Quarta-feira, 10 de Março de 2010

Uma Candidatura e um Projecto de Ruptura por Portugal!

O meu apoio a Paulo Rangel para a presidência do PSD, em parte está sustentado na palavra RUPTURA.

Sim! Porque é isso que urge!
Romper com práticas antigas de duas décadas. Romper com o 'bloco central de interesses', Romper com uma paz podre (ou guerra aberta?) que consome o PSD e a que ainda recentemente Santana Lopes (dia 26 de Fevereiro) se referiu na entrevista ao Jornal 'Sol'. Romper com o deixa andar e o 'faz que se opõe mas não opõe' que marca os nossos dias. Romper com o calculismo e as solidariedades espúrias, promiscuas e... pornográficas que nos 'mandam' proteger os 'nossos' e atacar os 'deles', mesmo que sejamos todos do mesmo 'clube'.
É tudo isto que determina o meu apoio, como há dois anos me levou a apoiar Manuela Ferreira Leite (em nome da VERDADE das coisas) e, há quatro anos, a apoiar Cavaco Silva (em nome da seriedade e da decência na política).
Não conheço Paulo Rangel para além de um almoço de campanha em Leiria, dos jornais e das televisões. Ao contrário, curiosamente, dos outros dois candidatos, que conheço e com quem partilhei alguns caminhos, lutas e com quem estão muitos dos nomes “sonantes” do Partido e alguns amigos.
Mas não é isso que está em causa. Não está em causa o respeito e a consideração pelo José Pedro Aguiar-Branco ou pelo Pedro Passos Coelho. Nem com muitas e muitos que estão com um ou com o outro.
Tentei sempre, na política como no resto da vida, separar os campos. E é isso que estou a fazer.
Olhando para o País e para o PSD, acredito que só Paulo Rangel pode fazer o que é preciso (e urgente) fazer. Só Paulo Rangel está em condições de fazer um corte com o passado, com as cumplicidades do passado, com o cruzamento de interesses do passado, com um certo 'fazer' do passado.
Sendo um 'novato' no PSD (e precisamente por isso), está desligado destas teias (virtuosas, sem dúvida, algumas delas) que tolhem e condicionam o que é preciso fazer.
Paulo Rangel não tem claques nem cliques, é livre para escolher caminhos e pessoas. E, neste passado recente, demonstrou coragem e visão, desassombro e vontade. Mostrou-o no discurso do 25 de Abril e no ponto final que colocou aos 'passeios' de Sócrates à Assembleia da República. Mostrou-o na campanha eleitoral para o Parlamento Europeu, quando contra tudo e contra (quase) todos derrotou o PS e um PSD que até ao dia das eleições
clamava por não sei quantos 'messias'. Mostrou-o agora, avançando com a única candidatura que pôs o PS nervoso.
'Velho' que sou nestas coisas da política e do partido, lembro que o PSD só se afirmou verdadeiramente quando rompeu (e SEMPRE primeiro internamente!).
Afirmou-se com Francisco Sá Carneiro nos idos anos de 70; sim! contra o Conselho da Revolução, mas também contra os 'urbanos' do Partido: Nasceu a AD e o Conselho da Revolução perdeu o Poder. 
Afirmou-se com Cavaco Silva nos idos anos de 80; contra o 'bloco central' político, mas também contra parte do PSD: e o salto que Portugal deu foi imenso!
Agora, quando o País e a Democracia estão numa situação pior do que naqueles dois momentos não há margem para enganos, para experiências ou para cumplicidades pessoais ou de grupo.
Primeiro o País, depois a Democracia e por fim o partido. Como nem todos servem para dar corpo ao legado fundamental de Francisco Sá Carneiro apoio o único que demonstrou perceber o que está em causa.
Apoio Paulo Rangel!
 
(Adaptação a texto de Francisco Figueiredo)
publicado por Jorge Vala às 14:00
endereço do post | comentar | favorito
41 comentários:
De Irene Pereira a 10 de Março de 2010 às 16:11

Conheço o militante Paulo Rangel como a maioria dos militantes. Foi um parlamentar visível e que dignificou o Parlamento. Dos vários artigos de imprensa apercebi-me de ser um homem com uma disciplina mental que há muito não era visto na política portuguesa. O Partido precisa de fundamentos claros: na educação, na relação sociedade civil/Estado, na economia e fiscalidade, na justiça, na agricultura. Daquilo que me apercebi da sua biografia no site próprio denotei no Dr. Paulo Rangel homem disciplinado e com obra pública dentro da sua área. Não vejo no candidato Passos Coelho obra feita com relevância comunitária em ordem a ser o Primeiro -Ministro de Portugal. Não vejo no candidato Aguiar Branco ideias concretas e que sirvam de refundação do Partido, e que elevem a fasquia do Partido no eleitorado. A clareza e honestidade política do Dr. Paulo Rangel farão com que o eleitor não se sinta enganado no próximo combate.

De Rodrigo a 10 de Março de 2010 às 18:11
Acredito seriamente que estamos novamente a piorar, o Dom Sebastiao tem duas ideias uma parar as obras publicas a outra trabalhos de casa e uma quarta classse do " antigamente ". O Branco simplesmente não tem condições, o Passos os velhos não o deixam avançar, pois acabava com os poleiros e aproveitava para acertar umas contas.
Quanto ao DRº Jorge Vala e nosso Dom Sebastião gostaria de saber sem essa lenga lenga de nada dizer porque apoia o outro Dom Sebastiao com base em que propostas, propostas tambem que influenciam Porto de Mos?? é que ainda não consegui reter nenhuma ideia dois dos nossos mais destacados militantes dizem que o apoiam por causa da ruptura qual ruptura??? Eu apoio o Passos porque:
1- Renovação dos dirigentes do partido
2- Entrada de um funcionario para cada 5 que saiam na administração publica
3- Privatizar, com os dividendos pagar a divida publica
4- Acabar com as golden Share
5- Acabar com a vassalagem do partido ao Alberto Joao
6-Renovar o estudo do TGV para adaptar os carris para medidas europeias para transporte de mercadorias
7-Criar rede de estagios sem contrapartida em caso de despedimento
8- Limitar as despesas de representação dos deputados
e mais algumas
De Alvo a 10 de Março de 2010 às 19:09
Rodrigo:
Contra o que diz em toda a linha.
As eleições do PSD nada têm a ver com Porto de Mós;
ENGANA-se quando diz

"gostaria de saber sem essa lenga lenga de nada dizer porque apoia o outro Dom Sebastiao com base em que propostas, propostas tambem que influenciam Porto de Mos"

Porque a batata é para o batatal, o morango para o morangueiro.
As eleições do PSD têm a ver com um partido nacional e eventualmente com um Governo nacional.
Falhou pois a primeira.
As segundas (...acredito na robustez intelectual do Rodrigo que prezo...daí nãda de depressões após leitura e sobretudo nao se zangue...)
Vc gosta do Passos Coelhho pq:
1- Renovação dos dirigentes do partido: RESPOSTA: eu não vejo renovação, vejo OUTROS que já o fora.
2- Entrada de um funcionario para cada 5 que saiam na administração publica; RESPOSTA: PENSE bem na seriedade da medida. Há falta de funcionários nas polícias , nos tribunais...logo não pode ser essa a proporção (porque nao 1 para 7 ou 12, ou 2 para 39?!?) se o fosse era como jogar no EUromilhoes.
3- Privatizar, com os dividendos pagar a divida publica. RESPOSTA: JÁ vão FAZER ISSO, veja o PEC; GALP, EDP, Fidelidade, REN, informe-se melhor...5 mil milh~es que rendem.
4- Acabar com as golden Share: RESPOSTA: em que sector económico, parace que nao sabe o que é...uma golden share pode ser algo chave na orientaçao estratégica estatal em determinado sector como p. ex. das telecomunicações!
5- Acabar com a vassalagem do partido ao Alberto Joao; RESPOSTA: Alberto João também é militante. FEZ oBRA, Ganhou eleições E OS MADEIRENSES não São EsTUPIDOS...o Passos precisaria de farelo para ter as vitórias de Alberto Jardim!...
6-Renovar o estudo do TGV para adaptar os carris para medidas europeias para transporte de mercadorias. RESPOsta: QUANDO ? CARÌSSIMO RODRIGO? O TGV nao é para MERCADORIAS...
NAO DESESPERE, PENSE SÓ que esta noite erra. É humano.
Bjs
MAIS:
7-Criar rede de estagios sem contrapartida em caso de despedimento RESPOSTA. TRABALHAR sem RENDIMENTO? JÀ OUVIU FALAR DA OIT? É proibido...
8- Limitar as despesas de representação dos deputados. ORA, SIM SENHOR! VAMOS ESCOLHER O PRÓXIMO LÌDER para ISTO. POUPAR 7 milhões de euros...
RODRIGO, a esperança de vida é de 73 anos para os homens...
bjs
De Rodrigo a 11 de Março de 2010 às 15:44
A Alvo deve pensar:

1- voltamos ao mesmo que o nosso partido anda a fazer á anos, dizer que não concorda com as ideias dos outros e ZERO ideias e propostas com està mais uma vez patente
2- o Passos vai propor que a assembleia em vez de andar a fazer de conta que faz, criar comissões de acompanhamento das obra publicas, comissão de plano programatico do proprio pais nas suas linhas mestras supra partidario
3- propoe que as contas sejam aprovadas pela comissão de acompanhamento da divida publica e não como agora ninguem sabe o que esta a aprovar
4- analisar a implementação de incentivos ao investimento publico com base no 123 do Miguel Beleza
5 - quando o camionistas fizeram greve o pais parou, PORQUE não tem CAMINHO de FERRO que o ABASTEÇA, é fundamental ter linha de alta velocidade dirigida para as mercadorias como outros paises já tem, quanto a mim é das decisões mais importantes para Portugal
5- aeroporto da Portela + aeroporto de Lowcost no Montijo
6- 3ª travessia so rodoviaria
7- beneficios para o turismo DOURO e ALGARVE com ministerio do turismo e transportes
8- submarinos e helicopteros do PSD/CDS renegociar para equipamento maritimo emerso e equipamento aereo com assistencia europeia
etc é acompanhar o homem
ou então dizer que não concorda com as ideias deste e que o outro e que vai fazer Ruptura
De Anómico a 11 de Março de 2010 às 17:53
Já pensei...e foi rápido.
Basta lê-lo.
*
Não concordo e disse claramente porquê.
Se é zero, nao é problema de conteúdo, é de compreensão.
*
Já agora, explique melhor essa coisa do Miguel Beleza 123, submarinos, e comissões.
De MA a 10 de Março de 2010 às 16:38
Alguém sabe por onde anda o cilicio?
De Nzsdvorâk a 10 de Março de 2010 às 19:28
Esta coisa do cilicio já enerva...diga algo se tiver coragem. Diga.
*
De Anómico a 10 de Março de 2010 às 19:50
Ele é um cobarde!
De CILICIA a 11 de Março de 2010 às 15:48
a cilicia acha que ja sabem quem eu sou em todo caso digo que nao sou o Paulo e que o PSD de porto de Mós MORREU para sempre............................................»«»«»«»«»«»«
De alvo a 11 de Março de 2010 às 17:57
...mas eu nao sei!
Aliás é estranho que muita gente saiba...
ó homem desembuche coisas concretas e comunique com os outros e deixe-se de tretas! Bem sei que nasceu, é vivo, mas olhe que nao é assim tão relevante o mundo pedir-lhe pois é INEXISTENTE. Por agora, nao é assim, vá...porte-se bem...e concretize...coragem...
De MA a 13 de Março de 2010 às 13:04
Importa-se de se explicar melhor...?
De Anómico a 14 de Março de 2010 às 08:39
É fácil.
DIZER O NOME. SE é assim importante...é definir! Dizer...o nome. Caso contrário inexistente.
Fácil.
De MA a 16 de Março de 2010 às 18:46
Nome?
De Paulo Sousa a 11 de Março de 2010 às 08:47
Não tenho voto na matéria, mas por razões muito próximas a minha escolha também incidiria sobre Rangel.
Passos Coelho é um testa de ferro dos barões, é sócio de Angelo Correia e Vasco Rato e tem empresas com interesses em áreas sensíveis da governação. PAra cambalachos já temos Sócrates.
Aguiar Branco pode ter muitos atributos políticos mas não sinto que seja um mobilizador do eleitorado e sem vitórias eleitorais não vamos lá.
Além disso concordo que é necessário uma mudança clara de trajectória. Para o marasmo PSD/PS com discursos de centro e actuação de esquerda já temos décadas suficientes de tentativas com os resultados conhecidos.
De Pedro Oliveira a 11 de Março de 2010 às 10:30
Apesar de ter a ficha e cima da secretária ainda não me refiliei e muito por culpa do que se passou comigo e o PSD de Porto de Mós, mas continuo a ser social democrata e como tal interesso-me pelo que se vai passando pelo partido.
Sem dúvida que Paulo Rangel bateu o pé a sócrates no parlamento,mas ser líder parlamentar não é a mesma coisa que ser líder de um partido e/ou do país. É como nas empresas, quando se promove um bom técnico a líder, muitas vezes perdemos um bom técnico e ganhamos um mau lider.
Se digo que sócrates e Santana Lopes, por exemplo, vivem das luzes, do egocêntrismo e culto do eu, vejo algo parecido em PPC e Rangel.Depois há tiques de carácter que me preocupam e mostram o que pode vir dali, falo em concreto da traição de Rangel a Aguiar Branco e o facto de renunciar, com falta de memória, ao seu passado como militante do CDS, ou mesmo o facto de dizer que foi escolha pessoal de MFL para as europeias e agora dizer que nada tem que ver com esta direcção do PSD.Acresce a isso, não o facto de ser militante só há 4 anos, os partidos não são como a tropa, mas o facto de ter sido lançado impedir PPC de chegar á liderança,não me agrada.
Pedro Passos Coelho é um homem do partido que tem crescido como politico,mas falta-lhe carisma e credibilidade percebida, ou seja, ele não conseguiu descolar da imagem de líder da JSD e o facto de se ter incompatibilizado com Cavavo nos anos 90 e com Alberto João Jardim fez com que os barões assinalados lhe fizessem a cama...Sobra Aguiar Branco, homem calmo,sereno que sabe o que quer. O problema é que tem má imprensa e sabemos o que isso vale hoje em dia, daí a surpresa de todos no confronto com Paulo Rangel na TV, afinal o Homem vale mais do que dizem...
Temo que se ganhar PPC o partido lhe faça o que fez a Marques Mendes(muitos com saudades dele, mesmo os que o apunhalaram) e que se ganhar Rangel, ele não tenha a noção de sentido de estado e provoque eleições levando o país ao abismo, levando um chuto no rabo depois para que apareça um Rui Rio salvador da pátria que agora não quis ir a jogo por táctica politica.Aí Aguiar Branco ganha também pois tem perfil de estadista que bem ficou vincado neste acto eleitoral: primeiro o OE e depois o anúncio da candidatura....
A última razão é ideológica, eu sou do PSD centro esquerda e não do PSD conservador de direita de Paulo Rangel.António Capucho é daqueles que fica incomodado quando dizem que o PSD é de direita e eu também.
E pronto pensamentos de um gajo que não vota e está em minoria neste assunto,mas ok.

(este comentário faz parte de uma conversa no facebook sobre esta temática tida com a Irene Pereira)
De anónimo´s a 11 de Março de 2010 às 11:07
Obviamente nao vou discutir a sua opção ideologica.
Conservador sou.
E permita-me que o elogie: o PSD é de centro-esquerda como qualquer partido social democrata!
Vê bem!
Anda muita gente enganada no PSD, mais por iliteracia ideológica.
Mas como sempre foi assim o PSD passou mau bocado sempre que deixou a ideologia e passou ao campo dos favores, dos interesses.
ADRIANO MOREIRA, com quem aprendi muito, dizia há uma DIREITA dos VALORES e a dos INTERESSES.
O Dr. Paulo Rangel tem honestidade intelectual, fundamentação política. E a sua trajectória ideológica é clara. Claríssima.
Integrou-se no pirismo do CDS, algo que combati.
Facilmente o Prof. Lucas Pires integrou-se no PSD. Nada que me espantasse. Quem estava mal a meu ver era o CDS, pois de centro nao tinha que ter nada na minha modesta opinião. Surge o PP. Algo de que me aproximo e que voto.
Mas sou daqueles que consideram que o Governo Nacional merece respeito e merece ser respeitado. Seja rosa, laranja ou azul!
Se fosse social-democrata, olharia com atenção e agrado a candidatura de Paulo Rangel.
Atenção porque claro. Agrado porque veria os meus iguais nas urnas escolherem, escolherem sem burlas, sem simpatia por palavras bonitas e nebulosas, escolherem dando dignidade ao voto.
Ora, Paulo Rangel dá o élan ideológico e de razão prática que o PSD precisa. O PP terá com ele que afinar a sua linha estritamente conservadora na minha optica (arrumados que,estao os demo-cristaos de Freitas e companhia no PS) e o PS a sua linha socialista. O espectro politico fica claro: o eleitor só ganha ao escolher o próximo governo nacional! porque d detem perante si OPÇÕES CLARAS.
De anónimo´s a 11 de Março de 2010 às 11:20
O Dr. Paulo Rangel não é conservador. Por isso deu-se mal no cds.
Conservador é um cliché usado em Portugal de forma ERRADA.
A wikipédia poderá ajudar caso nao tenha tempo. Apesar da superficialidade, dá umas luzes.
Paulo Rangel situa-se numa linha muito pura do PSD, a linha social-democrata de tradição liberal-social defendida por Carlos Mota Pinto/Lucas Pires.
Os nossos comentadores de jornais "avalizados" têm ainda muito que aprender.
O facto de o denominarem de "conservador" e pq sao comentadores, e neste país de iliteracia dramática, faz com que o epíteto lhe fique sossegadamente, acriticamente...
Num país de coment+ários, e nao de textos, é assim!
Quem sao os comentadores? É vê-los...nas suas competências.
Ler, reflectir, conhecer é arduo.
Paulo Rangel nao é ideologicamente conservador.
De Rui Silva a 11 de Março de 2010 às 12:25
Parece-me que anda muita gente para aí enganada.
Não percebo muito de politica,mas depois destes comentários fiquei baralhado, pois ainda hoje na Visão li isto, Aguiar Barnco não é liberal, alusão a Passos Coelho, nem é neoconservador, alusão a Paulo Rangel , é do centro,e não foi nenhum jornalista, e já ouvi muita gente a dizer que Rangel sempre foi de direita da direita de Manuel Monteiro.Se Paulo Rangel não é conservador como diz o anónimo então a facção do PSD que vai votar nele vai ao engano e podemos ver isso pela amostra até neste blog: Pedro Aguiar Branco, Ana Narciso Pedro Passos Coelho e Jorge Vala e Paulo Sousa Rangel.
De Carminho a 11 de Março de 2010 às 13:50
Dizer que Rangel é social democrata, ideológicamente falando, só pode ser dito por quem não o conhece.Agora se disserem que o PSD que nunca devia estar no PPE e isso sim se identifica com o PSD que Rangel quer, então estamos de acordo.Daí que não seja de estranhar que Jorge Vala e Paulo Sousa, pelas suas posições aqui escritas são conservadores, apoiem Rangel, eles e muitos que estão no PSD enganados desde o inicio,mas só porque o PSD ganhava eleições, ou seja, para estes não interessa o partido,as suas fundações, os seu pilares, o que interesssa é ganhar a qualquer preço mesmo vendendo a alma.Problema é que sempre que o PSD vende a alma perde, mas isso para eles não é problema.
Só mais uma última pergunta, sou benfiquista e fazendo o paralelo gostaria de ter a opinião do Jorge Vala e do Paulo Sousa; o nosso Benfica vai impedir que sócios com menos de 15 anos possam candidatar-se aos orgãos sociais, para impedir paraque-distas, será que no PSD a ânsia de ganhar a todo custo a Sócrates não vão deixar entrar um pára-quedista que vai tornar o PSD num partido tipo PRD dentro de poucos anos?
De anónimo´s a 11 de Março de 2010 às 14:39
Carminho: diga-nos o que é ser social-democrata.
É que de ser conservador já vi que Não Sabe.
*
--Como é óbvio não é a Visão que chama o quê a quê. N é o facto de um jornal dizer que o senhor x é y que me leva a tomar como certeza o dito. Para ser jornalista, exige-se pouco...
--Quem quiser saber o que é o conservadorismo vá à wikipedia, e a partir daí estudem Burke, Oakshot, ou Kirk. O que é tem nome, e o nome é a síntese de fundamentos. Nunca houve em Portugal um partido verdadeiramente conservador...há tentativas, mas foram disputadas no cds PP.
--na sua tese de mestrado, o Dr. P Rangel revela um pensamento que nada tem de conservador. A sua tese debruça-se sobre o poder judicial. Os seus escrtitos nos jornais nada tem de conservadorismo (n pensem que conservadorismo significa ficar tudo como está, seria o mesmo que dizer que marxismo é o corpo físico de KMarx...há mais carne para ser mastigada, mais sangue para dar vida, e espírito como génese do discurso...). Mantenho o escrito acima.
--Não é o Sr.. Jorge Vala ou Sra. D. Ana Narciso que surgem como critérios definidores de ideologia. Estes militantes dentro da sua liberdade e intenção do melhor para o Partido pronunciaram-se publicamente como exige a seriedade democrática, escolheram porque nao estão indecisos. Honra lhes seja feita portanto.
*
Carminho: essa coisa do benfica...nao bate bem...importa-se de esclarecer? e tb o que é a social-democracia?
Please...preggo...por favor
De CILICIO a 11 de Março de 2010 às 19:02
esta agora os homens do psd porto de mos nao sabem o que e o psd andam a perguntar uns aos outros se sabem o que e ser ou nao ser eh eh .................«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»
De eu sei - Carminho a 11 de Março de 2010 às 21:08
Ó Dra é que os mesmos que defendem que em orgãos sociais de diversos organizações desportivas, ou não, não se deve aparar golpes de oportunistas são os mesmos, pelo menos em Porto de Mós, que dizem que o facto de Rangel só ser militante há 4 anos não importa, mas sabe porquê, é porque se estão a encostar à aparelhite distrital com vista a futuros ganhos politicos, isto nada tem que ver com ideologias ou certezas de escolha, é puro e duro taxismo polico.Por isso Drªa, não gaste teclas a tentar decifrar o que cada um pensa ou se há ou não definição politica,é que mesmo os que criticam Salgueiro do" és a meu favor ou contra mim "são os mesmos que apoiam este ou aquele por afinidade do taxo...Percebeu ou é preciso fazer um desenho? É que os licenciados em Dierito têm difiuldade em perceber o que são ciências exactas...
De Anómico a 11 de Março de 2010 às 22:20
Vc é daqueles que come e nao quer saber o que come...2+2 =4, agora explique o homem e o outro, como se relaciona, como surgeo poder?
Tem a ver com volume, horizonte.
Percebeu?
Mais,
Se percebesse o Direito nao dizia a boçalidade que descreve: o Direito tem muito de exacto: para sua segurança! Exemplo à boçalidade cometida: ter 18 anos é ser maior, isto é exacto...E se matar, sim se vc matar um desconhecido sem razão? Aplica o compasso? A boçalidade é positiva...permite vê-la: vc no seu escrito.
De Rui Silva a 11 de Março de 2010 às 22:12
Afinal há muitos jornalistas e comentadores enganados na nossa praça...........: "Calvão da Silva - Sobre Paulo Rangel diz que está a ser "excessivamente marcado pela direita a que pertenceu e de onde provém com o risco não negligenciável de a sua marca genética corresponder a uma OPA sobre o PSD e o seu acantonamento à direita".

De Rui Silva a 11 de Março de 2010 às 22:16
Esqueci-me de um grande pequeno pormenor é que para quem não saiba este Senhor foi secretário de Estado de Mota Pinto.Eu sei há muita gente no PSD que não sabe quem foi Mota Pinto ...........Coitado do PSD!
De Anonimo´s a 11 de Março de 2010 às 22:22
Rui diga o que é. Assim percebemos a sua credibilidade...
De anonimo´s a 11 de Março de 2010 às 22:27
Rui, puxe pela cabeça e debata ideias...se custa, descanse.
De Rui Silva a 11 de Março de 2010 às 22:33
A senhora é que tem de explicar porque é que disse que Paulo Rangel estava na linha de Mota Pinto e alguém que foi seu secretário de Estado diz que Rangel está no oposoo em relação a essa figura ímpar na história do PSD.Quando se fala de nomes em vão faz-se esse tipo de figutras,ridiculas, sem sustentação.caíram por terrra esse seu pseudo conhecimentos sobre o PSD, já sobre o CDS, quero lá saber. A não ser que nos venha dizer que Calvão da Silva não sabe o que diz e é mais uns dos opinadores que recebe para dizer o quer que seja.Sua credibilidade, anonimo´s,é igual a zero!
Passar bem!
De Anómico a 12 de Março de 2010 às 11:39
Ó Rui, francamente, use-a...sim ...use-a...e...pergunta-se:
calvao da silva terá razão? Porquê?
Eu já argumentei com dados objectivos que o afirmado por Calvao da Silva é falso nos fundamentos.
Vc nada disse, recorta daqui e dacolá...nao pensa...e debita faladura...
*
Rui,
diga o que vc é.
raciocine em torno do que é.
Após, sai pensamento...e eis que vem a palavra...após meça o que diz...de forma a que os outros o entendam...se nao souber, diga q nao sabe, nao ajuize, peça esclarecimento, terei todo o gosto a explicar-lhe com miminho.
De anonimo´s a 12 de Março de 2010 às 11:53
Querido Rui:

O facto de alguém ser secretario de estado de alguém nao faz com que tenha a credibilidade necessária para aferir do pensamento desse alguém.

O Prof. Mota Pinto escolheu para sec de estado porque se tratave de um governo, a questão agora é OUTRA.
Isto é fácil de perceber.
Eu qd escolho um fruto para fazer salada de fruta, não significa que esteja a dizer que aquela fruta é a ideal para mousse.
Desculpe lá o exemplo...mas isto torna-se claro.
Já agora, sabe qual foi a secretaria de estado? Ora, diga lá...
Pois.
A nao ser que vc pense que pessoas inteligentes são carreiristas. Apanham o mm autocarro, pertencem ao mesmo.
Francamente homem!
Exercite a sua veia...dê azo...agora nao misture alhos com bogalhos!
Em que os bogalhos servem para medir a qualidade dos alhos! Percebe? DEFINITIVAMENTE , ...percebe?
Bamos lá:
--o que pensa da intervenção do Estado na economia?
--qual o nível de fiscalidade que pretende para PORTUGAL?
--em que proporção ou na totalidade deverá ser a reforma dos trabalhadores? Com que base de cálculo?
Baseado em que princípio/valor?
--a educação deverá ser toda ela privatizada ou nao? Porquê? E a saúde?
--pretende mais formação cívica ou mais policias?
Fale substancialmente.
De Rui Silva a 12 de Março de 2010 às 16:14
Então drª a toga está justa hoje ou não?
Olhe que a questão do PSD tem muito que ver com Porto de Mós, ou pensa que pouca vergonha que se passou nas autárquicas não tem reflexos nos apoios que agora de prefilam? Se acha que não, vá á Machado santos em Leiria e sintra o cheiro do mijo dos ratos que se sente por lá e mais não digo.....................................................................................................
Não se esaqueça que quem puxou Mota Pinto foi a Drª, deixe lá nem sempre somos felizes nos argumentos que utilizamos, esse foi o caso.Não faz mal.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds