Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

Avaliação de Desempenho Docente

        Hoje , numa reunião informal de professores, senti-me reconfortada  e acompanhada na contestação a um modelo de avaliação impraticável. Não há doutrina, prática , conhecimento, formação e informação adequadas que  nos permitam acatar com serenidade uma avaliação com  consequências  quer na progressão  da carreira quer no ingresso e contratação do mais jovens.

   Hoje foi informal.

  Pode ser que se transforme num acto mais formal  e com mais impacto.

 Caramba, houve 100 mil professores na rua ... Onde se meteram? Foram sombras que se passearam por Lisboa? Estes professores estão nas escolas , fazem parte de órgãos das Escolas são profissionais e não concordam com este modelo de avaliação. Querem ser avaliados, mas naõ assim. Eu não me resigno . Parece-me inaceitável que haja professores do 1º ciclo ou do Pré-escolar, que se não houver dotação financeira nas escolas, deslocar-se-ão a outros estabelecimentos de ensino  distantes do seu local de trabalho,   no seu próprio carro com dinheiro do seu  bolso apenas para avaliar outros colegas. Depois regressam outra vez ao seu local de trabalho. Acham normal? Justo? Eficaz? Parece-me inaceitável e razão mais do que suficiente para suspender  este processo  que não assegura a igualdade de oportunidades e de acesso a todos os professores e educadores.

    Só espero que a próxima resulte, de facto, numa tomada de posição comum ,  forte e que  contribua decisivamente para a suspensão deste processo de avaliação de docentes .

 

 

 

publicado por Ana Narciso às 21:40
endereço do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Ana Narciso a 31 de Outubro de 2008 às 15:19
Tenho a firme convicção de que estamos a construir a maior contestação jamais vista neste concelho!!
De Anómico a 2 de Novembro de 2008 às 22:26
Prefiro dizer ou melhor, contribuir, para uma contestação jamais vista neste país, até porque esta é uma causa nacional ou melhor dos professores de Portugal Continental (visto que nas ilhas as coisas são diferentes).
Não há quem consiga resistir a tamanho emaranhado de papéis e de tempo completamente perdido em prejuízo das aprendizagens dos alunos.
Pena é que haja quem continue a afirmar que os professores não querem é ser avaliados. Para esses só tenho uma expressão: "o ignorante afirma, o sábio duvida e o sensato reflecte"
De Ana Narciso a 2 de Novembro de 2008 às 21:52
Somos cada vez mais !
Escolas que suspenderam ou exigem a suspensão do processo de avaliação de desempenho:
• E.B.2.3 António Fernandes de Sá - Gervide
• Agrupamento Vertical Clara de Resende - Porto
• Agrupamento Vertical da Senhora da Hora - Matosinhos
• Agrupamento Vertical de Escolas de Gueifães - Maia
• Agrupamento de Escolas D. Manuel Faria e Sousa - Felgueiras
• Agrupamento de Escolas de Lousada Oeste
• Departamento de Expressões da Esc. Sec. Filipa de Vilhena - Porto
• Esc. Sec. Augusto Gomes - Matosinhos
• Esc. Sec. Rio Tinto
• Esc. Sec. Vila Verde
• Escolas do Concelho de Chaves (9 escolas)
• Escola Sec. Martins Sarmento - Guimarães
• Esc. Sec. Camilo Castelo Branco - Vila Real
• Esc. Sec. Barcelinhos
• Esc. Sec. Alcaides de Faria - Barcelos
• E.B.2,3 Frei Bartolomeu dos Mártires - Viana do Castelo
• E.B.2,3 Abelheira - Viana do Castelo
• Agrupamento de Escolas Coura e Minho - Caminha
• EB3/S Pintor José de Brito - Viana do Castelo
• Agrupamento de Escolas de Vale do Tamel - Lijó - Barcelos
• Coordenação Pedagógica do 1º Ciclo do Agrupamento Vertical de S. Lourenço - Ermesinde
• Agrupamento Vertical D. António Ferreira Gomes - Ermesinde - Valongo
• Agrupamento de Escolas de Ovar
• Esc. Sec. São Pedro - Vila Real
• Esc. Sec. João Araújo Correia - Peso da Régua
• Agrupamento de Escolas D. Miguel de Almeida - Abrantes
• Esc. Sec. Manuel da Fonseca - Santiago do Cacém
• Esc. Sec. Ferreira Dias - Santiago do Cacém
• E.B.2,3 Frei André da Veiga - Santiago do Cacém
De Ana Narciso a 2 de Novembro de 2008 às 21:53
• Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Santo André - Santiago do Cacém
• Agrupamento de Escolas Conde de Ourém - Ourém
• Esc. Sec. Madeira Torres - Torres Vedras
• Agrupamento Vertical de Escolas de Azeitão
• Esc. Sec. Dom Manuel Martins - Setúbal
• Esc. Sec. D. João II - Setúbal
• Esc. Sec. de Sebastião da Gama - Setúbal
• Agrupamento de Escolas José Maria dos Santos - Pinhal Novo
• Esc. Sec. Amora
• Esc. Sec. Amadora
• Esc. Sec. Seomara da Costa Primo - Amadora
• Agrupamento de Escolas Nuno Álvares Pereira - Camarate
• Agrupamento de Escolas de Forte da Casa - Lisboa
• Esc. Sec. Monte da Caparica - Almada
• Agrupamento de Escolas Pedro de Santarém - Lisboa
• Demissão da maioria dos professores Avaliadores não Coordenadores, da Esc. Sec. Camões - Lisboa
• Departamento de História, Filosofia e E.M.R. da Esc. Sec. Odivelas
• Agrupamento de Escolas De S. Julião da Barra - Oeiras
• Esc. Sec. Miraflores - Oeiras
• Escola Fernando Lopes-Graça - Parede - Cascais
• Agrupamento de Escolas de Alvide - Cascais
• Departamento de Matemática e Ciências Experimentais da E.B.2,3 Dr. Rui Grácio - Sintra
• Agrupamento de Escolas D. Carlos I - Sintra
• Agrupamento de Escolas Aristides de Sousa Mendes - Póvoa de Santa Iria
• Agrupamento de Escolas de Maceira - Leiria
• Agrupamento de Escolas de Marrazes - Leiria
• Esc. Sec. Francisco Rodrigues Lobo - Leiria
• Esc. Sec. Campos-Melo - Covilhã
• E.B.2,3 Tortosendo
• Esc. Sec. Arganil

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds