Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

Futebolês #22 Leitura

   

 

Há uma grande tendência para se associar a malta da bola, numa linguagem mais actual o consumidor de futebol, à ileteracia, ao baixo nível cultural e à alienação. De uma maneira geral tratar-se-ia de gente pouco dada à leitura, cujos hábitos literários se esgotavam n` A Bola, por força da sua liderança de mercado a imagem de toda a imprensa desportiva, dita menor.

 

Esta ideia mais ou menos generalizada não era muito lisonjeira para o público do futebol mas era-o ainda menos para aquele jornal. Uma ideia injusta! E se relativamente ao público não reclamo dessa injustiça – onde acredito que não haverá andorinhas suficientes para fazer a Primavera – reclamo-a para A Bola. Um dos jornais que ao longo da sua já longa vida melhor soube tratar a língua portuguesa e por onde passaram muitos do que, nos últimos 50 ou 60 anos, escreveram as melhores prosas destinadas àquelas folhas meio amareladas de que se fazem os jornais. Sou leitor de A Bola desde os meus onze ou doze anos e não tenho qualquer pejo em afirmar que foi aí que aprendi, se não a ler, seguramente que a escrever. Com bons mestres, grandes mestres: Carlos Pinhão, Aurélio Márcio, Vítor Santos, Carlos Miranda, Homero Serpa, Alfredo Farinha… só para citar os que já partiram!

 

Entretanto alguma coisa mudou: intelectuais e executivos passaram a integrar a tribo da bola e contribuíram para a construção de uma outra imagem deste público que se interessa pelo futebol. Não que eles se revelem, quer nas manifestações da sua paixão quer em grande parte da sua conduta de adepto, substancialmente diferentes das massas mais anónimas. Apenas porque gozam de outro estatuto e porque são objecto de reconhecimento a partir de outras vertentes da vida social.

 

Mesmo ressalvando que não sejam andorinhas suficientes, não me parece que se possa hoje ver os públicos do futebol e da leitura, ou da cultura em geral, em campos diametralmente opostos. O estigma continuará, sem qualquer dúvida. Mas é mais um preconceito do que uma ideia indiscutivelmente sustentável…

 

O que não invalida que, para o futebolês, leitura seja mesmo e só leitura de jogo. Esta sim uma leitura reservada apenas às elites do futebol para, de uma vez por todas, marcar aquela vingançazinha de quem sente o estigma da menorização. Porque não basta ler, há que analisar e interpretar. E quem são então essas elites?

 

São, em primeiro lugar, os treinadores de futebol. Todos aprenderam a ler mas nem todos sabem ler. E alguns lêem demasiado devagar, quase que precisam de soletrar. Outros lêem depressa mas não conseguem analisar o que lêem. E depois há os lêem, analisam, decompondo bem o que leram, e interpretam. É por isso que uns conseguem mudar o rumo dos acontecimentos, inverter os ritmos de jogo e mudar resultados enquanto outros mais não fazem que assistir, impotentes, ao desmoronar de estratégias e ambições.

 

São, depois, os jogadores. Todos os jogadores lêem, lêem é coisas diferentes. É como se a cada um fosse dado um livro diferente e adequado às suas próprias capacidades. Uns têm condições para ler o jogo todo, a movimentação geral do adversário. Outros para ler um sector ou uma zona do jogo e, outros ainda, apenas para ler o jogo do seu adversário directo. Só os sobredotados, como aqui vimos quando falamos do número 10, conseguem ler e decidir em conformidade. Na hora do passe ou na do remate inesperado!

 

E são, finalmente, os comentadores. Que funcionam como os leitores profissionais, aqueles que lêem para nós, como se fossemos puros analfabetos, incapazes de ler uma letra do tamanho do castelo. Lêem muitas vezes mal. Umas vezes porque não sabem. Outras porque lêem pela cartilha errada. E outras ainda porque lêem da forma que mais lhes convém… Às vezes têm aquela leitura encomendada a fazer lembrar aqueles pareceres de consultores ou de advogados, muito bem pagos e apresentados como paradigmas de independência e de transparência nos processos de decisão, mas apenas contratados para dizer aquilo que o cliente encomendou que fosse dito.

 

O Benfica foi ontem afastado das meias-finais da liga Europa pelo Liverpool. Não pela superioridade  indiscutível do adversário, que pertence ao top europeu, mas por  alguns erros de leitura: do árbitro, ao validar o primeiro golo contrariando a indicação do seu assistente, e de Jorge Jesus, ao retirar David Luiz do centro, quando o melhor central do futebol português era o único com velocidade para enfrentar jogadas como a que deu no segundo golo. Já a infeliz escolha de Júlio César para a baliza não é um erro de leitura, é uma opção estratégica errada!

Quarta-feira, 29 de Julho de 2009

Excertos de leitura

 

Sec. XVIII - Terramoto de Lisboa

 

«Do cimo de púlpitos improvisados ao ar livre, os padres proclamavam que o terramoto, as inundações e os incêndios não eram mais que uma pequena amostra da ira que Deus ameaçava descer sobre aqueles que não se arrependessem. Alguns perguntaram porque é que Deus tinha, então, poupado a prisão e o bairro da prostituição, ao passo que destruíra praticamente todas a igrejas apinhadas de fiéis.»

 

A Primeira Aldeia Global, de Martin Page, aqui ao lado na leitura em curso.

tags:
publicado por Paulo Sousa às 22:00
endereço do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

Recortes de leitura

Excerto do Livro "Agente Zigzag" que retrata uma personagem real que viveu a Segunda Guerra Mundial.

 

«Uma noite o Carlton Club foi atingido por uma bomba. Os membros dos clubes vizinhos, de pijamas e chinelos, formaram enormes filas a para salvar a biblioteca em chamas, passando os livros de mão em mão e discutindo os méritos de cada um à medida que os passavam.

Eram aquelas pessoas, pensava Masterman, que faziam com que a derrota parecesse impossível.»

tags:
publicado por Paulo Sousa às 00:17
endereço do post | comentar | favorito

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds