Terça-feira, 23 de Setembro de 2008

O nosso "Obama"

Não sei se repararam, mas o "circo" montado em Guimarães pelo PS, parecia uma cópia pimba da convenção Democrática nos EUA, até a palavra "Mudança" apareceu no discurso do Secretário Geral do PS e Primeiro-ministro.

Numa altura em que a recessão está aí à porta, o desemprego está ao nível que está(acima dos 7%), temos de novo milhares de pessoas a sair do país, a classe média está "agarrada" aos empréstimos cujos juros batem recordes todos os dias, o Eng. Sócrates quer fazer crer, sim porque só com muita fé, que Portugal vai passar ao lado da crise dos mercados financeiros e do que se passa nos países para os quais vão 50% das nossas exportações (Espanha e Alemanha).

Percebo o texto do nosso amigo Carlos no seu "Crónicas do Rochedo",mas não nos podemos resignar a ter mais do mesmo até 2013.

publicado por Pedro Oliveira às 07:49
endereço do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Ferreira-Pinto a 23 de Setembro de 2008 às 11:30
Parecia uma cópia "pimba" não, era uma cópia "pimba" ... embora tenha servido para provar que a máquina está em pleno ... encher o Multiusos de Guimarães daquela maneira não é fácil!
De patti a 23 de Setembro de 2008 às 12:34
Digo aqui o que disse no Rochedo. Este povo é muito amorfo e só olha para o umbigo e por isso penso que tem os governantes e a crise que merece.
De maria Antonieta a 23 de Setembro de 2008 às 13:16
Interessante esta rentré politica do Ps.
Para mim nada de novo.
Eu até penso queas rentrés politicas deveriam acabar.
E em 2009 que alternativas?
Como estão preparados o PSD ou o CDS?
È bom que desçamos á realidade, nós militantes dos partidos, e também os simples apoiantes.
Que motivação terão os eleitores para votarem ?
Quantas vezes já foram enganados por todos sem excepção?
Como fazê-los acreditar quando as caras são as mesmas?
Como explicar-lhes que os senhores do governo depois de estarem lá e fazer uma série de disparates têm como recompensa serem colocados em admnistradores de grandes empresas maioritariamente pertença do Estado com ordenados chorudos?
E nem me refiro a este governo.
Refiro-me a todos.
O absentismo terá em 2009 a grande vitória e o resto continuará exactamente na mesma.
Deixo aqui uma frase de Alberto João Jardim que na altura achei exagerada e que agora dou comigo muitas vezes a pensar nela:
" Algum lobbie quer destruir Portugal"
Faz sentido sim senhor
De Rafael Marcelino a 23 de Setembro de 2008 às 14:49
As alternativas em curso na politica Portuguesa são muito poucas e muito pouco crediveis. Acho que é tudo mais do mesmo.No entanto a mentalidade Portuguesa ou muda rápidamente com reformas muito grandes e profundas em todo o sistem ou vai ter de sofrer muito venha quem vier com novas alternativas como propostas politicas/partidárias com o fundamento de adquirir votos eleitoralistas.
Éuma crise de que tanto se falava aqui à uns anos atrás e que muitos pensavam que era uma treta do habitos dos Portugueses. Ela é Nacional e Internacional. A guerra no Iraque provocou uma das maiores crises de sempre em todas as vidas no mundo .Continua a notar-se em força, mas uma das grandes culpas da nossa desgraça tem muito a ver com um passado recente depois da entrada na UE. Espanha serve de exemplo em tudo como sempre soube e sabe gerir os conflitos sociais e trabalho a par da economia. Soube gerir uma riqueza Nacionalista mesmo em periodos de desemprego em chegou a atingir 14%.
Muitas vezes pergunte-me a mim próprio se o Orgulho Partriotico em ser Português não teria sido melhor D. Afonso Henriques nunca ter declarado guerra a sua Mãe e hoje poderiamos ser uma provincia Espanhola à beira mar plantada com uma melhor--qualidade - vida.
Para concluir, a crise vai continuar em Portugal e no MUNDO. Venha quem vier, porque mudam-se os carros mas os burros são os mesmos.
Os Portugueses querem servir-se de escravos constantemente para servir as suas paixões.
Muitas desculpas são sempre menos convincentes que uma só.
Um Bom Dia para Todos
De carlosbarbosaoli a 23 de Setembro de 2008 às 15:37
Pedro:
Antes de mais, obrigado pela referência ao CR. Concordo que não nos podemos resignar, mas a falta de alternativas, exige o aparecimento de qualquer coisa nova que motive os portugueses. A oposição é mais do mesmo, não apresenta alternativas credíveis, não motiva. Criticar é fácil, mas não se pode fazê-lo quando já se passou pelo poder e se fez o mesmo ou pior.
Não creio que seja apenas um problema português, mas sim de um modelo social europeu estafado de que as pessoas estão cansadas.
Gostava de ver luz ao fundo do túnel, mas em vez disso, vejo uma parafernália de palavras vãs.
A esquerda é o que se sabe... preocupa-se com o acessório e esquece os problemas reais que preocupam os portugueses. Por isso Sócrates fala de palanque. Conhece o povo que governa e a vacuidade da oposição.
De Paulo Sousa a 23 de Setembro de 2008 às 20:10
Caro Carlos,
Não seremos os únicos que olhamos em volta em busca sem sucesso de uma alternativa. Cada dia que passa sinto-me mais à direita do PSD, partido com que tradicionalmente me identifico.
Considerando que os partidos do espectro político nacional representam a sociedade portuguesa, temos de reconhecer que há um défice de direita no nosso país.
Pela Europa fora os Partidos Sociais Democratas de cada país estão muito próximos dos respectivos Partidos Socialistas. Não é por acaso todos esses PSD’s pertencem ao Partido Socialista Europeu ao contrário do ‘nosso’ que pertence ao Partido Popular Europeu.
Assim sou levado a pensar que sendo o PSD a face mais credível da direita portuguesa (os resultados eleitorais confirmam isso) é por si só indicador do carácter 'socialista' da nossa sociedade.
Podemos sempre pensar que se existisse um partido que na sua génese defendesse uma menor intervenção do Estado na sociedade, entregando serviços que actualmente presta de forma ineficiente aos privados, que tratasse os cidadãos com uma igualdade efectiva (na linha do que escrevi em http :/ vilaforte.blog.com /1337763/), que premiasse efectivamente o mérito, que permitisse o acesso à política aos melhores com provas dadas no privado, entre muitas outras coisas que aqui poderíamos apontar, então eu identificar-me-ia com esse partido.
Mas o que vemos é uma fauna crescente de pessoas que nunca foram produtivos no mundo privado, que fazem carreira na política, hoje no poder em bons tachos, amanhã na oposição em tachos assim-assim, cujos estímulos se baseiam nas vinganças e nos acertos de contas. Têm objectivos pessoais, na base do reconhecimento social pela função e não pelo mérito, e que pouco a pouco tomaram os partidos e conseguiram afastar os melhores.
No nosso concelho temos tristes exemplos de todo o que aqui relatei. Há dias li uma citação de Marx (o Groucho , não o Karl !!!) que é um retrato fiel do carácter nosso Presidente da Câmara, Sr. João Salgueiro, e que aqui partilho convosco: “Estes são os meus princípios; se não gostarem deles, tenho outros.” Só falta mesmo acrescentar: “o importante é que votem em mim”.
De Barbichasecompanhia a 23 de Setembro de 2008 às 16:33
O "Eng." Sócrates de teleponto à sua frente (porque não foi ele que fez o discurso) e com os braços abertos (parecia o padre lá da freguesia) discursava perante as pessoas que transportou de autocarro e pagou o almoço, em voz alta, firme e hirta para que todos pudessem ouvi-lo a dizer mais de mil vezes a palavra "Mudança".
A nossa sorte é que os Portugueses estão a abrir os olhos e os ouvidos e vão fazer-lhe a vontade, a dita "Mudança" e manda-lo dela para fora.
Agora penso que ainda não temos uma alternativa credível e por isso penso que nas próximas eleições vai ser complicado formar governo devido a não existir maiorias absolutas, e pode dar-se o caso de o PSD ganhar e quem fica com a maioria dos deputados ser a Esquerda.
Como será o pais a partir de 2009?
Como é ser governado sem queijo limiano?
Com o CDS não podem contar, cada vez está mais acabado.
Algum partido da Esquerda se junta ao PSD?
MS
De Pedro Oliveira a 23 de Setembro de 2008 às 17:08
Meu caro "barbichase cª",
Levou a conversa para onde eu queria, é isso mesmo.
Ou o PS ganha sem maioria,porque a dinâmica do PSD não vai ser suficiente para ganhar,mas impede a maioria do PS e aí o PS vai ter de se aliar a alguém.Ou a dinâmica do PSD vai dar para ganhar,mas dificilmente(altamente improvável) vai dar para uma maioria. E aí temos a sua questão, e como é depois?
Há quem nos dois partidos seja defensor do bloco central que, na prática existe desde o fim da década de 80,basta ver a distribuição de cargos públicos e nas várias instituições para percebermos que "eles", entendem-se bem.
Sinceramente em minha opinião acho que pode haver um acordo de principio entre os dois partidos, nas questões de fundo(justiça,educação,saúde e negócios estrangeiros), mas deve ser o partido ganhador a formar governo e a governar.
Na Alemanha a coligação SPD,CDU funciona, e por cá estamos já distantes da 1ª experiência do chamado centrão, daí que provavelmente possa haver aspectos positivos numa eventual coligação.
Gostaría de saber a vossa opinião sobre esta mais que provavel aliança em 2009, pois não estou a ver nem Sócrates,nem Ferreira Leite a fazer alianças com gente que por um lado está sem credibilidade(PP) e que por outro está agarrado a dogmas que em nada ajudam a desenvolver o país(esquerda radical e caviar).

Venham daí essas apostas!
De maria Antonieta a 23 de Setembro de 2008 às 19:18
Olhe Pedro quer saber a minha opiinião?
Dificilmente vejo a Dra Manuela Ferreira Leite que conheço bem e com quem já trabalhei a fazer acordos de princípios.
È a minha opinião,mas os tempos dirão de sua justiça.
Poderei eventualmente estar enganada..
Cumprimentos
De Rafael Marcelino a 24 de Setembro de 2008 às 00:56
Caro Pedro Oliveira; As noticias vindas agora frescas de New Yorque parece que o PR Cavaco Silva descobriu mais uma crise para Portugal para os próximos tempos. Pelos vistos desta vez parece que o culpado nem é o Socrates.
Agora a que vai ser o bonito....A noticia até vem de longe e sem direito a tempo de antena com uma comunicação ao País nos TVs, para Sobre-mesa do jantar.
E agora que acabaram as férias para quem as teve...
De rui fonseca a 23 de Setembro de 2008 às 19:40
É por demais evidente que o aparelho do PSD e PS já tem alguma preparada, basta ver e ler alguns dos notaveis dos dois partidos a já considerar essa hipótese.
Mais vale um Centrão que ligações perigosas para o país com a extrema direita ou extrema esquerda.
Mas que seja a Manuela Azeda o Leite a liderar o governo, já chega de faz de conta.Até o "magalhães" não é novidade nossa como fez Sócrates crer.Vejam a SIC hoje.

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds