Quinta-feira, 5 de Novembro de 2009

As directivas europeias e o zé povinho que se lixe

Não há para aí nenhuma directiva europeia que nos obrigue a ter um salário minimo decente, uma justiça que faça o seu trabalho, uma educação não baseada em escolaridades obrigatórias para a estatistica, uma democracia não condenada pela corrupção...?

Ou será que as directivas comunitárias só servem para taxar ainda mais a malta?

 

Eu já assinei!

 

Ler:

Ó freguês, atão a taxa?

 

Contra a taxa, pague com cêntimos!

 

publicado por Pedro Oliveira às 07:41
endereço do post | comentar | favorito
3 comentários:
De anónimo a 5 de Novembro de 2009 às 09:56
Alguma inocência paira...
A UE serviu para injectar dinheiro. A forma como o usamos é outra questão. O centro concentra, a periferia...é a periferia.
No Atlântico temos e tivemos uma riqueza, mas o eixo do capital vs trabalho está no indico e no pacífico..
Na geologia, pensa-se a milhares de anos. Na geografia humana a décadas...
*
Ora, agora pouco interessa termos salários como europeus do meio quando nao se produz...
Ora, agora pouco interessa termos escolaridade obrigatória até ao doutoramento se não há lugares de produção (empresas)
*
A décadas: para quê sermos como alemães se a riqueza estará no vietname, indonésia, china, brasil...?
Para quê?
Não me venham como o "nem só de pão vive o homem...", pois não conheço cultura dominante que não tenha por base a riqueza...
É que num país de medo ou inveja à riqueza, só se vê os cifrões, quando riqueza material significa: capacidades, méritos, excelência, virtudes.
Ora, num país, em que enriquecer significa viver à custa do Estado ou arranjar uns atrasados de uns funcionários estatais para umas cunhas, não se pode pensar nos luxos das sociedades ocidentais.
Daí que rapidamente :
--menos salários (quem é que disse que o salário não pode ser reduzido? Se não se produz, diga lá algum economista...)
--menos impostos;
-- maior investimento público na Universidade;
--tgv: nunca.
--aeroporto: utopia clara.
--cortes nas pensões futuras em 50%;
É duro?!
Dura será a realidade, e já para 2011...
De Ferreira-Pinto a 5 de Novembro de 2009 às 12:19
Para um salário mínimo igual em toda a União ou pagar menos impostos, não vale!
De anónimo a 5 de Novembro de 2009 às 13:40
Caríssimo ferreira pinto:
Eu também gostaria de ter mais algum....como todos...
Mas, o país está pobre, pobre...endividamento.
Dentro de uns meses não produziremos para pagar juros...
é só.
2+2 igual a 4 em Portugal, na Alemanha e no Vietname.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds