Segunda-feira, 7 de Setembro de 2009

Porque é que as pessoas são assim?

Esta foi uma das perguntas que me fizeram hoje pelo telefone, a meio da conversa sobre o que se passa em Porto de Mós.

Porque é que as pessoas não são honestas com elas próprias? Porque é que as pessoas podendo esclarecer e fazer campanha pela positiva gostam de falar do passado, de questões pessoais e nada sobre o que preocupa as pessoas?

Porque é que não dizem o que pensam sobre o concelho e a resolução dos problemas reais das pessoas?

Porque é que fazem acusações veladas a quem serviu o concelho?

Porque é que mandam tomar Juízo, como se fosse um comprimido para ingerir de 8 em 8 horas e elas próprias se auto medicamentam com soundbytes e dose de arrogância?

Porque é que rasgam e vandalizam cartazes, mostrando baixos valores democráticos?

Porque é que todos desconfiam de todos?

Porque é que cada vez há mais pessoas, jovens, a não querer viver em Porto de Mós ou a não regressar depois de terminar os seus estudos?

Porque é que só vemos determinadas pessoas em festas e romarias na tentativa de passar uma imagem que não bate com o real?

Porque é que a luta politica tem de ser uma guerra de pessoas e não é uma guerra de ideias?

Porque é que esta terra é uma terra de gente mesquinha e que chega a meter nojo pela forma como nos tratam, uns como se fossemos mentecaptos e outros como se fossemos joguetes nas suas mãos?

No meio de tanta pergunta a única resposta que me ocorreu foi esta: a culpa é do nemátodo....

publicado por Pedro Oliveira às 14:07
endereço do post | comentar | favorito
14 comentários:
De Lanceiro a 9 de Setembro de 2009 às 00:42
A luta politica é uma guerra de pessoas e não uma guerra de ideias, porrque as pessoas que estão á frente dos destinos da camara (por pouco tempo espero eu) só conhecem a arrogância, quem não estiver com eles está contra eles.
Por certo já se reparou no tratamento que esses senhores ( Salgueiro, Bino e companhia) estão a dar aos Bombeiros do nosso concelho. São esses Homens e Mulheres que a troco de nada nos garantem a diminuição do sofrimento quando algum incidente nos bate á porta. Atrevo-me a perguntar: Algum desses senhores tem dado alguma coisa á sociedade a troco de nada?
Tambem me atrevo a responder, Não.
Numa sociedade onde o eguismo é cada vez mais, é de louvar a força de vontade que os nossos Bombeiros demonstram.
Na penultima edição do Jornal o Portomosense, no resumo da acta da reuniião de Câmara (onde se deliberou atribuir um subsidio aos nossos Bombeiros) pode ler-se um texto carregado de boniitas palavras, para no final ser atribuido um subsidio de 5m3/mês de água a cada Bombeiro titular de contador. Mais uma vez a demagogia a vir a tona.....
As Direcções das Associações publicaram uma nota de imprensa onde mostram o desagrado e falta de sensibilidade que o poder politico demonstrou para com os Soldados da Paz.... as respostas são rápidas e cheias de arrogância,,,,,, nem outra coisa era de esperar....
Será que os nossos Bombeiros (P.Mós, Juncal e M.Aire) não merecem muito mais?
Será que merecem ser tratados desta forma?
Por mim merecem. e por Vós?

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds