Segunda-feira, 3 de Maio de 2010

Parabéns à Banda Recreativa Portomosense (BRP) !

A BRP faz, hoje, 202 anos! Uma instituição que devia  merecer  todo o carinho da população em geral e do poder politico que "manda" no concelho em particular.

Os dirigentes apelam, na última edição do "OPortomosense", para a necessidade de a Banda ter uma sede condigna e condizente com o seu historial e potencial dinamizador cultural no concelho.

 

Já aqui falámos sobre a Banda e suas potencialidades , em 2008, Paulo Lameiro, foi o convidado da BRP, para nos falar do fenómeno das Bandas Filarmónicas e na altura descreveu o que considerou ser o mais importante fazer:


"Para falar no futuro, é fundamental conhecer o passado, e, quanto a mim, é aqui que reside o cerne e o principal daquela maravilhosa palestra. Ficámos todos a saber que a Banda não tem o seu “espólio” organizado, que não sabe o que faziam os seus fundadores, quando a Banda ainda se chamava Filarmónica e que não há um estudo sociológico através dos tempos, dos documentos da Banda que permitissem, agora, perceber qual foi a trajectória da instituição ao longo destes longos anos, de modo a entender qual foi a sua interacção com a sociedade e vice-versa, para poder projectar um rumo para o futuro. Aqui, Paulo Lameiro, foi peremptório e muito claro! Que era infinitamente mais adequado e fundamentado o gasto de alguns euros numa investigação profissional, sobre o passado da Banda, do que em qualquer novo instrumento. Deixou, ainda, como sugestão, a possibilidade de recorrer à contratação de um estudante finalista em Antropologia ou Sociologia para fazer este trabalho, pois têm as competências e saberes para realizar o trabalho. Os elementos dos corpos sociais presentes foram unânimes na necessidade da realização deste estudo" .

 

Se em 2007 foi AQUI escrito sobre uma possível Universidade Sénior, em Porto de Mós, e ela vai concretizar-se, o nosso desejo é que como também em 2007 AQUI começámos a escrever sobre o nosso carinho para com a Instituição Banda Recreativa Portomosense, que este ano de 2010 seja o ano de ver cumpridos os sonhos dos seus dirigentes.

 

Podem contar connosco! Parabéns!

 


 


publicado por Pedro Oliveira às 08:00
endereço do post | comentar | favorito
24 comentários:
De Pedro Oliveira a 6 de Maio de 2010 às 08:41
Como editor do Vila Forte e autor do post, queria agradecer à direcção da BRP pelos esclarecimentos que aqui vieram prestar a quem colocou dúvidas (ainda que de uma forma pouco "católica, as dúvidas não deviam ser certezas absolutas). Mostra que a blogosfera pode e deve ser esclarecedora, assim entendam quem é questionado e se liberte de preconceitos em relação a estes espaços.
Parabéns à BRP e um obrigado pelo serviço que presta à comunidade Portomosense e pela humildade em vir ao Vila Forte "falar" sobre a instituição. Assim, SIM!!
De João Santos a 6 de Maio de 2010 às 18:08
Ora boas tardes...
Antes de mais gostava de desejar os parabéns à BRP 202 anos não é todos os dias.
Sou músico na banda ha 7 anos... comecei com 4 a aprender música, aos 8 anos entrei para a banda, após uns meses(poucos) de aprendizagem pois já sabia as bases passei ao instrumento, e até agora são 8 anos que tenho de música neste excelente grupo de jovens... Sim eu encaro isto como um grupo de jovens, porque esta é uma associação onde há músicos mt jovens (11 anos) e outros menos jovens (30 anos) ora para a idade que a banda tem isto é mt bom...

Eu como músico da banda de Porto de Mós sinto-me mal quando chegam ao pé de mim e me perguntam se Porto de Mós tem banda... isto é degradante, e atenção que isto já me aconteceu por inúmeras vezes, é incompreensível na minha opinião...

Eu só tenho 2 desejos a realizar na banda, um deles é poder dar a este grupo o melhor de mim durante o mais tempo possível, o outro é que a banda seja reconhecida e que com isso possa melhorar a sua qualidade.

Óbvio que a banda tem mt a melhorar, mas precisamos de ajuda... alguma vez se propuseram a ir ver um ensaio que seja da banda apoiar-nos, ou apenas dizer boa noite à porta da instituição? Actos simples que para mim têm mt significado, pois fazem-me sentir que estou a ajudar nalguma coisa e que a banda está a ser reconhecida e amada pela população.

Falam aí de dinheiro e fins de semana perdidos... eu não tenho mt a dizer sobre isso. Os fins de semana não são de todo perdidos, enfim gosto de os passar num serviço da banda, divirto-me e faço o que gosto. Não entrei para a banda a pensar no dinheiro que isso possivelmente me ia render, entrei pelos amigos e pelo gosto à música. Conheci mt gente na banda, grandes amigos com quem sei que posso contar, e digo de novo... não estou na banda por dinheiro algum, não escondo que o prémio que recebemos no final do ano é bom, pois estaria a mentir, mas não é o que me importa, se não recebesse nada continuaria da mesma forma e sempre a tentar melhorar e dar mais e melhor de mim à casa.

Não tenho mt mais a dizer... Pensem um pouco antes de dizerem as coisas, acho que os jovens que andam na Banda Recreativa Portomosense merecem um pouco mais de carinho por aquilo que fazem e representam na população de Porto de Mós.

Deixo-vos com um bem aja a toda a Banda e que com a minha ajuda chegue onde merece e evolua.

Assinado: O Porta Chaves :)
De Pedro Oliveira a 6 de Maio de 2010 às 23:10
Caro João,

Eu sou dos tais gajos que quando tinham idade para aprender música achava aquilo tudo uma grande seca,não me via fardado e a tocar a compasso numa procissão qualquer sempre no mesmo ritmo, o "ódio" à música agravou-se no ciclo preparatório com aulas de meter medo ao susto e que até aos 30 anos me fizeram nem querer saber de instrumentos para nada. Em Coimbra, percebi o quanto era importante saber música, pois culturalmente havia uma triagem, clara, dos parolos que não sabiam de música, como eu, e aqueles que através de uma viola, cavaquinho, acordião ou simples flauta encantavam miúdas (e graúdas....)e do nada faziam grandes serões e serenatas. Aí vi que estava enganado em relação á importância das bandas filarmónicas em meios como Porto de Mós. A vida cultural numa acidade como Coimbra, na altura, também se media pela nossa capacidade de estar numa sala, num auditório e perceber a "aurea" de um concerto mais erudito.Passado esse tempo e percebendo que tinha um enorme défice de apreensão musical e de entendimento desta linguagem, quando tive oportunidade de aprender não me fiz rogado, daí que para mim a SAMP ,nos Pousos, seja a referência para tudo de bom que as bandas têm, é que através da banda filarmónica , a SAMP percebeu que antes de formar crianças e jovens tem de formar pais como eu que foram "aculturados" pelo nosso sistema de ensino. Meu caro, está ver o que é um gajo com mais de 30 anos a aprender a tocar saxofone ao mesmo tempo que a sua criança de 8 anos a tocar violino?
Por isso é que desde que o Vila Forte, blog, existe, sempre disse que a Banda Recreativa Portomosense deve ser uma das instituições que nada deve faltar, desde sede, a instrumentos, passando pela escola de música. Hoje não tenho dúvida nenhuma que a música é factor fundamental e decisivo para diferenciar uma população normal de uma uma população de excelência.Daí que para mim seja fundamental uma escola de artes em Porto de Mós que junte banda, grupo coral,escola de dança e teatro. Não custa nada está tudo inventado, olhem para a SAMP .Copiar o bom que há não é sinónimo de inferioridade, antes pelo contrário, é um acto de inteligência.
abraço, estou disponivel para aprender e ajudar!
De antonio carvalho a 7 de Maio de 2010 às 00:34
Gostei deste seu comentário. Hoje, sinto uma enorme dificuldade em entender algumas coisas, porque quando podia ter ousado a aprender música, ía ficando a dormir e a decorar ou trautear cantigas.
A qualidade de vida que podemos ter, tem uma génese musical, mesmo que apenas sonora, mas quem tem a felicidade de saber fazer sorrir um instrumento musical, merece todo o meu apoio.
Aos jovens que aprendem ou ensinam música, deve-se prestar todo o carinho e ajuda. Instituições como a BRP, são um património cultural e social que devemos preservar a todo o custo. Daí que nesta passagem de mais um Aniversário, faça um apelo veemente à população do nosso concelho para que "viva a música da sua banda" e deixe que os seus tímpanos se encontrem abertos às melodias e sons que recordam memórias e afectos. São trechos da história que não podemos perder. Sem música, nunca haverá festa de verdade.
De Emanuel Santana a 7 de Maio de 2010 às 01:46
É por estas e por outras que eu me começo a sentir velho! Ainda ontem o "Porta-Chaves" entrou para a banda com metro e meio e a chatear toda a gente e agora vem aqui e faz um comentário destes :P

Excelente comentário e cheio de razão. Abraço rapaz. Até sábado.
De Mb a 7 de Maio de 2010 às 06:23
Emanuel, meu caro,
Durante este percurso de vários anos temos tido alguns momentos de divergência não em relação à importância da banda e, principalmente, a quem a mantém viva - os músicos - mas mais a aspectos organizacionais, o que também é normal dado tu e eu termos responsabilidades e posições distintas na instituição, o que faz com que, por vezes, tenhamos visões algo diferentes da mesma realidade, no entanto, hoje, assino por baixo cada palavrinha tua. Vê lá como o puto já fala... e escreve (outra grande surpresa). Este porta-chaves tá-se a sair, de facto, uma grande surpresa.
A título pessoal e institucional só tenho a agradecer a forma como tu, ele, e outros bons amigos têm explicado aqui a quem quer ter algum espirito de abertura, o que é a BRP, como funciona, e o que tem para cativar "gajos" como tu, estudantes universitários, que poderiam estar a fazer outras coisas de que retirassem um reconhecimento social que infelizmente ainda não vão tendo quando envergam aquela velhinha "farda", ou a recompensa material que tanto jeito dá a quem está a estudar ou no início de uma carreira.
Como diz o presidente, temos aqui um belo grupo de jovens e por isso a Banda Recreativa Portomosense, contra ventos e marés lá continuará a sua nobre missão. A comemoração dos 202 anos, no Juncal, já este sábado, é o próximo passo. Acompanhem-nos nos vários momentos mas, principalmente, na romagem ao cemitério às 19 horas, assim como no espectáculo que vai reunir a banda, Zeca Vigário, Madalena Santos e a banda de garagem The Republicans, ás 21.30 no salão paroquial do Juncal.
Um abraço do director mais chato e rezingão com quem alguma vez te terás encontrado na BRP.

De Emanuel Santana a 7 de Maio de 2010 às 15:01
Acabei de ler o comentário a rir!! Hehe!!

Correndo o risco de me estar a tornar chato porque ainda não parei de deixar aqui comentários, vou ter de o voltar a fazer porque existe aqui um assunto importante a reter, o reconhecimento social. Quantas e quantas vezes não ouvi eu já, tocas na Banda? A sério? E levantas-te cedo??? Hehehe! Tu és é maluco!! (Só aqui para nós às vezes também acho que sou. Eu e os meus colegas!) Mas acredito que, aliás tenho a certeza, há quem nos valorize e muito. Aliás toda esta discussão que foi aqui criada com um simples post de um blog já nos faz perceber que estamos vivos e que "mexemos" com a sociedade.

Para finalizar apenas dizer que todas as divergências ou convergências de opinião são boas para a BRP e para nós próprios e normalmente há sempre solução para agradar a todos. Faz com que a BRP evolua e nós próprios também. E com mais ou menos discussão tenho a certeza que todos temos feito o que pensamos ser o melhor para que a BRP continue viva e de saúde.

Cumprimentos.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds