Terça-feira, 9 de Junho de 2009

A análise que faltava

Perante os resultados eleitorais de Domingo, o xadrês cerebral da classe política e dos eleitores (os interessados) não tem parado de desenhar cenários.

Vejamos o seguinte:

O efeito ‘circulo único nacional’ beneficiou os partidos de menor dimensão como não aconteceria numas eleições legislativas. Este efeito pode observer-se por exemplo no Bloco de Esquerdam, onde o terceiro deputado europeu foi eleito in extremis, sendo que numas legislativas muitos dos votos neste paartido seriam perdidos nos circulos eleitorais. Já alguém simulou estes resultados numas legislativas?

A abstenção também favoreçeu os partidos com menos expressão como o BE e o PCP, pois têm um eleitorado mais fervoroso que não falta às eleições, coisa que não acontece com os partidos do poder. Tal facto explica o reforço do peso global destes dois partidos.

A abstenção também foi superior pelo facto de se tratar de eleições europeias, que são sempre as recordistas da não participação.

Assim, podemos dizer que nas legislativas:

- haverá uma maior participação eleitoral

- o centrão estará por isso mais representado

- o BE e o PCP terão um menor peso global na votação

- muito dos votos no BE e PCP serão ‘inúteis’ pois serão perdidos nos círculos eleitorais

Por isso, considero razoável que a o peso acumulado do PS e do PSD será bem maior nas próximas legislativas do que foi no passado Domingo.

Ora, escutando as vozes que dentro do PS recomendam e até exigem que o PS volte a ser a referência da esquerda portuguesa, vozes essas que receiam a dissidência de Alegre, pode dizer-se que cabe ao PSD aproximar-se a tornar-se atraente ao centrão.

Os resultados do PSD nestas eleições, assim como nas últimas legislativas, mostraram o peso do núcleo duro dos sociais-democratas, pois mesmo em condições difíceis (ora com Santana Lopes como candidato, ora numa luta desigual em termos orçamentais face à campanha realizada pelo PS e com todas a sondagens a falhar por defeito nas previsões) foram fieis ao partido.

O mesmo também se pode dizer do CDS-PP, onde este efeito ainda assume maior expressão.

Até que ponto se conseguirá fazer desta vitória uma mudança de ciclo, não sabemos, mas gostei de ouvir o discurso de Sócrates no Domingo à noite, quando disse que o eleitorado tinha mostrado o seu descontentamento, mas o PS iria manter a sua trajectória. Acho bem que o faça, pois dessa forma confirmará a sua trajectória descendente.

Assim nesta dinâmica acredito que basta que o PSD não faça asneiras para poder aspirar ao regresso, sozinho ou coligado, à governação dos destinos do país. Será que consegue?

Publicado também no Eleições2009

Domingo, 7 de Junho de 2009

Europeias

Todas as sondagens dão a vitória ao PSD e também um bom resultado para o PP.

O PS desce de forma brutal para um resultado que pode ficar abaixo dos 30%.

Uma grande vitória de Manuela Ferreira Leite e Paulo Rangel.

Uma grande derrota do PS e do Primeiro Ministro.

 

Há uma nova esperança.

 

Espero que hoje não se fale de sondagens, para as legislativas, efectuadas hoje mesmo. 

estou: Contente
tags:

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds