Sábado, 20 de Fevereiro de 2010

A fuga do Presidente

    Mais uma Assembleia Municipal terminou com algumas vitórias   e muitas imprecisões.

 Primeiro as vitórias :duas Moções aprovadas por unanimidade: uma   sobre o desemprego e as dificuldades de vida que, o país em  particular o Concelho,  atravessam , exigindo mais atenção e meios para combater o desemprego e a crise que aflige tantas famílias.
   A outra sobre o estado de degradação e de falta de condições de trabalho efectivas nas escolas  da Vila - a EB2 Dr. Manuel de Oliveira Perpétua e a Escola Secundária de Porto de Mós. A receptividade e aprovação de todas as bancadas e respectiva aprovação de uma Comissão de Acompanhamento com elementos da Assembleia e fora da Assembleia,   de iniciativa do Presidente da Assembleia Municipal, deixaram-me com a sensação de que se alguma iniciativa ou obra for executada, já valeu a pena   aceitar o desafio que o PSD me lançou para integrar esta Assembleia Municipal.
  Mas saí intranquila e sobretudo indignada porque, quando há verdades para repor o Senhor Presidente da Câmara, numa atitude de total desrespeito pelo trabalho dos Deputados , abandonou a sala, quando não quis ouvir a verdade dos factos . Nunca visto. Mas as atitudes ficam com quem as pratica os factos estão documentados e entregues ao Presidente da Assembleia Municipal.
 Vamos ao que está escrito:
  “ Quanto ao quartel de Bombeiros , reafirmou que serão eles ( Bombeiros Voluntários ) que têm que escolher o sítio para onde querem ir, manifestando a sua disponibilidade para comparticipar o terreno.” Registado em acta de 18 de Dezembro de 2009
 O Senhor Presidente não quis ouvir , porque saiu da sala quando pedi a palavra para repor a verdade dos factos , a saber:
   Em Março de 2006 numa reunião no seu gabinete  foi-lhe indicado a Várzea, próximo das piscinas,; a 24 de Maio de 2007 confirma que “ estava a trabalhar no sentido de rever o plano pormenor da Várzea ; subitamente a 31 de Agosto muda de posição. A 11 de Julho de 2008 a no Ofício nº 335/DIR a Direcção dos Bombeiros indicam três locais possíveis , respondendo a Câmara que não é da sua competência escolher o local.”Todos estes documentos foram entregues ao Presidenta da Assembleia Municipal e farão parte integrante da acta desta reunião.  Como pode alguém continuar a ouvir , sessão atrás de sessão, entrevista atrás de entrevista inverdades e culpas atribuídas   que não passam de desculpas esfarrapadas para atrasar e adiar a construção de um quartel para uma Associação que se tem distinguido pelo serviço abnegado e empenhado   no socorro das nossas populações? Retenho , com algum alívio o reparo do Senhor Presidente da Assembleia Municipal com um tom um pouco ríspido ( está desculpado ) “ está desactualizada; informe-se melhor” . Foi um desabafo significativo, porque me permite antever que finalmente  se reconheceu que não é mais sustentável alimentar este jogo do empurra absolutamente injustificado .
    O Deputado António Almeida (PS) sugeriu outra localização, que até me parece ser uma boa solução.
 Aliás, o Sr. Presidente da Câmara, em jeito de remate, desafiou-me a transmitir esta ideia à Direcção dos Bombeiros, o que irei fazer com todo o prazer.
 Senhor Presidente João Salgueiro invente outras desculpas; esta já está esgotada. A culpa é toda  sua!!
Já agora, espero também, que mantenha os mesmos critérios de apoio aos Bombeiros de Porto de Mós, iguais, aos que foram atribuídos, e bem, às restantes Associações do Concelho.
   Ainda para o ajudar e contribuir para a solução, tenho o prazer de o informar, que no âmbito do QREN, Programa Operacional Valorização de Território - Prevenção de Riscos, pode financiar-se a construção do Quartel.
  Digo-vos que em parcerias Câmaras/Associações, neste momento existem 34    Associações contempladas, com projectos aprovados. No nosso distrito temos : os Bombeiros do Bombarral,em que a Câmara ofereceu o terreno para a construção do quartel e suporta a chamada componente nacional. Esclarecedor!! Muito!! 
  O programa ainda não está fechado.
  Não seria de aproveitar?

  Mas o Senhor Presidente João Salgueiro , em fuga, não quis ouvir tudo!!!

publicado por Ana Narciso às 13:51
endereço do post | comentar | favorito
20 comentários:
De Atalaia a 20 de Fevereiro de 2010 às 17:24
Esta semana a ver o filme Sin City, de Frank Miller, na história existe um senador, homem influente, mas pouco recomendável.
Numa cena, mais uma vez chantageando, tem uma frase notável:

"O PODER vem da MENTIRA
Quanto maior
Muitos mais se enganam."

Está na moda em Portugal e em Porto de Mós.
As personagens têm em comum JS.
Só que um veio da JS e outro um pouco mais velho não pôde vir da JS D.
Mas no fundo duas almas gémeas.
D.Ana, se a moda do presidente abandonar a sala quando fôr confrontado com verdades, tenham cuidado que ele deixa de ir á assembleia.
De Anómico a 20 de Fevereiro de 2010 às 21:44
Cara dra, a senhora teve bem mas devia ter dado mais ouvidos ao que o seu amigo presidente lhe disse no fim. É que a situação que descreveu já teve outros desenvolvimentos. Investigue, que com as fontes que tem no processo não vai ser nada difícil perceber porque o Dr. Mário tanto insistiu consigo para não fazer afirmações tão peremptórias
De anónimo socialista a 20 de Fevereiro de 2010 às 22:21
Olhe que não.
Não se iluda com poeira, porque não passa de mais uma fumaça.
Desenvolvimentos??
Só se o presidente tirar um coelho da cartola.
Mas ele não é o Luis de Matos.
Portanto, até evidencias em contrário, continuaremos no pantano das mentiras.
Tudo na normalidade, está tudo resolvido, pra a semana temos uma reunião com o ministro.
A lenga-lenga do costume.
O presidente da Assembleia já percebeu que vai ter de dar algumas cambalhotas para aguentar Salgueiro.
Não lhe ficará mal.
Mas haverá limites.
Felizmente parece-me que o Presidente da Assembleia não é da mesma massa que Presidente da Câmara.
Valha-nos isso.
De Ana Narciso a 21 de Fevereiro de 2010 às 10:35
E se eu não tivesses insistido ? O que voltava a passar para a opinião pública ? Assim ficámos a saber que o Presidente da Assembleia acompanha/ ou tem conhecimento do processo e pelo que conheço dele ( Mário Pragosa )sei que o não vai largar. Até porque pela profissão que tem ( nunca deixará de ser médico) sabe que os Bombeiros são indispensáveis. Também não saberia nunca que um Presidente tem preferências por Deputados e quando alguns falam e repõem a verdade dos factos , abandona a sala numa atitude inédita e nunca vista em qualquer Assembleia. Aí o Senhor Presidente da Assembleia devia ter interrompido os trabalhos até o Senhor Presidente João Salgueiro voltar. Eu estava a exercer o meu direito de resposta ao abrigo do Regimento que tínhamos acabado de aprovar. Pela conduta do Presidente Mário Pragosa penso que não voltaremos a assistir a uma cena igual. O Presidente da Assembleia deve ser isento em todas as situações e não pode estar condicionado por conhecer processos que os Deputados não conhecem. As regras são essas.
De Anómico a 22 de Fevereiro de 2010 às 16:18
Entre Porto de Mós e a Venezuela começa a haver piuca diferença! A Ana devia era fazer as perguntas logo no início, assim marchavam logo todos e o ar ficava muito mrnos poluído!
De Ana Narciso a 22 de Fevereiro de 2010 às 16:43
Essa teve mesmo graça!!
De Rodrigo a 23 de Fevereiro de 2010 às 18:10
se eu fosse ele sempre que a senhora pedia a palavra exigia que fosse por escrito, ate retirar o que disse dos filhos, como já disse não me esqueço e espero que as pessoas não se esqueçam
De Ana Narciso a 24 de Fevereiro de 2010 às 00:06
Só para que fique registaddo para sempre : eu nunca disse nada sobre os filhos ou sobre os familares do Senhor Presidente. Nem direi. A família não é para aqui chamada!
De Anómico a 25 de Fevereiro de 2010 às 09:03
não tenho nada haver com a conversa mas as acusações feitas aos filhos estão escritas com a sua indicação/aprovação não seja mentirosa pensou na altura que poderia retirar dividendos politicos, assim como todas as suas atitudes tem um objectivo dividendos para a sua candidatura, peça-lhes desculpa, até mais grave acho que um é casado com uma familiar sua a politica e a revolta de perdedora tem limites ou talvez não?
De Ana Narciso a 25 de Fevereiro de 2010 às 19:02
É mentira tudo o que escreveu e sobre este assunto da minha parte não vai haver nem mais uma palavra.
De Pedro Oliveira a 27 de Fevereiro de 2010 às 08:56
Sr Anómico, há alturas em que os comentários de tão parvos,imbecis e torpes que não têm direito, da minha parte, a mais que não seja o desprezo,mas há alturas da vida e dias depois de vermos que nada valemos, em que temos de responder a aqueles que não valem o que comem,como dizia o meu avô, como tal e porque é TOTALMENTE MENTIRA o que diz em relação aos filhos do Sr. João Salgueiro, ou seja, a Ana sempre que falamos sobre politica nunca ,mas nunca fala de questões familiares do Presidente da Câmara.Sabe, é que a educação vem da mama e a Ana é daquelas que a teve, ao contrário de V.Exa.Mais, até é bom que utilize um nick porque podíamos ficar desiludidos e envergonhados se soubessemos quem é na realidade.
Era bom que se retratasse da acusação que fez,mas para isso era necessário ter mais uma qualidade que a Ana tem, humildade em reconhecer os seus erros.
Escusa de me responder com este ou outro nick,porque por um lado temos acesso aos IP´s e o que parecem ser muitos a maior parte das vezes é o mesmo esquizofrânico e porque não lhe irei dar mais tempo de antena sobre este assunto.
De Paulo Sousa a 27 de Fevereiro de 2010 às 16:55
Só posso acrescentar dizendo que o Sr. Joao Salgueiro produz gafes e erros e acumula más decisoes suficientes para que quem o quiser criticar tenha por onde o fazer sem recorrer a golpes baixos, coisa que aqui nao falta, especialmente vindo de anónimos.
De Anómico a 23 de Fevereiro de 2010 às 18:14
como e que a senhora e o seu marido tanto tempo tiveram na camara nos bombeiros e nada fizeram com as vacas gordas e os apoios dos amigos empresarios e agora é a maior porque não te calas,
já agora mais uma eleição predida parabens
De Temos Pena a 23 de Fevereiro de 2010 às 12:04
João Salgueiro no seu melhor, atitude bem característica de sair a meio das reuniões podendo assim fugir às suas responsabilidades.
Para aqueles que já tiveram reuniões com o mesmo, contem as vezes que falaram de tudo e mais alguma coisa, menos daquilo ao que iam. E contem também as vezes, que devido à sua agenda preenchidíssima, teve de se ausentar da reunião, ficando alguém à frente da reunião que não tem poder de decisão. Que conveniente…

E que tal a dualidade de critérios, casa de velório de porto de mós, em que diz que “A câmara teve de decidir, isto é um problema de quem tem de decidir, nós decidimos” ( http://www.regiaodeleiria.pt/2010/02/joao-salgueiro-visita-obras-da-polemica-casa-de-velar). Também concordo, é melhor decidir do que nada decidir, embora a decisão pudesse ter sido bem melhor :)

Em relação ao quartel dos bombeiros, sendo o presidente o primeiro responsável pela Protecção Civil do Concelho e responsável pelo ordenamento do território, entende que não deve participar na decisão. Mais uma vez, que conveniente…

Temos pena!
Quando é que a politica sairá das associações do concelho, não admira que não se vejam jovens interessados na política, quem é que estará interessado em participar nesta podridão…
De Anonimo socialista a 23 de Fevereiro de 2010 às 14:16
O Presidente fugir ou não fugir ... será que adiantava alguma coisa...

Ele por acaso, liga alguma coisa aquilo que lhe dizem..

Liga sim, mas só para determinadas coisas e pontuais..

Foi mal educado e ele chateado... ganhei e daqui ninguem me tira..

Bom proveito

De Anómico a 23 de Fevereiro de 2010 às 18:16
oh anonimo socialista prepara-te para ser governado daqui a 3,5 anos pelos julinhos e narcisos
De Anómico a 24 de Fevereiro de 2010 às 11:49

O julinho nunca mais ninguem o viu, e era por ser tao simpatico que sentimos a a falta dos seus sorrissos e beijinhos!!!!!!!!!
De Anómico a 24 de Fevereiro de 2010 às 13:49
O julinho vai andar por aí como o outro...daqui a quatro anos sairá à rua novamente com beijinhos, abraços,avionetas e tudo o for preciso e desta vez com a Dra Ana de braço dado...é só ver o jornal já se estão a preparar...e o director dá uma ajuda com os seus editoriais nada tendenciosos...
De Anómico a 24 de Fevereiro de 2010 às 13:51
Haja paciência para aturar a dra o presidente da assembleia devia usar a famosa frase do rei de espanha para o chavez...sempre que a dra pedisse a palavra!!!
De miro a 24 de Fevereiro de 2010 às 16:05
socialistas (da treta, como sempre foram!): façam, se fizerem bem, o paleio é nulo.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds