Sábado, 22 de Agosto de 2009

Eles falam falam, mas não acontece nada

Os politicos dizem à boca cheia que os cidadãos deviam participar mais na vida politica das suas terras, envolverem-se mais no que é seu, tudo muito bonito, tudo muito certo o pior é que na prática, tudo fazem para que os cidadãos tenham que ir bater á porta dos partidos se querem participar activamente na vida politica da sua terra ou do seu país, senão vejamos:

Os movimentos de cidadãos para serem reconhecidos, como tal, têm que angariar mais de 12 000 assinaturas, aos partidos só lhe é exigido 7 500, os partidos estão isentos de IVA nas despesas campanha eleitoral ao contrário do que acontece aos movimentos e para cúmulo, nos boletins de voto não é permitido aos ditos movimentos qualquer simbologia que não seja um número romano.

Digam lá que não vivemos num país fantástico de gente também ela fantástica.

publicado por Pedro Oliveira às 14:27
endereço do post | comentar | favorito
7 comentários:
De anonimo a 23 de Agosto de 2009 às 10:35
Porque será que nenhum politico da nossa praça tem opinião sobre este assunto?
Será que foi por causa destes constrangimentos que o Dr. Malhó não avançou?
De Observador a 23 de Agosto de 2009 às 11:46
O problema não está nos partidos. Pelo menos a este nivel de concelho. As pessoas não se importam, não comparecem estão cada vez mais acomodadas. Se existe lista Independente em S. Bento e Serro Ventoso, não é por serem Independentes. São listas PS, patrocinadas pelo PS, só que assim acham que podem ter mais vos e tentar ganhar. Não são sequer movimentos de cidadania. São muletas do PS para poderem eventualmente ter mais votos. E segundo se diz por aí muletas "compradas" com subsidios a colectividades.

Os partidos são aquilo que as pessoas quizerem que eles sejam. Pelo menos a nivel das concelhias.

Isso dos partidos serem papoes é treta e muitas vezes desculpa dos arautos do parlapié.
De anonimo a 23 de Agosto de 2009 às 14:14
O probelma está nos partidos apartir do momento em que legislam como legislam, seja no finaciamento dos mesmos, ou tudo fazerem para que os movimentos de cidadãos não apareçam.Têm medo do quê?
De enfim a 23 de Agosto de 2009 às 16:01
medo de tudo...........
De António carvalho a 23 de Agosto de 2009 às 17:37
Estou de acordo consigo. Os partidos não são todos iguais e defendem coisas diferentes para os mesmos problemas. Como no fufebol ou no atletismo todos os praticantes ou clubes querem ganhar a corrida ou jogo, com regras pré definidas, Também na actividade politica à regras e leis para cumpriri. Porém, aqueles que por norma respeitam as regras e os principios e tentam esforçar-se para ser autênticos e verdadeiros com aquilo que afirmam, são por norma pressionados ou desprezados pelo controlador(àrbitro) do mesmo jogo, seja ele desportivo ou politico.
Eu cá por mim, ´nunca votei no Pinto da Costa, Vieira ou Roquete 1 ou 2, pois já percebi que os tais donos do jogo (árbitro) desses jogos, dão sempre o mesmo resultado- Arranjos de gabinete ou de resultado adulterado.
Na politica em Portugal e em Porto de Mós, também tem sido um pouco assim. Os espectadores (Eleitores)pagam o bilhete(impostos) e não querem saber se o resultado das eleições que vão resultar do seu voto de ocasião, vão ou não ser no benefício do seu país, do seu concelho ou freguesia. Deixão-se cumprimentar pelo politico oportunista que apenas lhe dá alguma atenção em período pré - eleitoral e lhe promete o arranjo do caminho pessoal ou licença para construir em zona não permitida. Os eleitores nas campanhas eleitorais, não sabem nem querem ser rigorosos, com as promessas não cumpridas, nos mandatos anteriores. Gostam mais de afirmar que têm um president de Camara ou de Junta de Freguesia que lhe disse isto ou aquilio e que para a próxima é que vai cumprir a promessa.
Aproveiro para sugerir aos eleitores de Porto de Mós, para que na próxima campanha eleitoral para as autarquias façam um pequeno exercício de memória e procurem ler e saber o que é que foi prometido e não executado para a sua freguesia e quem foi responsável, pelo não cumprimento do mesmo. Assim, estaremos todos a contribuir para que os vendedores de promessas, continuem a ser iguais. Ou então mudemos mesmo de voto, pois se são sempre adulterados os resultados das promessas, então estamos em presença de politicos como os do futebol -tipo Pinto da Costa, Vieira ou Soares Franco.
Por hoje, aqui me fico. Boas tardes
De Omar a 23 de Agosto de 2009 às 17:23
A sede do Psd está ao rubro
De António carvalho a 23 de Agosto de 2009 às 17:49
Só para corrigir a frase do comentário anterior " Assim, estaremos todos a contribuir para que os vendedores de promessas, não continuem a ser iguais."

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds