Terça-feira, 6 de Outubro de 2009

MUDAM-SE OS TEMPOS...(II)

Mudam-se os tempos...

É o titulo que Albino Januário deu ao texto que escreveu na qualidade de Presidente da Direcção dos Bombeiros Voluntários de Porto de Mós, no livro que assinala os 50 anos desta Instituição.

Um texto bem a propósito e que, embora escrito em Abril de 2000, continua actual.

Este brilhante texto termina assim:

(...) "Nessa constante preocupação, espero: das entidades oficiais, centrais e locais, o habitual apoio material e o reforço dos beneficios destinados ao voluntariado, de modo a fomentar e consolidar esse espirito que é tradição de valor incálculável nos Bombeiros Portugueses;" (...)

Como é do conhecimento geral Albino Januário candidatou-se há 4 anos nas listas do PS e no programa eleitoral lá está o apoio  social aos Bombeiros Voluntários, inclusão feita provavelmente a seu pedido.

No entanto coube a Albino Januário, Vice-Presidente da Câmara, em conjunto com Salgueiro e companhia decidirem recentemente afrontar exactamente esse espirito do voluntariado como foi amplamente noticiado e está bem patente neste texto.

 

Tanto rigôr, tanto diálogo...tanta preocupação com as causas do voluntariado...

Ou será que o Poder Autárquico o obrigou a alterar a opinião que tinha quando estava no Poder Associativo?

Aliás neste outro texto Albino Januário (ainda Presidente dos Bombeiros) volta a relevar a importância do "espirito do voluntariado".

 

Conclusão:

Mudam-se os tempos...mudam-se as vontades

Muda-se de cargo...muda-se de opinião...

e quem fica a perder é sempre o "mexilhão"!

publicado por Jorge Vala às 13:37
endereço do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Pinto Sousa a 6 de Outubro de 2009 às 14:12
Albino Januário, figura típica de um qualquer lugarejo do interior, complexado por não ser aquilo que gostaria de ter sido, mas com mania que é mais do que aqueles que sendo o que ele gostaria de ser não mostram sê-lo. E por isso de pessoa afável e cordata torna-se por qualquer transformação vampírica em arrogante, e de semblante carrancudo, e isso viu-se nos conflitos gerados nos Bombeiros durante a sua gestão e os anticorpos criados desde a sua estada nos paços do concelho.
Caro Albino dirijo-me agora directamente a si que sei que me está a ler, quando estiver deitado sobre o travesseiro pergunte-se se vale a pena perder amigos por questões de poder efémero num concelho tão pequeno que nem nos concelhos vizinhos o conhecem. Porque é aqui que vive é aqui que o conhecem e é aqui que irá ser enxovalhado talvez para sempre se continuar com essa atitude de Ser superior que definitivamente não é, antes pelo contrário.
De LR a 6 de Outubro de 2009 às 15:04
Não podia estar mais de acordo com este senhor pinto de sousa, será primo do outro?
Senhor Albino, não leve tão a peito esta sua comissão de serviço na Câmara, poderão ser no máximo 8 anos e depois ainda tem o resto da vida a necessitar dos outros, não se deve fazer aquilo que não gostamos que nos façam a nós. Quem semeia ventos colhe tempestades....
A bem de uma escolha lúcida estes post´s são muito bem vindos, são uma espécie de chá da memória colectiva cá da terrinha que é pequenininha.
De Anómico a 6 de Outubro de 2009 às 14:46
Pelos vistos agora os bloguistas mudaram a a agulha para o vice-Albino... É o desespero... O que é estranho é que apesar de ser o pior dos vice-presidentes há 4 anos o PSD tenha querido recrutá-lo para as suas listas... Compreende-se o amargo de boca destes laranjinhas...
Mas quanto a vice-presidentes o que dizer do nº2 da lista do PSD: Sr. Luis Almeida?

No início do mês de Agosto, no Jornal O Portomosense, li uma publicação que me deixou perplexo, tendo em atenção o teor do assunto e auto promoção do autor Luís Almeida
Refere, de forma bem evidente, a sua vasta acção de voluntariado, que identifica como carolice.
A CAROLICE, entendo-a como uma acção voluntária, de grande disponibilidade e dedicação, sendo que, em caso algum, deva ser aproveitada para auto promoção política, social ou pessoal.
Neste contexto, destaca a sua actividade enquanto desportista em diversas colectividades, por amor à camisola. Considerando que esta sua actividade terá ocorrido em princípios da década de 70. Pergunta-se como é que os clubes de futebol sobreviviam? Como é que os jovens ocupavam os seus tempos livres?
A carolice, essa sim, era dos dirigentes a quem competia manter em funcionamento os clubes de futebol, frequentados por jovens, que na altura ali procuravam ocupação (gratuita) para os seus tempos livres, por falta de outras actividades ou alternativas, sobretudo no meio rural, o que me leva a considerar que o seu interesse pessoal, se sobrepunha à carolice.
Em certos clubes, dirigentes houve que prejudicando a sua vida particular, suportavam a inscrição das equipas, com os seus próprios meios financeiros. Deve lembrar-se disso! Ou não?
As ajudas camarárias eram nulas. Havia simplesmente algumas empresas que colaboravam e as parcas receitas derivavam disso e da quotização dos sócios mais fiéis do clube.
Actualmente, a situação é um pouco diferente. As crianças e os jovens dispõem de outras facilidades. Existe uma variedade considerável de actividades, para ocupação dos tempos livres. Já existem apoios camarários para a cultura e para o desporto, e, em alguns clubes de formação desportiva, os pais também contribuem com uma quota mensal.
Reportando-me ainda à questão da auto promoção, e sobretudo neste caso concreto, quando as pessoas se tentam auto promover, devem falar abertamente da sua vida, nomeadamente da profissional, e não apenas evidenciar aquilo, que lhes dá jeito para garantirem o voto do eleitorado a seu favor na lista que integram para a Câmara Municipal.
Todos sabemos, por exemplo, que a prestação profissional é de grande importância, daí que seria conveniente que os eleitores fossem informados também sobre a sua actividade actual, os postos de trabalho ocupados, e ou as funções desempenhadas no passado, em Instituições ou empresas e como foi aí avaliado.
Decerto que o eleitorado concelhio iria ficar melhor esclarecido!
É a este eleitorado, que compete decidir sobre o futuro do seu concelho, sendo que para tal, necessita de informação global sobre todos os candidatos, o que no caso em apreciação não se verificou, pois só teve a amabilidade e pressa de o informar sobre as suas actividades associativas.
POR AQUI ME VOU FICANDO, JÁ QUE É TEMPO DE FALAR VERDADE!

Candido Vala
De António A. a 6 de Outubro de 2009 às 16:43
Assino por baixo o seu comentário Sr. Cândido Vala. Carolice e voluntariado é coisa que grande parte desta gente não conhece (candidatos à Câmara e Juntas de Freguesia).
De Rafael Marcelino a 6 de Outubro de 2009 às 18:07
Tive o prazer de um dia destes cumprimentar o Candidato do PSD-Júlio Vieira depois de o ter visto com todo a seu Staff na festa do Bairro de S. Miguel aonde um amigo meu me deu nota de quem ele era filho. Fiquei deveras surpreendido. Seu Pai foi meu colega de trabalho (Infelizmente desaparecido em que num outro dia lhe prestei homenagem na sua sepultura).
Cumprimentei-o aonde se fazia acompanhar de outros membros de seu Staff e lhe dei nota do meu louvor a seu Pai. Excelente Homem.
Fiz-lhe nota de que sempre me relacionei bem com todos os Presidentes da CMPM sem excepção e se ele viesse a ganhar contaria o mesmo. Mas o que tiver a dizer digo sem ter de pedir licença a alguém ou na CMPM.
Sou frontal, quem gostar gosta, quem não gostar põe de lado.
Mas no que toca ao 2° da lista como refere, devo de dizer que partilhei com ele algum tempo de actividade profissional (ainda que curta) conheço-o a ele de longa data, bem como a sua familia e nada tenho contra ele.
Neste caso politicamente correcto, acho que ele não tem pedalada para o ser 2° da lista(Questões de ser e feitio) e muito menos para defender o JUNCAL-Freguesia e Vila aonde ele pertence e como residente.
Bom Rapaz.Mas falta-lhe piri-piri no sangue.
Mas para mim eles não são os culpados, CULPADOS é o elenco responsável pela Concelhia de Porto de Mós e Distrital aonde ainda se gostava de saber como foram ou são avaliados os novos promotores de promessas e como se elimanaram os activistas do presente.
Se a Sra. Olga ler isto talvez tenha uma palavra a dizer. Era de bom tom esclarecer os critérios de avaliação e escolha.
Talvez haja gente que o saiba e tem medo de o fazer. Faça-o como anónimo (Sugestão)..
Ou é preciso pertencer ao ROTARY Clube...?!
Cumpts.
De Maria Antonieta a 6 de Outubro de 2009 às 21:48
A Sra Olga como o senhor a chama, declarou no jornal de lLeiria que não comenta blogs, senhor Marcelino e o nº 2 do PSD já foi do CDS, aliás entrou como deputado na Assembleia da Republica filiado no CDS. Quanto ao Rotary é estranho que esteja sediado no Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota, pelomenos é o que se diz
Santa noite Senhor Marcelino
De Rafael Marcelino a 6 de Outubro de 2009 às 22:16
Obrigado pela participação.Isto agora anda um bocadinho a aquecer, depois vão vir os festejos dos ganhantes com um pouco mais de trocadilho, para depois acalmar o Vila Forte.
Em vez de ser Forte fica no Regular.eheheh
Mas essa coisa que me diz; dizerem que não comentam Blogs, eu diria: porque não vão mentir para o Diabo que os carregue..?!
Estou a ser simpático, né?!
Olhe que essa coisa do Rotary faz-me lembrar coisas estranhas (Convites). De vez enquando lembram-se de fazer coisas esquesitas. Mas adiante...
Para si também uma Boa Noite e uma Santa Semana que o Final dela (Eleitoral) vai ser doentio para alguns. Digo eu...
De José Ferreira a 6 de Outubro de 2009 às 18:25
Repondo a verdade.
O nome do Sr Albino Januário nunca foi equacionado por mim, responsável pela escolha da equipa, para ser nº2 do executivo.
Diferente e verdade é que na altura convidei o irmão, Dr Mário Januário para se cabeça de lista á Assembleia Municipal, e não aceitou, por razões que conheço mas não importa para o caso.
Com toda a cordialidade e respeito reciprocos ,tenho pelo Dr Mário estima e consideração.
Para que conste e se não invente,aqui fica o registo assinado.
José Ferreira
De Couteiro Mor a 6 de Outubro de 2009 às 19:22
Sr. Anónimo ou Sr. Candido Vala (como é que ficamos).
Do seu comentário só há uma fraze que eu concordo consigo em pleno.
JÁ É TEMPO DE SE FALAR VERDADE
De Pinto Sousa a 6 de Outubro de 2009 às 15:47
Caro Cândido por quem sois, se do Albino já muito foi dito dos outros há muito a dizer, do Rui Neves por exemplo, caído em Porto de Mós logo tratou de se meter em locais visíveis com resultados conhecidos, na EB 2 com o êxodo de alunos pouco comum em escolas urbanas, ou com o "arranjo" para colocar na referida escola filhos de amigos recém formados , ou ainda na ADP que, com a ajuda de outros é certo, quase a levou à falência.
Também poderemos falar do Jorge Cardoso, que como grande Arquitecto que é precisa de dar umas aulas numa escola de província para cobrar mais uns cobres ao erário público. Do Salgueiro tudo já foi dito, desde o complexo de inferioridade, ao da perseguição até narcisismo bacoco.
Numa coisa tem razão Sr. Cândido, a oposição, não mostra ser diferente, antes pelo contrário.
De Rafael Marcelino a 6 de Outubro de 2009 às 17:47
É tudo farinha do mesmo saco.
Ganhe quem Ganhar, Vamos ter mais do mesmo,
As promessas de igreja ficam todas na Sacristia assim com a cera e o azeite.
De Rafael Marcelino a 6 de Outubro de 2009 às 18:14
Uma coisa mais...Não havia no JUNCAL ninguém qualificado para ser Candidato a Presidente ou Vereador..?!
Ou não convinha nem convém..?!

Penso que deve de haver, o problema é que não iriam encontrar ninguém capaz de lhes garantir um abanar de cabeça de que tudo está bem e nada a reclamar.
Eu percebo-os bem.
De Couteiro Mor a 6 de Outubro de 2009 às 19:16
Sr. .Marcelino</a> o Sr. acha que as pessoas do Juncal são diferentes das do resto do concelho? Olhe que não quer um exemplo eu dou-lho o Sr . Alcino vala por exemplo no jantar do Sr. :Dr. José Ferreira gritava a plenos pulmões PSD,PSD , quando o Sr. . Salgueiro ganhou foi vê-lo em cima do camião a gritar Salgueiro.
Então há ou não há abanadores de cabeça no Juncal?
Agora que só agora conheceu o candidato do PSD e já esta a mandar palpites que é tudo farinha do mesmo saco, será que não pode haver pessoas diferentes, ou se o Sr. . lá estivesse teríamos de continuar com o seu raciocínio , ou o Sr. . é diferente e porque não deu o passo em frente para uma lista? Falar é fácil actuar é muito mais dificil.
De Rafael Marcelino a 6 de Outubro de 2009 às 19:59
Caro Couteiro Mor.
Tenho alguma razão no que quero atingir.Depois o facto que menciona a mim em nada me impressiona.
O homem (AV) tinha a razão dele. A falimilia é toda do PSD. Ou esqueceu-se do passado recente da politica-vida-partidária do Sr. Salgueiro?!.
Talvez nem tenha percebido no que quis dizer e aonde queria chegar em abanar cabeça.
O que eu sei é que o JUNCAL nunca esteve bem representado na CMPM, quer como Presidentes (Eleitos) quer como Vereadores e daí os factos constarem. Mas quando toca a votos é uma Festança no JUNCAL.
Conta como eleitorado, mas eu dava-lhe um BOICOTE.
Quanto ao passo em frente para listas...deixe-me dizer-lhe que não me conhece e para mais não sirvo de lebre para ninguém nem faço parte de Rotary Clube ou outras organizações e mais não digo.
Denúncio alguns factos, pontos de vista,apenas e só, mantendo o meu bom relacionamento com todas a partes.
Quero lá saber de que partido o Sr. é ou vai votar. Cada um é e pensa como é.
Fique--se com esta. Sempre me dei bem com todos e espero continuar.As Diferenças de (cores) Partidárias ou Clubistas nunca fizeram em mim uma escolha de amigos. Sou eu que os escolho.
Nem todos conseguem ter esta conduta...Infelizmente.
De Anómico a 8 de Outubro de 2009 às 16:05
Dr. José Ferreira., é verdade que o Sr. Albino Januário foi convidado poar integrar as listas do PSD há 4 anos atrás. Claro que não foi pelo Sr., visto que não era pessoa para o encarar após o lamentável episódio dos Bombeiros do qual foi protagonista, embora sempre na sombra.... Foi por um dos seus camaradas do PSD, que veio a ser eleito para a Assembleia Municipal. Pode desmentir quantas vezes quiser...., mas é a mais pura das verdades. E digo mais, este ano foi igualmente sondado, embora que de forma muito velada, pela presidente da concelhia do PSD, que de repente se tornou por demais simpatica para o vice-Albino. E esta hem?....

Cândido Vala
De José Ferreira a 8 de Outubro de 2009 às 18:24
Não costumo responder, mas a verdade exige que o faça.
Sempre assumi as minhas responsabilidades, e a escolha dos vereadores foi minha, para o bem e para o mal.
Se alguém o fez, foi-me completamente indiferente.
Confirmo sim, que foi contactado pelo Sr António Pires para integrar a Assembleia Municipal.
Quanto aos contactos mais recentes, e a serem verdade, e depois de tudo o que se passou, por certo, que o PSD concelhio passaria a contar com um elemento a menos.
A minha pessoa.
Em matérias de valores e caracter,tenho um grande defeito( para muitos) . Sou intransigente .
Prefiro a minha consciência á hipocrisia.
Cumprimentos

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds