Quarta-feira, 12 de Agosto de 2009

Suspensa

           A Entidade Reguladora da Comunicação Social (ERC)estabeleceu uma directiva onde se preconizam regras para os media cumprirem durante o período eleitoral.Em causa está o princípio de igualdade de acesso aos meios de comunicação social, ou seja os cronistas e comentadores habituais  devem suspender as suas colaborações nos Media durante  o período pré eleitoral e eleitoral das legislativas  e das autárquicas.

           Tenho certezas sobre muitas matérias: a minha raça, orientação sexual, religiosa e política,  mas confesso que não tenho uma posição definitiva sobre esta matéria; se por um lado constato que  penalizamos estes comentadores e lhe impomos um silencio temporário, por outro lado não sabemos a quem estamos  a impedir de expor a sua opinião em período eleitoral. Tenho que construir e fundamentar melhor o meu pensamento sobre este assunto.

              Como primeira consequência da aplicação desta directiva  não escreverei as habituais crónicas no jornal " O Portomosense" uma vez que a direcção do jornal decidiu aplicar a directiva da ERC e eu sou candidata à Assembleia Municipal  de Porto de Mós pelo PSD. Não tenho qualquer dúvida que continuarei a escrever aqui , no vilaforte!

 

publicado por Ana Narciso às 15:52
endereço do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Jorge Soares a 12 de Agosto de 2009 às 17:25
Não sou politico, não sou comentador, não sou candidato a nada, talvez por isso me custe entender esta directiva, não lhe vejo nem a lógica nem a utilidade.

Jorge Soares
De Ana Narciso a 12 de Agosto de 2009 às 17:43
E se fosse?Mantinha o mesmo ponto de vista?
De Jorge Soares a 12 de Agosto de 2009 às 21:07
Ana, se fosse, de certeza que mantinha o meu ponto de vista com mais convicção ainda.

Para mim não faz sentido nenhum que quem comenta durante o resto do tempo não o possa fazer agora, aliás, é um contra senso, porque se há altura em que devemos ouvir as opiniões dos candidatos é precisamente nesta altura, quando estamos a tentar decidir quem melhor nos poderá governar, porque calar os candidatos precisamente quando eles mais devem falar?

E já agora Ana, não será que se eles devem deixar de comentar agora, também o deveriam deixar de fazer a partir do momento em que são eleitos? Eu acho que não, mas já agora gostava de ouvir a sua opinião.

Jorge Soares

De Pedro Oliveira a 12 de Agosto de 2009 às 17:48
Nem tu, meu caro Jorge, nem muitissima gente onde me incluo também:
"(...) mas a directica da ERC não se aplica apenas à intervenção dos candidatos como "comentadores,analistas e colunistas" de assuntos politicos.Abrange atá a sua participação "noutro género de programas que lhes proporcionem visibilidade acrescida, nomeadamente de entretenimento ou culturais".Por exemplo, se a TVI cumprisse a directiva,teria de suspender a participação de Fernando Seara,Presidente da cãmara de Sintra e candidato às autárquicas,no programa desportivo"Prolongamento".O documento não é no entando vinculativo,pois é á CNE que cabe a palavra final na aplicação das coimas.E como diz o seu porta voz," não há qualquer garantia que a comissão venha a aplicar coimas pois a matéria não é nada consensual" no seio da CNE". in expresso

"votei contra a directiva porque neutraliza qualquer critério jornalistico,algo que a igualdade de oportunidades não impõe." Luís Silva vogal da ERC

" A directiva da ERCé um dos atentados maiores á liberdade de informação,à liberdade editorial e ao debate politico". Pacheco Pereira

" Os censores cortaram-me na prosa,mas nunca me impediram de escrever". Ruben Carvalho

"em que mundo vivem estes senhores?Em algum país se suspende a opinião durante o período eleitoral'?". Sofia Galvão

"um disparate absoluto,não é admissivel que os orgãos de comunicação sejam impedidos de ter a participação dos comentadores que escolhem para os seus espaços de opinião".João Semedo BE

Em nota de direcção o Expresso refere que a ERC foi longe demais, que ninguém vai cumpriri esta directiva e é assim "de forma competente que se descridibiliza um organismo".

ouvi também quem perguntasse se nas próximas eleições do benfica , o seu jornal também teria de ter a opinião dos sportinguistas e portistas e era crime em Portugal um jornal estar conotado com algum partido .Para finalizar,pergunto eu, o que fará o PSD com o seu " povo livre" e o PCP com o avante, fecham para balanço no periodo eleitoral?

Uma pergunta para a Ana: a decisão foi sua ou da cincup?se foi sua respeito não concordando, se foi da cincup, não compreendo, até pelo que transcrevi sobre o assunto.
De Ana Narciso a 13 de Agosto de 2009 às 22:12
Continuo à procura de um argumento que me deixe poucas dúvidas: mas tenho cada vez mais.As substituições por outros cronistas ou comentadores também serão temporárias ou alargar-se-ão para depois do período eleitoral?Quando escreverem , não poderão abordar assuntos relacionados com as eleições ou só podem abordar questões ou assuntos que constem dos programas dos respectivos partidos?Ou excluem a participação temporária de todos os colaboradores e dão apenas espaço aos partidos políticos? Ficará o eleitor mais esclarecido?
Continuo á procura...
De clone a 13 de Agosto de 2009 às 23:38
a Ana faz me o texto e eu publico com o meu nome e assim já pode ser...

Isto é que é um Pais...
De Ana Narciso a 22 de Agosto de 2009 às 00:23
O editorial do Portomosense da autoria de Isidro Bento coloca muito bem a questão e as suas dúvidas. Depois de pensar sobre este assunto e de ouvir várias opiniões chego á mesma conclusão : suspender as crónicas ou os comentários durante este período eleitoral é mais ajustado, desde que haja espaço para todas as forças políticas apresentarem os seus candidatos e os seus programas políticos. Só que as razões que me conduziram a esta conclusão não se prendem por " situações ocorridas nas últimas semanas", mas sim porque acredito que o poder político e o exercício desse mesmo poder tem o seu epicentro nos partidos políticos e não no indivíduo, como tal devem deixar ao partido a que pertencem ocupar o espaço para essa clarificação.Desta forma e tendo esta conclusão como premissa, verifiquei com espanto que em duas edições seguidas, o espaço da CDU e hoje da CDU e CDS/PP não têm uma única palavra sobre o que querem para o concelho. Algo vai mal nestas forças partidárias... o que empobrece, sem dúvida, o debate político. Já agora seria interessante averiguar a que "situações" se refere o Isidro. Será que vamos saber??

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds