Sexta-feira, 24 de Julho de 2009

Afeganistão

 

Até hoje as forças aliadas já sofreram 1264 baixas no Afeganistão o que faz deste país o pior palco de Guerra da actualidade.

A opinião pública ocidental tem dificuldade em aceitar as baixas em combate, o que é perfeitamente compreensível, mas que olhando friamente constitui um ponto fraco perante um inimigo fanático que sabe que o tempo corre a seu favor.

Na Segunda Guerra Mundial e apenas no Dia D (6jun944), as forças aliadas sofreram cerca de 9000 baixas. Claro que não estamos a falar apenas de números, mas sim de pessoas, mas a questão é: aceitaríamos hoje um esforço desta dimensão?

 

Quem concorda com esta intervenção militar num país longínquo e inóspito, afirma que a segurança das ruas de Nova Iorque, de Londres, de Madrid, e porque não de Lisboa, é ali que se defende.

De facto estas grande áreas não controladas pelas autoridades do próprio país, como é quase todo o Afeganistão e parte de Paquistão (as chamadas 'Tribal Zones') constituem a base logistica e financeira dos talibans pois é ali que cultivam heroina. Perdendo o controlo desse território deixam de poder financiar o seu combate contra os valores do mundo ocidental e de tudo aquilo em que acreditamos. Como já vimos, a nossa segurança não é absoluta e é ali que está a ser disputada.

 

Uma companhia de Comandos portugueses (150 homens) ir-se-á juntar dentro de dias aos 102 portugueses que já lá estão.

Este reforço constitui uma resposta do Estado português ao pedido de Barak Obama no âmbito da NATO.

Eventuais baixas nunca poderão ser utilizadas como arma de arremesso político.

 

Ler esta notícia do i onde se refere o nível de excelência internacional dos Comandos portugueses.

tags:
publicado por Paulo Sousa às 07:40
endereço do post | comentar | favorito
8 comentários:
De LR a 24 de Julho de 2009 às 11:26
Obama considera que no Afeganistão é o local onde a comunidade internacional deve actuar prioritariamente contra o terrorismo, tem essa certeza não por relatórios furjados,mas porque é a realidade.Esteve bem o governo nesta sua decisão, apesar de sabermos os riscos inerentes a estas operações, mas quem vá para a tropa já não é por obrigação, mas sim por devoção.
De Ana Narciso a 24 de Julho de 2009 às 13:49
Este país significa para mim o local onde a humanidade não consegue sair da caverna. uma mulher ali vale menos do que um insecto.
De Paulo Sousa a 24 de Julho de 2009 às 14:05
É claramente o local onde a humanidade não conseguiu sair da caverna e o quartel general de quem quer que todos regressemos às cavernas. Como há poucas cavernas milhões terão de morrer e isso é coisa que farão sem qualquer problema de consciência ou até com satisfação. Os Comandos serão o que de melhor temos nas forças armadas e a situação justifica que empreguemos nada menos que o melhor de nós.
De João Romeu a 24 de Julho de 2009 às 16:52
Boa tarde
Li a noticia no i ,e senti o que e ter orgulho em ser Português, aos nossos comandos desejo sorte e que DEUS os acompanhe porque só por serem quem são já dignificam o nome de PORTUGAL.
De Paulo Sousa a 24 de Julho de 2009 às 19:49
Amigo João,
Estamos de acordo com o valor destes homens assim como com a sorte que lhes desejamos, mas como disse no texto, o que está em causa não é apenas o nosso país, que estamos certos de que sairá mais uma vez prestigiado com o desempenho das nossas forças armadas, mas sim os valores do mundo ocidental. É a democracia, a liberdade de expressão, o respeito pelos direitos das mulheres e das minorias, entre outras coisas que ali está em jogo. A parada é alta e merecem que se faça jus ao seu lema: A sorte protege os audazes.
De ricardo a 25 de Julho de 2009 às 19:21
Não pondo em causa o valor dos miltares Portugueses, e sabendo que os que la´estão são GNR.
Não posso deixar de pensar a falta que eles cá fazem.

Mas num outro ponto mais vale mandarmos para lá todos. Pois por aqui um homem de 61 anos que é apanhado de cuecas em cima de uma menina de 10. Não pode ser preso pois não foi apanhado em flagrante delito. Um que com 41 anos e antecedentes prisionais que volta a ser apanhado a roubar e a deitar fogo vem para a rua 48horas depois da pj de Leiria ter anunciado a sua prisão.

E em Porto de Mós que ainda há pouco um GNR local foi parar ao hospital. Esquece-se?
De Rafael Marcelino a 27 de Julho de 2009 às 04:34
Aprecio e valorizo muito mais a AMI, bem como todos os doadores de bens e medicamentos no sentido e minimizar o sofrimentos dos povos.
Gostaria mais de intervensões de ensino e de formas de sobrevivência.
Essas a que eram BOAS. Mas como ainda existe gente que ama a guerra e sofrimeto dos povos...
Num País pré-histórico com uma cultura e forma de viver Horrível, aonde a qualidade de vida é ZERO, fazerem dele um pretexto como uma base terrorista para em nome dele se tarvar uma guerra sem fim à vista. Enquanto existirem os Nobres da Droga em que apoiam com milhões de dollares a cultura do Opio neste País, como uma fonte de receita para todos os fins nunca vai haver Paz nesta zona do globo.
É uma luta pelo control da DROGA-ÓPIO, para a desgraça do Mundo Inteiro.
O resto é tretas...
De Paulo Sousa a 29 de Julho de 2009 às 08:29
Taliban treinam crianças para ataques suicidas
As forças de segurança paquistanesas que combatem os rebeldes taliban na zona de Swat resgataram quase uma dezena de rapazes a quem foi feita uma lavagem ao cérebro para se tornarem bombistas suicidas.
Um alto responsável da segurança da Província da Fronteira do Noroeste afirmou que nove rapazes foram descobertos durante os raides, e outros dois renderam-se voluntariamente. Um comandante do Exército na região diz que há mais a ser entregues pelas famílias. "Receberam uma tal lavagem ao cérebro que até chamam infiéis aos pais", disse à Reuters Bashir Bilour, ministro do governo da província.
Segundo Bilour, foram mostrados filmes aos rapazes, que têm entre nove e 18 anos, sobre a opressão dos muçulmanos nos territórios palestinianos e na Caxemira indiana. Também receberam instrução religiosa para serem convencidos de que irão para o céu se matarem inimigos do islão.
O brigadeiro Tahir Hameed, que lidera as operações em Mingora, a principal cidade de Swat, afirmou que os taliban obrigaram muitas famílias a deixarem levar-lhes os rapazes. Alguns terão entretanto regressado para junto dos pais, que por seu lado os entregaram às autoridades devido ao seu estado psicológico. O Governo tem tentado perceber o que fazer para os reabilitar.

Público, 29.07.2009

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds