Quinta-feira, 8 de Outubro de 2009

Quanto vale um video?

Como já aqui foi falado, Israel não deixa nenhum dos seus para trás.

Gilat Shalit foi capturado em 2006 pelo Hamas e desde então o seu resgate faz parte das prioridades do Governo Israelita.

Após um longo período sem que se tivesse qualquer confirmação fidedigna de que Gilat continuava vivo, o acordo foi possível. Israel entregou 19 prisioneiras palestinianas em troca de ... um video de confirmação.

Há de facto diferenças abissais entre a forma como cada um dos lados do conflito trata os seus.

publicado por Paulo Sousa às 14:18
endereço do post | comentar | favorito
12 comentários:
De Luís Castro a 8 de Outubro de 2009 às 18:09
Um vídeo pode valer um país.
Foi o que aconteceu com Timor-Leste.
Ab.
LC
De Paulo Sousa a 8 de Outubro de 2009 às 20:36
Claro Luis,
Não questiono a força e o impacto das imagens, mas o que pretendo salientar é que de um dos lados entrega 19 prisioneiras pelo video/confirmação da situação de um soldado prisioneiro, e do outro educam os filhos para se fazerem explodir. No fundo há uma enorme diferença no valor dado à vida, sendo que são valores ocidentais que ali se jogam.
Abç
De António carvalho a 8 de Outubro de 2009 às 21:06
Essa lógica de pensamento é mesmo tendenciosa . Afinal os filhos dos israelitas que vão para o exército ou outro ramo das forças armadas israelitas, são treinados para quê ? Para exibir armas, fatos de combate e tanques de guerra, ou para matar como qualquer outros?!.
Não haverá paz naquele espaço de terra, enquanto aqueles que ocupam, roubam e aniquilam um Povo, não se convencerem que a cultura, o espaço territorial, a religião e o direito de independência, não se trocam por nada, mesmo que a força da violência da besta, seja enorme - E nesta caso é. Eu faria o mesmo na defesa da minha terra, da minha pátria e dos meus familiares, se por acaso os americanos(figurativos) fizessem aqui a sua quinta das traseiras, pois ainda não me esqueci como se manobra uma G3, ou mesmo uma faca de mato e nesse caso, estaria disponínel para tal utilização.(Fui atirador de infantaria em Angola de 1973 a 1975).
Deixe esse puritanismo ocidental de valores pela vida, pois a história mais recente do mundo, tem no chamado mundo ocidental dos piores horrores nessa matéria, incluindo Israel.
De Paulo Sousa a 8 de Outubro de 2009 às 21:35
Concordo que a cultura, o espaço territorial, a religião e o direito de independência, não se trocam por nada. É isso que o Estado Israel faz desde a sua fundação.
De António carvalho a 8 de Outubro de 2009 às 23:16
Sinceramente não percebo nada daquilo que está a dizer neste comentário. Será que Israel tem esse direito e os Palestinianos o não têm ?! Para não comentar mais isto, seria bom voltar aos comentários feitos em 2008 aqui neste blog, par se ficar a ter mais esclarecimentos de rigor da história e de quem é quem neste conflito, em que a ONU, tem das maiores responsabilidades colectivas neste conflito.
De Anómico a 9 de Outubro de 2009 às 08:55
Senhor António Carvalho
O que esteve a fazer em Angola entre 1973 - 1975 pelo que diz O MESMO QUE OS ISRAELITAS.
E agora até recebe dinheiro de ter estado a invadir terreno dos Angolanos. Grande moral.
De António carvalho a 9 de Outubro de 2009 às 15:46
Não costumo fazer isto, mas aqui vai. Estive no serviço militar obrigatório, pois não tive dinheiro para fugir de assalto para França. Mas enquanto estive nessa guerra suja, e sem nexo (aliás como todas) já nessa altura estava convicto do papel que nela desempenhava. Cagava com muita força para a ordem institucional e também para alguns bufos que a Pide tinha lá em serviço, tipo anónimos provocadores como você.
Já agora, gostaria de lhe entregar a tal pensão que recebo por tal estadia, mas com uma condição. Você apenas poderia comprar produtos alimentares para consumo pessoal e sem mais complemento .É que assim, eu teria um prazer duplo. Ao fim de 15 dias você estaria aos meus pés a renunciar a tal pensão.
De Anómico a 9 de Outubro de 2009 às 16:43
Não o ofendi como o Senhor acaba de o fazer.
Também cumpri serviço Militar, não concordo com essas guerras e quanto à pensão que recebe entreguea a uma Instituição de Solidariedade Social não fique com ela por pouco que seja porque se não concorda com a guerra onde andou não queira o dinheiro de nela ter participado.
De _VaDeR_ a 8 de Outubro de 2009 às 19:01
Ora nem mais, como o Luis Castro disse um vídeo pode valer um país, mas pode valer muito mais, dependendo da informação nele contida, se até um programa de rádio pode colocar um país em pânico (o programa de Orson Welles, com a guerra dos mundos), imagine-se o poder das imagens!
De violeta a 8 de Outubro de 2009 às 21:19
É verdade Pedro. Mas as vítimas, independentemente do lado, são sempre vítimas.
De Miguel F. a 8 de Outubro de 2009 às 21:46
Paulo,
pode-se discutir muita coisa sobre este conflito estúpido de parte a parte, mas quando envolve crianças, desculpe mas nenhuma das partes é inocente.
De _VaDeR_ a 8 de Outubro de 2009 às 22:12
Muito sinceramente, não sei quem será o menos ou mais culpado neste conflito, senão vejamos, Israel, embora como estado seja relativamente recente, penso que terá à volta de 60 anos, já existe há mais de 2000 anos, ou seja vivem na terra deles desde sempre, mas devido ao holocausto, foram largos os milhares de judeus a serem ali colocados, ou seja, seria o mesmo que virem todos os espanhóis a viver para Portugal. Então o que aconteceu, com a falta de infraestruturas, foram feitos os colonatos judeus em terras muçulmanas, claro que com toda a rivalidade existente desde sempre isto teria de dar para o torto. Ou seja, quem arranjou o problema foi a comunidade internacional, não foram nem os judeus nem os muçulmanos. Agora pergunto, como se poderá resolver este tipo de conflito, em que um povo, sente-se invadido por outro, que se sente no direito de ter também uma terra para viver? Só vejo uma solução, fazer como no Dubai, acrescentar terra para o lado do mediterrâneo, e transladar os colonatos para essa zona, com a necessidade de criar empregos e todas as infraestruturas para haver uma vontade de mudança.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds