Quarta-feira, 16 de Dezembro de 2009

"o meu filho é gay"

“A saída do armário dos filhos é recebida com choque, apreensão e, muitas vezes, com revolta por parte dos pais. O terapeuta familiar Pedro Frazão, 33 anos, é autor de um estudo sobre este tema. Saiba quais são as principais recomendações deste especialista
E agora?
Já muito se tem falado no casamento entre pessoas do mesmo sexo, da adopção de crianças por homossexuais, mas raramente se aborda a questão da perspectiva dos pais, especialmente quando se retratam de casos na adolescência.
Sou pai, alguma frequência, me vejo confrontado com dúvidas e questões sobre o seu crescimento. Esta é, seguramente, uma delas. E se um dia, os meus filhos me dizem que são gays? Dou-lhes um forte abraço e digo-lhes que podem contar comigo para o que der e vier? Ou, limito-me a abrir-lhes a porta de casa e indicar-lhes o caminho que escolheram seguir?
Penso que se trata de uma daquelas situações que só saberemos como lidar, quando e se nos tocarem directamente. Se me é permitido, naturalmente preferiria que decorresse tudo pelos padrões de comportamento pelos quais fui educado, mas sei que isso não é linear. Assim, terei de estar preparado para tudo … ou pelo menos, assim o espero.
Já diz o ditado popular, que nunca se deve dizer desta água não beberei! As consciências são individuais, é certo, mas os juízos de valor são cada vez mais, públicos e publicitados, em grandes campanhas, muitas vezes baseadas no preconceito e na falta de informação.
Não sei como iria reagir numa situação destas, mas espero que o diálogo seja sempre o ponto de partida para um cenário destes …
Estamos em plena época natalícia, que deveria apaziguar e tranquilizar os espíritos mais inquietos, nas reuniões de família, nos convívios e serões com aqueles que já não vimos há algum tempo. Na maior parte dos casos, reunimos mais do que uma geração à mesa da Consoada, entre avós, filhos e netos. Seria possível manter a harmonia e o equilíbrio entre todos, se nas nossas casas abríssemos este presente? Ou estaríamos a fragmentar a, já de si, frágil sociedade familiar, onde os bons usos e costumes vão escasseando e onde já não há evidentes sinais da tradição?

Para quem quer ler mais sobre este assunto sem ,mas... e preconceitos pode fazê-lo AQUI.

 

publicado por Pedro Oliveira às 16:31
endereço do post | favorito
De Ferreira-Pinto a 16 de Dezembro de 2009 às 17:09
Concordo e subscrevo.
Tenho duas filhas e ainda há dias naquele jeito meio a sério, meio a brincar enquanto a mãe falava no dia em que os namorados entrariam portas dentro, deixei cair um "ou namoradas". Ficou assim surpresa ... afinal, somos educados (quase todos) num sentido e tudo nos leva a ver as coisas dum certo modo, mas temos de estar preparados para o que nos pode vir bater à porta. E mesmo que não estejamos, há que saber ser moderado e calmo.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds