Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

A ABADA

Realizou-se hoje o último dos debates organizado pela Rádio D.Fuas FM em conjunto com a Zona TV.

Também o mais esperado entre Julio Vieira (PSD) e João Salgueiro (PS).

A diferença é abismal. de um lado Julio Vieira a demonstrar serenidade, convicção e coerência na apresentação do projecto que vem defendendo e no qual acredita. Um projecto de viragem consistente e perfeitamente sustentado a todos os niveis.

Do outro lado o actual Presidente, João Salgueiro,estranhamente nervoso, desligado da função que tem vindo a exercer (parece desconhecer os dossiers e desvia a atenção de alguns por não estar à vontade) a falar sistemáticamente na primeira pessoa do singular e pasme-se, afirmou que recebeu um concelho cheio de "ervas na beira das estradas" - recebeu de si próprio retorqui Julio Vieira - recordando-lhe os 20 anos de Vereador a tempo inteiro e os dois ultimos mandatos como vice-presidente.

João Salgueiro não tem programa porque diz não ser preciso - ele próprio e a sua experiência são suficientes.

João Salgueiro passou o tempo a relatar a valia do seu curriculo, a sua capacidade para resolver os problemas a todos os que lhe vão pedir, enfim para quem conhece Salgueiro ainda pior do que nós conheciamos.

Julio Vieira não apenas ganhou. Deu uma abada monumental.

Julio Vieira vai ser o próximo Presidente da Cãmara Municipal porque tem um projecto para o nosso concelho e vive como muitos de nós inconformado com a actual situação.

João Salgueiro terminou a pedir que a partir da próxima terça feira (já na rua em campanha) a população do concelho o venha abraçar. A ele e ao seu projecto que é ele também.

A partir da próxima terça feira vamos finalmente deixar de ser governados pelo Sr Salgueiro, espero que para sempre.

Parabéns Julio.

Espero que consigas transmitir às pessoas do nosso concelho o projecto do PSD, com a clareza com que o tens feito nos últimos tempos.

publicado por Jorge Vala às 22:03
endereço do post | comentar | favorito
12 comentários:
De NPereira a 25 de Setembro de 2009 às 23:18
Pois é Jorge, finalmente vamos deixar o Salgueiro para trás, vai passar a ser passado, o Julio vai finalmente dar um outro rumo a este concelho, e quem o conhece ( e só tenho pena é de ele e o seu trabalho não serem ainda mais conhecidos por todo o concelho, porque se assim fosse então aì o Salgueiro perdia de uma forma que nunca mais saida de casa ) percebe bem aquilo que digo.
FORÇA JÚLIO ESTAMOS CONTIGO
De Paulo Sousa a 25 de Setembro de 2009 às 23:43
O Júlio tem uma sorte que muitos outros candidatos que desafiam Presidentes de Câmara em funções não têm, e que é o facto de João Salgueiro ter sido de facto um muito mau presidente de Câmara. Júlio Vieira conseguirá atrair votos cativando eleitores e terá votos por exclusão de partes, ou seja para se livrarem de Salgueiro. Também acredito que será o próximo Presidente de Câmara.
De Ana Narciso a 25 de Setembro de 2009 às 23:56
Já foi assim , ontem no Cine teatro, Jorge . Júlio Vieira ganhou claramente os dois debates.
A gestão Salgueiro é um rol de imprevistos Europeus “ um relvado sintético ... boa! vou trazê-lo para Porto de Mós: não era bem isso que tínhamos planeado , mas como está a bom preço. fixe!" Multiusos não é financiado… logo mudamos-lhe o nome .. está fixe.
Uma política sem estratégia, sem rumo e sem metas. Escolher nunca foi tão fácil!
De Febo a 26 de Setembro de 2009 às 10:18
Quando depois de 20 anos se está ligado á administração local- 4 anos na Assembleia Municipal;
16 anos vereador, e destes, durante 12 Vice-presidente da Câmara, substituindo o presidente em todas as as suas faltas e impedimentos, para além de ter competências delegadas,
e se tem a coragem de dizer "que encontrou um concelho com ervas na beira das estradas", isto significa o quê?
Ou deliberadamente se mente.
Ou se comprova que durante 12 anos nada fez, para além de receber o vencimento.
E o culpado é quem o aguentou.
Em ambos os casos, só revela uma personagem com poucos escrupulos,sem noçao de responsabilidade,hipócrita e desconhece uma palavra tão simples, mas cheia de valor-LEALDADE.
Porto de Mós se continuar com esta personagem,que não passa de um vendedor de promessas e ilusões, continuará a perder lugares no ranking do indice de desnvolvimento.
Só em dois anos perdeu 26 lugares.
Porto de Mós por este ritmo perde definitivamente o caminho do futuro.
Temos um presidente que quer fazer obras, sem saber se depois pode manter as infraestruturase que se não percebe para que servem.
No debate, mais uma vez tivemos de estar a derreter, porque o cinema tem o AR CONDICIONADO AVARIADO HÁ 4 ANOS.
É OBRA. PIOR é DIFICIL.
Como é possivel ter uma empresa que se instalou na zona industrial de Mira de Aire, a funcionar com um gerador, porque assaltaram o PT?
E se inaugura um pavilhão no Juncal, e as salas não têm ventilação ?
E se constroi uma casa velório ao lado do cais de descarga do peixe e das hortaliças, no mercado?
E ainda por cima enterrada no morro?
E o pavilhão de Porto de Mós que por este andar,vai deixar de poder ser usado emcompetições,devido á degradação do pavimento e balneários?
E o depósito de água aéreo, a 200 metros da casa do presidente,que tem o ferro á vista e qualquer dia,toda a população de Cruz da Légua até á Cumeira fica sem água?
E poderiamos continuar, mas como este filme é um thriller, paro por aqui, antes que alguém mande desligar a luz, e a criatura ser vista na sua verdadeira dimensão- os seus fantasmas e complexos de inferioridade, já conseguirem ultrapassar o seu ego e vaidade desmesurada.
Um,autentico Leviathan,o monstro que John Milton, usa no "Paraíso Perdido", com o tamanho e poder de Satanás,para governar muitos reinos.
Aqui, são freguesias.
De violeta a 26 de Setembro de 2009 às 11:17
Bom fim de semana.
2º feira de cor (es) acordará o país?
bj
De Couteiro Mor a 26 de Setembro de 2009 às 12:44
O desespero começa a ser tão evidente que dizem as más línguas que o Salgueiro quer provas de que alguns funcionários do município lhe provem que votaram nele. Talvez tirando a fotografia com o telemóvel ?
De NPereira a 26 de Setembro de 2009 às 13:23
Júlio Vieira é de longe o homem com mais condições para enfrentar o desafio , dinâmico , serio, honesto, extremamente profissional e acima de tudo, jamais fará algo para prejudicar a sua terra, Porto de Mós.
Pode ser reconhecido como pouco popular, mas o que se pretende aqui é competência , e nisso não vai falhar.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Júlio Vieira é de longe o homem com mais condições para enfrentar o desafio , dinâmico , serio, honesto, extremamente profissional e acima de tudo, jamais fará algo para prejudicar a sua terra, Porto de Mós. <BR>Pode ser reconhecido como pouco popular, mas o que se pretende aqui é competência , e nisso não vai falhar. <BR class=incorrect <a name="incorrect">ALGUEM</A> </A>TEM DUVIDAS DISTO?
De Anómico a 27 de Setembro de 2009 às 18:25
Como cidadão portomosense é com agrado que vejo o Sr. Júlio Vieira a apresentar um programa de desenvolvimento sustentado para o concelho, com soluções apresentadas e válidas, com organização, com nível e postura. Sou um cidadão que me posso exprimir livremente pois votei João Salgueiro nas últimas eleições, pois achei que ele tinha sido injustiçado pelo PSD, que apresentou uma lista de pessoas sem carisma, e só de boys. Não era isto que eu queria para o meu concelho, por isso votei Salgueiro. Contudo, passado pouco tempo, arrependi-me de ter dado o meu voto a pessoa tão inconstante (agora diz que é do PSD, depois independente e depois do PS), desorganizada (que fez para actualizar a Câmara para os dias de hoje?), que enche a Câmara de boys e girls (sem valor) comprometido de promessas da campanha.
Se os primeiros tempos foram maus, com ameaças aos apoiantes do antigo presidente, pior foi a continuação até há seis meses atrás, que efectuou reduzidas coisas por todo o concelho. Deve ter esperado pela promulgação da lei Sócrates (de apoio à corrupção, imagem de marca do governo) de ajustes directos, para dar as obras apresentadas com a actual campanha (pois antes não haviam) aos amigos do peito, da sua conjuntura de interesses, delapidando os dinheiros da autarquia. Para juntar a isto tudo, a falta de democracia, com a introdução de arruaceiros na campanha (por acaso são os filhos), para boicotar quem apresenta propostas sérias, com organização, lógica, na vila que tem sido sempre um apoio para o partido socialista. É isto que nós queremos para o concelho? Arruaceiros, desorganização, um concelho conduzido por um programa que se encontra escondido numa cabeça que nunca foi uma cabeça brilhante, que se vangloria da experiência, num concelho cada vez mais esquecido e com um baixo desenvolvimento e nível cultural? Para fazer o trabalho que se tem feito, sem inovação, sem aproveitamento dos recursos de um concelho que pode ser rico, para que serve a experiência? A experiência só serve para a corrupção, para os boys, e para os ajustes directos.
O Sr. Júlio Vieira tem feito a diferença, com nível, organização, apresentação de ideias para aproveitamento dos recursos, e com a experiência na gestão de entidades, penso que fará com que o concelho de Porto de Mós apareça no mapa daqui a oito anos.
Para um desenvolvimento consolidado de Porto de Mós, transparente e sem boys.

Visão Portomosense
De Cego a 29 de Setembro de 2009 às 21:31
A falta de visão que me afecta retornou-me uma escuta apurada e mais eficaz. E ao ouvir o debate e os seus comentários e texto aqui expostos fico com a ideia que "Não estive a ver o mesmo JOGO" ou que a TV aqui é diferente de todas as outras anteriores. Achei, por muito que o Programa do Sr. Julio Vieira seja vasto, com 200 medidas não seria por menos, achei um completo vazio de objectivos, de coisas concretas, palpáveis, achei sim, um programa vasto e vago.
E mais, é em primeira instância contra projectos de reutilização de certos de determinados Edificios velhos do concelho e depois já diz que os vai usar em prol de umas associações, que associações? Para que fins? Com que intuito? Nada destas questões são respondidas no programa do Sr. Julio.
E depois, as gafes que colocou ao querer-se colocar em maré alta quase o afundaram, como por exemplo nas contas dos ATL suportados pela Autarquia. Para quem tem licenciatura em Economia deveria mandar arranjar a máquina de calcular, pois certamente não estará a funcionar devidamente. Não obstante, tentou ridicularizar João Salgueiro em diversas obras que o seu executivo fez, dizendo "Fazemos Diferente, Fazemos Melhor", muito bem um comentário, finalmente a meu ver, positivo, apesar de logo depois deixar-se ficar por aqui, não detalhando o "COMO? O QUÊ? QUAIS OS PONTOS A MUDAR? ONDE?"
Trata-se de um programa eleitoral muito ambíguo que à IMAGEM da derrotada NELINHA FERREIRA LEITE nada prometeu e tudo levou, UMA DERROTA ENORME.
Vejam vocês bem, porque eu já sou cego.
De Ana Narciso a 29 de Setembro de 2009 às 21:59
É a diferença entre as obras por impulso e obras com uma finalidade e com rumo.Pode continuar a ouvir outra vez no dia 2 de Outubro.Júlio Vieira ouviu as pessoas e aprendeu com elas a identificar o que é essencial e o que é acessório.
Eu também ouvi na ùltima Assembleia Municipal que a VGD1 era para alargar , mas agora está ser vedada . Eu ouvi , mas não vejo nada do que foi prometido.
De Observador a 29 de Setembro de 2009 às 23:23
O Sr. realmente é mesmo cego ... ou melhor vê é de mais consegur ver onde há um deserto de ideias e não só.

O Sr. nem o especialista da vista o cura ... mas o Salgueiro tem remédio para si. isso eu sei e o Sr. também.

Então cure-se.
De Couteiro Mor a 30 de Setembro de 2009 às 20:06
Sr. Cego ? será o Sr. que anda ai acompanhado pe D.Antonieta a fingir cegueira " Deus castiga na Terra" é que alem de cego é mouco, não são 200 medidas mas sim 250, divididas pelas areas mais importantes para uma qualidade de viva que o Sr. quererá para si e os seus netos, o Sr. Júlio falou em 158 € não consegui saber onde o Sr. Salgueiro foi buscar 58 € só foi para baralhar. Caro amigo ,a sua companhia antes gladiava o Sr. Salgueiro, agora é só mel talvez com a esperança de um lugar na câmara como certa pequena que foi agora admitida para administrativa, há certos buracos que são muito convenientes em determinadas alturas e pessoas. Caro amigo não ouça tudo o que lhe dizem podem estar a ser enganado como o Sr. tenta enganar toda a gente

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds