Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

Um suponhamos II

Em 2004 fomos surpreendidos pela ida de Durão Barroso, então eleito Primeiro-ministro(PM), para a liderança da comissão europeia. O normal seria o número dois do governo substituir o PM, no caso seria a Drª Ferreira Leite..., mas o partido,na altura, decidiu indicar o nome de Santana Lopes ao Presidente da República(PR) que o indigitou como PM, o resto da história é mais do que conhecida de todos.

 

Porque motivo recordo eu este episódio da Democracia Portuguesa?

Pois é aqui que entra o meu "suponhamos".

 

Suponhamos então que João Salgueiro é convidado para um lugar de destaque politico e que aceita (para esta análise está fora a questão se tem ou não valor para tal), qual deverá ser o cenário?

 

1- deve ser substituido pelo número dois, Albino Januário

2- deve o partido mais votado indicar outro vereador para Presidente da Câmara

3- deve haver eleições antecipadas

4- ...

 

Pode parecer estranho este texto três dias depois das eleições, mas ás vezes tenho sonhos esquisitos....e como gosto de partilhar convosco as minhas inquietações aqui fica mais uma para partilharmos ideias...

abraço

publicado por Pedro Oliveira às 07:33
endereço do post | comentar | favorito
10 comentários:
De Paulo Sousa a 14 de Outubro de 2009 às 08:34
Seria um orgulho ter um portomosense num lugar de maior destaque político.
De Anómico a 14 de Outubro de 2009 às 09:39
Tenho dúvida que possa ser verdade o João Salgueiro sair mas o Sr Paulo Sousa pode ficar descansado o Senhor tambem não seria o Santana Lopes de Porto de Mós.
De ricardo a 14 de Outubro de 2009 às 14:09
Certo... Como foi para portugal um orgulho a subida de carreira do Durão Barroso. O "timoneiro" que como os ratos foi o primeiro a abandonar o navio.

É este o problema de um partido que favorece o crescimento pessoal ao cresciemnto partidário. O governo de santana foi um bebé que não chegou a andar e ao primeiro tapete tropeçou e caiu, possivelmnte porque o tapete foi colocado muito antes de ele comçar a gatinhar. Tivesse tido ele ( SAntana ) juizo e pedido as eleições e ainda hoje lá estava.

Tenho dito.........................
De Sérgio Ferreira a 14 de Outubro de 2009 às 09:37
O exercício que nos propõe só pode ser de imaginação.

A lei determina de forma clara o que se faz em cada circunstância.

Na primeira, ao contrário do que afirma, o normal é o partido ou a coligação que detém maioria indicar um substituto, embora qualquer outra solução esteja ao dispor do Presidente da República. O que conta é a composiçâo do Parlamento e não a figura do Primeiro-ministro ou do número dois do Governo, que não são eleitos.

Perceberá, por isso, que nas Câmaras Municipais, em que os seus titulares são eleitos em lista, segue-se o senhor que se segue.

Sem imaginação, de acordo com a lei.
De Pedro Oliveira a 14 de Outubro de 2009 às 10:31
Meu caro,
Eu sei que elegemos deputados e não PM´S,mas também sei que quando o governo tem um nº 2 é porque o "elege" como tendo competências para substituir o PM em determinadas circunstâncias senão não seria o nº 2, mas também sabemos o que se passou no PSD... quem era o PR... e o que ele estava a preparar.....
Como sabe houve muito boa gente que queria eleições antecipadas, porque apesar de elegermos deputados, na prática estamos a escolher futuros PM´s nas legislatitvas, ou não será assim?Uma questão de legitimidade politica do voto "popular" direi eu.
Quanto à minha imaginação, tem destas coisas malucas...,não se incomode.
De Ferreira Pinto a 14 de Outubro de 2009 às 11:53
Meu caro amigo, a Lei número 169/99, de 18 de Setembro, fornece a resposta. E, nesse caso, estou certo que o sucessor não ia querer deixar escapar a oportunidade. Eles são tolos, mas não tanto ...
De Pedro Oliveira a 14 de Outubro de 2009 às 12:11
Meu caro agradeço-lhe a dica que responde efectivamente ao que poderá suceder caso o meu sonho não fosse um mero sonho....
o link ao dispôr dos interessados:

http://www.cga.pt/Legislacao/Lei_19990918169.pdf

De anónimo a 14 de Outubro de 2009 às 16:34
A ser verdade é lógico que esta ida de Salgueiro para governo civil é uma forma de Sócrates pagar os excelentes resultados de João Paulo Pedrosa no distrito e o Luís Amado dá uma ajuda.
Teremos Albino presidente, um sonho dele, esse sim, tornado realidade. Júlio e companhia é a vida, mas não morre ninguém ihihih.
gostei da sugestão de ser o José Ferreira o chefe de gabinete e o Joga assessor de imprensa, tem a sua graça,rsrsrsrsrs
De rf a 16 de Outubro de 2009 às 18:47
O salgueiro saltar p´rá governação civil, acredito.
Agora o Albino em presidente... hum, não o estou a ver lá!!! é mais contas!!!
De Pedro Oliveira a 19 de Novembro de 2009 às 17:03
Afinal nem para secretário de estado nem governador civil, fica a cumprir o mandato como Presidente da Câmra que foi para isso que foi eleito:

http://www.governo.gov.pt/pt/GC18/Governo/ConselhoMinistros/ComunicadosCM/Pages/20091119.aspx

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds