Sábado, 24 de Janeiro de 2009

Ouvir quem sabe

Convido-os a ver o programa Sociedade das Nações, da SIC, dedicado à questão de Gaza.

publicado por Paulo Sousa às 23:05
endereço do post | comentar | favorito
9 comentários:
De Paulo Sousa a 25 de Janeiro de 2009 às 13:28
Os próprios árabes sentem-se incomodados com o Hamas. Esta ideia é visivel várias vezes ao longo do programa. Só a capacidade diplomática do embaixador do Egipto lhe possiblita contornar a resposta esta constatação.
De Rafael Marcelino a 25 de Janeiro de 2009 às 15:27
Foi de todo impossível ouvir o outro lado do conflito. Mas isso faz parte da estratégica Ocidental nos Médias. Era bom ouvir.
Curioso é ouvir acusar o Irão como o fronecedor de armas ao Hamas e acusado de ter armas nucleares (talvez tenha daquelas iguais às do Iraque .'Sapatos-42') e nunca colocarem a questão de os EUA também serem os fornecedores da armas a Israel e serem potencial Nuclear na região (Israel).
Isto para sermos imparcias...pois é...
De Portomaravilha a 25 de Janeiro de 2009 às 23:20
Bem rídiculo ou divertido ouvir numa televisão Portuguesa perguntas feitas em Inglês. Intão a língua Portuguesa é para Português ler e não ouvir ?

E a ainda há quem seja contra um acordo ortográfico ? Felizmente que o filho lá vai defendendo a língua do pai. E que não tem complexos em se exprimir em Português.

Viva o Brasileiro !

Não sei porquê mas tenho acompanhado este blog. Acho que gosto. Não entendo tudo, sobretudo a dimensão regional, mas há questões levantadas que são pertinentes. Mas essa pertinência é, talvez, uma das características da imprensa regional e da blog esfera regional.

No fundo, o primeiro diário nacional Português é muito recente ( Publico).

Acho que o problema entre Gaza e Israel deve ser considerado em termos políticos e não em termos religiosos. Pensar o problema em termos religiosos, é abrir as portas aos "Irmãos Muçulmanos".

Ora o Hamas recusa a laicidade.

A audiência cada vez mais importante dos "Irmãos Muçulmanos", quer nos suburbios de Paris ou de Londres, é devida, sem dúvida, ao ultra-liberalismo. Este também não gosta muito da laicidade. Mas tendências esquerdistas ou de extrema direita também não !

E,assim, vêem-se surgir, em França, revendicações inimagináveis: piscina pública um dia por semana só para mulheres mulçumanas ; refeições halal nas cantinas ; pedido de salas para orações nas escolas, etc.

É como se tivessemos regressado no tempo. A lei Francesa de 1905 e que a pequena ( mas Grande ) (pequena no tempo) República Portuguesa de 1911 aplicou ( destruida em seguida por Salazar ) , relativa à laicidade deve ser defendida.

E Viva o Porto !





De Paulo Sousa a 26 de Janeiro de 2009 às 12:18
Caro Portomaravilha,
As questão árabe assume em França, Holanda, Inglaterra e na Alemanha uma dimensão social completamente diferente.
Se as reivindicações da piscina pública para mulheres muçulmanas, das refeições halal nas cantinas, das salas para orações nas escolas, entre outras, se verificassem em Portugal, certamente que a proposta de geminação de Lisboa e Gaza (http://vilaforte.blogs.sapo.pt/74827.html) não teria sido aprovada e talvez, nem sequer proposta. Os senhores da esquerda revolucionária disfarçados de esquerda urbana, os ecologistas disfarçados de comunistas e os comunistas propriamente ditos, deveriam ir ao mundo árabe exigir o respeito dos direitos das mulheres e das minorias, mas preferem apoiar o Hamas, não por convicção mas por exclusão de partes para assim estarem contra os israelitas e os EUA.
Se os árabes forem bem sucedidos nos seus propósitos a Europa deixará se ser laica e em poucas décadas seguirá a lei islâmica. A evolução demográfica está contra a Europa livre e democrática e a favor da arabização da Europa. Mais que uma questão política é uma questão civilizacional.
Sobre a forma de promover a língua poderíamos comparar o caso francês e o português, e isso dava pano para mangas. Mais tarde pegarei nesse assunto.
De Paulo Sousa a 26 de Janeiro de 2009 às 19:50
As ambulâncias das Nações das Nações Unidas não são seguras. Veja porquê.

http://www.videosift.com/video/Hamas-using-UN-ambulances-as-troop-carriers

Não é montagem.


De Portomaravilha a 27 de Janeiro de 2009 às 20:51
Obrigado pela resposta. Concordo,globlamente, consigo.

Todavia, penso que é necessário estabelecer uma nuance entre Arabização e Islamização. Tanto mais que os Árabes laicos são as primeiras vítimas dos "Irmãos Mulçumanos".

A posição da intelectual Árabe, Mona Eltahawy, que se recusou a escrever sobre Gaza é reveladora da pressão dos Irmãos Mulçumanos. Esta intelectual foi acusada de traição.

E Viva o Porto !
De Paulo Sousa a 27 de Janeiro de 2009 às 21:23
Obrigado também pelo reparo que a bem do rigor das palavras faz todo o sentido salientar.
De MrCosmos a 28 de Janeiro de 2009 às 12:44
A discussão está muito boa, mas o Paulo, já se calava aí o homenzinho da sic... já sabemos tamos semppre a grama-lo quando entramos no VF...

cumptos e abraços.
hallo! PortoMaravilha, gostaste da Vila Forte
De Rafael Marcelino a 29 de Janeiro de 2009 às 14:14
Abrir o Vila Forte é levar com este Video sonoro. Puxa, até chateia...

Comentar post

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds