Terça-feira, 16 de Março de 2010

Político ou Estadista?

  Apesar do tempo que passou , este texto que elaborei há quase um ano, continua actual! Mais ainda quando o PSD enfrenta a escolha de um líder e de um futuro Primeiro Ministro.

 

               " Ultimamente tenho colocado a várias personalidades da vida portuguesa a seguinte questão: “numa agenda  eleitoral pesada e com a responsabilidade democrática de  fazer escolhas, como vamos distinguir um estadista de um político ?” Invariavelmente as respostas abordam o problema da excessiva importância da imagem, e, a falta de esclarecimento político do cidadão. Nos dias que correm é absolutamente essencial distinguir um do outro.   
     Finalmente uma resposta clara e simples. James Freeman Clark , autor  Norte Americano,  escreveu no século XIX  o seguinte “ um político preocupa-se com a próxima eleição, enquanto que um estadista se preocupa com a próxima geração”. Hélas! Faz toda a diferença. Concentram-se forças e energias  no acto eleitoral, elencando promessas que não vão poder cumprir, deixando um vazio de esperança e a democracia cada vez mais fragilizada. Há uma  multidão silenciosa insatisfeita com o resultado das  escolhas que fez,  e,  sempre que isso acontece o populismo ou o voto de protesto fazem o seu caminho.  O nível  de degradação atingido é deveras preocupante.Educação pública e estatal (em litígio e   com poucos resultados) , Justiça  independente do poder legislativo, (mas alegadamente parcial na aplicação da lei). 

(...) Todos os dias temos novos episódios : uma lei de financiamento de partidos políticos aprovada por quase todos os Deputados (   228) mas que todos os líderes ( era na altura líder Paulo Rangel)se apressaram a criticar fora da Assembleia da República. Lamentável.   Um primeiro – ministro, alegadamente, acusado de usar as suas relações pessoais e políticas em benefício próprio. Um ministro da economia com uma linguagem pouco adequada ao cargo que ocupa . Um tecido social cada vez mais crispado e cada vez mais endividado. Estamos desconfiados.

 

 

(...) Mas há esperança .. o professor Adriano Moreira afirmou o seguinte” a crise económica veio agravar esta relação de confiança entre o cidadão e o estado . Contudo, a crise económica resolve-se com estudos, soluções e resultados. Mas a crise de confiança vai demorar gerações a repor” . Absolutamente de acordo. E continuou. Reclama para o seu país, um Conselho Estratégico Nacional: um Banco de Dados Nacional onde seja possível aceder à  informação sobre Escolas, Universidades, apoio social escolar, resultados, corpo docente, projectos, etc, para que as famílias e os alunos possam escolher a escola ou a Universidade que desejam frequentar. Deixou ainda como grande desígnio nacional  o regresso à máxima de Fernando Pessoa “ A minha Pátria é a minha Língua Portuguesa. Um Estadista" 
Será o último?

in Jornal de Leiria,  Maio de 2009

publicado por Ana Narciso às 08:00
endereço do post | comentar | favorito
16 comentários:
De Pedro Oliveira a 16 de Março de 2010 às 08:54
Quando aparece alguém com essas caracteristicas, dizemos logo que é muito apagado e que não sabe empolgar...Depois votamos nos tais politicos,passado algum tempo, dizemos que são de plástico e que não são estadistas.Vá lá compreender-se estes tugas.
O resultado está à vista de todos, mas as verdades doem, e é mais fácil dar mais um passo em direcção a "nenhures" esse sitio fantástico!
De Paulo Sousa a 16 de Março de 2010 às 11:02
Quando aparece alguém com essas caracteristicas, dizemos logo que é radical e que vem de fora...
De Pedro Oliveira a 16 de Março de 2010 às 11:07
Leste o post da Ana ou só leste o meu comentário?
Dizer que Paulo Rangel é um estadista, a um Homem como tu,que gosta e sabe de politica interna e externa, só pode ser brincadeira de smile só com um olho,eheheh.

abraço
De Paulo Sousa a 16 de Março de 2010 às 14:17
Eu só falei em radical e não em nomes. Essa associação é de tua autoria.

De Jorge Soares a 16 de Março de 2010 às 09:00
Sim, foi o ultimo, sem dúvida.. e basta olhar para o que se passou este fim de semana para ver que de estadistas nada.

Os estadistas são pessoas que estão a leste da luta pelo poder, e por cá, tudo se faz com um único objectivo, o poder.

Jorge Soares
De Ana Narciso a 16 de Março de 2010 às 09:35
Jorge Soares" A espuma do tempo " faz.nos esquecer que este grande estadista também lutou pelo poder! E exerceu-o !Com qualidade ou não cabe às gerações futuras avaliar. Tenho contudo a certeza de uma coisa: também errou.
De Ana Narciso a 16 de Março de 2010 às 09:33
Mas lutar pelo poder pode ser uma actividade e um desígnio nobres. Não se executam as medidas que cada um de nós exige sem atingirmos o governo da Republica Portuguesa. E sem candidatos e sem campanha não há luta pelo poder."As armas "são distribuídas equitativamente: um Homem- um voto! Eu agora digo de outra forma: uma pessoa - um voto! É questão de género
De Anómico a 18 de Março de 2010 às 16:18
So queria referir que o orador que a Drª tanto apreciou estava com um "pelão" dos grandes confirmado pelo dono do restaurante onde jantou......
De Anómico a 18 de Março de 2010 às 17:24
Pelão?
De Anómico a 18 de Março de 2010 às 17:38
quem tava de pelao?....n se percebe...ou tem medo de difamar? ...mas covardemente vai dizendo...
De Ana Narciso a 18 de Março de 2010 às 17:31
Conheço o Dr. Fernando Costa há mutos anos e goste-se ou não ele é assim turculento, desafiador, proocador mas capaz de criar empatia com os outros.è assim desde que o conheço. Já tive a oportunidade de lhe dizer que cometeu alguns excessos; mas também disse o que muitos comentam e não têm coragem de o dizer em público.É verdade que perde em Congressos , mas ganha nas urnas. Alguém explica esta contradição?
De Pedro Oliveira a 16 de Março de 2010 às 11:56
A um amigo não se pode negar um pedido:

"hoje é o último dia para pagar quotas para os militantes do PSD que queiram participar no acto eleitoral do dia 26".


O incentivo para votar no Pedro Passos Coelho também fazia parte do pedido. Abraço ao Marcelo Nuno e Hélder Sousa .
De anónimo´s a 17 de Março de 2010 às 09:35
Um estadista só o é quando exerce o poder de forma histórica, marcante, com consequências positivas...e que passam a imediatez do tempo.
*
Paulo Rangel tem condições para tal. Não é. Mas tem.
Seriedade, Competência, Rigor.
O seu pensamento não é volátil como é de Passos Coelho. Desdiz-se à sombra da notícia do momento.
Paulo Rangel sabe como poucos o que é a social-democracia, a possível para Portugal.
*
Como se perceberá, Portugal, a Nação Portuguesa, precisa de homens de verdade, seja à esquerda seja à direita. E o que se passa na politica portuguesa é a estabilização no poder de uma gente que nada alcançou na vida civil, seja no PP, PSD, ou no PS!
Paulo Rangel é pois um candidato a ser um Estadista!
De Irene Pereira a 17 de Março de 2010 às 11:28
Subsrevo este post do anónimo's.
Ontem estive em Santarém no jantar do DR. Paulo Rangel.
Sala cheia e uma postura a que já nos habituou. Um discurso de quem é profundamente conhecedor da realidade. Humilde, despojado, sem aparato. Sem folclore. Praticamente sozinho, à semelhança do que aconteceu nas europeias.
Ideias bem definidas, um homem de valores, sério.
No fim o memso sentimento. Paulo Rangel faz a diferença no partido e poderá fazê-la também no país.
De Anómico a 18 de Março de 2010 às 16:19
Já sabe das novidades fresquisnhas do nosso concelho, parabens pela sua distinção e notariedade para o nosso concelho.........
De marco a 18 de Março de 2010 às 17:06
nao....diga....

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds