é o caso das histórias da minha Burra. Seria interessante lançar um estudo sobre isto. A tradição também se muda.
Só por alguns comentários que não fazem doutrina , não deixa contudo de ser interessante registar:a secção mais vista pelos nossos emigrantes e a primeira que procuram é ... a necrologia. E esta ?
De Anómico a 24 de Julho de 2009 às 14:00
Se tivesse vergonha o joão estava caladinho, as ideias de génio emparelham com mentiras e vigarices. é um caso de doença mesmo.
De Ana Narciso a 24 de Julho de 2009 às 15:59
A vida pessoal deve ficar ausente deste e de outros debates. Estou certa ou estou errada?
De Rui a 24 de Julho de 2009 às 16:06
Estaria correcta se esse senhor, não misturasse as duas coisas, as figuras que faz em eventos públicos e aquilo que transmite não condiz em nada com o homem brilhante que fez coisas inesqueciveis em Porto de Mós.Quando se é figura pública, ou se tem estatura pessoal ou rapidamente tudo cai como um castelo de cartas, não será caso único no seu partido...O estrelato á nossa dimensão também causa distúbios pessoais, e este senhor estaria bem era caladinho pois os rabos de palha profissionais no deve e haver contabilistico versus ideias luminosas infelizmente são muito superiores, quem se mete nelas tem de saber sair das mesmas sob pena de lhe acontecer o que está a acontecer, chutos no cú!
De Vanessa a 25 de Julho de 2009 às 13:31
Ao constatar a sua indignação fui ler algumas vezes a crónica. Verifiquei que a única parte ordinária que possuí é a palavra "M..". Não vou aqui discutir a gravidade da mesma, nem mesmo se devia ou não constar no jornal. Agora fazer disto, não propriamente a senhora, um ataque pessoal parece-me de todo descabido. Imaginado que a conversa se passa num café, se a transcrição fosse real, bem podia ter palavras bem piores.
Não sei qual o objectivo e ficou algo perplexo por sou agora ter descoberto, que o autor é de língua afiada, sem papas na língua e com uma maneira bem própria. Também não sei se já ainda politiquice, mas a esse nível digo-lhe que já deu lições a muita gente desta terra e outros tantos sonhadores. Nunca gastou duas páginas do jornal em edições consecutivas, a dizer que preferia o original à fotocópia. E quando assumiu que era candidato à câmara saiu de cena ao contrário de outros. Um homem ligado ao futebol deve gostar de jogo limpo, em que os adversários tenham as mesmas armas a não ser que goste manobras do tipo daquelas que os juncalenses já experimentaram.
Viva a burra, é por lá que ficamos a saber muita da podridão que vai no concelho. E só não vê quem ..............não quer.
De Ana Narciso a 25 de Julho de 2009 às 16:04
É tão legitima a sua opinião como a minha. E não fiz deste episódio um ataque pessoal. Estes textos são mesmo para isso.:provocam . Umas vezes o sorriso outras vezes a indignação. Nunca são inocentes e angélicos. Eu gostaria que a informação sobre o que se passa fosse transmitida de outra maneira. Infelizmente não há outra forma; ou sabemos a coberto do anonimato, porque as pessoas têm medo de ser perseguidas ou através de um "burra". Étriste. Tudo isto é triste , tudo istó será fado?

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds