Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

Festa de São Miguel termina em grande

 

A festa de S. Miguel terminou quase às 5:00 já de 4ª feira.

Estando pela segunda vez do lado de dentro do balcão como festeiro, mais uma vez fiz parte de um grupo que não se negou a esforços para que a grandeza da festa da nossa terra seja no mínimo comparável ao orgulho que temos em nela viver. Como sempre neste tipo de eventos o amadorismo é anulado pelo empenho de toda a enorme equipa que trabalha com gosto.

Depois de fechado o bar do coreto, onde estive todos os dias de pois de terminar o serviço do restaurante, dei mais uma volta para tirar mais umas fotos (ao todo foram mais de 500) e assim registar o ambiente para a posterioridade. 

Às 4:58 apanhei o Benito a dançar à frente do palco na última música do Zé Café e a Guida e tirei-lhe duas ou três fotos para o apanhar no ar quando saltava. O Benito nasceu espanhol mas por se ter casado com uma juncalense e cá viver é um dos nossos e mais um dos muitos que colaborou no restaurante. Todos os mais de mil frangos que servimos, passaram-lhe pelas mãos. Como ele disse num jantar tardio na pequena sala de refeições dos festeiros e ajudantes, os frangos passaram pela mão quando quando se descarregam as caixas, quando saem da caixa para arranjar antes de assar, e depois de assar novamente para serem partidos antes de ir para a mesa. Fazem lembrar a lenha que se corta, que se parte e que se arruma antes de queimar, tal é o número de voltas que dão.

A equipa deste ano (todos os anos se diz o mesmo mas agora é mesmo a sério) foi espectacular e todos vivemos estes dias intensamente, com a alegria pela partilha do esforço comum, com momentos de stress, quando a comida parecia que não ia chegar, ou o tapete de flores da procissão não estaria acabado a tempo, mas acima de tudo tudo foi vivido com imensa alegria.

Agradeço a todos os que nos visitaram e connosco festejaram no que é sem dúvida o momento mais alto na identidade juncalense.

A todos um grande obrigado.

tags:
publicado por Paulo Sousa às 06:45
endereço do post | comentar | favorito
5 comentários:
De Pedro Oliveira a 19 de Agosto de 2009 às 08:29
Tive o prazer de ir à festa na segunda feira e fiquei surpreendido pela organização.Tudo muito bem organizado e a vila em peso nas sua festa.Gostei de ver caras que não via há algum tempo.Parabéns aos festeiros e bom descanso.Para o ano há mais.
abraço.
De Ana Narciso a 19 de Agosto de 2009 às 09:12
Também fui. Gostei da festa da companhia e da conversa. Sentia-se , no ar, a alegria e a vontade de bem -receber dos juncalenses . Obrigada. Senti-me em casa!
De Marco a 19 de Agosto de 2009 às 11:03

Bom dia,

Como Juncalense só me resta congratular porque uma vez mais o esforço e dedicação de um conjunto de mulheres e homens nascidos ou criados na vila do Juncal levaram a cabo mais uma festa de São Miguel, festa esta que ao longo dos anos tem elevado o nome da Vila do Juncal.

Fico satisfeito que os visitantes tenham gostado o que valoriza ainda mais o trabalho das festeiras e festeiros e dos juízes da festa.

De facto tudo me pareceu bem organizado, o ciclismo e atletismo mantiveram-se, tal como os bailes e jogos tradicionais que dão outra alegria à festa.

Pena tenho que muitos desses visitantes só se desloquem à vila uma vez por ano e depois se esquecem desta vila e freguesia, estou a falar dos políticos naturalmente.

OS meus cumprimentos e desejo de felicidades aqueles que em 2010 são os responsáveis por mais uma festas de São Miguel.

P.S. - Pena que os lucros tenham de ir para o mesmo local ...
De Pedro Oliveira a 19 de Agosto de 2009 às 11:13
Meu caro Marco, como compreenderás nos últimos 3 anos vou com regularidade ao Juncal, umas vezes mais à noite.... outras para uns passeios pedestres .Não tenho dúvidas que o Juncal é uma vila com imenso potencial, pena que a politica caseira, rasteira, impeça muitas das vezes,quase sempre, que aquilo que vi nas festas se faça para as restantes situações.Ou seja, que a população se una em prol do bem comum, falo da vergonha da casa dos calados,da vergonha do centro de saúde ou onde estive a jantar que é um local fantástico onde outrora se realizaram espectáculos culturais de grande valor.
Penso que é tempo da malta nova se juntar,revoltar e exigir que se acabe com jogos,traições e demais circos politicos em que palhaços e equilibristas fazem a festa...sem público.
abraço aos muitos amigos Juncalenses que por aí tenho.
De João Romeu a 19 de Agosto de 2009 às 13:06
Amigo Paulo
Como sempre, fui bem recebido no Juncal, o frango do Benito estava excelente assim como a a companhia do jantar não poderia ser melhor,parabens a todos, mas para mim não e surpresa nenhuma ser bem recebido no Juncal tantos anos que fiz parte activa do famoso a nível Nacional do TRANSJUNCAL (mais tarde TRANSJUCALVARIA ",actividade que penso que a maior parte dos null se abituaram a ver os malucos das maquinas que só queriam lama " 11 horas para fazer 15 km e o recorde ". Infelizmente com todas as condicionantes o TRANSJUNCAL está a fazer uma pausa quiçá iremos voltar ?. Por tudo isto quando vou ao Juncal sinto-me bem e agradeço publicamente toda a simpatia e cooperação de todos os Juncalenses . Obrigado

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds