Segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

Saber ouvir e aprender com os melhores

                       

Muitos de nós, nas nossas actividades profissionais, deparamo-nos com problemas para resolver, que outros já passaram por eles e que têm boas práticas para os resolver.Temos duas hipóteses ou "partimos pedra" sózinhos para os resolver, gastando muita energia e provavelmente sem os resultados pretendidos, ou temos a humlidade e vontade suficiente para aprendermos com quem faz bem.Para esse efeito utilizamos, muitas vezes, o Benchmarking para termos sucesso na aprendizagem e na implementação de soluções.

Se esta prática de gestão já faz parte do léxico dos gestores industriais,ainda a semana passada visitei uma grande empresa que implementou  ferramenta de gestão,lean 6-sigma, e fomos aprender como se faz, pois também queremos aplicá-la na nossa empresa, já nos gestores politicos não é normal isso acontecer.

Para aprender com os melhores as melhores práticas, precisamos primeiro ter a noção de que há melhores do que nós em todo o lado, que a concorrência, hoje em dia, é muito forte e que temos a responsabilidade de garantir o futuro das pessoas que estão à nossa volta.

Depois devemos ter a humildade de reconhecer que não sabemos tudo e que queremos ouvir e aprender.

Depois de saber onde estamos e que queremos melhorar, temos de definir para onde queremos ir e de que forma, esse é um trabalho árduo e que não se compadece com imediatismos,mas sim no pensar mais além.

Somos recorrentes a falar de Óbidos,pois para nós é o exemplo do que é ter uma estratégia de desenvolvimento sustentado a nível autárquico, demos também o exemplo de Coimbra,com as parcerias com várias cidades, e hoje quero falar de Cascais.

Mais do que falar, queria pedir-lhes que ouvissem o Vice-Presidente da Câmara de Cascais a falar no programa Balanço e Contas,no Canal 2.

É uma lição,para quem quer ouvir e aprender, de como se pensa global para resolver problemas locais.

Ver e ouvir um Autarca a falar da visão,missão e estratégia para o seu concelho é uma satisfação enorme, é disto que temos falado nos últimos 2 anos, é esta também a nossa visão do que deve ser um autarca.

 

Espero que tenham tanto gosto a ouvir o Vice-Presidente da Câmara de Cascais como eu tive, principalmente os politicos Portomosenses.Ver AQUI!

 

"fala-se tanto em energias renovaveis, devemos utilizar aquela que é inesgotável, A CRIATIVIDADE"

 

 

vice-presidente da Câmara de Cascais

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Pedro Oliveira às 07:00
endereço do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Pedro Oliveira a 17 de Novembro de 2008 às 10:22
A blogosfera tem sido uma surpresa agradável para nós,editores do VilaForte.Não temos dúvidas que Porto de Mós é neste momento mais conhecido do que era há dois anos. Podem chamar-lhe imosdétia,mas é um facto. Ainda este fim de semana tivemos mais uma prova; No Blog do Luís Castro, RTP, uma comentadora do blog, "cheiro a pólvora", deixou este comentário:

Olá Pedro tudo bem? Hoje no paredão Estoril - Cascais estavam a dar uma revista, a "Cascais Puro" e lembrei-me de si. Vi lá uns sites que espero que lhe sejam úteis: www.cascaisenergia.org www.cascaisnatura.org www.cascaispuro.org www.emac-em.pt Bjs e um resto de bom fim-de-semana Cris
De Pedro Oliveira a 17 de Novembro de 2008 às 12:11
Quero agradecer ás pessoas que me eviam maill´s sobre assuntos de interesse para colocarmos no Vila Forte.
Sobre este tema da criatividade recebi, esta manhã, maill sobre o facto de mais uma cidade, em Portugal, que reconheceu na criatividade a sua plataforma de desenvolvimento:

Loulé recebe Prémio "Cidade Criativa 2008"
10-Nov-2008
No âmbito do Congresso Internacional de Criatividade e Inovação, que decorreu nos dias 17 e 18 de Outubro, no Convento de Stº António, uma organização da Associação Portuguesa para a Gestão da Inovação e Criatividade nas Organizações (APGICO), Associação Espanhola de Criatividade (ASOCREA) e Gabinete Académico de Investigação e Marketing (GAIM), foi atribuído a Loulé o Prémio "Cidade Criativa 2008".


Esta distinção visou premiar o apoio dado à criatividade e a todo o trabalho que tem sido desenvolvido em Loulé, quer em termos de eventos culturais, preservação do património, projectos educativos, acções que privilegiem a sustentabilidade, iniciativas que têm em vista a preservação ambiental, entre outros.

Neste sentido, Loulé é hoje uma cidade que se distingue pela sua centralidade, pelas suas acessibilidades, pela complementaridade que tem com o litoral, pelo facto de não ter tido uma grande crescimento imobiliário em termos de construção civil como teve o litoral.

Obrigado A.M.

Espero que um dia destes alguém consiga responder à tua Pergunta:"e em Porto de Mós, vamos continuar a viver no marasmo, até quando?

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds