Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Quem será o próximo?

                  ?

publicado por Pedro Oliveira às 13:55
endereço do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Rafael Marcelino a 3 de Setembro de 2009 às 14:47
Olha..Olha... agora Futebol. eheheheh .
Bom, estes são os mais visíveis pois a 27 de Abril de 1960 contra a Alemanha em que Portugal perdeu por 2-1 (O costume...) estrearam-se os Naturalizados Sul-Africano David Júlio (5 x Internacional)e o Brasileiro Júlio (4 x Internacional) jogadores do SCP.Para além desses temos ainda o Celso que me lembro de momento .
A isto deve-se a politica dos Clubes em não apostarem na formação. Pelo que consta ainda vai haver mais, se bem que tenho alguma dificuldade em me prenunciar sobre esta matéria. delicada.
De Pedro Oliveira a 3 de Setembro de 2009 às 15:43
Caro Rafael, com estes exemplos dados pela Federação, que devia dar o exemplo, para que é que os clubes devem apostar nos jovens, para gastar dinheiro?
É bem mais fácil ir ao mercado estrangeiro, eles até podem ser selecionados e tudo e assim valorizarem....
De patti a 3 de Setembro de 2009 às 15:12
Diz-me tu.
De Pedro Oliveira a 3 de Setembro de 2009 às 15:34
Não sou contra a ida do Liedson à selecção sou contra os motivos desta convocação e a falta de critério.
Carlos Queiróz, apelidado pai da geração de ouro, abdicou da aposta em jovens dos sub 21, para em desespero convocar um avançado de 32 anos, que por "acaso" foi naturalizado sobre pressão da FPF, assim reconheceu Madaíl, para não falhar a ida ao mundial.E se falhar?....
Depois a falta de critério para saber, por exemplo qual é o limite naturalizados na selecção, leva a que em situações similares, se convoque um defesa esquerdo, um guarda redes,..... .
Resumindo, a minha prespectiva é que isto não vai ficar por aqui, na minha opinião os próximos a serem naturalizados são um qualquer defesa esquerdo e um guarda redes.Carlos Queirós já anda a convencar dois gémeos laterais brasileiros que jogam em Inglaterra a naturalizarem-se, parece que os avós são Portugueses e o Guarda redes provavelmente será o Júlio César do Benfica...
De Jorge Soares a 3 de Setembro de 2009 às 15:31
Pedro, e estás a esquecer o Petit que nasceu em Colonia, na Alemanha e o Bosingwa que nasceu no Zaire, e o Manuel da Costa que nasceu em França, e mais 4 ou 5 que já jogam nas selecções de sub 21 e que nasceram no Canadá, em França, na Suiça.. etc....

Não percebo porque é que há tantas perguntas com os brasileiros e nenhuma com os restante.

Abraço
Jorge
De Pedro Oliveira a 3 de Setembro de 2009 às 15:41
Irás reconhecer que ser filho de Portugueses, que faz o seu percurso nas seleções no País e que quer representar em adulto, não será a mesma coisa que algúem que chega aos 26 anos a outro país e porque perdeu a esperança de representar o seu país opta por aquele que "precisa" dele.
Mas a minha questão central tem que ver com o oportunismo saloio do Selecionador que mostra medo e estratégia de futuro, e a falta de critério sério por parte da FPF nesta questão.
Eu prefiro que não se vá a um mundial e que se aposte em jovens dos sub 21 do que esta salganhada, seja ela brasileira ou nigeriana.
A continuar assim que se acabe com as seleções.Eu sei que não é só em Portugal, mas com o mal dos outros....
De Jorge Soares a 3 de Setembro de 2009 às 16:43
Pedro, não estou de acordo .. alguma vez tinha que ser

Já foram convocados para a selecção A jogadores que nunca viveram em Portugal e que não falavam uma palavra de português, o Manuel da Costa é um exemplo, mas há mais. Será que alguém que nasceu noutro país, que nunca cá viveu, que nem sequer fala a língua é mais português que o DECO ou que o Liedson só porque tem pais portugueses?, a mim não me parece. Eu fui emigrante, conheci muitos filhos de emigrantes, e posso dizer que daquilo que vi e conheci, não me parece.

O que dizes sobre a esperança de vir a representar a selecção do seu país, pode ser válido para o Liedson, mas não me parece que para o Deco e o Pepe o sejam, se não fossem portugueses qualquer um deles era titular no Brasil e seria de certeza convocado, e o Pepe tinha 23 ou 24 anos quando assumiu que queria jogar por Portugal.

Quanto aos critérios do seleccionador.. bem, isso já é futebol.. e disso não falo.

Abraço Pedro
Jorge

De Pedro Oliveira a 3 de Setembro de 2009 às 17:04
Meu caro,
O caso Manuel da Costa é diferente do liedson e dos outros dois porque ele escolheu jogar na Selecção Portuguesa, não porque alguma vez quis jogar noutra selecção e não consegue, mas porque efectivamente quer jogar na selecção do seu País, é Portugês desde sempre, não foi a correr porque se lembrou e dava jeito. Existem milhares de filhos de emigrantes que sentem a seleção de Portugal como a sua seleção a do seu país, prova no europeu de 2008 e mundial 2006, e que mal sabem falar Português.Essa é uma outra questão, tal como a de não saber o hino: educação em casa e na escola.
Mas volto a frisar a minha principal questão, é saber qual é a estratégia da Federação, se é também a de formar jovens nas seleções de formação e promover esses mesmos jovens ou é uma empresa em o que conta é facturar, ie, ir a europeus e mundiais a qualquer custo.
Há alguma lógica convocar o Pepe e ser titular na posição que não é a sua,quando nem pode jogar no Real Madrid?Eu sei que isto é futebol de bancada, mas mostra bem a incoerência de convocar e colocar no 11 os melhores...Já para não falar que temos centrais tão bons ou melhores que o Pepe, o mesmo em termos de condição fisica e forma em relação ao Deco.
Como diz outro comentador, assim prefiro não ir ao mundial.
De Platypus a 3 de Setembro de 2009 às 15:57
Caro Jorge, o Petit (Armando Gonçalves Teixeira ) joga no Colónia não nasceu em Colónia, mas acha que um qualquer filho de emigrante que por um acaso nasceu noutro país, mas que vive de alma e coração no nosso é menos português do que aquele que nascendo cá, quer ser espanhol?
Acha que um jovem nascido noutro país mas que vive em Portugal, tendo a opção de escolher por que país vai jogar escolhe Portugal, é a mesma coisa do que um qualquer jogador que espera até aos 32 anos para ser seleccionado pelo seu país e no vislumbre de não conseguir opta com o conluio de outros, escolher o nosso para ter mais umas medalhas para mostrar aos netos?
Eu cá não acho normal e os exemplos que deu só por si são excelentes exemplos para justificar o meu repúdio pela opção teoricamente fácil assumida pela federação. E sinceramente gostava que fossemos ao mundial com um golo do proscrito Nuno "Gomes" ou então eliminados por um autogolo do Liedson
De Jorge Soares a 3 de Setembro de 2009 às 16:48
Tem razão, por acaso enganei-me, ele nem nasceu na Alemanha, nasceu na França (http://www.zerozero.pt/jogador.php?id=61)

Mas volto ao exemplo do Manuel da Costa, que nunca cá viveu, nunca cá jogou e nem fala português, acha que vive mais o país e a selecção que o Pepe? ou Deco? ou o Liedson?, porquê?, a nacionalidade não vai no sangue... acho eu.
De Rafael Marcelino a 3 de Setembro de 2009 às 16:58
Caro Pedro, penso que esta polémica nunca foi tão badalada como esta do Liedson .Deve de ser por ser jogador de quem é..., mas adiante. No entanto, ele apenas foi convocado porque o Sr. C.Queirós tem a corda na garganta em relação à qualificação ao Mundial. Veja-se como mesmo sem jogar o Nuno Gomes foi convocado (Faz parte da mobília ).
Caso estivessem com grandes hipóteses de ser apurados (Acho um Milagre)pode crer que esta convocação do Liedson nunca se colocaria.
É tudo muito bem aranjado.Pode crer.
Pode nem se lembrar, mas ainda me lembro de um Grande Avançado Português chamado Manuel Fernandes, no ano que foi o melhor marcador do Campo . Nacional nem foi convocado para ir ao Mundial do México.
Esta foi a maior VERGONHA. Mas nessa altura mandava outro grande Senhor da FPF .
É tudo boa gente.
Foi-se o SCOLARI acabou-se...com ele tudo vibrava e aplaudia PORTUGAL. O material está lá e do bom!!!!!...mas com este Candidato a treinador de Futebol nunca mais vamos a lado nenhum. O Currículo dele é muito bom em contractos e indemnizações e assim tem montado na vida. Não sejam tolos....
O Real Madrid tem muita saudades dele e do Peseiro.Foi o pior de sempre naquele clube.
Cumpts .
De Marco a 3 de Setembro de 2009 às 20:01

Caro Pedro, para que fique desde já bem clara a minha posição sobre a convocatória de PEPE , DECO ou LIEDSON , ou por exemplo HULK ou KEIRRISON (se se naturalizassem), um dos dias mais tristes da história da selecção nacional foi quando um dia DECO foi capitão da selecção portuguesa de futebol, chamem-me o que quiserem ...

Mais, Deco assumiu a sua vontade de representar a selecção nacional pouco depois do seleccionador do Brasil da altura ter dito com todas as letras que o DECO NÃO SERIA convocado para a selecção brasileira porque tinham, Kaka , Júlio Batista, Robinho , Ronaldinho , Daniel Carvalho, e estava aqui a noite toda, para o lugar dele.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<BR>Caro Pedro, para que fique desde já bem clara a minha posição sobre a convocatória de PEPE , DECO ou LIEDSON , ou por exemplo HULK ou KEIRRISON (se se naturalizassem), um dos dias mais tristes da história da selecção nacional foi quando um dia DECO foi capitão da selecção portuguesa de futebol, chamem-me o que quiserem ... <BR><BR>Mais, Deco assumiu a sua vontade de representar a selecção nacional pouco depois do seleccionador do Brasil da altura ter dito com todas as letras que o DECO NÃO SERIA convocado para a selecção brasileira porque tinham, Kaka , Júlio Batista, Robinho , Ronaldinho , Daniel Carvalho, e estava aqui a noite toda, para o lugar dele. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>LIEDSON</A> , nunca foi opção para nenhum seleccionador , nem hipótese sequer, pois Jardel que era Jardel foi convocado meia dúzia de vezes. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>PEPE</A> , chamado para treinos da selecção brasileira de sub-21 , não agradou, como não agradou enquanto jogador do Porto, e daí teve um ataque de portuguesismo e virou português desde sempre, até cai no ridículo de tentar falar português , é o único que conheço. <BR><BR>A Chamada destes 3 jogadores, na minha opinião, não se justifica, em nenhum dos casos, pois existem variadas opções para o lugar deles, vejamos: <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>PEPE</A> - R. Carvalho, rolando, bruno alves , daniel carriço, miguel vitor , ricardo rocha, zé castro, manuel da costa (filho de pais emigrantes pelo null tem raízes de sangue diferente de todos os outros), zé antónio , ricardo costa......................................... <BR><BR>DECO - tiago , joao moutinho , simao , hgo viana , rui costa (na altura), adrien , manuel fernandes , ruben amorim , meireles , veloso , petit (igual ao manuel da costa), pereirinha, ................................. <BR><BR class=incorrect name="incorrect" <a>LIEDSON</A> . nuno gomes, hugo almeida, ronaldo , helder postiga , nelson oliveira, orlando sá rui fonte, yazalde , coentrao , jose coelho................................................. <BR><BR><BR>Um sem número de opções que com maior ou menos qualidade com maior ou menos capacidade representariam Portugal com a certeza de haver algo mais que interesse pessoal (passaporte português vale melhores contratos em países que limitam a aquisição de estrangeiros caso inglaterra e espanha )....... <BR>Além disso a não ida de Portugal ao mundial representaria um fisco desportivo para Carlos Queiroz e financeiro para Madail (Pago a peso de ouro tal como diz Sérgio Conceição) e aí reside i verdadeiro problema o dinheirinho que madail deixa de meter ao bolso........ <BR><BR><BR>Para quê os clubes Portugueses apostarem em jovens... apostar na sua formação enquanto jogadores e homens e depois a estrutura máxima do futebol português os despreza, basta ver que depois da revolução de queiroz , onde Portugal ganhava títulos em quase todas as camadas jovens .... Portugal deixou de ganhar muito por causa da federação ... pois abandonou a formação seja nas selecções seja nos clubes onde permitir equipas a disputar o campeonato nacional com 12 ou 13 estrangeiros nos seus planteis ... chamem-lhe globalização ... socioglobalização ... livre circulação de pessoas .. mas também é um indicador presente de que primeiro estão os resultados e só depois a formação .... <BR><BR>o meu clube benfica no último apuramento para o campeonato europeu de sub19 tinha 11/12 jogadores seleccionados ou seleccionáveis seleccionados foram só 9), Portugal foi eliminado pela Turquia onde se vem trabalhado em força o futebol jovem... e o meu clube não ficou com nenhum destes jogadores no plantel sénior (apenas Roderick e nelson oliveira fizeram a pré-epoca , todos os outros ou são juniores ou foram emprestados e contratados 10 jogadores onde apenas o césar peixoto é português ..... <BR><BR>tenho dito <BR><BR><BR><BR><BR>
De Miguel a 3 de Setembro de 2009 às 21:47
Totalmente contra o principio, nada contra os jogadores como pessoas pois eles querem o mesmo que nós ganhar mais ter notoriedade, de realçar que deco e pepe foram naturalizados para poderem ser vendidos e mesmo que não estejam em forma caso deco e não joguem desde abril caso pepe são sempre convocados, são portugueses de elite.respondendo á sua pergunta o próximo será o Fernando do Porto: não há trincos em Portugal!
De Rafael Marcelino a 3 de Setembro de 2009 às 22:29
Como se pode ver as opiniões dividem-se e outras partilham-se.Isto do Futebol é muito mais rigido na Dupla-Nacionalidade que em outros casos. Vejamos; O Jogador que esteja naturalizado como Português e se faça representar Portugal nunca mais pode ser selecionável pelo seu País Pátria Mãe, enquanto que em casos politicos podem votar nos dois Países. E esta heim..?!
Outra coisa que faz mexer estas Naturalizações é a conduta da UEFA ao nível de jogadores estrangeiros e mais GRAVE é o caso dos Ingleses que apenas aceitam tranferências de Jogadores para a sua Primeira Liga desde que tenham estatuto de Internacionais AA pelo seu País. Daí as tais guerras de interesses sobre os selecionáveis, como por exemplos recentes Quaresma era um problema para SCOLARI, mas para este CQ não.A razão é que já foi despachado e bem..
Mas poderia inumerar mais.
Bom, uma coisa é certa podem VOTAR na politica, mas representar outro País não.
Mas essa de DECO ser o Capitão da Selecção de PORTUGAL foi a maior vergonha que vi no Futebol, Vale tudo neste triste País.
Lembro-me bem, fiquei de boca aberta.
Os jornalistas da TRETA nem piaram..Ai se tivesse sido o SCOLARI a fazer tal opção?!..hui...
De PortoMaravilha a 4 de Setembro de 2009 às 00:22
Muito interessante a ideia de Jorge Soares ( espero não me enganar no nome porque não tenho os comentários debaixo dos olhos ) quanto à ideia e à noção da língua.

Para mim, um Brasileiro é por essência Português. Mas eu sou um utópico.

Mais interessante dum ponto de vista socio-político foi a proposta de Scolari em re-baptizar nomes de ruas com nomes de jogadores ( Li, na altura, a informação no semanário fr "Marianne"). Não sei se é verdade.

Em contrapartida, sei que começa a ser prática corrente na América do Sul. Nada melhor que apagar a memória. É que os nomes de ruas são memória.

Que tal substituir o nome Bolivar por o nome dum jogador na moda ? Apagar a memória !

Aqui, no que se chamam as "villes-nouvelles" ( novas cidades ) que albergam a classe média, as ruas não têm identidade. Têm números, ou nomes de flores, etc. Mas nunca, ou raramente, nomes de mulheres ou homens que contribuiram para a história do país ou do mundo. Numa cidadezinha perto da minha, há uma rua que se chama Vasco da Gama. Já imaginaram a perda que seria se esta fosse re-baptizada com o nome dum jogador qualquer.

E se amanhã a Praça Marquês de Pombal fosse re-baptizada com o nome dum jogador ?

A brincar, a brincar...

E Viva o Porto !

De Anómico a 16 de Setembro de 2009 às 02:43
Afinal sempre tem razão quem diz que o futebol é um mundo à parte.
O que me parece estar errado não é alguém que está naturalizado integrar ou não a selecção. É por exemplo o facto de se dizer de forma completamente desbocada que houve pressão da federação. Se fosse um pobre desgraçado que foi fundamental num trabalho de construção de uma qualquer obra e cá tivesse filhos estes se calhar até seria apátridas e os seus pais nunca seria naturalizados.
No fim de se estar naturalizado deve haver todo o tipo de direitos e deveres e o de ser seleccionado á certamente um deles. Mas haver uma politica de naturalizações coerente e uma politica de aceitação de "trabalhadores" de um ramo tão diferente dos outros é que tem muito que se diga.
Pedro nós que somos um povo de emigrantes não podemos tratar mal quem recebemos.
Alpendurado

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds