Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

Ainda sobre Saramago

Já aqui disse que Saramago para mim é uma nulidade literária, pois nunca tive o (des)prazer de o ler, sou incapaz de ler o quer que seja de pessoas com as quais não me identifico,faço mal, provavelmente sim, mas isso pouco importa pois não sou mais que um simples cidadão que apesar de muitas dúvidas sobre a igreja católica jamais ousarei utilizar a mesma para me vender ou qualquer produto da minha autoria.

Gostaria só de deixar duas opiniões sobre o assunto e apesar da demasiada importância que se dá essa figura, mais um pouco e vamos todos pedir uma condecoração ao PR para atribuir a Sousa Lara no dia 10 de junho:

 

"Dizer, como disse Saramago, que tudo o que se lê na Bíblia é “absurdo” e “disparatado” não é apenas infantil. É, vindo de um escritor, revelador de uma assinalável ignorância e insensibilidade cultural" (Daniel Oliveira)

 

"Ainda há gajos que dizem que têm vergonha das palavras e vídeo da Maitê Proença, o que dizer desta espécie que já disse que queria ser Espanhol, que o seja e descanse em paz lá em Lanzarote, Sousa Lara foi um visionário" (meu amigo Sérgio hoje ao jantar)

publicado por Pedro Oliveira às 22:00
endereço do post | comentar | favorito
18 comentários:
De Rafael Marcelino a 20 de Outubro de 2009 às 22:42
Já aqui o disse, com todo o repeito pelos seus feitos literários (Nunca li) Mundialmente reconhecido e premiado com o prémio Nobel. Este Ribatejano está cada vez mais XONÉ.
Mas com isto tudo vai tendo mais protagonismo e a venda acaba por disparar para verem verdadeiramente o que ele diz ou escreve.
Muita gente, tenho a certeza que comenta e critica sem ler nada da sua obra.
Acho que ao meter-se com religiões é perigoso e arriscado neste Mundo virtual.
De Ze a 21 de Outubro de 2009 às 03:17
O senhor José Saramago é escritor. Não é mais um, num monte deles, destaca-se das massas, principalmente porque escreve francamente bem. É um talento raro.
Compreendo que haja quem não o reconheça, ou quem o não saiba reconhecer, e não me comecem a condenar já, leiam até ao fim. Tomar aquilo que este senhor escreve como uma ofensa, é de uma ingenuidade a roçar a estupidez, e mais, indignar-se ao ponto de maldizer, de borla, um escritor que elevou o Português (não o Castelhano), com a sua conquista de um prémio Nobel, é de muito mau gosto.

Supondo que eu sabia escrever, tão bem quanto o necessário para almejar uma distinção como é o Nobel, podia perfeitamente ensaiar uma obra prima de "opinião" que fosse pensada por um personagem por mim criado, um "eu" que pensa à sua maneira, que tece as suas opiniões como pessoa singular e que, no entanto, nada tem a ver com a pessoa que eu sou ou com a minha maneira de estar na vida.
O que José Saramago opina, sobre o que quer que seja, em qualquer um dos seus livros, não pode, evidentemente, ser levado a sério, linearmente, sem restrições. É fácil perceber contradições entre alguma das suas obras, na medida em que, ao contrário do que toda a gente parece pensar, a importância do conteúdo nem sempre se sobrepõe à importância da forma.
O ensaio literário pode resultar melhor quando é adoptada uma determinada posição, que não é necessariamente a nossa, aliás, essa é uma das faculdades dos grandes escritores, a da transformação da realidade, porque escrever também é uma arte.

Além disso, custa-me muito ver alguém a discorrer corriqueiramente sobre assuntos e/ou pessoas que não conhece. Ao afirmar que nunca leu Saramago, devia ficar-se por aí. Não concorda?
De Pedro Oliveira a 21 de Outubro de 2009 às 08:30
Percebo perfeitamente o que diz e até concordo, o sr.Saramago escusava era de promover as suas obras da maneira que o faz.É isso que critico .
obrigado pelo comentário e pela visita.
De Ze a 21 de Outubro de 2009 às 21:56
Sem dúvida que o tipo de publicidade feita não é, de todo, bonito. Mas como há quem saiba escrever, há quem saiba vender. Independentemente de gostar(mos) ou não, há que reconhecer o mérito. Também é preciso sublinhar que eu ainda não li o livro, talvez a indignação de algumas pessoas com a maneira como são abordados assuntos tão delicados, seja perfeitamente natural. Mas a haver indignação, é importante prevalecer a razão, e evitar cair no disparate, como tem acontecido com algumas pessoas por essa internet fora.
Sou um visitante assíduo, gosto de saber o que se vai passando cá na terra, e tenho o vila-forte como uma fonte segura. =)
De Pedro Oliveira a 21 de Outubro de 2009 às 17:30
O Luís Castro no seu blog cheiro a pólvora e por causa de Saramago, em comentário, faz a seguinte pergunta:
De Luís Castro a 21 de Outubro de 2009 às 17:22
Pois,
mas como alguém que leu o livro me disse esta tarde,
no livro Saramago chama filho-da-puta a Deus.

Será?
Alguém já o leu que confirme?
LC

De CBO a 21 de Outubro de 2009 às 23:12
Ainda não li o livro, Pedro, e sou incapaz de criticar o que não li. Saramago não é o meu escritor preferido, não estou de acordo com muitas das suas posições ao longo da vida, mas não lhe retiro o mérito literário que indiscutivelmente tem e justifica a atribuição do Prémio Nobel.
Também já li livros de autores fascistas e não me caíram os parentes na lama...
De Pedro Oliveira a 22 de Outubro de 2009 às 08:51
Meu caro CBO, com todo o respeito que me merece, acredite, ontem fiz um esforço e até comecei a ver a entrevista à Judite de Sousa, mas o homem não me entra no "gouto".Em relação ao facto de ele ser comunista, não me diz rigorosamente nada, tenho bons e velhos amigos comunistas e daqueles que são para a vida.É mesmo a personagem e a sua postura perante os outros.
abraço
De Carlos Barbosa de Oliveira a 22 de Outubro de 2009 às 17:29
Meu caro Pedro
Não vi a entrevista e portanto não opino.
Quanto à sua aversãoa Saramago, recomendo-lhe que leia a Viagem do elefante. É um livro fantástico, acredite que vai gostar.
Claro que percebi que não gosta de Saramago pela pessoa que é e não por ser comunista. Compreendo-o. Eu também não gosto da postura dele , nem da de ALA mas, no entanto, gosto dos dois como escritores. Embora prefira ALA e, como já escrevi lá no Rochedo, pense que ele já merecia há muito o Nobel. Mais - ou no ínimo tanto- do que Saramago.
De Pedro Oliveira a 22 de Outubro de 2009 às 17:37
Ora é isso mesmo meu caro.O ALA (António Lobo Antunes) é outra louça...
Estamos a falar de uma pessoa com outro nível, é a minha opinião.Quanto ao prémio nobel, a sua opinião é a de muitissimos portugueses.
Grande abraço
De Pedro Oliveira a 22 de Outubro de 2009 às 21:51
Nem de propósito,hoje o ALA deu uma entrevista de chorar.20 minutos maravilhosos.Um SENHOR! Ponto final.
De João Romeu a 22 de Outubro de 2009 às 19:07
Só gostava de ver o Sr.Saramago a ter o mesmo comentário publico que fez a Biblia Sagrada, te-lo em relação ao Corão.
De PortoMaravilha a 22 de Outubro de 2009 às 21:35
Sem qualquer ofensa, acho o debate um pouco dum outro tempo.

Não sou crítico literário . No conjunto das obras prefiro Lobo Antunes. Mas Saramago tem um livro que só por si merece muitos nobeis : Memorial de Convento. Isto quanto a mim.

E é um livro muito pujante. Apesar de tudo : É uma textozinho que mostra que foi um abade perseguido pela Inquisição que inventou o primeiro engenho voador ( em Portugal )

Não entendo como se possa julgar sem ler.

Se no início era o verbo, o que nos torna humanos, porque não deixar livre o verbo ?

E Viva o Porto !

De Pedro Oliveira a 22 de Outubro de 2009 às 21:49
Meu caro eu não critico a obra que nem conheço, critico é a pessoa, a forma como se mostra e promove a sua obra.
Se puder veja as duas entrevistas de Judite de Sousa(RTP provavelmente disponivel em multimédia) ontem com Saramago e hoje com António Lobo Antunes e vai perceber ao que me refiro.
De PortoMaravilha a 22 de Outubro de 2009 às 22:13
Mas, Pedro Oliveira, obrigado pela sua resposta, já estava com saudades suas, a obra é ou não independente do criador ?

Ou damos atenção à obra ou ao autor ?

Talvez aí esteja um dos aspectos da confusão da transmissão simbólica .

E Viva o Porto !







De Pedro Oliveira a 23 de Outubro de 2009 às 08:51
Mas eu não quero que haja confusão da minha parte.Assumo que neste caso sou influenciado pela pessoa e não me importo.
Quanho estou perante uma pessoa arrogante, a pensar que é o único escritor ao cima da terra que se dá ao direito de dizer o que disse da Igreja Católica e da Biblia, peço desculpa, eu Pedro Oliveira, não tenho vontade nenhuma de o ler.Perco grande obras literárias?Azar para mim.
Só falo no ALA porque apesar de muitos o considerarem "maluquinho" identifico-me mais com a pessoa e ontem, a entrevista foi fabulosa e devia ter demorado pelo menos uma hora,para me continuar a emocionar e sentir que há pessoas que pensam na vida,nos amigos,no beijar,no tocar,no sofrimento...
" na toca dos lobos não há ateus"
abraço para si Portomaravilha
De António carvalho a 22 de Outubro de 2009 às 23:40
Não ouvi quaisquer das entrevistas. O que me parece desajustado nas suas criticas, é o fato de criticar o Sr. Saramago em pessoa e não o escritor. Eu não consigo entender porque é tão corrosivo quanto à forma como contrapõe o ALA a Saramago, quando no contexto em que as entrevistas vão para o ar, são exatamente pelo mesmo motivo. Promoção de livros, editores e respetivas vendas. Ou o ALA é tontinho e apenas dá esta entrevista por valor inteletual e literário e não pensa em vendas ? Oh Pedro, pensava que ía mais longe na ingenuidade!
Mas olhe que nestes comentários sobre este post, já não estou tão seguro, quanto à ingenuidade, pois parece-me que alguns comentadores ainda estarão a pensar que o tempo da inquisição está aí e para levar à prática.
Pelo Papa e pelos Bispos católicos apostólicos romanos, lembrem-se de Galileu e não pensem na heresia da Terra girar em volta do Sol. Vão ficar cegos, ai vão, vão !
De Pedro Oliveira a 23 de Outubro de 2009 às 08:44
Sei que um e outro estão a promover os seus livros, o que relevo é a forma como cada um optou para o fazer nas palavras,nos sentimentos,na postura, e o que isso me fez sentir.Digo-lhe já qual é, um sei que se venderam 500 livros só num dia numa bertrand em Lisboa e não vou comprar ou outro se tudo correr bem hoje já vai estar em minha casa.
Chame-lhe o que quiserem,mas sou assim com ingenuidade ou outra coisa qualquer.
abraço
De Pedro Oliveira a 23 de Outubro de 2009 às 12:20
Uma opinião sobre o livro "Caim" de quem já o leu:
http://o-pinoka.blogspot.com/2009/10/pronto-ja-li-e.html#links

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds