Quinta-feira, 30 de Julho de 2009

Mais uma afronta

O PS e Sócrates, no meio de umas quantas piruetas com que tentam inverter este triste espectáculo de fim de ciclo, resolveram brindar-nos com mais um número: a atribuição de duzentos euros por cada nascimento, a receber aos 18 anos… O coelho que agora tiraram da cartola, provavelmente pensado (?) como algo brilhante e talvez mesmo decisivo, não passa de mais uma afronta.

 

Uma afronta, em primeiro lugar, à inteligência de todos nós. Mas também uma afronta à seriedade política e ao respeito que todos os portugueses ainda e sempre devem merecer.

 

Esta é uma daquelas medidas que, para além de obviamente ser para rasgar, só poderia fazer corar de vergonha quem a apresenta. Se a tivessem, é claro!

 

Os portugueses não têm emprego. As perspectivas de futuro que se lhes apresentam são as que conhecemos. Os jovens casais, naturalmente os principais agentes da procriação, são confrontados com uma realidade de contexto social limitativa da sua independência activa e, quando têm emprego, com uma de contexto profissional hiper competitivo, de alta instabilidade e de baixos rendimentos, que fazem adiar, para cada vez mais tarde, os projectos de maternidade/paternidade. Mas nada disto importa. Não é por aqui que começa uma verdadeira e responsável política de natalidade, urgente e absolutamente vital para o nosso futuro como povo e nação. Tudo se resolve com um subsídio, agora não só a fundo perdido mas também a vista perdida. Perde-se tudo! Um subsídio, conceito profundamente entranhado nas mentes socialistas que, mesmo que virtual, acham que colhe eleitoralmente.

 

Isto, para além da já referida afronta, é próprio de quem não faz a mínima ideia do que sejam incentivos à natalidade. Uma medida geral e universal, sem a evidente necessária descriminação positiva, e por isso inócua e insultuosa. Que nos pretende tomar a todos por tolos!

 

A quem poderá interessar esta medida? A eles próprios, que, coitados, tomando-nos por tolos, pensam poder daí tirar dividendos eleitorais? Não! Isso apenas lhes poderá ter passado pela cabeça num dos muitos momentos de desespero por que deverão estar a passar! Apenas aos bancos! Sim, apenas os bancos teriam a ganhar com isto … E aqui não há qualquer novidade. Há muito que este governo socialista nos habituou à sua irreprimível tendência para piscar o olho aos bancos! Como nos habituou a perceber que eles, os banqueiros, gostam de ser cortejados. Não se fazem caros, nem são assim tão ingratos. Já víramos, e vamos continuando a ver, que sabem reconhecer!

 

publicado por Eduardo Louro às 07:36
endereço do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Paulo Sousa a 30 de Julho de 2009 às 08:08
200€ aos 18 anos dá um jeitão para pagar as fraldas.

Alguns comentários sobre esta medida visionária na blogosfera.

"eu, pessoalmente, fiquei cheio de vontade de fazer filhos"
"Estou quase na minha hora de almoço. Vou ali fazer 800 euros e já volto."
"sou homem para fazer 1800 a 2000 euros por dia."
"E se eu conseguir fazer gémeos? Tenho direito a bónus?"
Rodrigo Moita de Deus, 31 da Armada


Então, para que é que encerraram as maternidades?...
António Agostinho, Outra margem
De Maria a 30 de Julho de 2009 às 11:15

Bom dia ...

Mais uma medida do artista Sócrates ...

Concordo com o Sr. Louro, o que o Sr. engenheiro pensa é que somos todos tolos ... mas infelizmente existem muitos e muitos neste país, o Sr. Engenheiro teve a maioria absoluta ...

E continuando a votar José Sócrates prova que grande parte do povo gosta de ser enganado, ultrajado, gosta de mentirosos e corruptos pois continuam a ser eleitos ...

Agora eu com 200€ para um filho meu aos 18 anos, sempre são em juros uma fortuna, sim porque as taxas estão altíssimas .... RIDÍCULO ... PERVERSO ... NOJENTO Sr. Engenheiro Sócrates ...

Mais, se 200€ daqui a 18 anos para nada servem, hoje em dia 20€/mês servem para quê?????

Ter filhos e a mulher correr o risco de ser despedida? Ter filhos para ter o Rendimento de Inserção? Ter filhos para estatísticas? Se calhar não ... e em 2050 (se calhar antes) por cada 100 jovens haverá 356 idosos .... lá se vai a Segurança Social ....

Cumprimentos,
De João Loureiro 2 a 30 de Julho de 2009 às 11:51
Penso quo Srº Engenheiro Socrates tem filhos, vou questiona-lo com algumas perguntas.(espero que ele leia o VILA FORTE).
1º Saberá o que e ser pai / mãe ?
2º Saberá quanto custa as primeiras fraldas? 3ºSaberá quanto custa o leite para a s crianças quando a mãe deixa de poder amamentar o filhote? 4ºSaberá quanto custa os cremes e acessórios para os bebes?
5ºSaberá o que não ter quem fique com as crianças por falta de creches compativeis com os ordenados em Portugal?
6º Saberá quanto custa educar um filho até aos 18 anos?
Naõ sabe foi criado num berço de ouro,foi criado pela ama, era levado de carro particular a escola,os seus filhos tiveram o mesmo tratamento ( felizes deles) mas não venha gozar com os Portugueses ,estamos fartos de sermos gozados.
Sr. Socrates ,faça contas porque os pais das crianças já a muito que as sabem de cor e salteado.Tenha vergonha e como não sou malcriado pode meter os 200 € onde mais lhe agradar os PORTUGUSES AGRADECEM

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds