Terça-feira, 5 de Janeiro de 2010

Praga

 

Há já algum tempo que tinha pensado ir a Praga. O guia turistico já tinha sido adquirido há 3 anos, mas por vários motivos, não foi possivel ir antes. Este ano, tudo marcado com a devida antecedência não podia falhar, e assim foi!

Partida dia 27 e regresso na noite de 1 para 2 Janeiro. A bagagem vem cheia!

Estas viagens de final de ano, pelas Capitais Europeias, são sempre lições de aprendizagem,  e esta não foi diferente.

O Professor António Câmara, na sua palestra em Porto de Mós, afirmou que as cidades criativas tinham mais capacidade de captar e reter cidadãos, de lhes dar melhores condições de vida e que a cultura é essencial para a felicidade das pessoas. Pois muito bem, Praga que durante séculos foi Capital Europeia do Judeísmo e até ao derrube do muro de Berlim pertenceu ao "lado de lá", é hoje uma cidade cosmopolita, cheia de juventude, com uma imensa actividade cultural, com ruas cheias de lojas bonitas, das melhores marcas mundiais, mas também com muitas outras de produtos nacionais, principalmente da região Bohémia.

As igrejas são fantásticas, os museus bem organizados, interactivos, os transportes públicos são modernos, com horários e bilhetes compativeis entre si. O parque automóvel é recente, VW, Skoda, Mercedes, são as marcas dominantes.

As ruas estão SEMPRE limpas! São um povo amigo dos cães, que se vêem por todo o lado,  acompanhando os seus donos, devidamente agasalhados e bem tratados. Há pontos dispensadores do saco para recolha de detritos e sistemas de limpeza municipal bem organizados. Estes amigos fiéis podem viajar nos transportes públicos, garantindo as devidas condições de segurança e entrar nos vários estabelecimentos comerciais, sem que se veja o dístico da proibição colado na porta de entrada. Também não se vê gente a mendigar no metro, nem a cantar ou tocar para as moedinhas de cortesia. Muitos turistas pelas ruas e nos monumentos.

E o que dizer das feiras tradicionais de Natal, com as "tasquinhas" nas principais praças? Belíssimo, mas não vi por essas bandas a ASAE ... Tudo muito bem decorado, bem organizado sempre cheio de gente, apesar dos vários avisos para ter atenção aos carteiristas, ávidos de uma pequena distracção.

No metro não há torniquetes, o que revela o princípio da boa fé e da educação cultural. No entanto, a fiscalização existe para que os mais atrevidos possam ser  punidos com coimas avultadas. Eu próprio fui abordado por um elemento, devidamente identificado, que me solicitou o bilhete e confirmou as marcações do bilhete.

Como não levava na mala expectativas especiais, em relação à cidade e ao País que, SÓ, está há 6 anos na UE e não há mais de 20 como nós, não posso dizer que tenha vindo desiludido com o que quer que seja, mas fiquei surpreendido com profissionalismo no atendimento nos locais públicos e pelo facto de todas as igrejas terem um cartaz musical TODOS os dias. Tive a oportunidade de assitir e participar num destes espectáculos no National Museum e digo participar porque o Tenor e a Soprano fizeram questão de se "envolver" com o público de modo a que fossem um todo. Ali, a música erudita não é vista como música SÓ para iluminados ou para elites. É óbvio que há galas na Ópera, que exigem outra indumentária e postura mais formal.

O bailado tem tanta força em Praga, que se auto-intitula Capital Europeia do Bailado. Há espectáculos por todo o lado, com bilhete familiar para 4 pessoas, por cerca de 40 euros, com um detalhe interessante, bancos aquecidos!

Voltando às lojas, registo com agrado a qualidade e a forma de apresentar os produtos nacionais e da região, lojas lindissimas que valorizam ainda mais os produtos à venda.

Como sempre, percorri kms a pé, batendo grande parte das ruas e avenidas da cidade, apanhei sol escondido, chuva e alguma neve, e comi bem e a preços razoáveis. Não faltou a salcicha no pão ...

Nota-se que a preservação do património é uma preocupação, bem como a limpeza e organização da cidade. Todas as pessoas percebem inglês, quase todos o falam o que é uma vantagem em relação, por exemplo, aos Alemães.

Sinto-me mais rico por ter tido a oportunidade de conhecer mais uma cidade europeia e constatei como é que, a outra escala, se pode potenciar a localização geográfica e as riquezas existentes.

A estrada passa mesmo ali ao lado, como era bom que certos autarcas fossem fazer umas viagens por essa Europa fora...

Se tudo correr bem, daqui a uns meses há mais...

 

 

Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

"estórias de Férias"

Este ano fomos a Praga.Se tudo correr bem e tiver tempo, farei um post sobre a "Capital do bailado" e das razões porque nos recordámos das sábias palavras do Professor António Câmara, em Porto de Mós, em relação às cidades criativas, mas por agora queria só contar uma pequena "estória" para que vejamos o quanto o "Tuga" é daltónico no que diz respeito à clubite aguda:

Estava o vosso amigo de cachecol e gorro da Académica em plena cidade de Praga, quando uma senhora com pouco mais de 30 anos se vira para os familiares e lança esta pérola: "Olhem vai ali um senhor com um cachecol do .... Benfica." Como é evidente saiu-me um, "é da Académica ó parola!"

Não sei se  ouviu pois cada um seguiu seu caminho sem mais comentários.Mas o raio da mulher não sabe distinguir o preto do vermelho, para não falar do símbolo? Desbafo familiar.

 

  

 

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.connosco à mesa

Os nossos convidados

Dr. Miguel Horta e Costa

Eng. Cláudio de Jesus

Dr. Saúl António Gomes

Dra. Isabel Damasceno 

Prof. Júlio Pedrosa 

Cor. Valente dos Santos

 

Os nossos leitores

Ana Rita Sousa

Carlos Sintra

 

O nosso email

 

Siga-nos 

 

.podcast


Curvas do Livramento

oiça os nossos debates

Ed. Zero

Edição 1 - 04/Jun/009

Ed. 1.1 Europeias

Ed. 1.2 Autárquicas

Ed. 1.3 Casamentos Gay

Edição 2 - 30/Jun/009

com Clarisse Louro

Ed. 2.1 Pós Europeias

Ed. 2.2 Legislativas

Ed. 2.3 Autárquicas

Ed. 2.4 PMós 2º Clarisse Louro

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.Últimos Comentários

Special thanks to MrCosmos
The Feedburner expert

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.Quiosque

diários

semanários
  regionais
 
   

.Filme recomendado

 

 

Trailer

 

 

 

.Leitura em curso


A Revolução dos Cravos de Sangue

de Gerard de Villiers

Estamos em Portugal, no rescaldo do 25 de Abril, e Lisboa é um tabuleiro de xadrez onde CIA e KGB jogam uma partida mortal. Os serviços secretos americanos, desesperados por apenas terem sabido do golpe de Estado através dos jornais, esforçam-se para impedir que Portugal caia nas mãos do comunismo. Do outro lado, a KGB tem em mente um plano diabólico e põe em campo os seus melhores agentes. É então que um golpe de teatro promete desequilibrar esta guerra fria. Natália Grifanov, mulher de um poderoso coronel da KGB, está disposta a passar para o Ocidente e a relatar todos os segredos que sabe. Para organizar essa deserção a CIA escolhe o seu melhor agente: Malko Linge. Mas nem ele conseguirá levar a cabo esta missão sem evitar danos colaterais. E é então que, nas ruelas de Alfama e nos palácios da Lapa, entre traições e assassinatos, a Revolução dos Cravos mostra a sua outra face.

E, acredite, não é bonita!

Um thriller soberbo e original, passado no pós 25 de Abril de 1974.


Saida de Emergência

.Contador de visitas

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds