Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Ano escolar

Dia um de Setembro significa o regresso à escola para milhares de professores em Portugal. Hoje cumpriu-se , mais uma vez , a romaria. Alguns contentes outros de  saída a maioria preocupada. Preocupada com  a gripe  e com a incerteza. Em relação à primeira   há remédio: formação/informação  sobre os planos de emergência entretanto activados. Em relação à segunda  só o tempo trará algum alívio.

  Quando começamos , há sempre uma vontade de ultrapassar obstáculos, de conseguirmos ir um pouco mais além do  que se conseguiu no ano anterior. Contudo este ano lectivo está cheio de desafios: uma nova administração e gestão das escolas no Concelho,  provável e desejavelmente com novas directivas e novos rostos,  quer a nível nacional , quer a nível local. Preocupa-me sobretudo saber que o arranque do ano lectivo ainda vai estar a cargo deste governo, preocupa-me duplamente saber que a nível local tudo vai ser negociado e aprontado por este executivo. O  cenário  a seguir às eleições , com outros protagonistas nos respectivos pelouros e pastas  ministeriais não vai ser fácil.
  Como profissionais empenhados e dedicados, os alunos estarão , sempre em primeiro lugar e por isso o nosso papel e a nossa preocupação estarão totalmente centrados nos alunos e nas aulas. Nada a temer, portanto.
 Os problemas colocar-se-ão a outro nível:  A título de exemplo , refiro apenas que a empresa que vai  ser responsável pelas AEC's  chama-se KNOW HOW e desta vez vem de Lisboa. Bem ou mal será com esta empresa que o futuro executivo terá de conviver.
 
tags:
publicado por Ana Narciso às 15:27
endereço do post | comentar | favorito
20 comentários:
De anonimo da ADP a 1 de Setembro de 2009 às 16:02
Será que só servimos para tapar buracos' Que negócio, politico foi feito entre Luís Costa e João Salgueiro?
muitas explicações são devidas à ADP, seus funcionários que deram o litro pelas AEC´s,aos pais, alunos e Portomosenses em geral.
Luís exigimos respostas, afinal Salgueiro Cumpriu ou temos mais um cartaz?.....
De Bicho mato a 1 de Setembro de 2009 às 17:33
Concordo com este comentário, pois se bem se lembram foi o Luís Costa, no tempo que podia comentar neste blog, que vinha para aqui mandar lenha para afogueira sobre as aec´s, por forma a elas irem para a ADP, a mulher é professora das aec´s.. .
Soube que uma das exigências do Luís Costa aceitar ser candidato, era nada faltar à ADP, incluindo as aec´s.Afinal a ADP tem Know how ou não tem para liderar este projecto? Quem o proibiu de comentar, que lhe dê licença para esclarecer este imbróglio.
Que têm a dizer, Rui Neves e Luís Costa sobre o assunto? Ou será que isto das aec´s foi vingança do vereador e lider do PS, por causa de ter sido desautorizado por João Salgueiro na elaboração lista de S.Pedro?
Como sempre, nestas guerras quem se lixa é o mexilhão!
De Luis Costa a 1 de Setembro de 2009 às 17:58
Boa tarde

Tanta coisa se diz e se pode dizer, enfim é o que temos!!!!!
O Luis Costa exige sim..........respeito, principalmente quando falam do privado, que não tem nada que vir aqui para o caso, mas infelizmente cada vez hà menos, é a vida!!!!!!!!!
A ADP mostrou ser capaz e ter condições para prestar um bom serviço nesta área, serviço esse, que foi reconhecido por todos, ter sido de qualidade o que me enche de orgulho a mim e a todos quantos deram o seu melhor para que isso fosse uma realidade.
Em relação ao ser candidato ou não, e o que me levou a aceitar, vai perdoar-me, mas não queira saber tanto quanto eu, e não queiram acima de tudo criar guerras onde elas não existem, principalmente com boatos sem qualquer fundamento.
Em relação a este assunto e principalmente quando a Instituição ADP ou a minha vida privada forem visadas, não voltaram a ter os meus comentários, relativamente ao resto aqui estarei sempre que me for possivel e assim o deseje
De Ana Narciso a 1 de Setembro de 2009 às 18:51
Concordo consigo Luís; é bom separar os domínios privado e público. O privado não pode nem deve
servir de arma de arremeso para o combate político Venha sempre !
De Miguel a 1 de Setembro de 2009 às 21:13
Sr. Luís Costa, não se refugie na questão pessoal, pois o que o Bicho do mato diz é verdade, a sua mulher é professora das aec´s. Mas vamos dar de barato que não se deve falar de maridos e mulheres em blogs. O Sr. ocupa um lugar público, Presidente da ADP, e está candidatado a outro, em que é público que teve uma guerra com o Presidente do PS Porto de Mós por causa da lista a S.Pedro e que João Salgueiro mandou calar Neves para que o "rapaz" faça a lista que quiser. Isto não tem nada de pessoal, são cargos públicos , como é a história muito mal contada das aec´s, é normal as pessoas ligarem a sua candidatura, ADP, aec´s e guerra com Neves.
Os politicos gostam de se esconder no argumento da vida privada,mas mostram-se todos e candidatam-se a tudo.Um pouco mais de honestidade intelectual é o que se pede.Muito me surpreende a posição da Ana, repito o que o Bicho do mato escreveu foi sobre gestão pública de uma instituição e cargos polticos.
faça favor de esclarecer.Ou será que vai deixar que o boato se prolongue, provavelmente apelidou de boato a verdades duras de se ouvirem,começa mal sr. Luís Costa.
De Luis Costa a 1 de Setembro de 2009 às 21:44
Pois muito bem
Vamos por partes:
1º Relativamente à ADP / Aec´s, terei todo o gosto em puder responder às suas questões numa futura Assembleia Geral, ou numa qualquer reunião de Direcção, desde que o sr. seja sócio da Instituição, como é lógico..

2ºEm relação a ter existido "guerra" entre mim e o Presidente do PS de Porto de Mós, tenho a dizer que todos os assuntos do foro interno do partido são resolvidos dentro do mesmo.

3ºPor fim, sendo eu um cidadão livre,e honesto, após convite que me foi formulado, aceitei a candidatura a São Pedro pelo PS, agora se o sr.acha tudo isso mal, ou melhor começar mal, é a sua opinião, que respeito
De Miguel a 1 de Setembro de 2009 às 21:51
Ponto 1: quem não deve não teme e como foi tão acutilante neste blog a exigir a denúncia do contrato com a ludicoideias, e não nas Ag´s e muito menos no partido, podia aqui bem esclarecer.mais uma vez entrelinhas...

Ponto 2:Lá que são do foro interno é verdade,menos verdade é que sejam resolvidas lá dentro, como sabe....mais entrelinhas e um não desmentido....

ponto3: Claro que sim, mas como não esclarece e o que se diz é o que eu escrevi, terá que sofrer com os boatos, uma oportunidade perdida, que faz que apartir de agora não se possa escondder atrás do biombo do boato, quando o são morrem porque alguém desmente, o que não foi o seu caso, o raio das entrelinhas...

Acho que ficámos esclarecidos e boa campanha, e já agora que perca, a bem da ADP!!

Ponto 3
De Ana Narciso a 1 de Setembro de 2009 às 21:24
A questão central continua a ser estas: a ADP concorreu ? Está esta empresa lisboeta melhor preparada para fazer face a um concelho difícil?Estas são as questões centrais deste problema. O outro tem a ver com candidatos a juntas . Não são farinha do mesmo saco. O único elo de ligação entre os dois problemas é o cidadão Luís Costa. As suas relações familiares não acrescentam nada ao problema: é professora tem habilitações por que razão não podia ensinar? Ainda está espantado?
De Miguel a 1 de Setembro de 2009 às 21:30
Já dei de barato a questão da esposa.Esqueci.
A questão, e se não me engano até foi levantada por um "anónimo socialista", foi a questão da Lista PS a S.Pedro que originou azia a Neves que é vereador da educação, que sabemos bem não gosta de perder muito menos ser desautorizado.Mais, o que se fala á boca cheia em Porto de Mós é que o Luís Costa aceitou ser candidato, tendo como trunfo nada faltar à ADP incluindo as aec´s.Esta é que é questão principal, e que deve ser esclarecida, dizer que isto é assunto pessoal é a mesma coisa que não desmentir que foi impedido de aqui comentar nas horas de trabalho 3 anos depois de comentar assiduamente e neste seu comentário dizer que virá quando puder.....ler nas entrelinhas pode ser perigoso,mas que las hay hay!
Se isto tudo é boato que o diga claramente e reponha a verdade, incluindo como é que a ADP perdeu o concurso.Fácil,não é?
De Luis Costa a 1 de Setembro de 2009 às 21:54
Meu caro amigo

O Luis Costa não tem nenhum acordo sobre o que quer que seja.
A ADP perdeu o concurso, face a critérios de adjudicação, como é publico, em que ganharia a empresa que apresenta-se o mais baixo preço.
De Luis Costa a 1 de Setembro de 2009 às 21:51
Boa noite Drª Ana

Sim de facto a ADP concorreu, e é um facto que estava devidamente preparada para o ano lectivo que se avizinha.
Se a empresa que ganhou o Concurso para o Enriquecimento Curricular está ou não preparada para o nosso Concelho, não é a mim que me compete analisar ou opinar, mas sim a quem é responsável pela adjudicação
De Ana Narciso a 1 de Setembro de 2009 às 22:00
Pois teremos todo o ano para acompanhar e verificar se o que está escrito no caderno de encargos é pra cumprir. Ja´sabemos que é fácil colocar no papel actividades lindíssimas com materiais modernos e depois são os professores que andam com tudo às costas!!!
De Miguel a 1 de Setembro de 2009 às 22:06
Se correr mal, o Luís Costa estará lá para aparar os golpes do patrão.Ele refila,mas gosta.
Uma conversa muito esclarecedora, ficámos todos a conhecer um pouco melhor quem é o Luís Costa, não quer dizer que isso seja necessariamente uma boa noticia para a ADP.Acho que a doideira do poder está a fazer mal ao "rapaz". espero bem que perca, pois temo pela DP, quando a espiral da loucura politica toma conta das pessoas sabemos o que acontece às instituições, a ADP tem ,infelizmente,curriculo dessas pessoas.
De Anómico a 1 de Setembro de 2009 às 23:05
Estou espantado com o que se passou neste texto até aqui. Mal a Sra. Ana Narciso faz referência à educação e vai-se buscar tudo. Luís Costa, ADP vidas privadas, (NEVES, Jùlio Vieira - Antigos directores ADP), etc. tudo. Já se levantam questões sobre as capacidades das empresas em cumprir o que está acordado, enfim é assim mesmo que se faz política palaciana. Intrigas, boatos, insinuações, e por aí fora. Neste aspecto há várias coisas que tenho a dizer. No ano passado a empresa era de bem perto e deu no que deu, portanto ser de Lisboa nada quer dizer. O que mais me espanta é que as AEC's no ano passado pouco ou nada forma controladas por quem devia principalmente Assembleia Municipal, se formos ver as actas julgo terem sido feitas algumas referências, mas questões de fundo? NADA. Parece-me que havia matéria suficiente, aliás isso é confirmado pela Câmara com a denuncia do contrato. Isto sim parece-me importante e seria bom que os candidatos à Assembleia assumissem compromissos de não continuar a deixar prolongar-se no tempo este tipo de situações, seja com AEC's ou outro tipo de contratos, pro exemplo obras que apresentam um prazo de x e demora x ao cubo ou mais a fazer-se, etc.
Quanto à ADP e ao Luís Costa parece-me de toda a boa regra deixar a sua privada assim mesmo privada. As AEC's por aquilo que se ouviu o preço era bem mais alto e a bom de uma boa gestão desde que os critérios de aceitação ao concurso estivessem cumpridos não deviam e julgo não podiam entregar uma actividade ao 5ª classificado (este nº chegou-me aos ouvidos, não posso confirmá-lo) portanto a ADP não podia servir para a execução (só pelas condições de concurso) pois de outro modo hoje estaria nas bocas do mundo por outros motivos, nomeadamente de fazer fretes ao patrão e quem saíria a perder seria a ADP o que me parece a maioria das pessoas de bom senso não quererem.
Assim parece-me que o que é necessário é mesmo o que a Ana Narciso diz - Colocarem os alunos no centro das preocupações de toda a comunidade e deixarem-se de meter politiquice em tudo e mais alguma coisa. OS ALUNOS PRIMEIRO! UM BEM-HAJA A TODOS OS PROFESSORES QUE ESTEJAM EMBEBIDOS DESSE ESPÍRITO.
TOPAS 69
De Puck a 1 de Setembro de 2009 às 23:18
Que raio de discussão.
1º o que se passa no interior do PS, não temos nada a ver com isso.É por causa destas ideias que as pessoas não querem saber dos partido.
2º a lógica albinista a funcionar.
Não interessa o curriculum da empresa, o curriculum do quadro de pessoal a afectar ao projecto,nem quais os recursos e mais, como é que uma empresa se propõe trabalhar uma área, para formar os nossos filhos, sem interligação aos agrupamentos de escolas.
É mais barato,logo adjudica-se.
3º o conhecimento que a ADP tem do concelho, das várias realidades geográficas, de muitos professores e mesmo de muitas familias, isso não interessa.
Lixo.
4º Mas a cumplicidade partidária leva a Luis Costa a ser cauteloso.
Pois podem estar em causa outros apoios. Quem se mete com o PS leva.
5º Sabe o Salgueirinho que se a coisa começar a correr mal, como se faz
a) adia-se ao máximo qualquer decisão para poupar(Albino)
b) Como o Neves em tudo o que mexe estraga, o Salgueiro chama a si o processo;
c) rompe com a empresa e chama o apanha-bolas de serviço, que a troco de qualquer coisa,dirá-PRESENTE.
Por fim perdem as crianças, perde o país que esbanja o dinheiro, contribuindo para as estatisticas, mas sem formarmos melhor gente.
Este filme é reprise, mas com tais actores, já sabemos como o filme acaba.
Oxalá mudemos de actores, que estes já nem num filme sem som e a preto e branco,dá vontade de ver,com excepção dos filmes de Chaplin.
Este dava vontade de rir.
Estes dão vontade de chorar.
De Anómico a 1 de Setembro de 2009 às 23:35
Mais uma do Sr Luis Costa

http://ligafuteboldistritaldeleiria.freehostia.com/index.php?PHPSESSID=bmkpn46uasclmlj85rc219rp33&topic=335.msg499#new

Nem dá para acreditar,o jogador morgado ou jogava na ADP ou o funcionario morgado ia para a rua do seu emprego,na adp.
´Sera isto que nos espera para presidente de junta de sao pedro.Que tristeza.
E os socios do clube o que terão a dizer desta embrulhada?

De Ana Narciso a 4 de Setembro de 2009 às 12:28
O futebol não está nesta discussão. Muitos me têm perguntado se estou contente com esta solução ou seja a criação deste mega-agrupamento de escolas. invariavelmente respondo que : ainda não chegámos ao final da história em Educação, mas não tenho dúvida nenhuma que deveríamos passar por esta experiencia e defendo que qualquer que seja a solução futura como por exemplo: a criação de 4 centros educativos,( proposta do PSD) a administração e gestão das escolas deste agrupamento deve ser única. Aliás este modelo de gestão deveria ser alargado a outras estruturas como por exemplo os Bombeiros, criando uma única gestão para os vários corpos de bombeiros do Concelho de Porto de Mós. Já não é a primeira, nem a segunda vez que o faço nos locais próprios e continuarei a defender essa Administração única sempre que tiver oportunidade de o fazer dentro e fora da Associação.
De Ana Narciso a 4 de Setembro de 2009 às 14:29
Será que os Bombeiros podem ter outra foram de serem geridos ? o modelo encontrado para as escolas já foi copiado ( de certa forma)para a administração dos centros de saúde. Será que é possível com outras isntituições?Eu acho que sim.
De NC a 6 de Setembro de 2009 às 16:42
Sra. Ana Narciso, o futebol não esta discussão neste post, é verdade. E os bombeiros estão...?
De Ana Narciso a 6 de Setembro de 2009 às 17:10
Não , não estão. Obrigada pela observação. É sempre bom saber que alguém lê nos traz à razão. Volte Sempre.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds