Quinta-feira, 20 de Agosto de 2009

A silly season ao rubro

Como diria Sócrates: "são disparates de verão muito habituais nesta altura". Como serão os disparates de verão no inverno? adiante.

Então não é que a nova "namoradinha" do País, gosta que lhe descasquem a fruta antes de comer, principalmente os caroços das cerejas, provavelmente agora também a graínha da uva....., não autorizou a publicação de uma foto sua, pública, num blog afecto ao PSD, via um amiguinho do PS!! A menina que é a mandatária de Sócrates para a juventude e os seus amigos andam mesmo a apanhar sol a mais na pinha, ai andam andam.

Quarta-feira, 19 de Agosto de 2009

A euforia dos 0,3% de crescimento

Confesso que estes números e a forma como são ditos me faz confusão, mas devo ser só eu. Se no periodo homologo estamos com um crescimento negativo de mais de 3 % e se considerarmos que no 1º trimestre batemos no fundo e se de facto crescemos SÓ 0,3% do 2º para o 1º, onde é que está o motivo para festas?
Será que os 9,1 % de desemprego vai fazer com que o "papagaio mor" se cale? É que era bom que o PM se lembrasse que há quase 5 anos prometia 150 000 empregos liquidos e um crescimento económico nos 3%. Não há pachorra!
Domingo, 16 de Agosto de 2009

Quando a cópia é melhor que o original

Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Serviço Público na blogosfera - 31 da Armada

publicado por Paulo Sousa às 07:39
endereço do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

Ler os outros

Um resumo de quatro anos e tal com Sócrates à frente do país.

Gostava de ter escrito isto.

Quarta-feira, 15 de Julho de 2009

Sócrates em versão Guterres

… o primeiro minuto do vídeo.

A bolsa é igual ao… dobro, quer dizer, é duas vezes mais… não? 5 vezes mais o abono de família… Não? Quer dizer… façam as contas… $#%&

 

Retirado daqui

Sábado, 27 de Junho de 2009

Capa do Expresso

 

Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

O PS agrava a crise

O slogan do Partido Socialista " O PS combate a crise", é falso e como tal tem de ser mudado para " O PS agrava a crise", no "Público", secção Economia, está bem explicito em dois trabalhos Jornalisticos,aqui e aqui, que o PS está a colocar o País num buraco negro do qual vai ser muito dificil saírmos, caso o rumo se mantenha. O País está a ser liderado por um Homem que parece viver num outro enquadramento.

Para além do agravamento de todos os indicadores económicos/financeiros há ainda as pseudo-reformas que ficaram pelo caminho: Na saúde fechou-se tudo, mudou-se de Ministro e não se sabe qual é o rumo, na Educação  o que parecia ser irreversivel é agora adiado por dois anos, a Justiça é o que sabemos, todos os dias temos casos e mais casos mal explicados e a sensação que a "caça grossa" escapa sempre, na Agricultura já se diz que este foi o pior Ministro de sempre, nas Obras Públicas temos as mega obras que ninguém concorda a não ser o PM, na Economia é o que se sabe as PME são esquecidas, pois como bem diz MFL, só acede ao crédito quem pode, Cultura como o próprio PM admitiu não se passou nada, como não se passou nada no Ambiente.

A reforma da Administração Pública foi uma montanha que pariu um rato e depois de 4,5 anos de Governo Sócrates, é altura de dizer : Adeus, é o elo mais fraco!

 

(também editado no eleições 2009)

Terça-feira, 23 de Junho de 2009

Ler os Outros

Podem dizer o que quiserem, mas quem tinha razão ao advertir para os erros das "faraónicas" obras públicas era Manuela Ferreira Leite, o "jamé" de Sócrates quanto ao adiar do TGV e outros projectos deu num "vamos esperar pelas eleições"...

No "31 da armada" está um bom texto sobre o que disse, em tempo oportuno, Manuela Ferreira Leite sobre o assunto, AQUI.

publicado por Pedro Oliveira às 12:33
endereço do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Sr. Engenheiro,não esteja triste,lol

estou: a gozar o prato
música: sem eira nem beira
Terça-feira, 2 de Junho de 2009

A medida!

Se fosse possivel caracterizar a actuação do Governo PS, liderado por Sócrates, com uma medida sem dúvida que enunciava ESTA  para o fazer.É uma lei que diz bem o que tem sido este Governo, apoia quem prevarica, pune quem trabalha colocando em causa as gerações futuras com a sua directa intervenção.

Sexta-feira, 29 de Maio de 2009

Dias Loureiro versus José Sócrates

Gostei de ler.

publicado por Paulo Sousa às 22:04
endereço do post | comentar | favorito

Entidade reguladora ou a voz do dono?

 «A TVI foi ontem condenada pelo Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) por desrespeito de normas ético-legais aplicáveis à actividade jornalística. A condenação surgiu na sequência da apresentação de dez queixas de cidadãos que, dessa forma, se insurgiram quanto ao conteúdo e apresentação do jornal televisivo que é apresentado à sexta-feira pela jornalista Manuela Moura Guedes.

"Normal e natural" foi como o deputado socialista e antigo secretário de Estado para a Comunicação Social, Alberto Arons de Carvalho, classificou a condenação da ERC. "Congratulo-me e registo o facto de a votação ter atingido um consenso tão alargado [quatro votos a favor da condenação e um contra] e agora só estranho que o conselho deontológico do Sindicato dos Jornalistas ainda não se tenha pronunciado sobre um caso tão lamentável", adiantou o mesmo responsável, que, de resto, foi uma das pessoas a queixar-se à ERC.
As queixas registadas reportam-se às edições do Jornal da Noite apresentado por Manuela Moura Guedes entre 16 de Fevereiro e 30 de Março deste ano. Nesses serviços de notícias, a jornalista apresenta e tece considerações sobre a actividade do Governo e, em particular, sobre o primeiro-ministro, José Sócrates, e a sua alegada participação em casos de corrupção (Freeport). "O estilo de apresentação desse noticiário não é isento nem próprio de uma sociedade adulta. É primário e prima pelo sectarismo e por uma falta de isenção chocante", afirmou ainda Arons de Carvalho, que, mesmo tendo consciência de que a condenação agora divulgada não implica qualquer pagamento pecuniário nem suspensão de programação, se mostra satisfeito por uma decisão que "tem efeitos muito negativos para um órgão de comunicação que é condenado em público". "Espero que, a partir de agora, a TVI volte a ter uma informação independente e rigorosa", acrescentou.
Na ERC votaram favoravelmente à condenação José Alberto de Azeredo Lopes, Elísio Cabral de Oliveira, Maria Estrela Serrano e Rui Assis Ferreira, tendo os dois últimos apresentado declaração de voto considerando que a decisão final é branda para a TVI. O voto contra, igualmente acompanhado de declaração de voto, pertenceu a Luís Gonçalves da Silva, o qual entende que a estação televisiva não teve, nesta apreciação e consequente votação, direito ao contraditório, ficando impossibilitada de exercer a sua defesa.»

 

Público, hoje

 

Será que este vigor regulador da ERC não seria mais útil na Autoridade para a Concorrência, no caso do preços praticados pelas gasolineiras?

Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

A falta de jeito

Sócrates e o seu aparelho partidário arranjaram um novo slogan para Manuela Ferreira Leite,"não tem jeito para a politica", realmente estes Socialista preocupam-se muito com quem não tem jeito, mas enfim.

O que dizer então do Candidato Vital Moreira, parece um saco de areia de tanta "porrada" que leva, ele é o Miguel Portas a mandá-lo ir ler o tratado de Lisboa, ele é o Jerónimo a lembrá-lo que a Revolução da Educação não passa de barralhar tudo e tudo ficar pior e é ele próprio a tentar dar nas vistas, mas sem qualquer nexo.

Numa altura de crise profunda, em que as famílias estão endividadas e sem emprego, numa altura em que os Países estão com dificuldades orçamentais, o Senhor  Professor Doutor Vital Moreira um dia quer um novo imposto Europeu, ideia com barbas, mas que só falará dele, imposto, em concreto depois das eleições..., e no dia seguinte  já quer mais contribuição dos Países para o Orçamento Europeu.

O que o candidato Vital Moreira devia esclarecer é como é que se reforma a UE por forma a que o Orçamento Comum seja convenientemente distribuido e em que áreas estratégicas porque, caso não saiba, até houve devolução de dinheiro da UE referente ao ano de 2008.

Já para não falar do assunto "tabu", taxa de execução fundos comunitários concretizada pelo Governo PS.

Caso para dizer que em relação à falta de jeito estamos conversados.

 

(também editado no eleições 2009)

Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

Campanha negra chega a Bruxelas

Comissão Europeia considera Magalhães ilegal

 

«A Comissão Europeia (CE) considera que Portugal infringiu as leis comunitárias da concorrência ao adjudicar por ajuste directo, e não por concurso público, todos os programas governamentais ligados ao Plano Tecnológico da Educação.»

 

Sol, hoje

estou: nem sei
Segunda-feira, 18 de Maio de 2009

Caso Lopes da Mota vs Fernando Charrua

Gostava de ter escrito isto.

publicado por Paulo Sousa às 14:22
endereço do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

Maioria Absoluta é o objectivo

José Sócrates contrata equipa de Obama para as legislativas.   i 

 

O problema é que Obama não vem incuído... (Via Twitter)

Terça-feira, 12 de Maio de 2009

Campanha negra

Afinal confirma-se mesmo que houve quem nos bastidores tivesse tentado 'orientar' o sentido das investigações.

Quando se olha para o que acontece em casos idênticos em democracias desenvolvidas, é que nos aprecebemos do estado nosso Estado.

Segunda-feira, 11 de Maio de 2009

O Caso Cova da Beira

O melhor que Sócrates consegue dizer sobre as investigações da TVI é que são apresentadas num noticiário travestido. Não conseguir dizer mais nada sobre este assunto é azar ou falta de sorte.

 

Ver aqui 

Terça-feira, 21 de Abril de 2009

Ler os outros

Recomendo a leitura.

 

Ironia: a única forma de comentar a entrevista do PM.

 

de Luis de Melo, Mudar Portugal?

Domingo, 19 de Abril de 2009

O combate à corrupção entra na pré-campanha

Com o caso Freeport a assombrar a imagem nacional e internacional do nosso PM as recentes propostas do governo são no mínimo ridículas. Uma delas consiste na aceitação de inverter o onús da prova apenas APÓS (!!!) a condenação. Não é necessário ser entendido em direito para se saber que o reduzido número de condenações por corrupção (assim de repente não me lembro de nenhuma) se explicam pela dificuldade em fazer prova da mesma. Então o Sr. Engenheiro acha que chegando o processo a uma condenação, pode-se aceitar a inversão do onús da prova. Eu pregunto então qual o interesse desta novidade se já se chegou a uma condenaçao? Só pode estar a gozar connosco. A outra proposta, consiste em tributar com uma taxa de 60% os rendimentos ilícitos. Ora se os rendimentos em causa são ou não ilícitos terá de ser o poder judicial a determina-lo. Se forem ilícitos terá de haver uma pena, que pode ou não ter a forma de multa. Agora pôr as autoridades fiscais (que executa as políticas do governo) a penalizar rendimentos ilícitos não é menos que uma grande trapalhada em termos de separação dos poderes. Tudo isto não passam de faits-divers que apenas servem para lançar areia ao olhos dos que ainda querem acreditar neste governo, que sabemos não ter coragem nem vontade em mudar o normal estado das coisas.

Ler os outros

Não podia estar mais de acordo.

Via Twiter

Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Ler os outros

Uma imagem vale mais que 1000 palavras.

Os sons já conhecidos, agora com imagens, são outra coisa. Mas para a chamada Justiça portuguesa nada valem.

publicado por Paulo Sousa às 22:41
endereço do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Abril de 2009

Dedicatória

Ao que parece, há uma nova música dos Xutos e Pontapés dedicada ao Engenheiro Sócrates. Ouvir AQUI!

actualização:

 

Sábado, 4 de Abril de 2009

Sobre a Liberdade de Opinião

 

Depois de ler J.M. Coutinho Ribeiro no Delito e Carlos Abreu Amorim no Blasfémias, lembrei-me de uma outra frase alternativa que deixaria Sócrates feliz e orgulhoso.

 
"Ver José Sócrates apelar à moral na política é tão convincente quanto a defesa da liberdade de expressão por parte de Hugo Chaves."

 

Sexta-feira, 3 de Abril de 2009

Ler os outros

Vendo bem... também subscrevo.

 

Vasco Campilho via eleições2009.info

publicado por Paulo Sousa às 20:16
endereço do post | comentar | favorito
Sábado, 28 de Março de 2009

Trocar os nomes

A conversa que incrimina Sócrates

 

Alan Perkins: O que desencadeou a acção da polícia? A queixa era sobre corrupção... 

Charles Smith: O primeiro-ministro, o ministro do Ambiente é corrupto. 

Alan Perkins: Quando tudo estava a ser construído qual era a posição dele? 

Charles Smith: Este tipo, Sócrates, no final de Fevereiro, Março de 2002, estava no Governo. Era ministro do Ambiente. Ele é o tipo que aprovou este projecto. Ele aprovou na última semana do mandato, dos quatro anos. Em primeiro lugar, foi suspeito que ele o tenha aprovado no último dia do cargo... E não foi por dinheiro na altura, entende?Isto foi mesmo ser estúpido... 

Alan Perkins: Quando foram feitos os pagamentos? Como estava em posição de receber pagamentos se aprovou o projecto no último dia do cargo? 

Charles Smith: Foram feitos depois. Ele pediu dinheiro a dada altura, mas não...

Charles Smith: João, foi aprovado e os pagamentos foram posteriormente? 

João Cabral: Certamente... Houve um acordo em Janeiro. Eles tinham um acordo com o homem do Sócrates, penso que é em Janeiro.

Charles Smith: Sean (Collidge) reuniu-se com o tipo. Sean reuniu-se com funcionários dele, percebe? Sean e Gary (Russel) reuniram-se com eles. 

Alan Perkins: Houve um acordo para pagar? 

Charles Smith: Para pagar uma contribuição para o partido deles.

Charles Smith: Nós fomos o correio. Apenas recebemos o dinheiro deles. Demos o dinheiro a um primo... a um homem... 

Alan Perkins: Mas como o Freeport vos fez chegar esse dinheiro? 

Charles Smith: Passou pelas nossas contas 

Alan Perkins: Facturaram ao Freeport, ok? 

Charles Smith: Ao abrigo deste contrato. Era originalmente para ser 500 mil aqui, desacelerámos, parámos a este nível, certo? Isso foi discutido na reunião, lembra-se? Ele disse: «Nós não queremos pagar». Se ler esse contrato, diz aí que recebemos três tranches de 50, 50, 50... Gary disse: «Enviamos o dinheiro para a conta da vossa empresa». 

 

O que faria o Presidente da Républica se em vez de se referir a Sócrates este diálogo se referisse ao Primeiro Ministro Pedro Santana Lopes?

Quarta-feira, 25 de Março de 2009

Ler os outros

A politização das estatísticas do desmprego segundo Pedro Correia.

publicado por Paulo Sousa às 20:23
endereço do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Março de 2009

Situacionismo

Soube hoje que o PS tem um call center.

Umas das tarefas dos seus funcionários é registar-se, com nomes diferentes do real, para participar nos foruns da TSF e Antena1 e aí debitar propaganda disfarçada de opiniões do público.
Bem esgalhada!

tags: ,
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

Sócrates engordou 8 Kg, pudera...

ELES COMEM TUDO!!!!!!

Nascimento Rodrigues, Provedor da Justiça

A morte silenciosa do um soundbite

Depois de aqui termos referido as ameaças ridículas de José Sócrates aos ginásios depois de ter alterado o seu regime de IVA, a Autoridade da Concorrência vem agora encerrar o assunto:

 

 

«A Autoridade da Concorrência (AdC) arquivou o inquérito relacionado com a aplicação da taxa reduzida de IVA aos ginásios e health clubs, após concluir "não existirem indícios de práticas restritivas da concorrência susceptíveis de serem imputadas às empresas envolvidas no processo".

A AdC concluiu pela "inexistência de um padrão de comportamento concertado entre os diversos operadores, seja pelo desfasamento temporal verificado, como pela própria discrepância na aplicação/repercussão da alteração da taxa de IVA no período de referência, não se verificando por isso elementos probatórios da existência de um entendimento concertado", refere um comunicado daquele organismo.»

 

Público, hoje

 

tags:
publicado por Paulo Sousa às 08:42
endereço do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Propaganda política disfarçada de informação institucional

O actual estado do país é caracterizado, entre muitas outras coisas, pela forte propaganda governamental.

Todos os dias á noite passam no canal 2 vários spots publicitários sobre o Plano Nacionalde Leitura. Ao fim de ver repetidamente os mais frequentes (este e este) questionei-me sobre a sua utilidade.

Vendo bem não são dirigidos aos alunos, os potênciais leitores, nem pretendem aumentar o número de frequentadores da Rede de Bibliotecas Escolares. São dirigidos, isso sim, aos pais dos alunos, o que por outras palavras se pode classificar como 'eleitores'.

Importa passar uma mensagem ao eleitorado que o Governo está a fazer dos nosso filhos uns portugueses mais amigos da leitura.

Mas será correcto consumir os escassos recursos públicos em propaganda política disfarçada de informação institucional?

 

Não podia ser mais a propósito. António Barreto considera que o Magalhães é o maior assassino da leitura em Portugal.

Quinta-feira, 5 de Março de 2009

Magalhães recusado a 50 crianças de instituição social

«O grupo parlamentar do PSD denunciou ontem como "um caso de discriminação" o facto de alegadamente ter sido recusada a inscrição no programa e-escolinha e a aquisição do Magalhães a pelo menos 50 crianças que se encontram à guarda de uma instituição particular de solidariedade social de Arouca.  (...)

No requerimento, entregue a 26 de Fevereiro e ontem divulgado, os deputados do PSD denunciam que a recusa de inscrição das crianças no programa se baseou no facto de a sua representante legal ser uma pessoa colectiva a própria instituição à guarda da qual se encontram. "A resposta do Governo", descrevem, "foi rápida e cortante: os computadores só seriam distribuídos caso um responsável pelos menores - pessoa singular - fornecesse os seus dados pessoais".»

 

Público, hoje

 

É caso para dizer, ninguém os manda ter uma pessoa colectiva como representante legal!!

estou:
publicado por Paulo Sousa às 13:36
endereço do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Março de 2009

Europeias, uma meta volante até às legislativas

É frequente dizer que as eleições europeias funcionam como um barómetro aos governos de cada país. Quando um governo tem no momento das eleições europeias o apoio do seu eleitorado, o seu partido tem um bom resultado. O mesmo acontece no caso contrário.

Nesta lógica, o parlamento europeu não é composto por deputados mandatados para porem em práctica uma determinada visão sobre o futuro da Europa, mas sim por representantes do partido do governo ou da oposição de cada país, conforme o período que o país atravesse no momento das eleições europeias. Cada eleitor pouco está interessado se o seu voto terá influência num futuro mais ou menos federalista, se há ou não tratado constitucional, se há ou não eurobonds, pois com o seu voto quer é aplaudir ou criticar o seu governo nacional.

Considerado que a democracia é uma das pedras basilares do projecto europeu, não se pode ignorar que esta lógica acabe por constituir um carácter perverso do sistema.

Mas são também os governos que, conscientes disto, tomam decisões sobre as eleições europeias olhando apenas para a sua realidade de poder em termos nacionais.

A escolha de Vital Moreira para cabeça de lista às europeias é um exemplo disso mesmo. Ninguém ouviu Sócrates falar sobre o entende ser mais ou menos importante no difícil momento que o projecto europeu vive, pois apenas pretende com esta escolha piscar o olho ao eleitorado da esquerda portuguesa.

Assim confirma que por parte dos governos as eleições europeias são também vistas como uma meta volante, uma eleição subalterna, até às legislativas onde, aí sim, tudo está em jogo.

 

Sábado, 28 de Fevereiro de 2009

PM em meditação

 

tags: ,
Quinta-feira, 29 de Janeiro de 2009

Aceitam-se comentários a esta fotografia tendo em conta o contexto actual

tags:
Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009

Última Hora – Actualização

Há mais novidades no caso Freeport.

 

Segundo a Visão, citada pelo Expresso, os investigadores ingleses consideram Sócrates suspeito! 

 

Também aqui.

estou:
tags:
Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

Blogosfera, o "Centrum" dos politicos

um abraço amigo, ao Manel da Gaita

tags:
Sábado, 17 de Janeiro de 2009

Quem manda é o Chefe!!

Sais tu para entrar a bela e querida Lena!(clicar na frase)

tags: ,
publicado por Pedro Oliveira às 07:11
endereço do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Os Rostos da Arrogância

Estes podem ser arrogantes,são os MELHORES DO MUNDO!!!

 

 

                               

 

 

Estes deviam trocar a arrogância politica pela humildade democrática

 

                          

 

 

 

 

 

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds