Quinta-feira, 25 de Março de 2010

Mater(eter)nidade #2 – Playlist

Ao longo da minha gravidez tenho vindo a construir uma lista de músicas que retratam o que eu sinto, o que eu quero e o que perspectivo do meu papel de Mãe. Escuto-as, com o meu Santiago, para que ele as venha a reconhecer e porque realmente me fazem sentido pelo valor da mensagem e pela musicalidade.

 

Hoje vou partilhar convosco uma música o que eu considero que é um dos papeis fundamentais do ser Mãe/Pai “ter alma de ouvir e coração de escutar…”.

 

A letra é do Caetano Veloso, um compositor que eu gosto muito pela riqueza das suas letras e musicas e é cantada pela Marisa Monte.

 

Sou Seu Sabiá

 

Se o mundo for desabar sobre a sua cama

E o medo se aconchegar sob o seu lençol

E se você sem dormir

Tremer ao nascer do sol

Escute a voz de quem ama

Ela chega aí

 

Você pode estar tristíssimo no seu quarto

Que eu sempre terei meu jeito de consolar

É só ter alma de ouvir

E coração de escutar

Eu nunca me canso do uníssono com a vida

 

Eu sou

Sou seu sabiá

Não importa onde for

Vou te catar

Te vou cantar

Te vou, te vou, te vou, te dar

 

Eu sou

Sou seu sabiá

O que eu tenho eu te dou

Que tenho a dar?

Só tenho a voz

Cantar, cantar, cantar, cantar

 

Sem dúvida que há músicas que nos descrevem, nos guiam e nos projectam!
estou:
publicado por Telma Sousa às 08:00
endereço do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Maria Antonieta a 25 de Março de 2010 às 12:36
Um post delicioso.
Uma canção fantástica muito necessária nos dias que atravessamos.
Felicidades no seu papel de mãe
De Maria Antonieta a 25 de Março de 2010 às 20:07
Ofereço á Telma com muito carinho

O feto

Mulher... deixai-me crescer dentro de você
Não importa meu nome nem minha cor nem o que serei
Só me deixe crescer.
E quando eu estiver crescendo me ame,
Fale comigo,
Me pergunte algo e me deixe responder a você.
Me toque com carinho,
Deixe-me sentir amado dentro dessa bolsa
Onde se mistura oxigênio, sangue, água e vitaminas.
Eu sei que posso ser incomodo através dos dias, semanas e meses.
Sei que posso sufocar seus caminhos
E, por momentos, posso ser embaraçoso
Mas posso, também, inverter a situação.
Quem sabe, mulher,
Posso mudar a direção dos seus passos, sua vida,
Levar alegria para sua casa e a você,
Quando não houver ninguém por perto.
Quem sabe posso trazer luz e esperança nos dias difíceis
E quantas coisas posso fazer de bom.
Mulher... estou aqui dentro, ouvindo e sentindo tudo
E posso saber quando sou bem quisto e amado por quem te rodeia,
Posso sentir suas preocupações e suas emoções
Porque respiro o seu ar,
Cresço com suas energias,
Desenvolvo-me com sua alimentação,
Choro com suas lágrimas,
Sorrio com o sua alegria,
Sinto você em todos os momentos.
Você pensa que não me cansa
Estar dentro de uma bolsa pequena querendo sair
Para esse mundo agitado, mas esperado por todos nós?
Você recebeu lá do Pai a ordem de esperar
E eu a ordem de chegada.
Mulher... me deixa chegar, eu preciso.
Mulher... me deixe sonhar dentro de você
Com esse planeta que ainda não conheço.
Mulher... me deixe passar por novos caminhos
Estradas, curvas e abismos.
Abrindo a trilha deparo-me com a porta
Por onde quero sair e você não me deixa.
Preciso sair, não posso mais ficar,
É hora, mulher, de você me ajudar
Você está gritando e lamentando
Mas eu estou chegando
Batendo na porta que você vai abrir e eu vou passar
Mulher... ai então já cheguei.
Mulher... te agradeço.
Como chamas? Como é linda!
Cor ou raça, não me importa quem és
Só queria nascer
Só quero crescer e viver
Te agradeço por estar aqui
Mudarei o seu nome, seus olhos
Te amarei
Deixarás de ser aquela mulher
Serás a mãe verdadeira
Que a vida inteira esperei conhecer
Obrigado mãe, por eu ter nascido
Obrigado por ter compreendido esse ser que te ama
Obrigado por ter me ouvido e por todo o carinho.
O amor multiplica,
O êxtase se explode em amor verdadeiro,
Para o mundo inteiro, nós vamos gritar.
Que o feto cresceu,
Que o feto nasceu,
E que o feto sou EU.

Todos os direitos autorais reservados a Escritora
Rosemary Rezende
ISBN : 85-904948-1-0
Brasil, do livro Uma Luz No Fim Do Túnel – A light at the end of the tunnel


Telma
De Telma Sousa a 29 de Março de 2010 às 13:16
Muito obrigada pelo poema e pelo gesto.Irá para a minha coletânea. Boa semana!

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds