Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Os movimentos também têm de ser credíveis nas suas lutas

Em Coimbra existe um movimento a favor da Mata do Choupal e contra a construção de uma ponte na nova ligação do IC2, a chamada Plataforma do choupal.

Até aqui tudo bem, não fora, quanto a mim,como frequentador regular da mata do choupal vai para vinte anos, a génese da criação desta plataforma uma não questão.

Quem conhece minimamente a mata do choupal, sabe que existe há muitos anos, junto à ponte-açude, uma travessia de caminho de ferro que em nada "corta a meio" o choupal, ora é nessa zona que a nova ponte-IC2 irá passar, dizer que essa travessia vai "matar" a mata do choupal é no minimo um exagero.

Mais importante era que essa plataforma, vivesse e frequentasse a mata do choupal e não fizesse desta questão, uma questão politica que arrasta pessoas anónimas que não sabem do que se fala e com o alarmismo que a plataforma imprimiu no discurso já conseguiu 10 000 assinaturas, segundo o movimento.

Provavelmente estarei ser injusto com a minha afirmação, mas faz-me um pouco de confusão que este movimento tão apaixonado pelo choupal, nada faça, que se veja e leia, em relação à onda de assaltos a que estamos a ser sujeitos, quem frequenta a mata do choupal, ou que estas 10 000 assinaturas não sirvam para fazer pressão a quem de direito para tratar  das águas que por ali passam, pois o cheiro, a maior parte das vezes, é de tal forma nauseabundo que é impeditivo de qualquer passeio ou pratica desportiva no choupal.

Por isso termino com o título deste post: Os  movimentos também têm de ser credíveis nas suas lutas

publicado por Pedro Oliveira às 07:31
endereço do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Hugo Besteiro a 23 de Setembro de 2009 às 09:13
Bom texto..

abraço
hb

ps: credível leva acento
De Ferreira-Pinto a 23 de Setembro de 2009 às 10:35
Não conheço pormenorizadamente o caso, mas imagina que seja (e mais uma vez) uma daquelas questões onde é mais o ruído que outra coisa!
E como bem diz, os movimentos também têm de ser credíveis nas suas lutas e nem sempre assim sucede.
De Nuno Manuel Costa a 23 de Setembro de 2009 às 15:49
Pedro, colocas o dedo na ferida certa!
Evidentemente que esta história do Choupal foi sempre mal contada! Muitas vezes não consigo perceber qual o objectivo destas "plataformas", principalmente quando só se movem por situações que lhe dão visibilidade pública.
No teu último parágrafo falas do que realmente devia ser objecto de atenção desta plataforma, a correcta conservação da mata do Choupal.
O que interessa ela não ser atravessada pelo IC2, se vai continuar degradada e sem oferecer condições para ser frequentada pelo conimbricense?


Parabéns pela tua objectividade na análise deste assunto.
De Pedro Oliveira a 23 de Setembro de 2009 às 16:28
Perdoem-me a imodéstia e o desabafo, mas como editor do Vila Forte fico extremamente orgulhoso quando leio comentários de gente mais ou menos conhecida de vários quandrantes politicos, que vêem no Vila Forte um espaço de debate e de troca de ideias.
Pena que santos da casa não façam milagres... com honrosas excepções como são o caso do António Carvalho, Luís Costa, Antonieta Mariano, Irene Pereira e José Ferreira.

Para quem não conheça o Nuno Costa é um destacado Socialista de Coimbra, com preocupações particulares na área ambiental.
Obrigado Nuno por este teu contributo. O Choupal é nosso, é de todos e devemos lutar por ele, sempre.O Choupal não tem cor partidária.
De Pedro Guimarães a 23 de Setembro de 2009 às 16:38
Um “Movimento de Cidadãos” corresponde a união de pessoas que se une em torno de uma causa comum. Por isso, a atenção desse movimento deve centrar-se nessa mesma causa.

Por exemplo, na óptica do ladrão, ele até pode aderir a um movimento que tente salvar a Mata do Choupal, mas de certeza que não está interessado que a mesma seja um local mais seguro e vigiado, tanto mais que isso dá-lhe cabo do “negócio”.

Por isso, eu acho que os “Movimentos Cívicos” são como as casas de alterne: só se vai a uma de cada vez e não vale a pena transformar os ditos estabelecimentos de diversão em casa de chá.

Como cidadão de Coimbra e frequentador da Mata do Choupal na condição de potencialmente assaltado, vejo com maus olhos a destruição desta zona arborizada da cidade em nome de uma ponte ou de uma estrada tanto mais que não existe um estudo de um sistema eficaz de mobilidade para a cidade e conselhos limítrofes.

Ontem foi uma ponte, hoje é um prédio, a amanhã a dita ponte rodoviária, e mais tarde o TGV. A um dia existir o TVG, estão a imaginar por onde vai passar a ligação Norte-Sul, não estão? Pois! Pela Mata do Choupal.

Abraço
MdG
De Pedro Oliveira a 23 de Setembro de 2009 às 16:51
Podes até ter razão nas tuas preocupações, mas quando vejo um movimneto tão mobilizador para uma situação, hipotética e que está neste momento em stanby, e nada diz sobre o que se passa hoje em dia, não tenho como não desconfiar dos reais interesses desse movimento.
Ainda no sábado dois carros foram assaltados mesmo junto ao meu e o cheiro era de tal forma que houve pessoas que chegaram com os miúdos e foram embora.Vais ao sitio dessa plataforma e nada vês sobre o assunto.Para quem se preocupa tanto com o Choupal é muitissimo redutor nas preocupações...
De Besteiro a 24 de Setembro de 2009 às 01:16
Agora não tenho grande disponibilidade para escrever sobre o assunto.
Tambem, teremos tempo já que, agora, "as coisas estão calmas, com a decisão, ou melhor não decisão, que foi tomada (convem não levantar ondas em tempos de caça ao voto).

De qq maneira, a seu tempo (qd o assunto voltar a "interessar"), daremos a nossa opinião, opinião de quem, regularmente, usufrui daquele espaço, por necessidade e para lazer, há mais de 40 anos.

Reforcar-se-ão alguns dos argumentos dos que pensam (escrevem) como Pedro e, seguramente que, se lembrarão muitos outros, para atestar do absurdo de alguns dos argumento dos defensores, de oportunidade, (para não dizer outra coisa, mas que se adivinha), da mata do choupal.

Para abrir o apetite direi apenas que, se não conhecesse a mata, a não ser do ideário ligado à cidade e à "cantiga" do Zeca, "do dito até à lapa, foi Coimbra os meus amores....", como, por ventura, a esmagadora maioria dos tais dez mil, e, tal como as coisas "aperecem(am)" nos media, até eu assinaria..
Só que as coisas nem sempre são bem o que parecem a ponto de, pessoas amigas que assinaram e dps participaram num tal cordão humano, promovido pelos, fervorosos, mas recentes (de qq maneira mais vale atrde do que nunca) amigos da mata, perante a realidade (constactada, in loco), não tiveram qq problema em dizer, publicamete, que se podessem retirariam, de imediato, a assinatura que tinham feito tal era a "desporporção" entre o anunciado com o, depois, verificado.

Já agora e para termo de conversa, por hj, uma pequena, grande, interrogação:
Porque será que desapareceram, em meia duzia de dias, as fitas que delimitavam o bocado da mata (?) que vái (iria) ser ocupado pala tão diabolizada ponte.

Não se infira, abusivamente, do que dissemos, escrevemos, antes, que defendemos a construção da ponte onde se prevê (ia). Se mais argumentos não existissem e existem, contra a constução, da dita, naquele local, bastaria atentar na distancia para a sua futura "irmã".
Apenas achamos absurdos, e perfeitamente desfasados da realidade os arguentos utilizados pelos seus detractores, por, a nosso ver indefenssaveis e, pior do que isso, fundamentalmente, a nosso ver, oportunistas a todos os niveis. (politicos, partidários ou não, da esquerda à direita, movimentos "modernos", promoções pessoais, etc..)

abrç e até qq dia

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds