Terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

Morrer Feliz

 

Há uns tempos escrevi sobre a Eutanásia e hoje, ao almoço, estive com uma pessoa que não via há algum tempo e perguntando pela família soube que a sua avó tinha morrido, há dois meses, vitima de mais um cancro. "Mas morreu feliz", disse ele.

Esta senhora sofreu muito ao longo da vida, resistiu a 2 cancros e há cerca de um ano foi-lhe diagnosticado outro.

Era uma Senhora já de idade que adorava praia e de nadar, coisa que não devia fazer este verão devido aos tratamentos, mas como o diagnóstico era muito pessimista, esperança de vida era de  3 ou 4 meses, máximo 6, ela e a familia decidiram que iria de férias para a praia fazer o que mais gostava e que a tornava feliz. Assim foi, mesmo sabendo que a probabilidade de falecer mais rápido era enorme, todos tinham consciência do que veio realmente a acontecer, ninguém lhes tirou aqueles dias de felicidade em familia e a dar umas braçadas no mar.

A minha opinião é que esta familia teve muita coragem e decidiu bem. Todos temos direito a ser felizes mesmo na hora de partir.

publicado por Pedro Oliveira às 14:38
endereço do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Bluevelvet a 5 de Janeiro de 2010 às 18:17
Nem mais!
Tal como temos o direito de Escolher a hora de partir.
Beijinhos
De Rafael Marcelino a 5 de Janeiro de 2010 às 18:45
Tal como defendo uma velhice digna e de igual modo para todos, acho que na morte se deve de acompanhar a forma e os meios que cada um desejar. Conheço um País em que liberta as pessoas para tal. Mesmo que estejam em vias terminal é-lhe facultada toda assistência digna na sua residência (se o desejar) ou em qualquer outro local.
Em Portugal é impossível deixar o Hospital numa faze critica-terminal.
Neste apontamento narrado pelo Sr. Pedro Oliveira é de louvar a atitude da familia da Sra.
Bem haja. DEUS os há-de ajudar.
De Paulo Sousa a 5 de Janeiro de 2010 às 21:06
Concordo e louvo a atitude da família. Respeitar a dignidade dos outros é também isso.
De André Miguel a 5 de Janeiro de 2010 às 21:56
Creio que o único aspecto da vida em que o homem é verdadeiramente livre é na morte, somos livres de escolher.
No entanto creio que a Vida é um valor absoluto, a ser defendido sobre todas as coisas, pelo que a questão é deveras complexa...
Abraço.

PS: estou de regresso às lides blogosféricas.
De salvoconduto a 6 de Janeiro de 2010 às 02:15
Em nome de quê se pode condenar alguém a sofrer até ao último momento de vida? Todos devemos ter o direito de escolher. Se já não formos capazes, aqueles que nos amam que decidam por nós.
De patti a 6 de Janeiro de 2010 às 10:19
Uma forma paliativa familiar de se viver até ao fim feliz. Foi o que aconteceu. Totalmente a favor.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds