Terça-feira, 30 de Março de 2010

SAP de Porto de Mós vai encerrar

A CINCUP no seu portal   revela  que:

O Serviço de Atendimento Permanente do Centro de Saúde de Porto de Mós poderá fechar as portas em Abril.
A questão foi levantada ontem na Assembleia Geral da Associação de Bombeiros Voluntários de Porto de Mós.
O presidente, António Carvalho, anunciou que se prevê o encerramento do Serviço de Atendimento Permanente (SAP) em Porto de Mós, ainda este mês.
O responsável explica que a situação vai provocar um aumento de serviços para o hospital de Leiria, o que fará aumentar as receitas por se efectuarem mais transportes, mas também aumentam os tempos 'mortos' já que as ambulâncias demorarão a sair da unidade hospitalar por terem de esperar pelas macas dos doentes.
António Carvalho diz que a situação será complexa. Os problemas surgirão a nível material e de recursos humanos.
O encerramento dos Serviços de Atendimento Permanente surge com a criação das Unidades de Saúde Familiar.
Trata-se de equipas de profissionais que se propõem, dentro de um centro de saúde, gerir autonomamente uma bolsa de utentes, comprometendo-se a atendê-los mesmo que o seu médico de família não esteja disponível. Isto mediante horário alargado de consultas e remuneração consequente.
Em todo o país o encerramento do SAP, muitos a funcionar 24 horas por dia tem causado bastante contestação por parte das populações, como se verificou ainda durante o dia de ontem em Valença, no Norte do país.
A Dom Fuas Fm tem tentado o contacto com a Dra. Anabela Lucas, responsável pelo Centro de Saúde, mas até ao momento sem sucesso.

tags:
publicado por Ana Narciso às 16:14
endereço do post | comentar | favorito
20 comentários:
De Maria Antonieta a 30 de Março de 2010 às 17:04
A confirmar-se essa situação Porto de Mós perde qualidade de vida
Quando cheguei a Porto de Mós, tinhamos urgências até á meia noite, depois o horário ficou reduzido até ás 22 H e finalmente 20 H.
Agora com o seu encerramento estou a imaginar os utentes a ficarem horas esquecidas na sala do serviço de urgência do Hospital de Leiria.
Se com os SAP a funcionarem já era o pandemónio que infelizmente todos nós conhecemos imaginem depois.
Esta situação é muito séria e creio que deveria ser caso de discussão na própria Assembleia Municipal.
De Ana Narciso a 30 de Março de 2010 às 17:18
Antonieta, até à próxima Assembleia Municipal o SAP já estará encerrado. Quais são as alternativas?
De Maria Antonieta a 30 de Março de 2010 às 17:22
Como foi possível só agora se saber?
Penso euque esta medida já deveria estar equacionada há muito.
Sinceramente fiqueimuito surpreza com isto.
Penso que se deve informar o mais possível a população, convocar-se a populaçãp dar-se-lhe conhecimento e discutirmos todos juntos as medidas a tomar. Penso eu que será a melhor alternativa.
O que pensa da minha sugestão?
De Ana Narciso a 30 de Março de 2010 às 18:08
Continuo com a mesma preocupação: quais são as alternativas? Quais eram os custos deste serviço? Quantos utentes eram atendidos e que pessoal tinha afectado?
Não me surpreende esta medida; afinal não mudámos de governo nem de política, estamos mais endividados e o "cinto" é para apertar em todas as fatias do nosso quotidiano. Fomos avisados! mas escolhemos o mesmo
De Jorge Oliveira a 30 de Março de 2010 às 18:45
Pelas opiniões que tenho ouvido de pessoas que nas suas localidades já são servidas pelas Unidades de Saúde Familiar USF ), todas sem excepção afirmam que a qualidade de serviço é incomparavelmente melhor, os tempos de espera nos SAP's que se traduziam normalmente por horas são agora de minutos nas USF 's.
De Febo a 30 de Março de 2010 às 20:05
Aconselho-o a obter mais informação.
Algumas delas estão em risco de fechar, por falta de transferência de verbas.
Uma questão simples- não estamos a falar de médico de familia.
Estamos a falar de urgencia/emergência.
O Centro de Saúde de Porto de Mós tem SAP todos os dias(sábados e domingos incluidos) e encerrando as 20h, recebendo as populações de Batalha e algumas zonas de Alcanena.
Se fechar, o destino será irremediavelmente LEIRIA.
E aqui?
Já hoje qual o numero de horas de espera?Muitas e muitas vezes a urgência a rebentar pelas costuras.
O próprio Director do Hospital já referiu imensas vezes que acorrem ao hospital e transportados pelos bombeiros situações não emergentes, e que deveriam ser atendidos nos C. Saúde.
Tenho provas documentais do que afirmo.
Como vamos ficar?
Melhor?
No nosso caso concreto sei bem a resposta.
Não pelos profissionais de saúde,e sim por uma politica concentracionista,despejando no hospital, o emergente, o urgente e aquele que poderia esperar algumas horas.
Mas a doença e especialmente com garotos envolvidos, altera-nos a lucidez.
Qual a resposta?Para o Hospital depressa.
Para ir para a fila.
De Maria Antonieta a 30 de Março de 2010 às 19:59
Pelas informações que entretanto consegui recolher o que vai acontecer é o seguinte
O serviço ficará com o regime de consulta aberta das 8h até ás 20h.
Também recolhi informações que as Unidades de Saúde estão a funcionar muito bem e que a maioria das pessoas encontram nesta reforma melhorias significativas.

De anonimo socialista a 30 de Março de 2010 às 20:12
Como se muda tão depressa da manifestação para a aceitação!!!
Ou se passa do CDS para o PS.......
De Maria Antonieta a 30 de Março de 2010 às 22:16
Senhor anónimo socialista, acho que é assim que se identifica, eu não mudei da manifestação para a aceitação.
O senhor é que pelos vistos não compreendeu.
Eu disse que era grave o Sap fechar e continuo a dizer o mesmo só que o que vai acontecer é uma coisa diferente.
Preocupei-me em rapidamente obter informações e documentar -me e passei a saber que o serviço continua activo mas em regime de consulta aberta.
Logo a situação passou a ser diferente, isto é,se eu estiver com febre posso na mesma forma dirigir-me ao serviço, que tenho um médico que me atende.
Percebeu agora?
E quero dizer-lhe mais :
Em assuntos do meu concelho não sou partidária.
O meu partido é o que for melhor para o concelho onde vivo e de que gosto.
Posso prová-lo quando na Assembleia Municipal, contra o que o CDS defendia na altura , votei a favor da Ota, porque achei que era o interesse do meu concelho que falava mais alto.
Mas ainda lhe quero dizer mais:
Não vou filiar-me no PS se é com isso que o meu caro anónimo socialista está preocupado.
Não vou não senhor.
Mas tenho a noção que o País está numa situação muito grave, situação que não foi criada única e simplesmente por este governo mas pelos governos que o antecederam, nomeadamente PSD e CDS e também por uma conjuntura internacional que ainda nem ninguém sabe que consequências terá e não é com instabilidade e mal dizer que poderemos resolver ou pelomenos minimizar os problemas.
O meu caro anónimo socialista tem todo o direito de ter as suas opiniões que eu respeito, como respeito as de toda a gente, não tem é o direito de presumir que pode entrar ou intrepertar os meus pensamentos.
Uma boa noite senhor anónimo socialista.
De Anómico a 30 de Março de 2010 às 22:19
Que eu saiba a D.Antonieta não mudou de partido apoiou pessoalmente quem ganhou o que aconteceu com um expressivo resultado...o que pode perguntar é como é que o PSD local passa de um partido de referência para uma nulidade de credibilidade junto dos eleitores...mérito de joão salgueiro, do ps local e total incompetência de quem se encontra à frente do PSD Porto de Mós e que ninguém responsabiliza...
De Anómico a 31 de Março de 2010 às 08:55
O PSD de Porto de Mòs está governado por meio dúzia de narcisos que, apesar da derrota estrondosa e das críticas que fizeram em tempos a propósito doutra derrota bem menos copiosa, continuam a assobiar para o lado...
De Anómico a 1 de Abril de 2010 às 10:45
É claro que mais uma vez se trata de uma manobra de diversão da nossa Dª, mais uma possibilidade de manifestação ou até mesmo uma pedição...
sempre com o objectivo de lançar a confusão entre a população através dos meios de comunicação e o seu blog, agora em concertação com o Dom Sebastião.
Deixem-se de habilidade e façam algo de util.....
Estou conhecedor da situação pessoalmente e as situações estão a correr como planeado e bem...
O seu slogan O SAP VAI FECHAR é lamentavel de alguem que diz lutar pelos interesses da população, mande cá vir a TVI e a SIC, faça uns cartazes vá para a rua triste.
De Ana Narciso a 30 de Março de 2010 às 21:52
Antonieta aprendi consigo que o humor é uma excelente arma; use-a para comentar o comentador anterior!
De anónimo a 31 de Março de 2010 às 11:33
Este caso demonstara bem que o povo de Porto de Mós é manso. Todos gozam connosco, não se passa nada nesta terra e tudo se desculpa e absorve, até quando?
E o PSD o que diz? Ou só sabe dizer aquilo que quis impingir na campanh e deu direito a banhada eleitoral?
Para quando um Pedro Passos Coelho na concelhia PSD de Porto de Mós?
De Jorge Vala a 31 de Março de 2010 às 11:54
Parece-me que o assunto merece pouca discussão.
Hoje o Centro de Saude de Porto de Mós proporciona aos utentes um Serviço de Atendimento Permanente das 8h00 às 20h00, sete dias por semana.
O que vai acontecer é o encerramento deste serviço!
Não há meio termo quanto a este assunto. Substituição por outro serviço? Onde é que já ouvimos isso? Claro que passaremos a ser ainda mais periféricos, porque uma vez mais vamos passar a depender do serviço prestado por concelhos vizinhos.
E o Municipio? Silêncio absoluto!
Provavelmente vai dizer que as matérias relacionadas com a saúde não são da sua competência.
No entanto a este nivel o que tem sido divulgado pela Comunicação Social é o contrário. Os Autarcas envolvem-se e nalguns casos até promovem a manifestação pública eplo encerramento dos serviços. E o que temos visto é o encerramento do serviço 24h00, passando a 12h00 (idêntico ao que temos actualmente).
Mas para Porto de Mós, o presente vem com embrulho: Encerra definitivamente!
Tenho pena que nesta situação como noutras (casa velório, aumento da água, ar condicionado do cine teatro, IC9, Variante a Porto de Mós, etc) a população discorde da actuação do Municipio, mas aceitem, conformadas, resignadas e em muitos casos até com um sorriso.
O Povo de Porto de Mós está efectivamente sereno e parte agradado com esta Governação.
Eu não me resigno!
Para começar, que tal uma petição?
De Pedro Oliveira a 31 de Março de 2010 às 13:56
Caro Jorge,
Lamento dizê-lo mas a sociedade Portomosense está a borrifar-se para petições, manifestações e outras movimentações. A base de apoio a este executivo é enorme, é um facto, como tal é dever dos partidos da oposição serem crediveis na forma como fazem oposição e como conseguem passar a mensagem para os municipes, de forma a pressionar o executivo a tomar medidas concretas nesta ssunto como em outros, como por exemplo a EB2 da Corredoura.
Não perceber isto é não perceber porque se perdem eleições sucessivas e com resultados cada vez piores.
Não direi que seja preciso um PPC no PSD de PMS,mas que é preciso assumir responsabilidades e não fazer de conta que nada se passou, disso não tenho dúvidas, eu e muitos municipes votantes e ex-votantes do PSD.
De Anómico a 31 de Março de 2010 às 14:38
Leitura muito correcta de Pedro Oliveira ao contrário da falta de sensibilidade do Jorge Vala que continua com a mesma linha de pensamento que tem caracterizado os actuais responsáveis do PSD Porto de Mós e que ninguém responsabiliza pela humilhante derrota nas últimas eleições...continuem a assobiar para o lado, fazer petições(mais uma iniciativa de sucesso da Dra Ana!) ou continuar com a malediçência que o povo de Porto de Mós já demonstrou bem o resultado que dá!
De sap1 a 1 de Abril de 2010 às 12:47
Para quando o quê em porto de mós???
Um ppc?
Vcs querem o mesmo.ELES já eram do PPC...
Mas mais...ainda o PPC nao chegou à montra (sim, porque vai ser de montra Só...) e já esperam dele a vitória em Alcacer-Quibir....santa mentalidade!
De Jorge Oliveira a 31 de Março de 2010 às 15:37
Só quem não precisa de ir ao Centro de Saúde CS ) de Porto de Mós, é que não quer que se mude o que está, o SAP atende na sua esmagadora maioria pessoas que não conseguem uma consulta através do Kafkiano método que o CS tem para marcação.
Logo se através das Unidades de Saúde Familiar USF ) se garante que existe sempre médico de família para atendimento das pessoas, como e pelas indicações que tenho assim acontece nas USF 's já a funcionar, o SAP deixa de fazer qualquer sentido, e teremos os médicos do SAP nas USF a fazer consultas de rotina e qualquer urgência que porventura possa aparecer.
De Pedro Oliveira a 14 de Abril de 2010 às 15:25
@oportomosense SAP afinal não encerra...muda de nome e de funções...Vêm aí as Unidades de Saúde Familiar. Os pormenores na nossa edição de 15 de Abril.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds