Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

As cuecas do Abdul

 

A figura abstracta do recheio das cuecas de um homem africano, peça de roupa que muitos deles não usarão, é algo que não deixa ninguém indiferente. Baseando-me apenas no senso comum, é suposto que quando o dito recheio é referido, elas sintam um principio de arrepio na espinha e eles uma pontinha de inveja. Claro que o senso comum não representa ninguém em particular e talvez por isso não esteja a ser rigoroso. Penitencio-me por isso.

No entanto, desde o Natal passado, o recheio das cuecas do nigeriano Abdul Mutallab passou a dizer-nos respeito a todos.

Já todos sabemos a história. A Al Qaeda planeou mais um atentado contra um avião com destino aos EUA. Se o jovem Abdul fizesse o uso 'devido' do recheio explosivo das suas cuecas, 278 pessoas morreriam.

O nervosismo de Abdul, compreensível dado ser o seu primeiro atentado suicida, e a acção rápida do holandês Yasper Schuringa, o passageiro do banco de trás, que apagou o pequeno incêndio que se seguiu à explosão e, com a ajuda da tripulação, imobilizou e algemou o nigeriano, estragaram o que seria o motivo para festança entre os terroristas.

Será caso para perguntar o que aconteceria se no banco de trás viajasse um defensor do diálogo com os terroristas? Lembro-me de Mario Soares, Miguel Portas e outros que tais. Provavelmente quando entendessem o que se estava a passar, iriam perguntar-lhe se sabia como estava o tempo em Detroit. Tentar contrariá-lo é que não, pois um terrorista entre 278 pessoas é claramente uma minoria e por isso tinha de ser defendido. Se ainda tivessem tempo para isso, antes da queda do avião, era provável que organizassem uma manif exigindo o uso da véu islâmico às hospedeiras.

O voo 253 da Delta constitui um excelente motivo para avaliar o que tem sido feito e como se deve combater o terrorismo.

A esquerda dita tolerante diz que compreende o combate, pois é natural a revolta perante o desequilíbrio na distribuição da riqueza mundial. Acontece que o jovem Abdul não é filho da pobreza mas sim das elites endemicamente corruptas da Nigéria. Também Bin Laden e muitos outros dirigentes da Al Qaeda são oriundos de famílias ricas. A pobreza dos países africanos deve-se exclusivamente à mediocridade dos seus governantes corruptos e incapazes.

O combate que os terroristas islâmicos travam é apenas pelo poder, o mesmo poder porque sempre se combateu durante a história da humanidade.

Há dias soube no Telejornal que dois dos três líderes mais destacados da Al Qaeda no Yemen já estiverem presos em Guantanamo. Saíram de lá na sequência da pressão internacional que houve sobre o encerramento desta prisão. Agora estão juntos e de novo no activo. O seu objectivo é a instauração de um califado global, com a aplicação da sharia, etc… o que é o mesmo que dizer que o seu objectivo é a destruição do mundo ocidental, o fim da democracia, da liberdade de expressão, dos direitos das mulheres, etc...

O que está em causa não são peanuts. E todos aqueles que se identificam com os valores ocidentais deveriam pensar nisto.

De referir que o Yemen é o mais recente viveiro dos radicais islâmicos e foi onde Abdul recebeu a formação de terrorista.

Para já, quem viajar de avião vai sentir objectivamente as consequências do terrorismo. O incómodo da novas medidas de segurança terá impacto sobre milhões de pessoas e isso é um motivo de orgulho para os que nos querem mal.

 

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Foi há oito anos

 

Muito já foi dito e escrito sobre este assunto, mas olhando para os atentados de 11 Setembro a oito anos de distância, todos estamos certos de que o mundo mudou naquele dia, e mudou pelo facto de termos entendido que existem pessoas que de tal forma empenhadas em acabar com a civilização ocidental, com a liberdade de expressão, com a democracia, com os direitos das mulheres, que estão dispostas a morrer por isso.

Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

'Forest Jihad' na Austrália?

As imagens dos incêndios são demasiados familiares para os portugueses. A incapacidade de controlar a destruição e morte provocada pelo fogo é algo que a todos nos aterroriza.

Os australianos têm vivido dias muito difíceis a assistir e a sofrer um nível de destruição muito superior ao, até mesmo nós, estamos habituados a ver. O número de mortos já terá ultrapassado os 200, os prejuízos materiais ascendem a muitos milhões de dólares, a natureza e o ambiente agonizam. O Primeiro Ministro australiano, Kevin Rudd, afirmou que quem provocou estes incêndios cometeu um assassínio em massa. A expressão "assassínio em massa" surge sempre ligada a cenários diferentes.

A explicação destas palavras surgiu há dias. Foram divulgados conteúdos de sites seguidos há algum tempo pelos serviços secretos, segundos os quais a 'forest jihad' era considerada como uma forma de combater o Inimigo. Segundo dizem, queimar as florestas dos infiéis é justificado com o fazem às suas terras.

As suspeitas de que alguns destes incêndios possam ter sido actos de terrorismo premeditados (no estado de Victória chegaram a estar mais de 400 activos em simultâneo), não passam disso, de suspeitas, mas ficamos a conhecer ao que estão dispostos estes senhores que consideram os infiéis seus inimigos.

publicado por Paulo Sousa às 11:30
endereço do post | comentar | favorito

.vasculhar neste blog

 

.quem esteve à mesa

Ana Narciso

Eduardo Louro

Jorge Vala

Luis Malhó

Paulo Sousa

Pedro Oliveira

Telma Sousa

.Palestras Vila Forte

Prof. Júlio Pedrosa - Audio 

 

Prof. Júlio Pedrosa - Video 

 

Prof. António Câmara - Palestra

Prof. António Câmara - Debate

Prof. António Câmara - Video

 

Agradecemos à Zona TV

 

.Vila Forte na Imprensa

Região de Leiria 20100604

Público 20090721

O Portomosense20081030

O Portomosense20081016

Região de Leiria20081017

Região de Leiria20081017

Região de Leiria2008052

Jornal de Leiria 20080529

O Portomosense 20071018

Região de Leiria 20071019 II

Região de Leiria 20071019 I

Expresso 20071027

O Portomosense 20071101

Jornal de Leiria 20071101

Região de Leiria 20071102

.arquivos

.arquivos blog.com

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

.Vizinhos Fortes

.tags

. 25 abril(10)

. 80's(8)

. académica(8)

. adopção(5)

. adportomosense(11)

. aec's(21)

. alemanha(7)

. ambiente(9)

. amigos(5)

. amizade(7)

. angola(5)

. aniversário(9)

. antónio câmara(6)

. aquecimento global(7)

. armando vara(9)

. ass municipal(12)

. autarquicas 2009(46)

. avaliação de professores(9)

. be(7)

. benfica(13)

. blogosfera(16)

. blogs(38)

. blogues(19)

. bpn(6)

. casa velório porto de mós(10)

. casamentos gay(17)

. cavaco silva(8)

. censura(7)

. ciba(6)

. cincup(6)

. convidados(11)

. corrupção(7)

. crise(35)

. crise económica(8)

. cultura(7)

. curvas do livramento(10)

. democracia(7)

. desemprego(14)

. disto já não há(23)

. economia(25)

. educação(63)

. eleições(7)

. eleições 2009(55)

. eleições autárquicas(40)

. eleições europeias(12)

. eleições legislativas(46)

. escola(8)

. escola primária juncal(9)

. eua(8)

. europa(14)

. face oculta(18)

. freeport(14)

. futebol(39)

. futebolês(30)

. governo(6)

. governo ps(39)

. gripe a(8)

. humor(6)

. internacional(18)

. joao salgueiro(38)

. joão salgueiro(15)

. josé sócrates(7)

. júlio pedrosa(10)

. júlio vieira(6)

. juncal(31)

. justiça(11)

. liberdade(11)

. magalhães(6)

. manuela ferreira leite(13)

. médio oriente(10)

. medo(12)

. natal(13)

. obama(6)

. orçamento estado 2010(7)

. pec(8)

. pedro passos coelho(7)

. podcast(11)

. politica(12)

. politica caseira(6)

. porto de mós(119)

. porto de mós e os outros(41)

. portugal(27)

. presidenciais 2011(6)

. ps(48)

. psd(54)

. psd porto de mós(11)

. publico(9)

. religião(6)

. rtp(12)

. s.pedro(6)

. salgueiro(16)

. sócrates(81)

. socrates(62)

. teixeira santos(6)

. tgv(6)

. turismo(8)

. tvi(6)

. twitter(17)

. ue(17)

. vila forte(24)

. todas as tags

.subscrever feeds