Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

Há comentários que merecem destaque!*

"Obrigados pela abordagem ao 25/Novembro.É sem dúvida uma data muito esquecida pelos politicos e consequentemente pelos Portugueses, tanto que os Médias pouco ou nada focam deste evento que finalizou um estado de sitio que se vivia em Portugal.
Foi sem dúvida um marco histório para a nossa pobre Democracia. Coragem e empenho de Ramalho Eanes, Jaime Neves e o apoio Politico de Mário Soares e Sá Carneiro e Freitas do Amaral. HONRAS lhes sejam feitas.
Estava EU a cumprir o meu serviço Militar na Base Aerea-5 de Montreal quando esta foi invadida pelas tropas Pára-Quedistas. Horas muitro dificeis de uma confusão total. Ninguém sabia o que se estava a passar e o que poderia acontecer. O Meu Comandante com quem tive sempre uma excelente relação Coronel-Seara, dizia-me, Que é isto?! sobre prisão no seu gabinete de Comando.
Felizmente o que poderia ser uma tragédia, acabou em PAZ. A vida miltar no seu apoio politico deixou de ser tão activa para se deixar para os Parlamentares e figuras politicas de destaque como Sá Carneiro, Mário Soares e Freitas do Amaral.
Sem dúvida que estes figurinos tiveram um influência muito grande na altura, sem esquecer que o próprio Alvaro Cunhal, aparcebendo-se da situação também ele discretamente acalmou as hostes mais revolucionárias-esquerdistas. Era um tempo de FERRO-e-FOGO. Quem não se lembra do que se passou no Rossio de Porto de Mós?!
Valia tudo, aonde a troca de acusações e de gritos de ordem pública eram frequentes.
Quero apenas referir que esta foi uma data em que se desfez o mais rude ataque esquerdista em Portugal, mas nunca esqueço o 11-Março em que o vivi com muita intensidade, em que lamento muito a Traição feita ao General- Spínola.Este para mim foi muito mais dificil de gerir e que custou a vida de um militar no ralis em Lisboa com o Ataque feito pelos T-33 e F-56 da Força Aerea sobre o Comando de General Lemos Ferreira que mais tarde veio a ser nomeado Chefe de Estado Maior das Forças Armadas. O mesmo que traiu o General-Spínola em que o colocou no Quartel dos Pra-Quedistas em Tancos como Comandante e este a que mandava tudo (Lemos Ferreira). Situação em que o Spínola teve de rosolver coma sua fuga para Espanha.Foram coisas vividas por mim e acompanhadas muito de perto minuto-a-minuto.
Por isso hoje tenho algumas visões de certa gente diferentes dos demais, é que ouvir e viver de perto o que os Homens são capazes de dizer e fazer nas nossas costas, é de brandar aos céus.
Por isso hoje dizem que as escutas telefónicas podem ser verdades, mas como são ilegais....assim se vive em Portugal e com a Justiça.
Obrigado Pedro pela lembrança aqui postada. Quis apenas contribuir de algum modo com o eu testemunho, não querendo ser chato ou maçador. Quando me recordo de certas figuras fico com uma revolta enorme e acho que nunca houve tanta razão para fazer um outro 25/Abril como agora. A luta de classes em Portugal cada vez é maior."

 

Rafael Marcelino

 

 

* O Vila Forte aceitou a sugestão do Paulo César e, achámos por bem destacar este comentário do Sr. Rafael Marcelino sobre o 25 de Novembro, por ser um testemunho na primeira pessoa em relação ao que se passou nesse dia tão importante para a nossa democracia.

 

Dentro do mesmo espirito, e porque o contributo do Meu Amigo, Hugo Besteiro, é também relevante, deixo o link que ele sugeriu para aprendermos mais sobre esta data!

Obrigado

 

http://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=th10

publicado por Pedro Oliveira às 23:35
endereço do post | comentar | favorito
8 comentários:
De rui fonseca a 28 de Novembro de 2008 às 15:01
É clara a clivagem de esquerda e direita para o mesmo facto histórico e só por isso já bastava para elogiar o Vila Forte para este debate sério sobre esta data.Cada dia que passa, se denota a preocupação deste blogue para ser um espaço diferente na abordagenm dos temas do nosso dia a dia, e honra seja feita, é um espaço Portomosense. Sinto orgulho em dizer que em Porto de Mós existe um espaço de debate plural,interessante e democrático, por issso estou de acordo com o Rafael Marcelino quando pede que o Pedro não se candidate e com a Antonieta quando diz que o vila forte cada vez está melhor.
Como interessado nestas questões e sendo um dos que lê blogues, sem fantasmas, e que não tenho problemas em assumir que comento no vila forte, tenho de reconhecer que me revejo mais na prespectiva do Sr. Hugo que na história do Sr. Marcelino, é que a história do Senhor Marcelino, e não coloco em causa os momentos dificeis que viveu, revelam que a propaganda dos politicos que ainda nos governam foi muito bem montada ao invés, as nove páginas da Professora que nos questiona sobre os factos revela, que há mais para contar do que aquilo que nos impinjiram e por isso, Pedro, é que o 25 de Novembro passa despercebido.
Aproveito para vos felicitar,mais uma vez, pela oportunidade dos temas, eu também sou daqueles que acredita que Porto de Mós tem tudo para dar certo e depois de ler o comentário do Paulo César, pergunto-me qual é a legitimidade de um Senhor como o Júlio Vieira tem de questionar o quer que seja, quando teve na mão o inicio da pro«ecção na net e não foi capaz de lhe dar seguimento.Pois é, uns têm outros nem por isso.Obrigado Paulo pelo seu comentário e´que algumas pessoas pensam que são mais daquilo que são.

p.s; Só para o Paulo César ,não gostei de ver um comentário meu editado e depois eliminado no ADPortomosense, disse alguma mentira?
Cheirou-me a censura do Sr. Luís Costa com medo do Sr. Júlio e/ou do Sr Rui Neves, mas está bem eu faço de conta que percebo.
De Luis Costa a 28 de Novembro de 2008 às 16:11
Meu caro

Nunca censurei ninguem, pelo contrário, respeito todas as opiniões de quem quer que seja, no entanto, não é intenção do blog ADP desrespeitar o próximo, por muita razão que possa ter no seu dito comentário.
A ADP é uma pessoa de bem e tem de estar à margem de qualquer guerrilha ou ataque pessoal.
Gostaria de lá poder contar com o seu contributo, sempre que para tal esteja interessado.

Um bem haja para si
De Paulo Jerónimo a 29 de Novembro de 2008 às 01:57
Este meu vício de acabar o dia com uma última ronda...
Enfim, mais valia estar a dormir...

Caro rui fonseca,
Relativamente ao seu ps, assumo aqui o meu erro, erro esse que foi o de aprovar um comentário seu, fazendo fé no seu bom senso, a julgar pelas primeiras linhas. Este foi o meu erro, não ter dado a devida atenção a integra do seu texto, antes de o aprovar.
Com muita pena minha logo de seguida me apercebi que me precipitei pois, nestas coisas, está mais que visto que não se pode ser ingenuo e partir do princípio de "boas fés".

Como escolhe este espaço (o VF) para fazer esse PS, e me pergunta se disse alguma mentira, o que posso dizer é que foi uma pena apresentar-se como se apresentou, pois até tinha parte do comentário bastante pertinente para o que se questionava como assunto, não digo que tinha mentiras ou verdades, nem me cabe dize-lo, digo é que tinha insultos, bastantes, a terceiros, e que nessa vertente aquele espaço não pode pactuar.

O que lamento, não foi de a posteriori o apagar, foi do aprovar sem primeiro ver onde o rui fonseca queria chegar.

Só tenho é de apresentar as minhas desculpas aos nomes que por breves minutos foram visados, independentemente de se foi ao " joaquim" ao "Manel" ao doutor ou Engenheiro.

Como já lhe disse uma vez, a certos nomes nesta terra por quem o Rui Fonseca manifestamente nutre os seus, permita-me, odiozinhos de estimação. Não conte comigo para os alimentar.
Sinceramente, agradeço as bondosas palavras que me dirige no comentário anterior, mas muito sinceramente também, não compreendo onde é que com elas, ou com as comparações usadas nelas quer chegar. Seja como for, nada tenho a ver com as suas divergências pessoais.

Caro Rui Fonseca, tenha a bondade de como portomosense de se apresentar. Onde o posso encontrar? Terei todo o gosto em o cumprimentar, e dialogar, contrapor. ou concordar ou discordar, como de resto o tenho com todos esses nomes que faz questão de volta e meia achincalhar. Gosto é de faze-lo olhos nos olhos.
Espero que os seus comentários possam continuar a ser aprovados nos vários espaços a que se propõe comentar. No ADPortomosense inclusive.

Melhores Cumprimentos.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds