Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

Petição TODOS PELA LIBERDADE

 

 

O primeiro-ministro de Portugal tem sérias dificuldades em lidar com a diferença de opinião. 

Esta dificuldade tem sido evidenciada ao longo dos últimos 5 anos, em sucessivos episódios, todos eles documentados. Desde o condicionamento das entrevistas que lhe são feitas, passando pelas interferências nas equipas editoriais de alguns órgãos de comunicação social, é para nós evidente que a actuação do primeiro-ministro tem colocado em causa o livre exercício das várias dimensões do direito fundamental à liberdade de expressão. 

A recente publicação de despachos judiciais, proferidos no âmbito do processo Face Oculta, que transcrevem diversas escutas telefónicas implicando directamente o primeiro-ministro numa alegada estratégia de condicionamento da liberdade de imprensa em Portugal, dão uma nova e mais grave dimensão à actuação do primeiro-ministro. 

É para nós claro que o primeiro-ministro não pode continuar a recusar-se a explicar a sua concreta intervenção em cada um dos sucessivos casos que o envolvem. 

É para nós claro que o Presidente da República, a Assembleia da República e o poder judicial também não podem continuar a fingir que nada se passa. 

É para nós claro que um Estado de Direito democrático não pode conviver com um primeiro-ministro que insiste em esconder-se e com órgãos de soberania que não assumem as suas competências. 

É para nós claro que este silêncio generalizado constitui um evidente sinal de degradação da vida democrática, colocando em causa o regular funcionamento das instituições. 

Assistimos com espanto e perplexidade a esse silêncio mas, respeitando os resultados eleitorais e a vontade expressa pelos portugueses nas últimas eleições legislativas, não nos conformamos. Da esquerda à direita rejeitamos a apatia e a inacção. 

É a liberdade de expressão, acima de qualquer conflito partidário, que está em causa. 

Apelamos, por tudo isto, aos órgãos de soberania para que cumpram os deveres constitucionais que lhes foram confiados e para que não hesitem, em nome de uma aparente estabilidade, na defesa intransigente da Liberdade.

 

Eu já subscrevi.

Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

PETIÇÃO - O FIM!

 

A localização da Casa Velório de Porto de Mós tem sido tema em destaque neste espaço atendendo á sua polémica e na perspectiva dos Editores, à sua inadmissível localização. Não querendo vir aqui fazer história acerca do que foi escrito, nunca será demais relembrar AQUI as diversas criticas que o vila forte relevou e que mereceram dezenas de comentários na sua generalidade comuns à nossa posição.
O lançamento da petição e a sua promoção/divulgação através do Vila forte foi apenas mais uma iniciativa, que inicialmente julgámos poderia lançar um movimento da população local e até mesmo partindo do próprio PSD, que na Assembleia Municipal sempre manifestou a sua oposição à localização, apesar dos Vereadores se terem abstido na votação. O PSD entendeu não "pegar" nesta iniciativa e o movimento da população também não apareceu. A petição não passou da internet e "apenas" 167 pessoas ousaram colocar a sua assinatura online. Se esta iniciativa, como imaginámos, tivesse saído do espaço virtual e se o número de assinaturas fosse consideravelmente superior, certamente obrigaria o Sr. presidente a reflectir e talvez até a alterar a sua altiva posição de "assunto encerrado".
Por isso e sem lamentar o desfecho, a nossa missão termina hoje.
Na nossa perspectiva este espaço cumpriu o seu dever, que através dos editores transmitiu a sua posição contrária e proporcionou a critica livre e espontânea de quem entendeu fazê-lo.
Foi lançada e divulgada a petição.
Não estava ao nosso alcance fazer mais!
Penso que a Casa Velório será em breve concluída e inaugurada com pompa e circunstância e o povo vai estar presente. Provavelmente irá criticar a cor, a arquitectura ou talvez mesmo os azulejos da casa de banho, mas da localização não se vai falar muito mais.
O nosso povo está de tal forma conformado que até já perdeu a paciência com os inconformados!
Mas nós cá estaremos para outras missões. Podem contar connosco!
 
Quarta-feira, 6 de Janeiro de 2010

Petições

O Casamento entre pessoas do mesmo sexo, continua a dar que falar. Sexta-feira serão debatidos os projectos de lei do Governo, Bloco de Esquerda, Verdes, PSD e ainda … está agendada a discussão de uma petição, apresentada pelo movimento da Plataforma Cidadania e Casamento.

O que é que a petição defende? Um referendo sobre o casamento de pessoas do mesmo sexo.
O que é que a Esquerda Unida vai fazer? Rejeitar uma petição que foi assinada por 90.000 signatários.
O tema é pacífico? Não, não é até aqui no Vilaforte há fortes divergências entre nós, neste tema. A Petição tem 21 Presidentes de Câmara, dos quais 5 socialistas.
Quem são os 5 Presidentes Socialistas? Bom, vários entre os quais o nosso Presidente de Câmara, João Salgueiro.
 

Deixo uma recomendação ao Sr. João Salgueiro, agora que é signatário desta petição, porque não, clicar aqui ao lado e tornar-se também signatário desta Petição local!

estou:
Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2009

Assembleia Municipal de 18 de Dezembro

      Se o PAOD acontcer às 20.00 , este texto será lido na  2ª Sessão Ordinária da Assembleia Municipal de Porto de Mós , de 2009.

 

Assembleia Municipal
 
Senhor Presidente da Assembleia , Membros, Senhor Presidente da Câmara , Vereadores , Deputados Municipais, Público e Comunicação e Social
 
          Muitos de vós têm conhecimento de que está em curso uma petição online contra   a localização da Casa Velório de Porto de Mós.
Neste momento somos já 166 peticionários .
 Muitos deles confessaram  que votaram João Salgueiro, mas discordam total e absolutamente da sua escolha para a construção da Casa Velório. Aliás , atrevo-me quase a dizer que o Senhor Presidente e a sua equipa, em algum momento, duvidaram da vossa própria escolha, uma vez que  durante o período eleitoral , silenciaram as máquinas e interromperam as obras.
          Está na hora de retomar esta  centelha de bom senso que   a certa altura o/os assaltou/aram.
Não é fácil de aceitar o seguinte: a mesma pessoa que trouxe para o centro da Vila animação    ( quem não se lembra da actuação da Banda Armada?) é o mesmo que instala, entre um cinetatro, um mercado activo às sextas e quartas e um aglomerado de escolas, um  espaço  que exige recolhimento e oração.
Agora mesmo estão a ser instaladas stands para a animação de Natal.
          A não ser Senhor Presidente que tenha alguma surpresa “na manga” e diga, hoje, aqui  e agora, que aquele espaço é para requalificar ou seja: o mercado é para transformar  numa biblioteca Municipal  e ao lado um espaço de lazer e inovação . Junto a um aglomerado de escolas ficaria seguramente numa situação privilegiada e com público garantido. Diga Senhor Presidente, surpreenda-me. 
           Habitue-se Senhor Presidente a isto : não vamos fazer oposição por oposição vamos fazer oposição com alternativas: esta é apenas o inicio de muitas outras que se seguirão.
          Poupe-me ao discurso estafado e gasto de que “sou determinado” forma suavizada ou um eufemismo   de teimoso ou o “dinheiro está gasto”: pois é sua obrigação gastá - lo melhor e com projectos de futuro que não ofendam a dignidade de quem está : o silêncio e o recolhimento a que têm direito.
Diga-me, também, qual o número suficiente de assinaturas que será necessário recolher  para   ajustar aquela obra ao local em que está instalada, porque seguramente me vai dizer que 166 não chegam. Quantas chegam Senhor Presidente?
 
tags:
Domingo, 6 de Dezembro de 2009

Petição

Se não concordam com a localização da Casa Velório em Porto de Mós , assinem esta petição,  ao abrigo   da Lei n.º 43/90 , neste endereço:

 

 

http://www.peticao.com.pt/casa-velorio-porto-de-mos

 

 As obras continuam! É uma afronta!

 

    

  

 

 

        O Jornal Região de Leiria  também não ficou indiferente a este assunto sendo matéria de destaque na edição desta semana. Transcreve, também,as declarações do vice- presidente Albino Januárioa, que aponta o dedo à iniciativa apelidando-a de "Potitico-partidária". Gostaria de saber  quais as iniciativas que contam para este executivo.Os que já assinaram a petição  ultrapassam largamente o número de pessoas que assistiram à tomada de posse dos novos òrgãos autárquicos, número esse que obrigou à mudança de local da cerimónia, por questões de segurança(?)sem qualquer aviso prévio. Aí o número contou, agora não valem de nada. Eu é que digo: assim não vale!!

 

 O jornal "O Portomosense" , na edição dsta semana, 26 de Novembro, também   abordou a temática da petição.

 

  Ainda vamos a tempo : assine esta petição!

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds