Domingo, 7 de Dezembro de 2008

Falta de comparência e de respeito

Falo-vos de algo que já sabemos há muito, mas depois do editorial de ontem de José Manuel Fernandes no Público, tenho de trazer o assunto para aqui.

A maioria absoluta do PS no Parlamento é assegurada por uma vantagem de seis deputados. Na sessão parlamentar de sexta-feira votaram a favor das propostas da oposição seis deputados do PS e um outro absteve-se. Perguntarão e bem 'então como é não foram aprovadas as ditas propostas?'. A resposta é simples. Simples e triste. Faltaram à votação 40% dos deputados do PSD.

Talvez não haja muitos comentários a tecer, mas estão à vontade para o fazer.

tags:
publicado por Paulo Sousa às 11:31
endereço do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Ricardo a 7 de Dezembro de 2008 às 17:55
Não há comentários a tecer?

É giro ver um partido. Um partido não o maior partido da oposição a perder a monção por falta de comparência. ( Certo, é verdade o requerimento é do cds/pp os mesmos que mantiveram um bloco no governo, não há muito tempo )

Eu toda a minha vida anseio pelo momento en que se pode fazer a diferença. A altura em que sou chamado á decisão á altura para o qual eu tenho de provar o que falho- ( muitos anos joguei nem sempre fui titular mas cada vez que era chamado transcendia-me nem que deixasse um pulmão em campo ou pelo menos um sacrificio em prol da equipa)

Eu jogava de borla......

Estes meninos são pagos para governar e não para baldas.

Mas o que interesssa um batalha no meio de uma guerra!

Para mim vale tudo. O jogo acaba no fim e uma pequena batalha pode ser o volte-face necessário.



Eu cada vez que falo com o pessoal mais novo enerva-me não quererem saber do país onde vivem. Cada vez que acontece uma destas eu penso. Estúpido sou eu pois teimo em acreditar e tentar perceber o sistema.


Para o ano vou vê-los a pedir. Votem, seja em quem for o que interessa ´votarem.


Nós de borla somos instigados a votar e eles com regalias e ordenado.... Baldam-se


Quem são esses palhaços para pedirem a minha conbtribuição?

Eu voto e sempre o hei-de fazer. Pois para mim luta é um modo de vida....

De Maria Antonieta a 7 de Dezembro de 2008 às 19:45
Os Deputados não estavam no Parlamento porque estavam todos a vositarem os circulos eleitorais que os elegeram, para se inteirarem dos problemas locais.
Meus Senhores é como vos disse num comentáio aqui num destes dias.
São deputados e deputadas escolhidos pelas direcções nacionais dos partidos, que ganham bastante dinheiro e depois é assim.
Daqui a nada aí estão eles outra vez hospedados nos hotéis de Leiria a pedirm os nossos votos e nóscordeirinhos vamos dar.
Ah e não fiquem tristes as pessoas do PSD.
Os outros partidos com excepção do partido comunista, são iguais.
Portanto este é o retrato do país democrático que temos.
Democraticamente hoje não vou ao Parlamento.
Que se lixe, hoje não me apetece ir.
Este é o meu comentário impregnado dum alto sentido crítico e verdadeiramente desiludida com aesta politica
De violeta a 8 de Dezembro de 2008 às 11:18
Só d epensar neste assunto, sinto uma grande revolta. Não pela falta dos deputados mas pela hipocrisia dos seus dirigentes...
a este propósito ler a crónica de Puldo Valente no Público de ontem
De Paulo Sousa a 8 de Dezembro de 2008 às 13:30
Depois de ter lido mais sobre este caso no Público de ontem (Violeta também li o VPV... arrasador) dei-me ao trabalho de ir ver a folha de presenças disponível no site do Parlamento.
Afinal as faltas foram apenas as normais para a Comissões... vejam pelos vossos prórpios olhos:
http://www.parlamento.pt/DeputadoGP/Paginas/DetalheReuniaoPlenaria.aspx?ID=50481
Alguém, e não são assim tão poucos, anda a gozar conoosco.
De Rafael Marcelino a 8 de Dezembro de 2008 às 16:49
Pensava eu que era "inaceitável" faltar ao trabalho que os deputados têm na Assembleia da República,mas parece que não.Pelo menos não é esta a opinião do deputado Guilherme Silva para quem a ausência só é inaceitável nas votações. Pobre país que tais deputados tem!Se os dirigentes partidários e os mais altos responsáveis pelo funcionamento da Assembleia têm este pensamento não há disciplina não há dignidade e seriedade possível na vida política.Dizem alguns que os deputados do PSD faltaram porque não concordavam com as propostas apresentadas.Nada de mal na não concordância.Mas deviam explicitá-lo devidamente junto do seu partido para que, atempadamente,arranjasse uma solução. E se foi essa a razão, devem agora explicá-la publicamente.Mas,no meu entender, não foi essa a razão.A razão foi tão só o desleixo e o desrespeito pelas obrigações a que estão sujeitos como deputados.Estas obrigações não funcionam só às terças,quartas e quintas feiras.Funcionam todos os dias.Mas não é isso que acontece,pois os fins de semana antecipam-se e o início da semana prolonga-se.E isto é conhecido de todos os responsáveis partidários e deputados que nada fazem para alterar este estado de coisas.Porque hoje faltas tu,amahã falto eu.Mas não é justo olharmos só para o que aconteceu no PSD.E nos outros partidos,designadamente no PS?É por isso que eu penso que no PSD não esteve em causa as propostas mas a falta de cumprimento de obrigações, como no PS.
De Bluevelvet a 8 de Dezembro de 2008 às 20:57
Simples, triste e lamentável, acrescento eu.
De Pedro Oliveira a 10 de Dezembro de 2008 às 09:11
Esta gente não tem a minima noção do que é representar o povo , o que é a democracia e até onde vai a pouca vergonha, ouvir um antigo lider parlamentar do PSD dizer que dada a situação os trabalhos parlamentares deviam ser de 3ª a 5ª, revolta e mostra bem o sentido de estado dos nossos parlamentares.
A nossa democracia está na lama e parece que muito poucos se estão a preocupar.
Como disse ontem o PM aos socialistas,Enquanto continuar assim perfeito. Nada a acrescentar.Passadeira vermelha para o 6º homem mais elegante do mundo, se faz favor.
De Paulo Sousa a 10 de Dezembro de 2008 às 14:18
A falta de dimensão da política que se faz no nosso país, leva a que o assunto maior seja neste momento as ausências dos deputados na sexta-feira passada. Não se fala em reformas, não se fala em redução de impostos, não se fala na justiça, não se fala na crise... fala-se nas ausências.
Parece que devido às obras do parlamento não é possível apurar as ausências uma vez que está desactivado o sistema de voto electrónico. A única hipótese de esclarecer quem de facto se ausentou é pelo visionamento das imagens video do circuito interno... e pergunta o contribuinte normal: Então porque é que não o fazem?
Resposta: Porque isso não está previsto no regimento!
E digo eu: Ah! Ok! Então tudo bem. Ficamos assim. Desculpem lá o mau jeito de ter feito um post deste episódio. Espero que não levem a mal a minha impertinência.
De Anómico a 10 de Dezembro de 2008 às 21:02
Se fossem os "malandros dos professores" teriam que fazer um pedido para faltar com 5 dias de antecedência e, só seria aceite se o Presidente do Conselho Executivo achasse que não haveria prejuízo para a actividade lectiva (por ex. alguém para substituir o prof. em falta).
E agora quem é que faz a avaliação destes senhores? Qual é a sua penalização?
- Somos nós nas eleições.- alguém responde
Eles integrarão novas listas e lá estarão mais 4 anos de cada vez, a legislarem contra os trabalhadores cumpridores!...
Tal como dizia o outro:
- E o burro sou eu!?

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds